21 dezembro 2006

Como construir um estádio

O nome do cidadão é Júlio Casares, e ele ocupa o cargo de diretor de marketing do clube do Jd. Leonor.

A frase dele, no Painel FC/ FSP da última terça, é esta:

"Muitos corintianos compraram a grama do estádio e plantaram para ver se nasce um Morumbi"

Perguntas:
1. Com todo o know-how adquirido pelo clube do Jd. Leonor na arte de construir um estádio com o dinheiro do povo, não seria mais fácil propor aos corintianos que tivessem como próximo presidente um cara que acumulasse também o cargo de governador do Estado?

2. Não seria mais fácil, com base no histórico leonor de levar (ou tentar levar) na mão grande o patrimônio alheio, sugerir que o SCCP tomasse o Canindé da pobre Portuguesa?

3. Ou o terreno do Nacional, para construir, com a colaboração do Estado, um estádio maior?

4. Que tal este sujeito, em vez de vomitar esse tipo de coisa, revirar a história suja do clube dele para saber como foi construído o estádio de que ele tanto se orgulha?

É sujeira demais pra um clube só...

5 comentários:

darkness disse...

Barney,
o que interessa é o relato do clássico romano. Onde está?

Craudio disse...

Mais perguntas:

- por que elas ainda tentam rivalizar com a gente pra tentar ser grande?

- por que ninguém fala que esse cara é também diretor comercial da TV Record, que está fazendo um papelzinho ridículo na divulgação dessa campanha de marketing ainda mais ridícula? Prestem atenção: nenhum jornal fala mal delas e aquele "Bola de Prata" foi vergonhoso.

- por que você ainda insiste em cobrar delas o conhecimento histórico do futebol?

Deixo aqui a frase que foi resposta imediata para a piada pronta dessa venda de grama:

"os bambis compram a grama pra ver se acham a minhoca"...

mancha z/s disse...

os caras sao mediocres mano

filipe disse...

Palestrino, você deve já estar bem informado a respeito do projeto, ter lido o estatuto, etc.
Craudio, você, se ainda não viu nem leu, deve, como Corinthiano, compreender o que é a Cooperfiel.
E claro, palmeirenses e sardinhas devem zicar, que é pra dar a maior força pra nós.
Palavras de bambis não valem a merda que expelem pelo furico. E não só procuram a minhoca, como se interessam em engolir cobra.
Na verdade esse merda está com medo.

Marcos disse...

Falou tudo...