29 junho 2008

Kléber, o guerreiro


Abro hoje um precedente para falar não do time ou da torcida, mas de um jogador especifico. Fato é que Kléber foi hoje, como em tantas outras partidas no ano, um guerreiro que não foge do pau. É o suficiente para torná-lo notável e merecedor deste post.

Tomou porrada de todos os lados, foi para cima dos zagueiros, cavou a expulsão de um otário dos caras... e, sem ter feito nada de anormal, foi expulso pelo banana Beltrami, figura de notória incompetência.

Eu ando cansado do futebol praticado hoje em dia. Parece, como dito pelo Madureira, um jogo de ‘damas’. Sim, eu já disse isso também: o futebol virou, por obra de magistrados, de juízes bananas e de parte maléfica da imprensa, um esporte de maricas.

Foi a segunda expulsão de Kléber neste Brasileiro, novamente sem motivo aparente. Dessa vez, vejam só, nosso camisa 30 foi excluído depois de tomar uma belíssima cacetada de um beque qualquer do Náutico. Ca
be lembrar ainda que ele sofrera um carrinho violento pouco antes, que rendeu apenas amarelo para o adversário.

O mesmo Beltrami também fez o favor de tirar Valdívia do jogo em BH, ao aplicar um cartão amarelo depois de o nosso 10 ter levado uma cotovelada, mais uma. Parece mesmo um jogo feito para donzelas.

Nestes tempos em que o STJD é mais importante que qualquer clube
, é essencial ter no time um jogador como este Kléber. Ah, o cara é sangue ruim? Deve até ser. Mas não foge da porrada. Vai pra cima de quem for e encara a briga de frente, sem medo. Impõe respeito e não se deixa intimidar. De quebra, ainda sabe jogar bola.

Numa época de covardes, em que o tal Schmitt tem espaço para dizer tudo o que quer, um guerreiro como Kléber é um mal necessário. E parece sintomático que seja expulso assim sem qualquer motivo. Pobre futebol...

***

*Vitória na medida exata, suficiente para ratificar a ascensão e colocar o Palmeiras no G4. E boa a estréia de Gladstone.

*O público começa a voltar ao Palestra. Ainda não é o ideal, mas já foram 14 mil pagantes, para uma renda de quase R$ 400 mil. De toda forma, poderíamos ter 20 mil, com renda de R$ 450 mil, se os ingressos estivessem em um patamar honesto.

*No ano, são 11 jogos no Palestra, com 9 vitórias e 2 empates. Foram 24 gols a favor e apenas seis sofridos. É uma campanha notável, digna dos números gerais de Luxemburgo na nossa casa: 108 jogos, 89 vitórias, 14 empates e 5 derrotas.

14 comentários:

Raphaello disse...

Se você visse a transmissão do jogo delas, não acreditaria. O cara tirou sangue do goleiro do Cruzeiro e os caras disseram o seguinte, literalmente: que o goleiro voou no cotovelo do jogador do SPFW, que já estava no ar e não teve como desviar... Imagine se fosse o Kléber!

O público é bom, mas não ótimo. Surpreendente, se vc levar em conta não só os 30, mas o horário estúpido e o fim de mês cruel. Ainda estamos perdendo renda mas, como já disse, se lotar com esse preço eu fico quieto.

Por enquanto ainda é prejuízo.

Felipe Giocondo disse...

Fala Barneschi!

Acho que foram apenas 4 derrotas viu! Não 5.

Sobre o Kléber, disse tudo. Aguardemos agora sobre a cotovelada do bambi hj.

[]s

Rafael Evangelista disse...

Kléber é o bicho ruim que precisávamos

Xadrezderua disse...

SAUDAÇÕES...

GOSTARIA DE MAIORES INFORMAÇÕES SOBRE A EVENTUAL.. EVENTUAL... TRETA ENTRE MANCHA X TUP....

E TB. CHAMO A ATENÇÃO PARA O PERIGO QUE CORREMOS NO DIA DE HOJE. O SR. PIRACI DE OLIVEIRA, PROVAVELMENTE A MANDO DO SAPO-BOI, DESEJA IMPETRAR UMA LIMINAR CANCELANDO A REUNIÃO DO CONSELHO DELIBERATIVO.

ESSA REUNIÃO É HISTÓRICA PARA O PALMEIRAS... JÁ DISSERAM QUE A DIRETORIA TEM UM PLANO PARA IMPEDIR ESSA MANOBRA, MAS ESTOU PREOCUPADO.

SE ALGUEM SOUBER DE ALGO, ACREDITO QUE TODOS NÓS AGRADECEMOS...

Forza Palestra disse...

Armando, meu caro,

Vou relatar o que ouvi e o que vi:

Cheguei ao Palestra por volta de 16h30 e fiquei ali no lugar de sempre. Estranhei o fato de a região estar pouco movimentada e logo vieram me dizer que havia a promessa de uma briga entre Mancha e TUP. O que ouvi: parece que algum(ns) integrante(s) da Mancha bateu(ram) no filho do Marcelo na noite de sábado, durante a festa de junina do Palmeiras.

Por quê? Dizem, e ficamos sempre nas hipóteses e nos boatos, que o filho do Marcelo estaria falando mal da Mancha na internet. Besteira, eu sei, mas é a história que corre.

Isso tudo foi o que me disseram.

Agora o que eu vi, bem à minha frente:

Lá pelas 17h20, a diretoria da Mancha e um grupo enorme resolveu entrar no estádio. Desceram a Turiassu em direção à Pompéia para então chegar à Matarazzo. 15 ou 20 minutos depois, surge um grupo da TUP, vindo, sabe-se lá porquê, da outra ponta da Turiassu. Não era um grupo pequeno e vinha com todas as lideranças. Passaram cantando em frente à sede da Mancha.

Na esquina da Turiassu com a Caraíbas, bem em frente à Losteria do Izidoro, um diretor da Mancha (vou aqui preservar o nome) chega para conversar com o Marcelo. Deu para perceber que era uma conversa tensa, mas era só uma conversa, de um com o outro. Não durou 15 segundos. Por trás do diretor da MV, veio um cara da TUP (e eu não consigo identificar quem) e acerta um soco no da Mancha.

Aí começou a briga, pequena apenas porque a PM interveio de maneira adequada (é justo reconhecer).

Depois do jogo, rolou o boato de que estaria havendo nova briga do lado externo. Acho difícil, visto que a Mancha ficou dentro do estádio por alguns bons minutos. Na saída, em bloco, estava tudo meio deserto na Turiassu, com a PM de prontidão. A sede da Mancha estava cheia. A da TUP, fechada. Creio que o pessoal seguiu direto para a quadra, exatamente para evitar conflitos maiores.

Foi isso. É de se esperar que as diretorias se acertem para não dar dimensão a algo que não merece...

Abraços

Forza Palestra disse...

Verdade, Felipe. Acho que você tem razão. Ontem, voltando do jogo, conversava com um amigo. Tentei relembrar as derrotas todas e só vieram três: 0 x 1 para o Santos (1993), 0 x 1 para o Guarani (1994) e 1 x 2 para o Cruzeiro (1996). Há pelo menos mais uma. Essa quinta parece decorrer de uma informação incorreta que eu encontrei por aí. Vou correr atrás disso.
Abraços

mancha z/s disse...

grande vitoria!!!!

vitor mv disse...

Sobre o Kléber, o cara é um "monstro" em campo. Não desiste de uma bola, sai trombando com a zaga inteira dá carrinho e fica com a bola, até que vem um palhaço com o apito na mão e o tira do jogo sem mais nem menos pra variar.

Barneschi assim como vc tbm cheguei por volta das 16:00 no palestra, graças a incompetência da bilheteria e td mais, não consegui comprar meu ingresso de estudante depois de ficar 1:30 hs na fila!!Pra variar, vendas de ingresso no Palestra é sempre a mesma merda.

Sobre a briga entre MV X TUP, estava na rua de trás do palestra quando Pms e integrantes da TUP começaram a discutir não sei por qual motivo, foi então que vim pra Turiassu com mais um amigo da MV e vieram logo atrás cerca de 50/60 integrantes da TUP cantando seus gritos como se quisessem mostrar sua grandeza.
Como eu e meu amigo estavamos com blusa Mancha fomos encarados por praticamente todos os integrantes da TUP que passavam por nós, tipo com olhar de inimigo..PORRA ta na hora de parar com esta palhaçada entre ALGUNS imbecis de ambas as torcidas.. Só espero que esses poucos imbecis não criem um ódio entre as duas torcidas do mesmo time, e que as diretorias conversem e ponham um fim nesta babaquice!!

ABS,

Forza Palestra disse...

Eis o que diz a Mancha no fórum:

Salve Família,

Já virou rotina e chega ser cansativo isto...novamente a imprensa mal-intencionada tenta difamar o nome da nossa entidade.
O jornal Lance de hoje, noticia da capa, diz "que organizadas brigam entre si". Aonde aconteceu isto ? Esses caras estão de brincadeira!

Quem foi ao estadio ontem sabe muito bem que não aconteceu nada, porém no estadio não tinha 15 mil pessoas e quem lê o jornal hoje (são milhares de pessoas) acredita cegamente em um absurdo desses.

O Lance foi tão infeliz que coloca uma noticia dessa na capa e dentro, na materia, não diz nada...alega que houve confronto e a policia interviu e pronto. Eles são ridiculos. A imprensa é nojenta isto é fato!

Ah! Tá...para falar que nada aconteceu...dois rapazes um de 18 e outro de 17 anos brigaram por causa de uma mulher na festa junina do sabado. Um era da Mancha e outro era de outra organizada.

E no domingo teve uma discussão momentos antes do inicio da partida. A diretoria da Mancha estava dentro do estadio.
O Ten. Zaccaro do 2.Batalhão de Choque pressenciou tudo e agiu de forma correta "acalmando" e controlando os dois exaltados.
Agora falar que isto é briga de organizadas ? É falta de respeito e falta de profissionalismo dessa imprensa nojenta.
A Mancha vem fazendo um trabalho junto ao 2.BP Choque...ontem voltamos com as camisas, faixa e bateria. A nossa entidade é muito grande para se preocupar com coisas pequenas. Uma briga ou discussão de um integrante nosso com outra pessoa não pode e nem deve ser considerada como briga de organizadas.
Portanto familia esquece a imprensa....E vcs podem ter certeza se algo tivesse acontecido de forma premeditada....eles teriam materia para duas paginas. Nada aconteceu!

Grato!

Diretoria Mancha alvi Verde

Mineiro1908 disse...

Aos irmão palestrinos:

Para redimir o erro do ano passado, nos vamos entregar o jogo (galo e palmeiras) para que vocês passem as marias e lutem pelo título.. sei q tem muito palmeirense puto por sair da libertas... mas vamos recompensar... (mesmo sem valdivia e kleber)

Mancha Verde e Galoucura, união sinistra q ninguém segura

Daniel disse...

po, o cara que deu a prorada no kleber foi o alceu?????????

vitor disse...

rumo a liderança!!!

grande kleber, sangue ruim, e é isso q o faz grande.

mineiro, vamos ganhar de vcs sem q entreguem o jogo.

ouvi falar q teve torcedor q entrou aos 30' do 2º tempo...essa diretoria qr elitizar o público, mas não elitiza os serviços prestados, kkkkkkkkk.

sim, era o alceu.

Xadrezderua disse...

Caro Rodrigo.

Confio e sempre confiarei na sua isenção e profissionalismo. Por isso solicitei informações.

Aliás, e eu acho que vc. sabe disso, da molecada da rua, eu sempre achei vc. um tanto diferenciado intelectualmente. Cultura geral e capacidade de discernimento sempre te acompanharam...

Resumindo, voto em vc (mas só se vc. me contratar pro seu gabinete)...



Agradeço pela sua atenção.

Forza Palestra disse...

Fala, Armando!

Agradeço a distinção, mas te asseguro que jamais seria candidato a um cargo público... hehehe!

De resto, me avise se você souber da versão da TUP. E espero que isso tudo tenha ficado no pequeno incidente de ontem.

Abraços