05 outubro 2006

Amor de vitrine

Escreveu Xico Sá, duas semanas atrás, na FSP:
"Pelo que joga, o tricolor merece o título. Só não é meritório nas arquibancadas. A torcida parece desprezar qualquer coisa que não seja Libertadores, viciou-se nisso como uma cocaína ludopédica. Sério. Esquece que a vida não é só Morumbi e Bombonera, a vida é Moça Bonita e rua Javari, quarta de noite, chovendo, chovendo à cântaro, como as chuvas das crônicas das antigas."

Transcrevo o trecho acima apenas para não ser o portador único de tal constatação. Vejam vocês que os bichas, líderes isolados, fodões e com pelo menos uma mão na taça, levaram ontem ao estádio 8 (oito!) mil pagantes para um jogo supostamente decisivo.

Sim, oito mil!

Fosse apenas uma vez e tudo passaria batido.

Mas não é.

Os alienados simplesmente não conseguem vislumbrar a marca dos 10 mil torcedores em casa, barreira que os combalidos, trôpegos e irregulares Palmeiras e SCCP, respectivamente 15º e 16º hoje, ultrapassam com folga em quase todas as rodadas.

Aí o típico torcedor do SPFC ensaia um argumento: "Ah, mas a gente enche o estádio em todos os jogos da Libertadores".

Ok, muito bonito.

Pois eu respondo: qualquer um vai ao estádio em jogos de Libertadores. É file mignon. Aí é fácil.

Difícil, mas necessário, é apoiar o time quando ele precisa.

E se os caras não acompanham nem o time que é o virtual campeão, imaginem o que fariam por uma equipe que eventualmente freqüentasse áreas menos nobres da tabela de classificação...

Não é difícil explicar.

Fernando Galuppo, nosso amigo trabalhador e louco, matou a questão durante uma de nossas tantas conversas. O argumento é todo dele; o que eu faço aqui é um mero desenvolvimento. A ele:

Nós, palestrinos-palmeirenses (e corintianos, sejamos justos), temos história, berço e tradição.

Como tal, vestimos a camisa do time.

Não a camisa em si, este traje que, vendido por aí, pode adornar mesmo o mais insignificante dos hereges, mas o que ela representa.

A história do manto sagrado, sabem?

Pois bem, nós vestimos Palmeiras (e eles, SCCP).

Tá na pele, tal qual uma marca de nascença indissociável.

Os leonores, por sua vez, usam a camisa (somente nas horas boas, que fique claro) não como símbolo, mas como grife.

Tal qual uma marca de roupa, dessas tantas que encontramos nas vitrines de um shopping center qualquer.

Sinal de status, acreditam os alienados.

Usam a camisa sem saber o que ele representa.

Moda. Passageira e fugaz.

Há, portanto, quem ame um clube pela sua história. Pelos títulos que acumula. Mas também pelas derrotas. Pois é nos momentos difíceis que se aprende a amar. E é neles que se ama de verdade.

Há amores e amores.

O amor sincero, de berço. Eterno e inabalável.

E o de vitrine...

31 comentários:

marcelo_geral disse...

Muito bom o texto, descreve bem o que é ser um bambi, uma torcida de modinha. Mas nem isso, um time com uma mão e meia na taça colocar 8 mil em casa é absurdo!!

Falando do verdão agora, vai se foder o marcinho "atacante", como perde aquele gol de contra-ataque no fim do jogo. Ele já tentou perder contra os bambis mas é tão ruim que não conseguiu.
Vamos fazer 6 pontos em casa agora, com certeza.

ZOINHO CENTRO/SUL disse...

É CARA MAIS UMA VEZ FALANDO DESSA SUB RAÇA MALDITA !!
MAS FIRMEZA, NAUM GOSTO MUITO DE FALAR DELES, MAS É FATO OS CARAS PENSAM QUE EXISTE UM CAMPEONATO E É A LIBERTADORES, DE RESTO ELES NÃO COMPARECEM !!!
O Q ME DÁ MAIS NOJO É ENCONTRAR ESSES FILHAS DA PUTA TODO DIA DESFILANDO COM ROUPA DE TIME E DE TORCIDA E FALAR QUE NAUM FOI NO JOGO PQ A GAIOLA É LONGE !!!
QUE SE FODA , VCS NAUM SE VANGLORIAM TANTO DESSA MERDA !!!
O QUE O FERNANDO DISSE ESTA CERTINHO E DIGO MAIS , A MODA ESTA PASSANDO , QUEM NAUM SE LEMBRA DA EPOCA DO BOULEVARD QUE SE VC NAUM VISSE PELO MENOS UNS 10 POR DIA NAUM ERA POUCO !!!
TEM UMA MUSICA DA MANCHA QUE DIZ MUITO PRA MIM !!
PASSAM SE OS ANOS , PASSAM SE OS JOGADORES !!
NOS VAMUS PASSAR, E O PALMEIRAS VAI FICAR PARA DAR ALEGRIA PARA NOSSOS FILHOS !!!

PALMEIRAS - ETERNAMENTE
MANCHA VERDE - SIMBOLO DE DIGNIDADE

ZOINHO CENTRO/SUL disse...

PORRA RODRIGO ESTAVA FALANDO COM O LUIGI E CHEGUEI A CONCLUSÃO QUE O PALMEIRAS ERA MELHOR COM :

JUNINHO NEGUINHO DE ATACANTE
ROVILSON NA LATERAL ESQUERDA
GALEANO DE VOLANTE

E CHIQUI ARCE SALVANDO TODO JOGO COM UMA OU DUAS FALTAS PERFEITAS, 80% DOS GOLS SAIAM DO PÉ DELE , MAS SAIA !!!

Barneschi disse...

O time do Marco Aurélio, né? Concordo. E tinha ainda Paulo Turra na zaga e Tuta na frente. O Rovilson é de 2001.

Arce, Arce!!!

Craudio disse...

Num dá nem mais pra comentar esse tipo de atitude... E acho que eles aumentaram o preço do aluguel do estádio estadual por causa disso. A torcidinha delas tá dando prejuízo e, mais uma vez, eles querem usurpar dinheiro do povo...

Filó Vila Sônia disse...

Amor Sincero, Eterno, Inabalável; de berço. De quatro gerações. Em cada célula do corpo, as que se criam e as que se dissolvem. Em todo pensamento. Na Alma. Para a Alma. E em nome do Glorioso, ontem, hoje e sempre.
A vitrine acha isso pouco vendável. Ainda bem que é mesmo. Seres sem alma não merecem, e não podem comprar, o que há de mais sagrado para a Alma (com A maiúsculo, um subtantivo próprio, não-adquirível); o Amor. No meu caso o Corinthians, e no teu caso o Palestra.
Parabéns pela síntese e pelo texto, caro Palestrino.

marcelo_geral disse...

Realmente o texto tá foda.

luigi up 1914 disse...

Esse texto explica perfeitamente a realidade do futebol na cidade de São Paulo... Mas só quero lembrar os campeonatos de 97, 2000 e o de 2002... Nos dois primeiros anos citados, o nosso rival estava na zona de rebaixamento e a media de publico deles era ridícula tambem...Os caras se salvaram em 97, na Gaiola contra o flaMERDA com menos de 10.000 pessoas... Em 2002, o Palmeiras estava caindo a cada rodada, mas o Parque estava sempre cheio... A torcida dos caras já mostrou amor a camisa, mas nesses anos, quem se lembra, vai concordar comigo que eles não foram tão "fieis" como se autoproclamam...
Sobre os homosexuais, nem perco tempo... Nunca foram nada, lixos, escoria... É so perguntar pra que time elas torciam antes de 92... mais de 60% com certeza não torcia pros homosexuais... Só sei que moda não é eterna, passa... Mas o nosso amor, isso nunca irá acabar... Nada e ninguem vai substituir o amor que sentimos pela Sociedade Esportiva Palmeiras, razão maior da nossa existencia...


"Obrigado Senhor por nos conceder, o VERDE que nos faz viver..."

Eternamente PALMEIRAS

Barneschi disse...

Luigi,

Gostaria de fazer breves considerações.

O ano 2000 foi atípico. A Copa JH jogou todas as médias de público lá pra baixo. Como te disse ontem, dois exemplos são emblemáticos:

Palmeiras 0 x 3 bichas, Jd. Leonor
Sábado à tarde
Público: 1.337

Palmeiras 0 x 1 SCCP, Jd. Leonor
Quarta à noite
Público: 3.139

Não tenho comigo o pp de SCCP x bichas, mas posso procurar.

Fato é que a Copa JH teve a segunda pior média de público da história. Foi melhor apenas que o Brasileiro de 79, disputado por quase 100 times.

Ademais, como não havia rebaixamento - e só por isso nosso rival não caiu -, as coisas não poderiam ser diferentes para o pessoal que freqüentou aquela zona, certo?

Por fim, 97. Recordo-me apenas do SCCP x Flamerda da penúltima rodada. Foram 12 mil pagantes em uma quarta à noite. Confesso agora que não tenho todos os demais números.

Abraços

luigi up 1914 disse...

Voce deixaria de ir ao jogo, com o Palmeiras em ultimo, só pq não tem rebaixamento?

Barneschi disse...

Você bem sabe que somos exceções, né? Se 10% dos torcedores fossem como eu, você e, acima de tudo, o exemplar Vitor, a média de público ficaria próxima dos 393 mil pagantes por jogo.

luigi up 1914 disse...

Ué, mas eles não são os caras, os fieis, a melhor torcida do mundo??? Eles são um lixo!!! Só não são piores que os bambis... Essa história de fiel, é uma invensão da imprensa de merda!!!

Barneschi disse...

Assim caminha nosso amigo Luigi, insano e sem limites.

luigi up 1914 disse...

Apenas não me deixo levar pela imprensa de gambá!!! E voce, como frequentador de estádio, deveria saber a realidade dos fatos...
Cantar qd está ganhando é facil demais e falar antes do tempo (coisa que eles melhor sabem fazer... e sumir depois) também...

PALMEIRAS e MANCHA VERDE, acima de nós, só Deus!!!

luigi up 1914 disse...

Conversando com o Vitor, ficamos na duvida se voce, ontem a noite, estava no tobogã, pela sua simpatia pelo clube do porto, ou estava no setor amarelo do pacaembu, pela sua simpatia pela torcida da marginal sem numero...
Abraço... e domingo tem PALMEIRAS... ou vai pra goiania???

luigi up 1914 disse...

AH... mas que vc estava no pacaembu, estava... Isso é fato!!!

vitor disse...

bom, o luigi já falou das nossas dúvidas levantadas durante nossa conversa no msn.

sobre eu ser torcedor exemplo, isso é verdade. qm dera c todos se espelhassem em mim.

Barneschi disse...

Ok, fui ao Pacaembu ontem. Não queria falar para evitar esse tipo de conversa, mas fui.

Por quê?

Basicamente porque não pretendia passar todo o ano de 2006 sem ir ao Pacaembu. Se nossa diretoria fez o favor de tirar de lá o clássico contra as bichas, restou-me a alternativa de ver um jogo dos gambás. Que fosse, portanto, contra o Vasco ou um clássico.

Acabou sendo o jogo de ontem por um motivo geográfico: eu pude descer pela major Natanael sem me sentir incomodado pelas hordas de gambás que costumam por ali caminhar.

Pois bem, cheguei com 10 minutos de jogo. E só fui porque não pago ingresso.

Se fiquei no tobogã ou no amarelo?

Em nenhum dos dois. Dirigi-me às tribunas, na condição de torcedor supostamente neutro.

Cabe lembrar ainda que já fiquei na torcida do Santos neste mesmo clássico em outras situações. E o retrospecto, Luigi e Vitor, é amplamente favorável. A saber:

1998: SCCP 0 x 2 Santos
2002: Santos 2 x 0 SCCP
2002: SCCP 2 x 3 Santos
2006: SCCP 0 x 3 Santos

Portanto, amigos, agradeçam. Estou invicto.

Filó Vila Sônia disse...

Palestrino, você é uma gracinha por isso.

E como sou forgado, tenho que fazer um adendo aqui, pra dizer que a imprensa só faz papel de Corinthiana se isso render dividendos. A idéia é vender pôster, o que nunca comprei.

"Invenção" se escreve assim.

E essa história de Fiel é, de fato, Histórica, com H maiúsculo.

Agradeço a oportunidade. Saudações Corinthianas a todos.

Craudio disse...

Ainda não entendi porque o cara que no começo do ano foi responsável por aquelas cinco vitórias do porco, dado o seu sumiço das arquibancadas, falar da Fiel...

E a modéstia do Vitor é exemplar!

mancha z/s disse...

mto bom o texto tadei.. falou tudo dessas bixas maldiutas......

Barneschi disse...

Japonês,
Foram sete vitórias seguidas. Coincidência ou não, bastou o Luigi abandonar a carreira no frescobol para começar a decadência...

luigi up 1914 disse...

Invenção, invensão, tanto faz... O que interessa é que toda essa situação é criada pela imprensa feitas por torcedores do time da marginal...Onde estava a fiel na ultima rodada do paulista de 2004, com o gambá correndo risco de cair pra segunda??? Pacaembu vazio e os que foram, foram prostestar e não incentivar...
Sobre a minha ausencia no começo do ano, tenho minhas razões, o Rodrigo sabe e faltei em 4 jogos em 5 anos... Mas não vou discutir isso com uma pessoa que vota no "4 dedos", vai a 3 jogos por ano e participa da parada gay...

luigi up 1914 disse...

E outra coisa, só discuto futebol com quem vai nos jogos... resumindo, só converso ou discuto com torcedor e não com cabide, que sai por aí com a camisa qd o time ganha...
Quem não vai em estádio, nem encha o meu saco!!!

Craudio disse...

Só se for torcedor de frescobol...

Sobre o comentário de 2004, estávamos os mesmos que acompanharam todos os jogos e gritamos Corinthians até o final do segundo tempo. O protesto veio em frente ao portão por onde saem os ônibus. Mas você deve saber melhor do que eu, já que deve ir em todos os jogos do campeonato.

Eu realmente vou a três ou quatro jogos, e fico assistindo à partida sentado na numerada, fumando charuto e jogando amendoim no chão. Além disso, acho você um gatinho, principalmente quando fica bravinho. Vem socializar essa voz grossa aqui em casa, bofe?

Barneschi disse...

Craudio e Luigi voltam ao estágio inicial. Não demora muito para virem as ameaças de morte.

luigi up 1914 disse...

Não sou melhor que ninguém, só estou falando que vou nos jogos do meu time e não gosto de homem não...
E tira aquela foto do msn...
BOm, cada um tem o presidente que merece...

Fernando disse...

Senhores, a única discordância que tenho à quanto à simpatia da imprensa. Oras, depois de ver parte dela de dentro, dá pra sacar que, mais do que de gambá, a imprensa paulista é total e amplamente dominadas pelos bambis. Gambás e nós só servimos para encher as páginas com nossas crises.

Luiz disse...

Rodrigo,

Faz tempo que não escrevo aqui... esse texto só fortalece nossa opinião e constata o quanto somos maiores que esta sub-raça!

Abraço

Luiz Romani

vitor disse...

é capaz do rodrigo ter dado $$$ pra prefeitura e pagado ingresso. inteira.

japones, sou foda e modesto.

as discussões estão mto engraçadas,huahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuauahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahua.

Rodrigo disse...

E o espírito de união (temporária, que fique claro) dos únicos dois times com tradição aqui em SP contra a escória rosa?

Ah, desculpa, não vou ao estádio (por N motivos incluindo questões conjugais), logo não posso discutir aqui. hehehe

Mas fica aqui minha sugestão. Rivais sim (tanto é que freqüento esse blog verde). Inimigos, só os rosas.

Abs!