30 outubro 2008

Parabéns, bambis!

Sábado, 25 de outubro de 2008. Maracanã, Rio de Janeiro. Fluminense/RJ x Palmeiras. Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho (DF).

Quarta-feira, 29 de outubro de 2008. Engenhão, Rio de Janeiro. Botafogo/RJ x SPFW. Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho (DF).

Sim, é o mesmo.

No sábado, Washington, atacante do Flu, ameaça colocar a mão na bola, muda de idéia e a bola vai parar no gol de Marcos. O juiz confirma o gol. Ok, lance legal. Nada a reclamar, tanto é que este blog não fez qualquer referência à arbitragem.

Quatro dias depois, a bola também vai ao gol, desta vez contra o narigudo mau-caráter. Ao contrário de Washington no final de semana, o atleta do Botafogo procura tirar o pé de bola, de modo a não interferir na jogada. Mas aí é contra o SPFW, e o jogo de bastidores faz a diferença.

Eu tenho me esforçado para minimizar as coisas e acreditar que nada é assim tão premeditado, mas fica difícil depois de mais esse ‘erro’ (?). Pior ainda quando se toma por base a terrível coincidência: porra, o juiz de sábado foi o mesmo de ontem! Parece até proposital.

E assim, também com a ajuda bizarra do goleiro carioca (por que cazzo ninguém dá a bola para os nossos atacantes?), mais dois pontos seguem para a conta dos leonores. Mais dois. A arrancada bambi se constrói assim, na base do apito rosa: foram erros contra Palmeiras, Vitória e Botafogo, tudo na seqüência e logo no momento decisivo. E eu falo apenas dos mais recentes.

Chega! Se alguém vier aqui comentar que os erros acontecem para todos os times, eu vou perder a paciência de vez – se é que ainda tenho alguma. Já cansou; passou de qualquer limite.

Lembro ainda – pois é necessário – que esta corja imunda levou o título do ano passado graças também a 12 pontos gentilmente oferecidos pela arbitragem. 12 pontos! E isso tudo está documentado
AQUI (sim, volto ao essencial levantamento do Conrado).

Foi
assim também, com a providencial ajuda do apito rosa, que nos tiraram de pelo menos uma Libertadores, a de 2006. Foi assim que nos tomaram o Paulistão de 1971. Foi assim que roubaram um empate nosso no ano passado. Foi assim que fizeram um gol com a mão neste ano. E tudo acontece sempre para o mesmo lado.
Portanto, não venham com a porra do argumento de que os erros acontecem para todos os lados. Não é assim que a história registra. Desafio alguém a citar mais do que um erro contra a bicharada neste ano. Porque eu consigo me lembrar de apenas um: aquele contra o Grêmio no Olímpico. E só!

Deve ser preciso muito planejamento – além de muitas horas de conversa sob o frescor do ar condicionado e algumas doses de uísque – para conseguir tantos erros a favor. Muito planejamento.

Estão de parabéns os visionários, arrojados e modernos dirigentes do Jd. Leonor. O planejamento funcionou mais uma vez.

***

Não esperem de mim algo racional hoje. Por favor, não façam isso, pois eu me sinto agora incapaz de escrever um texto mais elaborado e/ou menos visceral. Talvez amanhã, já com os pensamentos menos perturbados e sem tanto ódio, eu consiga apresentar, de modo mais racional, algumas idéias que estão na cabeça agora.

Por enquanto, devo dizer que às vezes tento imaginar o que passa pela cabeça de um oportunista bambi depois de um roubo como o de ontem. Sei lá, não bate vergonha? Ou constrangimento?

Que nada! Basta caminhar pela rua, entrar na padaria para tomar café da manhã ou ouvir conversas soltas e você logo estará em contato com o frágil discurso das criaturas oportunistas que se travestem de torcedores quando o campeonato se aproxima do final.

Vergonha? Constrangimento?

Porra, mas como poderiam sentir isso se “torcem” (é maneira de falar, ok?) pelo clube do Jd. Leonor? Como poderiam sentir vergonha se fazem parte de uma corja que desconhece a própria história? Como poderiam ter algum constrangimento se não se importam em freqüentar um antro construído com dinheiro do povo?

É bem típico, portanto, que comemorem mais um episódio vergonhoso da história leonor. Episódio que logo ficará esquecido, pois assim interessa à mídia esportiva, aos oportunistas da geração vitrine e aos marqueteiros de plantão.

Situações como essa me levam a uma série de questionamentos, pois eu tenho vergonha na cara e a dignidade que falta a esta gentalha. É por isso que sou Palmeiras.

Mas, afinal, será mesmo que vale a pena todo o meu esforço? Vale a pena gastar uma fortuna, ir a todos os jogos em SP, viajar para o Rio, para Curitiba, para BH, para Salvador, para onde for? Vale a pena botar meu carro na estrada, pegar ônibus, avião, caravana de torcida? Vale a pena gastar tanto do meu tempo e do meu dinheiro? Vale a pena acumular em alguns meses mais jogos no estádio do que esses malditos jamais conseguirão em toda uma vida de oportunismo barato? Vale a pena gastar tanto tempo, dedicação e sentimento para manter este blog já há cinco anos?

Porque, no final, é tudo uma questão de planejamento. Algum sujeito de terno planeja e os que se dizem árbitros transformam todo esse amor e toda essa obstinação doentia
no ódio e na indignação que sinto hoje.

Vale a pena?

***

1 x 0 NO PALESTRA

A nossa vitória de ontem, ofuscada pelo indivíduo que se diz juiz de futebol, veio parar no rodapé. Depois do desabafo acima,
não faz muito sentido relatar o que vimos no Palestra. Em breves palavras:

Vencer por 1 a 0, com gol de pênalti e sem jogar bem era o melhor que poderia ter acontecido. O que importa mesmo é o jogo de domingo na Vila. E precisamos correr atrás dos ingressos, é sempre bom lembrar.
Volto ao assunto depois, pois hoje não sairá coisa boa.

35 comentários:

Emerson Machado disse...

Apoio cada vírgula, cada ponto, cada desabafo... Não moro em Sp para ir a todos os jogos, mas acompanho todos pela TV, pago caro pra ter PFC, mato aula na facul pra ver os jogos e no final, como vc falou, 1 filho da puta de terno mais 1 filho da puta de um juiz determinam o campeonato.

Ao nosso grande clube, só resta ganhar de todos, com mais de 1 gol para não ser roubado no final e torcer para que a justiça seja feita.

Será que nossos dirigentes não vêem nada disso? Somos loucos então?!

FORÇA PALMEIRAS!! SEMPRE PALMEIRAS!!

Adeílson disse...

caro,

não sinta ódio. o palmeiras é uma boa equipe e pode sim ganhar o título. na bola. como o são paulo, se ganhar, será na bola. essas teorias da conspiração tiram a razão de vocês. no paulistão deste ano, o palmeiras teve penaltis a favor em quase todos os jogos, foram onze ou mais, um recorde. muitos contra times pequenos e inexistentes.

Vitor MV disse...

Barneschi escrevi no outro post para o Luiz, mas coloco novamente:

---------------------------------
incompetência" em "incompetência" o Palmeiras vem sendo prejudicado em jogos contra ELAS ja faz anos, desde as Libertadores, e esse ano no Paulista(gol de mão) e agora no segundo jogo não foi diferente..

E de "ajuda" em "ajuda" ELAS vem chegando..ja são 3 jogos SEGUIDOS que os arbitros mostram "incompetência" a favor delas..

Ja passou da hora da nossa diretoria de merda fazer alguma coisa!!
E por tudo mundo achar que os erros são NORMAIS elas ja tão em 2ºlugar!!
--------------------------------

E concordo em tudo que vc escreveu agora, "erro" ou "incompetência" é o CARALHO..é pilantragem mesmo..

ACORDA DIRETORIA FDP!!

Abraços,
E Forza Palmeiras
PRIMEIRO PENTACAMPEÃO BRASILEIRO HETEROSEXUAL!!

Fabiano Jundiaí disse...

Sim, o meu PALMEIRAS ganhou.
Sim, aumenta a esperança.
Sim, fiquei feliz.

Mas ao me deitar, senti um gosto amargo na boca, não proveniente da pasta de dente mas sim pelo mesmo motivo de sempre, a sub raça comemora... tripudiando em cima da moral e da ética esportiva que rege todo e qualquer esporte.

Engravatados que calçam chuteiras estão se destacando no campeonato, já devem estar cotados para uma possível venda para clubes Europeus, já que andam fazendo muito mais que os atletas propriamente ditos.

Meu sono perturbado, não pelo meu time, meu clube que por ele perdi sono várias vezes sem reclamar. Mas perturbado pelo que assisto na tv e tenho que engolir sem poder fazer nada...

A vergonha é tanta que citarei um exemplo de certa forma inmparcial sobre os últimos acontecimentos... Minha mulher, também palmeirense por herança paterna mas nada fanática e até certo ponto, não muito interessada á guerra do futebol, estava comigo como sempre acompanhando o futebo pela Tv e pintando suas unhas.... fez o seguinte comentário: Nossa, todo mundo fala que o sp já é campeão, todo lance que vejo o juíz erra em favor deles, até os apresentadores fazem cara de satisfeitos com os resultados.... Agora entendo porque vc odeia tanto os torcedores do sp, bom se bem né que quase nunca vejo torcedor do sp, a não ser qdo ganham algo... Aff que graça tem torcer pra quem não precisa nem se esforçar pra ganhar...

Dei um beijo nela e disse::: Se em vc quase alheia a tudo isos provaca nojo, imagina o que nós torcedores que acompanhamos tudo de pertinho... Pois tá ai.. isso me leva a crer que ninguém assite futebol a não ser nós palmeirenses.. pois ninguem vê nada nessa porra... Barneschi concordo com vc, tá dificil ter opinião sem carrega-la de odio...
Que venha o Santos....

[SEP] Valmir disse...

Barneschi, em apoio ao que vc postou, uma cópia do meu post no Cruz e no PTD.


Para quem sempre diz que "há erros para um time e para outro", vemos como "SE FABRICA UM CAMPEÃO".

Me perdoem se o Tópico é ofensivo,mas é um desabafo de quem não suporta mais ver isso ano após ano:


Parabéns ao SPFW!

O maior, melhor, o mais “organizado”, o mais SEM VERGONHA, o mais ORDINÁRIO!

É assim que se faz um Campeão!!!!!

De time medíocre e desacreditado, mas hoje um postulante quase certo ao título, como os anteriores, e como sua história PODRE, de um time que não tem ALMA, não tem TRADIÇÃO, exceto esta:

-A de ter consquistas onde não houve entrega, onde a própria torcidinha de vitrine precisa ser CONVOCADA, e que seus diretores e seu técnico metido a ator de 5ª precisam IMPLORAR para que compareçam aos jogos do próprio time.

Mais uma vez por absoluta incompetência dos demais clubes, que vêem o que todos nos vemos, mas aceitam e se calam, e deixam essa CORJA ALIENADA, fazer o quer quer.

INACREDITÁVEL!

Hoje eu deveria estar feliz pelo fato do Palmeiras ter vencido de forma suada, com LUTA DENTRO DE CAMPO, bem ou mal vencemos.

Mas ao ver o que se passou no jogo desse time MALDITO, me revirou o estômago, um misto de NÁUSEA, de DESCRÉDITO no futebol e nas Instituições que o regem.

Tivesse ganho de forma honesta, não só esse como os outros em que o apito ajudou, eu nada diria, mas isso é a VERGONHA DO FUTEBOL BRASILEIRO.

Tivesse os outros clubes, HOMENS DE VERDADE, no próximo Brasileiro, nenhum clube participaria.
Deixem eles sózinhos, deixem eles ganharem pelo WO, é melhor do que ver o ROUBO DESCARADO sem que nenhuma atitude seja tomada!

Por fim, sinto nojo de você SPFW, de sua torcida de merda, de sua história suja e podre.
Vc é de longe, a PUTA DO FUTEBOL MUNDIAL!

Eu teria vergonha de me vangloriar de um clube que não tem HONRA E NEM DIGNIDADE.

VAGABUNDOS!!!

palestra1914 disse...

Adeílson , vaza daqui! Não me venha falar merda desse tipo! Não sou o dono do blog , mas não admito isso!
Vá se foder! Vir aqui tentar justificar os 'erros' a favor do spfw com argumentos furados de erros que favoreceram o Palmeiras no Paulista , é de tirar a paicência de qualquer um. Se liga , meu chegado!
É por essas que odiamos vcs!

Vaza!!!!

Bruno D'Angelo.

Forza Palestra disse...

Adeílson, meu caro,

Não se trata de teoria conspiratória. Não sei qual é o seu nível de dedicação ao futebol, mas eu posso dizer qual é o meu. É obstinado, é doentio, é insano. Mas não é cego. Eu vejo tudo, leio tudo, me informo tanto quanto gostaria. E as coisas acontecem não há anos, mas há décadas, sempre do mesmo jeito. Aí aparecem argumentos como o seu, do tipo “os erros acontecem para todos os lados” e fica tudo por isso mesmo, também porque interessa à mídia esportiva vendida.

Não é assim, meu caro. Apenas nesta página do blog (pode descer a barra de rolagem à vontade...) você encontrará uma infinidade de situações que favoreceram o time do Jd. Leonor. E posso, se tiver tempo, levantar mais alguns.

Entenda, Adeílson, que eu tenho ojeriza a teorias conspiratórias. Fujo delas e evito até ouvir certas besteiras. E me sinto muito à vontade para defender tudo o que defendo neste blog.

Por fim, tivemos sete pênaltis a nosso favor durante o Paulistão. Sete (7) e não 11 – de onde você foi tirar esse número? Desses sete, três aconteceram em um mesmo jogo, contra os leonores. E todos aconteceram, sem qualquer contestação. Os quatro restantes aconteceram ao longo dos outros 22 jogos.

Sim, quatro em 22. Isso é recorde?

Sabe o que houve em comum entre todos esses pênaltis? Simples: todos aconteceram.

Obrigado pela visita

Forza Palestra disse...

Fabiano,

Obrigado por compartilhar essa história aqui.

Abraços

Daniel disse...

mano soh pra fazer justica: quem anulou o gol foi o bandeira. o juiz tinha corrido pro meio de campo

Adeílson disse...

rodrigo,

você é o único cara sensato deste blog (não por acaso é dono e consegue escrevê-lo)

meu nível de comprometimento com o futebol é o seguinte: meu bisavô era paulistano (o clube), meu avô viu friedenrich e canhoteiro jogar, no campo. meu pai passou treze anos sem ver título do tricolor (época da construção do morumbi, em que não tínhamos time que preste, nem dinheiro) e mesmo assim é fanático.

e eu me apaixonei de vez naquele título fantástico (e na bola) contra o guarani em 86.
conheço muito da história do meu time, que é fantástica, assim como o é a história do palmeiras, time que respeito muito.

repito: concentrem-se na bola, que podem muito bem ser campeões.

quanto aos penaltis, não eram apenas no paulistão (mas foram nove e, não sete, neste campeonato). mas é fato que o palmeiras sempre tem penaltis, muitos deles duvidosos, no parque antartica. vocês não são uns coitados que são eternamente roubados. vocês são grandes. tomem consciência disso.

no mais, desculpe-me se invadi este espaço. prometo não aparecer mais.

link dos penaltis:

http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/Futebol/Palmeiras/0,,MUL414410-4403,00.html

ClaudioYidaJr disse...

Quem não tem alma não se constrange.

E eu vou relembrar: estão na Record, estão nas principais redações, estão agora na Câmara (e, provavelmente, na secretaria de esportes) e estão até mesmo na cadeira de prefeito.

De fato, um exemplo de organização administrativa. Organização criminosa!

Fernando Cesarotti disse...

Aliás, em 86 o Guarani foi vergonhosamente roubado naquela final... Que foi espetacular, de fato, mas teve um pênalti escandaloso no João Paulo que o Aragão deixou rolar.

marcel mv zl disse...

É isso mesmo bambi, não aparece mais aqui, porque eu não sou e nem faço questão nenhuma de ser sensato... aqui é vagabundo mesmo seu merda...

E se sua familia toda foi bambi desde sempre, vc é descendente de bandido e mau carater...

Aqui é Palmeiras, seu fdp.

palestra1914 disse...

O Palmeiras tem pênaltis , muito deles duvidosos, no parque antartica...

Meu chegado Adeílson , realmente o Rodrigo é o único cara sensato. E ainda bem que estamos conversando em um blog. Pessoalmente , vc teria a certeza de que eu não sou nada sensato quando o assunto é o seu time de merda!!! Agora , de que pênaltis vc está falando e quais deles foram duvidosos? Se liga! Venha discutir com provas.

Nós não estamos chorando por sermos prejudicados.Estamos gritando para perceberem que vcs SEMPRE SÃO BENEFICIADOS!!!!

Quanto ao título fantástico que vc se refere , o próprio zagueiro bambi admitiu em entrevista ao MN ,que cometeu o pênalti sim e que até hoje não entende como o árbitro não marcou!!!!

Portanto , vc é mais um bosta que se orgulha de ter sido campeão com a ajuda do apito. Típico bambi!

Abraços

Bruno D'Angelo.

Forza Palestra disse...

Adeílson,

Ok. Estava sem minhas anotações aqui e tinha na minha lembrança apenas sete pênaltis – faltaram exatamente os dois que foram desperdiçados. Seja como for, todos eles aconteceram. Nada a contestar, portanto.

A reportagem em questão – de um são-paulino, diga-se – não leva em conta que o Palmeiras passou 34 rodadas do último Campeonato Brasileiro sem ter sequer um pênalti anotado a seu favor. Muitos aconteceram, mas nenhum foi marcado. Seria bom se o repórter tivesse feito essa ressalva.

De resto, você é provavelmente uma exceção a tudo que eu digo aqui. Se for isso mesmo, provavelmente saberá qual é a verdadeira história da construção do antro, certo? Não é o caso de abnegação, portanto, mas ok.

Sim, o título de 1986 foi na bola, mas, como ressaltado pelo Cesarotti, houve aquele lance do pênalti (já percebeu que nunca erram contra o seu time?).

E veja, meu caro: somos grandes como você não imagina. Não é à toa que um clube é proclamado Campeão do Século. A questão toda é que não vou me calar diante de tudo o que têm feito para fazer do seu clube algo que ele não é.

A resistência, como bem diz o meu amigo Galuppo, está no nosso sangue.

Desde que volte com respeito, como fez agora, sinta-se à vontade para escrever aqui.

Daniel disse...

viu meu comentario mano?

don vitotti disse...

relaxa que se precisar, a juizada vai "errar" mais ainda pros bambis nos jogos que faltam.

Forza Palestra disse...

Sim, vi. Mas a palavra final é do juiz. Ele não teria argumentos para anular nada sem que o bandeirinha apontasse o ocorrido (?). Mas faltou coragem de assumir o lance. E, convenhamos, era o mais conveniente a fazer dentro de tudo isso que temos discutido aqui.

Lorena disse...

Não há como discordar,Rodrigo.Uma coisa é fato:os bambis jogam contra os adversários.E os adversários jogam contra os bambis, a torcida gay, a arbitragem ordinária e a omissão dos próprios dirigentes.
Como diriam: "ae é osso"

Anônimo disse...

tb apoio cada vírgula, cada palavra, mas faço reparo ao gol do washington no maraca: deveria ser anulado sim. sabe aquela jogada que o cara levanta os 2 braços sobre a cabeça e bate palmas, fingindo que vai pegar a bola com as mãos? pois é, é falta. logo, o gol dos bombis cariocas deveria ter sido anulado.
e outra coisa que devemos botar as barbas de molho é que vamos jogar contra os lambaris na vila e o mudaram o jogo dos urubus contra o botafogo para o maraca. pode isso???

Anderson Mancha Verde disse...

foda... muito foda..... acabou com a noite mano.... ateh quando esse apito amigo?????

Saulo disse...

O São Paulo não jogou nada e o Botafogo foi prejudicado mais uma vez. O São Paulo só ganhou por causa dos erros do Diguinho, do goleiro Renan e da arbitragem.

Forza Verde disse...

PRESTEM ATENÇÃO SEUS BAMBIS FILHOS DA PUTA. VOCÊS SÃO SUJOS. SÃO BANDIDOS. SÃO A ESCÓRIA. NÃO GOSTARAM? FODAM-SE!

SURGIRAM ASSIM. MORRERÃO ASSIM. NÃO GOSTARAM? FODAM-SE DE NOVO!

NÃO ACEITAM A VERDADE? PACIÊNCIA CORJA CRETINA, PORQUE ELA NÃO MUDARÁ. SÃO MAU-CARÁTER MESMO. E ACABOU! FICARAM HISTÉRICAS? FODAM-SE MAIS UMA VEZ!

VOCÊS SÃO INIMIGOS. ENTÃO...FODAM-SE. FODAM-SE. FODAM-SE.

palestra1914 disse...

Marco , seu bambizinho de merda : deixei lá no outro tópico o meu endereço.Se for do seu interesse me chamar de cuzão na minha cara , apareça!

Caso contrário , me avise o dia em que vc for ao panetone que eu vou lá te encontrar.Isso , se vc realmente já foi ou costuma ir à estádios/espeluncas como àquela merda que vcs roubaram.

E repito : meu nome é Bruno D'Angelo , seu bosta!

Marcelo GJ disse...

a bambizada é a torcida mau-caráter que já gritou no estádio:

"Pimenta ladrão, são paulo campeão"

Raphael disse...

Entendo perfeitamente cada linha de seu desabafo, caro amigo - e apoio cada linha de ódio, o único sentimento possível nesse momento.

Mas, ultimamente, tem vindo junto um sentimento de impotência, de frustração, e a clara impressão de que estamos falando sozinhos aqui, nós e mais alguns bravos...

Posso estar enganado, mas acho que o time da ditadura vai levar mais essa.

Nicola disse...

Texto perfeito Barneschi, perfeito!

E respondendo a sua pergunta: Valeria se tivessemos gente que pensa como nós no comando do clube.

Mas jamais desistiremos.

FORZA PALESTRA!

Filipe disse...

Palestrino, o planejamento vem de muito longe.

E permite que um cara desse venha dizer coisas assim, como quem não quer nada.

Por isso, adeílson, devo dizer que você é mais um daqueles alienados despudorados, mesmo considerado 'respeitoso'. Mesmo "conhecendo" a "fantástica"(???) "história" dessa corja que chama de clube.

É daquelas que teimam em arrumar um elo entre o clube de chá-das-cinco e essa escória que faliu pelo menos duas vezes, mamou na pica da ditadura e hoje mama na pica da mídia e do casares.

Entenda o seguinte (e sua avó poderia muito bem ter te dito isso, ainda que te dissesse pra manter segredo); o paulistano era um clube de idosas, para tomarem chá-das-cinco, basicamente.
Os netinhos e filhinhos delas resolveram fazer um time. E fizeram.
Dona Veridiana até alugava o campo do Velódromo pra essa turma.

Ocorre que na década de 1910 o povo alça o mundo futebolístico "oficial" e tira de cena os clubes de chá-das-cinco.
Na década de vinte, Corinthians e Palestra já dominavam a cena, o que viria a acontecer também na década seguinte.
Em meio a isso tudo, o "profissionalismo" vinha sendo martelado como se fosse modernidade (há um paralelo óbvio com o marketing de hoje em dia) pela elite que chorava a teta perdida.
As senhorinhas do paulistano impedem que seu patrimônio seja posto em risco, por conta dessa "profissionalização" (uma falácia, um outro nome para a mesma aliciação, o mesmo bicho, e o jogador continuaria a ser conseiderado um vagabundo do mesmo jeito).

Como se vê as senhorinhas estavam certíssimas.
Porque a corja que saiu do paulistano, do spac e do germânia, para fundar o primeiro s.paulo, e tomo a liberdade de resumir bastante toda a história de sacrilégios e escrotices, conseguiu falir tão rapidamente que nem se sabe direito o que aconteceu. É tanta merda que nem está escrito.
Novamente, tomando patrimônio de outro clube, menor, da Mooca, refundam-se. Mas novamente conseguem falir.

Em 41 articulam a intervenção no SCCP. Em 42, tentam tomar o patrimônio do Palestra.
Entram de gaiato em torneios onde só cabiam os campeões e vices de Rio e SP. O quadrangular de cinco, famoso, mas que a mídia conseguiu desmemoriar...
Em 51 adhemar drena e faz a terraplanagem do terreno que homenageia sua mulher, com dinheiro público, através de uma construtora que logo depois veio a falir.

Quantas falências...

Em 54 começam a desviar concreto, aço, madeira, mão-de-obra, de obras públicas, para construir o antiestádio.
Cujo projeto é de uma assepsia social nazista bastante condizente com a completa ausência de alma que caracteriza a corja bambi.
Até um banco, por sinal muitíssimo ajudado pela mesma corja, entra na jogada, forçando até aposentado a pagar carnêzinho, prometendo o que nunca daria.

Chega a ditadura e é salva a inauguração do antiestádio - iriam falir novamente, vejam bem - e então o bambi passa a ser o detentor de algo que não lhe pertencia.

Conseguiu o que almejou desde que foi cuspido nesse mundo.
Claro: sem alma nenhuma.

Enfim, entre aquele clube de velhinhas e essa escrotice midiática de vitrine, há um abismo intransponível.

Pena que você não voltará para ler isso. Mas, se vier, me contradiga em alguma coisa que aqui é dita. Pois por mais respeitoso que você possa se fazer parecer, não carrega nenhum respeito pela História.

Fabrício disse...

Barneshi, ótimo texto. Bem escrito, sincero e intenso.

A razão diz que não vale a pena... o coração sempre achará que vale e baterá por isso.

Minha razão tende a concordar com o sentimento do Raphael de que as moças levarão mais esta... a emoção e a moral dizem que devemos lutar contra... mesmo que com o sentimeno de impotência.

E acredito muito que em breve teremos alguém na direção do clube como nós. Aqui é Palestra e é este sentimento que todos devemos ter.

Abraço,
FC

Adhemar de Barros disse...

Oi!

Lucas disse...

Puta q pariu, esse seu post sintetizou por completo o RANCOR, ODIO e RAIVA q eu to sentindo nesse momento dessa RAÇA desgraçada. Sinceramente, escreveu tdo q eu e mtos de nós pessoas dignas q torcem pra times dignos pensam.

Parabens pelo excelente post.

[SEP] Valmir disse...

Belluzzo DETONA o SPFW, chama o NARIGA de PHD EM INFLUENCIAR JUÍZES.

ouçam, está no 3VV

http://www.terceiraviaverdao.com.br/3vv/InformativoLista.aspx?p0=13&p1=1434

Forza Verde disse...

ALELUIA! AELUIA! ALELUIA!

DEMOROU, MAS BELUZZO DEU O PONTAPÉ INICIAL!

(...)

Futebol/Campeonato Brasileiro - (30/10/2008 22:01:41)
Para não ser “banana”, Verdão denuncia favorecimento são-paulino
William Correia, especial para a GE.Net

São Paulo (SP) - A vitória por 1 a 0 sobre o Goiás manteve o Palmeiras vivo na briga pelo título brasileiro, mas outro jogo da 32ª rodada do Brasileiro ainda tira alguns alviverdes do sério. O diretor de planejamento do clube e um dos economistas mais reconhecidos no Brasil, Luiz Gonzaga Belluzzo, procurou a GE.Net para manifestar sua irritação com o triunfo por 2 a 1 do São Paulo sobre o Botafogo nessa quarta-feira.

A indignação do dirigente reside no polêmico gol de Lucas aos 30 minutos do segundo tempo anulado pelo árbitro Sérgio da Silva Carvalho. O apitador viu participação de Wellington Paulista, que estava em posição de impedimento e levantou o pé antes de a bola ultrapassar Rogério Ceni.

Avaliando o arqui-rival como um clube que “pressiona” os árbitros, o cartola resolveu tornar pública a sua revolta contra o episódio. “Não queremos pressionar ninguém a nosso favor, isso não faz parte da tradição do meu grupo no Palmeiras. Mas, do jeito que está ocorrendo, se ficarmos quietos, a torcida do Palmeiras vai achar que somos ‘bananas’”, explicou, em entrevista por telefone.

A manifestação de Belluzzo tem uma razão: um suposto favorecimento ao Tricolor, que agora lidera a competição ao lado do Grêmio. Para justificar sua tese, o diretor lembra de um pênalti que Heber Roberto Lopes teria ignorado em Rodrigão no triunfo por 2 a 1 do time do Morumbi sobre o Vitória, na rodada anterior.

“Não quero levantar suspeita, não é o caso. Mas há uma sucessão de erros a favor do São Paulo. Os erros acontecem, mas, usando uma medida estatística, devem ter uma distribuição aleatória. O normal é errar e acertar na mesma proporção, e agora está tudo muito concentrado em uma causa”, acusou, dizendo estar protestando indiretamente também em nome dos outros concorrentes ao título nacional.

“O problema é que o prejuízo de Palmeiras, Cruzeiro e Grêmio é brutal. Distorce o resultado de um jogo e a classificação. No fundo, todos perderam dois pontos porque o árbitro cometeu um erro primário, elementar. São dois erros cruciais e fatais em dois jogos decisivos”, continuou.

Apesar de sua indignação, Belluzzo admite que o São Paulo já foi prejudicado neste Brasileiro na derrota por 1 a 0 para o Grêmio no Olímpico, quando Perea marcou o gol em posição irregular. Mesmo assim, ainda vê vantagem a favor do Tricolor paulista. “Se fizer a lista dos jogos em que o São Paulo foi beneficiado, o Grêmio perde. Na minha conta, nos últimos tempos, está 2 a 1”.

E nas contas do palmeirense constam outras partidas em que os são-paulinos se deram melhor por erros de arbitragem, como na primeira semifinal do Paulista deste ano, quando o então tricolor Adriano assinalou um gol com a mão. Na opinião do dirigente alviverde, tudo faz parte de uma prática comum no arqui-rival.

“O problema no futebol não é suborno. Isso até pode acontecer, mas o ruim é criar um ambiente em que o juiz fica constrangido, com medo de errar contra você”, comentou. “Quando indicaram o Sálvio (Spinola Filho) para apitar o último clássico, foi um Deus nos acuda. O Marco Aurélio Cunha (superintendente de futebol são-paulino) ficou a semana inteira em cima do juiz, que entrou em campo bambeando as pernas, perdidinho”, recordou Belluzzo, frisando, no entanto, que suas reclamações não têm a mesma intenção dos são-paulinos. “Ninguém nunca ouviu algum de nós reclamar como eles fazem”.

Um árbitro “pobre diabo” – Juntamente com a contestação à anulação do gol de Lucas, Luiz Gonzaga Belluzzo aumentou sua reprovação às arbitragens de Sérgio da Silva Carvalho. O Palmeiras já havia protestado formalmente contra o apitador após sua atuação na derrota por 1 a 0 para o Paraná no Brasileiro de 2007 e o novo “equívoco” valeu mais criticas ao representante do Distrito Federal.

“Ele é um pobre diabo. Deveria estar como gandula, não como juiz. Você vê claramente que ele é fraco. O Rogério Ceni foi lá todo ‘empetecado’, deu uma peitada e deixou ele deste tamanhinho, ficou todo abalado. Fico até com pena, ele não tem personalidade para ser o juiz em um jogo desta circunstância”, reclamou o diretor.

O que irrita ainda mais o cartola é o fato de o mesmo Sérgio da Silva Carvalho ter trabalhado na derrota palmeirense por 3 a 0 para o Fluminense, no sábado, quando Washington enganou Marcos fingindo que desviaria uma cobrança de falta com a mão no gol marcado por Carlinhos.

“O lance do Botafogo não é a mesma coisa do lance do Washington. A regra é omissa, mas acho que aquilo é um gesto antidesportivo e já vi muito juiz marcar tiro indireto e até punir com cartão vermelho quem tentou usar a mão. Se fosse um outro árbitro de maior personalidade, como o (Carlos Eugenio) Simon, por exemplo, certamente veria o lance de outra maneira, mas ele (Sérgio da Silva Carvalho) é um pobrezinho”, repetiu, admitindo, porém, que a jogada de sábado é “controversa”.

De qualquer maneira, Belluzzo cobra árbitros com mais “personalidade” nos jogos do Verdão. “Só queremos que o Sérgio Corrêa (presidente da Comissão Nacional de Arbitragem) tome cuidado e tenha sorte. A diferença de um time para o outro é de um ponto e qualquer distorção acaba decidindo. Temos seis jogos. Se o Palmeiras perder legitimamente, é do futebol. Agora, se perder porque os árbitros entregaram dois resultados, não é bom para o futebol”, concluiu.

(...)

Gilberto disse...

Excelente texto. Assino em baixo.

Gilberto

Bruno Batera disse...

O q dizer depois de mais um episódio de canalhice, mais um roubo descarado em favor do SPFW!
Estou aqui para apoiar tudo o q já foi dito pela nação alvi-verde e, me juntar a todos q estão indignados com tudo isso q ocorre à vista de todos.
Me junto à pessoas q tem vergonha na cara, caráter e hombridade, qualidades fundamentais em HOMENS DE VERDADE. E essas com certeza são qualidades q passam longe da corja alienada do jd. leonor.
FORZA PALESTRA!!!!CONTRA TUDO E CONTRA TODOS!!!!