01 julho 2008

Uma nova era para o Vasco

Sim, eu já defendi Eurico Miranda. Não vejo as coisas com a cabeça doentia de um Juca Kfouri, por exemplo. Entendo que Eurico já fez muita coisa boa pelo Vasco e que muitos de seus atos devem ser relativizados. Ponto. Isso é passado.

Acontece que Eurico se deixou entorpecer pelo poder. Virou um ditador da pior espécie. E, problema maior, é o principal responsável por contaminar a imagem do histórico Club de Regatas Vasco da Gama. Sua saída era necessária, e não é de agora.

Roberto Dinamite assume hoje o cargo de presidente do Vasco. É de se esperar que conduza o clube da Cruz de Malta ao caminho das vitórias e da legalidade. De imediato, sua posse permite uma higienização moral mais do que necessária.

Poderia eu aqui escrever um enorme texto para explicar minha posição. Mas Eurico, com uma única frase, fala por mim. Vejamos, em um breve parágrafo de matéria da FSP, como ele se dirigiu ao maior ídolo e maior artilheiro da história do Vasco:

Ontem, o ex-presidente chegou a hostilizar o seu opositor durante o pleito. "Quem é você?", gritou, repetidas vezes, Miranda, ao ser questionado por Dinamite em meio a uma discussão antes da votação.

Passar bem, Eurico!


***

Pois é, o blog é dedicado ao Palmeiras. Mas sou Vasco no Rio, e entendo que os grandes clubes não podem nunca sucumbir à vontade de pessoas ou grupos políticos. Portanto, o que acontece em São Januário deve ser enaltecido.

***

E
JK, destemperado, consegue bater no Madureira até mesmo quando fala do título da Espanha na Eurocopa:

A festa espanhola ontem, em Viena, revelou, ainda, como é possível ser campeão sem ter medo e como são misteriosas as idiossincrasias dos técnicos de futebol: Luis Aragonés barrou o ídolo Raúl, mas se deu bem com Marcos Senna, que foi mandado embora do Corinthians por Vanderlei Luxemburgo.


Desnecessário...

7 comentários:

Raphaello disse...

Também costumava defender Eurico: a maneira como ele defendia os interesses do Vasco feito leão me fazia responder para os outros que seu único defeito era não ser presidente do Palmeiras. Mas, nos últimos tempos, realmente ele virou um cacoete de si mesmo.

Boa sorte ao Vasco!

filipe disse...

Ah, sim. O Marcos Senna é craque...

Forza Palestra disse...

É esse o ponto, Raphael. Fazia a mesma defesa. Mas Eurico extrapolou faz tempo. Que Dinamite cumpra o que dele se espera, assim como fez Bebeto de Freitas no Botafogo.

Ulisses disse...

No Rio, em São Paulo, na Australia, na Lua, na morte...serei sempre Palmeiras!!

Vasco que cuide de si mesmo!!

Abs!!

Forza Palestra disse...

O argumento de sempre, né, gladiador júnior?

vitor disse...

cheguei um pouco tarde, mas meu pensamento é o msm do gladiador.

no rio, eu sou PALMEIRAS!!!

Ademir Castellari disse...

Meu comentário é sobre JK. Sempre ele. Hoje, em seu Blog ele diz que o que é bom para o Palmeiras é ruim para o Mumu. Eu concordo. Só não concordo que ele - agora - pareça ser favorável ao projeto da Arena, pois foi - como Mumu - contrário desde o começo. Eu não me esqueço dessas coisas. Sobre a perseguição a VL está parecendo patológico. Coisa de quem tem uma inveja enrustida, uma vontade louca de ser - e ter - o que o outro é - e tem -, mas não tem caráter suficiente para tentar, pois tem medo das conseqüências.