09 junho 2008

Sobre gigantes e anões

Dentro de poucos dias, o Ixpót volta a ser o que é. Com o fim da Copa do Brasil, o clube pernambucano deixa de figurar nas manchetes de jornal, como um finalista ocasional, e volta a ser o nada habitual.

Não pretendo me estender muito no assunto, até porque é inadmissível a postura dos jogadores que defenderam ontem as cores do alviverde. Mas eu falo aqui de CLUBES e não de TIMES.

Times, como o do Palmeiras ontem e também no 1 x 4 anterior, são capazes dos piores vexames. Não é por eles a nossa devoção, mas pelo clube, pela história, pela camisa, pela tradição.

Um clube como o Palmeiras, gigante, não pode entrar em discussão com um Ixpót, insignificante por natureza. Não há espaço para comparações entre um e outro.

É emblemático, portanto, que um dirigentezinho safado do Ispór esteja ocupando espaço na mídia nas últimas semanas com declarações que buscam confrontar os grandes clubes do país.

Foi assim com Palmeiras, Internacional, Vasco e SCCP.

O cara não descansa. Passa os dias a cutucar os grandes, como se preza a um clube pequeno que, de uma hora para a outra, se vê em condições de enfrentar os gigantes do país. É o único jeito de aparecer.

Com um discurso xenófobo (ah, se fosse o contrário...), tudo o que o pobre dirigente faz é destilar o seu ódio contra o povo do Sul e do Sudeste. Paulistas, cariocas, gaúchos, pouco importa. O que vale é proferir suas idiossincrasias e manter o nome em evidência.

Falta pouco, e logo esse cretino volta a ocupar a posição de insignificância que convém ao seu clube-anão.

É pena que os jogadores que compõem este time do Palmeiras não tiveram a decência de fazer com o Ixpót aquilo que compete a um gigante contra um anão: pisar e esmagar.

***

E os políticos pernambucanos também
entram na guerra. Por ocasião da intedição do estádio dos Aflitos - um absurdo, diga-se -, deputados e senadores do PE disparam coisas como isto aqui: "O que ocorreu no estádio dos Aflitos, ao contrário do que faz sugerir o absurdo preconceito contra o Nordeste, não se compara, por exemplo, ao que ocorreu na semifinal do Paulista entre Palmeiras e São Paulo, quando soltaram gás no vestiário".

A frase, do senador Jarbas Vasconcellos (PMDB-PE), é recheada do ressentimento já apontado pelo Raphael Falavigna. Não, eu não vou entrar no mérito da discussão sobre o caso do gás. Se você tiver interesse e paciência, basta procurar o assunto nesta mesma página, lá pra baixo. O que pesa aqui é este desagradável preconceito às avessas. De novo: e se fosse o contrário?

***

E mais uma coisa: chega dessa maldita camisa amarela!

É VERDE, PORRA!

17 comentários:

vitor disse...

"É pena que os jogadores que compõem este time do Palmeiras não tiveram a decência de fazer com o Ispór aquilo que compete a um gigante contra um anão: pisar e esmagar."

essa frase, mostra o pq eu falo q nesse time só tem vagabundo, inclusive o venezuelano marketeiro.

qto a baianada, qdo eles qserem se separar do brazil, façam o favor de me chamar, q lutarei por eles com unhas e dentes...e aí, poderei enfim escrever braSil.

Coruja disse...

Grande, vamos lá:

Concordo plenamente contigo (e escrevi isso hoje tb) que esse limão-amarelão já deu o que tinha que dar. Nosso uniforme número 2 é tão lindo, que catzo fizeram com ele? E mais: se é para lançar uma camisa promocional e cativar a mídia, gerar renda na venda desse produto para a torcida, por que não reeditam a camisa do Palestra Itália como uniforme opcional? Será que isso ofenderia alguém a quem nossa diretoria não quer melindrar?...

Outra: por conta daquele comentário que vc citou sobre Pernambuco, que escrevi no teu blog e reescrevi no Mosqueteiro hoje, recebi o seguinte comentário anônimo no MEU blog, dizendo mais ou menos assim: "se vc conhecesse mesmo Pernambuco, não falaria assim, seu..."

Acontece que conheço e sei o que o covarde anônimo quis dizer. Digo a ele, novamente no teu blog, que não tenho medo dessa balela de jagunço. Se for pra me estrebuchar, manda bala. Acredito em destino, e só. Acredito na vontade do Homem e na agenda dele. Até porque esse jagunçismo e esse coronelismo relegou aquela bosta de estado ao subdesenvolvimento eterno. Não são gente pra enfrentar a minha. Podem ganhar dez partidas de nós, que ainda não serão gente pra brigar comigo. Pode me processar tb, hoje em dia tá mais fácil do que resolver na peixeira. É o que Madame, que vcs tanto admiram, gosta de fazer.

Arruma um procurador, seu bosta.

Barney, já disse isso e sei que vc não gosta: vou torcer CONTRA O ISPÓT. Muito! Nem me interessa saber quem estaria do outro lado. Essa merda tem de parar aqui.

ClaudioYidaJr disse...

Falei coisa semelhante. Assim como fez o goiás, a merda verde do Planalto.

Sobre a discussão norte-sul, isso é só retórica de nego que não tem o que argumentar.

Porém, nada mais lógico ver posturas como essa de um time cuja torcida permite bandeiras da facção (essa sim) cor-de-rosa e faz reverência à Xuxa.

[SEP] Valmir disse...

Fala galera!

Concordo plenamente com vcse vou mais longe.

Sobre os políticos do NE eu já escrevi como penso que eles são o entrave e o câncer deste País, os mutreteiros, os corruptos os manipuladores.
Em nome do "povo sofrido", a verdade é que o NE e seus estados vivem na maioria de ASSISTENCIALISMO GOVERNAMENTAL.
O choramingo deles é sempre o mesmo
que é "preconceito".
O palavra MALDITA essa.
Em nome dela somos obrigados a engolir atravessado o que esses FDP dizem.
Pior, é que nem discordar nós temos o direito.
mesmo!

Tem até o filho de um certo ìcone dos pernambucanos que comprou uma fazenda de R$ 43 milhões de reais e colocou no próprio nome.
detalhe, a poucos anos atrás, ele era AUXILIAR DE TRATADOR no Butantã.
Nem a preocupação de que alguém possa "estranhar", o cara ficar milionário da noite para o dia eles tem mais.
É porque o governo do pai dele é "honesto"!


Falando deste clubéco que eu nem vou citar o nome, a culpa é também nossa, porque o Palmeiras Tetra Campeão Brasileiro tem a OBRIGAÇÃO de ganhar e bem desses caras.
Time para isso no papel tem e de sobra.

Agora, fazendo o papel ridículo que nós fizemos, mereceu a derrota, assim como mereceu na Copa do Brasil.

O que eu entendo é que os jogadores do Palmeiras e o Técnico, estão fazendo pouco caso do clube e principalmente da torcida.

É inadmissível que eles se comportem desta forma em campo, é uma afronta!

Daí eu acho que a torcida, que é a única que realmente se importa e se fode, deveria dar um presta atenção no seu Valdívia, no Diego Souza etc e tal, e inclusive no Luxemburgo.
Vai embora? Então vá e não fique com má vontade como demonstrou no banco domingo.

FODA-SE LUXEMBURGO!

Com dor no coração, digo que nós somos talvez o único dos chamados "grandes do futebol", que deixamos estas MERDAS fazerem o nome em cima da gente.

Exemplos não faltam!
Nós estamos acostumando muita gente a fazer festa em cima da gente, coisa que não acontece com outros clubes.

Isso tem que mudar, mas isso é OBRIGAÇÃO de quem comanda o clube exigir.

Como a omissão e a incompetência anda rondando nossa casa e nossas tradições vira isso aí que a gente está vendo.


abs

Barba Verde disse...

Só resta uma coisa a se gritar no estádio:

MARCOS.....MARCOS.....MARCOS....

O ÚNICO QUE FAZ PARTE DO NOSSO CLUBE, NÃO SÓ DO TIME.

Do resto melhor não comentar, ajoelhamos diante de um zé "ninguém" agora tomaremos tapas na cabeça até se reerguer de novo... coisa que sinceramente não sei se vai acontecer.

Abraço a todos

rodnei t.t.i comando vermelho sp disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Forza Palestra disse...

O tal dirigente do Ispór volta a atacar. Painel FC de hoje:

"Queria saber se os jogadores do Palmeiras tiveram diarréia de novo antes de perder outra partida para o Sport"
De GUILHERME BELTRÃO, vice do Sport, sobre Luxemburgo dizer desconfiar de sabotagem na comida do time em Recife na Copa do Brasil


É comovente o desespero do cara, não? Faz de tudo para aparecer, pois sabe que logo mais termina o espaço e o Ispór volta a ser o nada que é. E o pior é que tem ainda quem dê espaço para o infeliz..

Ah, e tem ainda a polêmica com os ingressos para a torcida do SCCP. Vejam só:

AINDA NÃO HÁ PREVISÃO OFICIAL
Até o final da tarde de ontem, os dirigentes corintianos não tinham nenhuma resposta do Sport sobre a cessão de ingressos para visitantes. Segundo Guilherme Beltrão, vice do Sport, os cerca de 3.000 bilhetes para os corintianos devem começar a ser vendidos hoje, somente no Recife, mas nem essa previsão é oficial. Depois de acionar a Federação Paulista de Futebol, o clube do Parque São Jorge ainda pediu à CBF que intercedesse na questão das entradas, conforme noticiado pela Folha ontem.


Só lá? E os ônibus que saem aqui de SP? E os pacotes vendidos pelo clube? E quem vai de avião?

E dá-lhe polêmica para aparecer na mídia...

Filipe disse...

O referido filhodaputinha do diretor é quem promoveu esse não cumprimento do estatuto do torcedor.
Não mandou para cá os ingressos que, conforme manda o regulamento e o estatuto, foram requeridos com antecedência.

O argumento desse canalha é que aqui foram "maltratadas". O caralho! Não tinham nem 1000 filhinhosdaputa pra colocar no antiestádio!!!

Como essa merda de imprençinha fala em "previsão oficial" SE ESSA PORRA TÁ PREVISTA NA MERDA DO ESTATUTO DO TORCEDOR, e portanto tem o caráter irrevogável de uma lei?

Nós somos a terceira torcida do Pernambuco, e temos gente pra lotar cinco Ilhas do Retiro.
Taí, portanto, o que acontece: "clube" pequeno, com medo de que a sua Ilha do Retiro vire a ILHA DO BOM RETIRO.

E querendo aproveitar a qualquer custo essa "audiência"... E babaca arrota o que quiser.

Fora isso, com todo respeito, devo deixar aqui um compreensível
SAI ZICA!!!

Falando em Bom Retiro, devo deixar aqui uma questão, ao ilustre morador do Cambuci, o Raphaello Falavigna, e aos demais interessados, como o próprio Palestrino deste blog: Vocês conhecem o Movimento Santa Helena (década de 30)?

palestra1914 disse...

Barneschi , o que o dirigente pernambucano que é aparecer e nada mais.Não comento mais sobre um time que nada acrescenta ao futebol nacional. Está apenas tendo seus '15 minutos de fama'.E se esse time for alguma coisa mesmo , que reverta a desvantagem que tem em relação ao corinthians.Mas acho quase impossível isso acontecer.Meu irmão mais novo mora no sul da Bahia e sei muito bem que o preconceito é muito maior lá de cima aqui prá baixo do que o inverso. Isso sem entrar na discussão de que no NE as pessoas não tem a mínima personalidade para torcer para um time.É só flamengo e nem sabem o porque de torcerem prá esse time. Vão no embalo da massa.

Também acho que a camisa amarela já deu. Neste momento ela só serve para caracterizar as atitudes dos jogadores e do técnico.Não sei em que ponto está , mas é o dinheiro que está falando mais alto no elenco palmeirense. Tá cheio de neguinho louco prá vazar e entra em campo como se fosse de vidro. Ridículo!!

Se fosse qualquer outro jogador a dar as declarações que o Marcos deu , o Luxemburgo já teria afastado o tal sujeito. Mas ele não é idiota de bater de frente com nosso maior ídolo. Tá faltando culhão prá muita gente lá dentro.

Abraços ,

Bruno D'Angelo.

Rafael Let's Gol! disse...

Arquibancada ainda a 30 reais para o jogo contra o Cuzeiro.

Chego a conclusão que a diretoria não está nem aí para a renda do jogo. O que é muito preocupante, pois eles sabem que estão tomando prejuízo ao praticarem os preços mais altos do país, e mesmo assim os mantém. Tem algo maior por trás disso.

E enquanto isso, a torcida do Grêmio lota o estádio e empurra seu time para o topo da tabela. E de quebra trás as melhores rendas e os melhores públicos até aqui. Tudo porque a diretoria não resolveu atrapalhar, não fez sacanagem com a própria torcida.

Rafael Let's Gol! disse...

* vi que o Grêmio também está cobrando 30 conto na arquibancada. Mas fazendo algumas contas, a renda média por torcedor no jogo contra o Flu ficou abaixo dos 15 reais. Enquanto o do Palmeiras chega próxima dos $30. Então o que deve acontecer é algum tipo de desconto, em campanhas, ou para sócios. No fim, a torcida do Grêmio paga bem menos para ir ao estádio do que a torcida do Palmeiras, e por isso consegue bons públicos (e rendas muito mais altas).

Forza Palestra disse...

Rafael,

O Grêmio, assim como o Inter, faz promoções para os sócios do clube. Eles pagam a mensalidade e, em troca, têm ingressos a preços subsidiados. No caso do Inter, é ainda mais fácil, pois eles nem pagam pelo ingresso.

É uma maneira de gerar receita e premiar aquele torcedor que vai a todos os jogos. Fica com o custo de R$ 30 aquele torcedor eventual, que vai a um jogo por mês ou coisa parecida.

É exatamente aquilo que a nossa diretoria se recusa a fazer.

Coruja disse...

Filipe, não vou dizer que sei muito porque não é verdade. O Grupo Santa Helena me remete a Alfredo Volpi e, consequentemente, Cambuci, é claro. Aqui ele morou a vida toda, embelezou o bairro com um mural em via pública e recusou homenagens da vizinhança até morrer.

Quanto ao Movimento Santa Helena em si, sei que surgiu na segunda fase do Modernismo e abrigava pintores de origem humilde, quase todos oriundi. Estabeleceram uma nova estética complementando o conceito surgido na Semana de Arte Moderna, anos atrás, patrocinada pelos barões do café e quatrocentões de São Paulo.

Por favor, corrija-me se falei muita merda. Mas toda essa discussão me obriga a começar a detalhar um post contando a História desse bairro glorioso, estou devendo. Aguarde!

Forza Palestra disse...

Ah, e fiquei devendo essa: não sei nada sobre o assunto, Filipe. Mas nosso amigo do Cambuci já se encarregou de responder.
Abraços

Filipe disse...

Opa, que bom que inspirei alguma coisa...
É isso, de fato.
Grande Volpi!

A frase que consubstancia tudo isso é mais ou menos assim:
"A semana de 22 desceu de Higienópolis para o Theatro Municipal.
O Grupo Santa Helena veio do Cambuci para a Praça da Sé"
.

VIVA O MOVIMENTO SANTA HELENA, meu caro, estandarte contra a porra de elitização da cultura!!!
Mais que complementando: criaram novo paradigma, já que a maioria dos oriundi/imigrantes não frequentaram cursos nem entraram em contato com grandes obras, como os que foram e voltaram do velho continente. Eles fizeram a si mesmos, eis o paradigma.
É um pouco a história de nossos antepassados, de Jorge e Gennaro. Um pouco não, tudo aliás.

Ah, e claro: VIVA REBOLO!!!

Abraço.

Coruja disse...

Filipe, esse post sobre a História do Cambuci... Bem, eu quero que sirva como referência e consulta. Por isso vai demorar. Quanto aos artistas oriundi, não mais herdaram além do esmero e competência do nosso povo de origem... Quem desenvolveu o design mais bonito e perfeito de todos os carros e mulheres, ternos e prédios; quem herdou a cultura de civilizações milenares e nos transmitiu através do carinho e do cuidado, com tudo que se refere ao conceito de família?

Você não sabe como o Cambuci faz parte da nossa história e mesmo do desenvolvimento de São Paulo... Era onde os Bandeirantes se reuniam e se reagrupavam para desbravar novos campos. Em torno dele surgiu grande parte da metrópole...

Nesse bairo se escondeu Monteiro Lobato, sabia?!

Deixa tudo isso pra outro dia! Vou escrever mais e melhor...

AH: SAI ZICA MESMO!

Ulisses disse...

QUANDO O ANO 2008 INICIOU, APENAS UMA LÓGICA ESTAVA PRONTA: UM TIMINHO DA MARGINAL SOFRERIA SEM LIMITES!!

POR ISSO, APENAS POR ISSO, PELO ÓDIO QUE SINTO PELA GALINHADA COMEMORO COMO UM LOUCO ESSE TITULO DO ISPORT!!

QUE FIQUE CLARO A TODA GALINHADA DA MARGINAL SEM NÚMERO QUE VCS TEM QUE SOFRER ATÉ A ÚLTIMA GOTA DE SANGUE!!

CHUPA GALINHADA DE MERDA!! MALDITA!! NOJENTA!!

KRALHU...É MTA ALEGRIA!!

CHUPAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!

QUERO VER SUBIR AGORA HUAHAUHAUAHUAHAUHAUHAU VAI SEUS LIXOS!! COMEMOREM ANTES!! CHUPAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!

OBS: O ISPÓRTI CONTINUA PEQUENO!!