18 fevereiro 2009

Estatuto para o verdadeiro torcedor

Quase duas décadas de estádio me permitiram fazer grandes amigos de arquibancada. Há tipos e mais tipos, e eles todos serão detalhados no meu livro (sim, vai sair!), mas existe uma exigência solitária para que sejam considerados ‘amigos’: é preciso enxergar o futebol como uma guerra e nunca como esporte, atividade recreativa ou, pior, espetáculo.

Entre os muitos amigos de estádio, destaco hoje o grande palestrino Teo. Ontem, após a derrota do Palmeiras, ele se pôs a escrever um desabafo. Não contra o time ou pela derrota em si, mas pela postura de uns e outros que se dizem torcedores. E o que começou como compilação de pensamentos e divagações de um torcedor de arquibancada virou uma espécie de “Estatuto para o verdadeiro torcedor”.

Tomo a liberdade de batizar assim as idéias do Teo por dois motivos: porque elas traduzem um pouco do meu idealismo sobre o futebol e porque é uma contraposição necessária ao dito “Estatuto do Torcedor”, que já foi tão destroçado por aqui. Se os vagabundos que escrevem as leis neste país se preocupassem em ouvir os reais beneficiados pela legislação (no caso, os torcedores de arquibancada), teríamos algo bem parecido com isso aqui:


Conclusões, recomendações, devaneios e mantras de um torcedor de arquibancada
1. Futebol não é festa.
2. Futebol não é divertimento.
3. Futebol não é um bom lugar para passeio.
4. Futebol não é um ambiente saudável, ao contrário, é doentio.
5. Evite levar criança ao estádio, a menos que esta seja mais madura que você (no meu caso não é difícil).
6. Evite levar mulher ao estádio, a menos que ela seja mais homem que você.
7. Evite levar qualquer pessoa ao estádio que não esteja focada na vitória do seu time.
8. Não use uma partida de futebol para
networking profissional e/ou social. O ideal é que, ao te verem no estádio, todos se envergonhem de você.
9. Acredite em você, nas suas impressões e opiniões sobre seu time.
10. Despreze completamente a opinião da imprensa esportiva.
11. Se você acha que seu time vai ganhar, talvez ele ganhe.
12. Se você acha que seu time vai perder, ele vai perder. Vá ao jogo assim mesmo.
13. Não deixe que o trabalho atrapalhe o futebol.
14. Não deixe que nenhum programa ou compromisso atrapalhe o futebol.
15. Não deixe que um romance atrapalhe o futebol.
16. Não deixe que nada atrapalhe o futebol.
17. Acima do futebol, só a saúde. Ela que te permite viver para o futebol.
18. Seu melhor amigo é o seu time.
19. Despreze quem não gosta de futebol.
20. Ignore quem não gosta de você pelo fato de você gostar de futebol.
21. Fique onde você quiser no estádio, ignore os lugares numerados.
22. Nunca assista ao jogo ao lado de um torcedor adversário.
23. Odeie seu adversário no dia do jogo.
24. Identifique seu inimigo e odeie-o todos os dias da sua vida.
25. Debata com torcedores adversários verdadeiros, menospreze os farsantes.
26. Se um dia você for a um estádio sem alambrado, fosso ou qualquer divisão para o campo, sinta vergonha. O Brasil não é a Inglaterra.
27. Não relaxe durante o jogo.
28. Evite sorrir durante o jogo.
29. Não xingue os jogadores do seu time durante o jogo. Alguns merecem, mas não vai adiantar.
30. Xingue a arbitragem em todos os jogos, isso te fará bem.
31. Não se esforce por ingressos para torcedores ocasionais e oportunistas. Cuide do seu e dos legítimos habitantes daquele espaço sagrado.
32. Refute ser tratado como consumidor, você é apenas torcedor. Por sinal, você é muito mais que consumidor.
33. Cuide da sua própria segurança, nunca espere nada da PM.
34. Proteja-se da PM.
35. Volte do estádio sempre com a sensação do dever cumprido.

Teo (Marco Bressan)

26 comentários:

Daniel disse...

SENSACIONAL!!!!!

marcelo_geral disse...

Boa..."Futebol é guerra!"

Anônimo disse...

Tudo bem - só não contestem nosso direito de chamar os seguidores desse estatuto de esquisitões. Nada pessoal.

Paulo D. Prado

Junior disse...

Fala Barneschi,

Pô, acabei me sentindo na obrigação de publicar quando recebi o e-mail do Téo hoje cedo.

Como você sempre diz, os ideais são os mesmos. Mal pela postagem quase idêntica.

Paulo,

Nunca procuramos reconhecimento social através de tais idéias. Para nós, basta a sensação de estar nas arquibancadas de cimento empurrando nosso time.

Teo disse...

Opa, boa Barneschi.

Valeu a identificação, a reprodução e a amizade.

Paulo D Prado, talvez eu seja um cara esquisito mesmo. E não faço a menor questão de ser normal, não como você.

Vitor MV disse...

Sensacional, parabéns ao Teo!

25. Debata com torcedores adversários verdadeiros, menospreze os farsantes.

Isso serve pra muitas pessoas que comentam aqui no blog.

Abraços,

Nicola disse...

Bom, não frequento as arquibancadas com tanta frequência como a maioria aqui... Mas pelo menos nos jogos do Palmeiras aqui na capital dificilmente deixo de ir. E me considero, apesar de muito mais jovem que a maioria também, um torcedor. Palmeiras sempre!

cruzdesavoia disse...

Barneschi, vou "roubar" esse texto do Teo tb, na boa. É simplesmente do caralho!!!!

Lorena disse...

O verdadeiro estatuto, com certeza!
Parabéns, Teo!!!

Craudio disse...

"8. Não use uma partida de futebol para networking profissional e/ou social. O ideal é que, ao te verem no estádio, todos se envergonhem de você."

Brilhante!

Forza Verde disse...

PERFEITO! SENSACIONAL! ESPETACULAR! BRILHANTE! EXCELENTE!

Forza Palestra disse...

Prado,

Você resolveu ocupar o espaço que um dia foi de Claudinei Rockwood?

Nada pessoal.

Ademir Castellari disse...

Sensacional. Minha dissertaçao está crua, mas já tenho a epígrafe para o trabalho; com a permissão dos amigos Téo e Barneschi. Já gravada para ser copyleftada no momento oportuno. De novo, sensacional!

Federico Erdocia disse...

Excelente texto, mas claro, cada um tem uma visão diferente sobre o futebol, mesmo que, na essência sejamos iguais.
Vamos às diferenças:
1. levaria, e levarei, crianças. Meus filhos, que estão por nascer, certamente frequentarão nosso Palestra;
2. A segurança dos meus filhos, concordo, eu mesmo farei;
2.Em estádio sem alambrado, etc,...invada (como por exemplo,em Santo André/1994) e comemore!!;
3.Se o jogador do teu time jogou naquela merda da marginal,ou no inimigo eterno, XINGUE!!Ele não é digno de vestir nosso manto;

De resto, de acordo, assino em baixo, até porque, com mais de trinta anos de arquibancada, já vivi várias dessa situações, e minha reação foi exatamente a exposta no texto.

Abs

Anderson Ugiette disse...

fala barney...
o torcedor do Ixpót voltou...
só pra perguntar o seguinte:
se o SPORT vencer o PALESTRA na libertadores... será que aí vc deixa de chamar meu time de IXPÓT??
não que eu torça por isso, acho que o PALESTRA tem mais chance de ganhar o titulo que o SPORT... mas, e se acontecer?? se o SPORT ganhar do PALESTRA.... como ficará a moral do blog em menosprezar o mesmo??
abraços....
e FORZA PALESTRA!!!

PS: eu acredito no titulo do PALESTRA, mas o jogo de ontem destroi um pouco minha crença...

Cabuto disse...

Fantástico esse estatuto! Eu não sou assim, mas admiro quem seja. É de torcedores assim que o futebol precisa. Parabéns!

Anderson Ugiette disse...

ps: concordo com o estatuto!

Roger Daniel Adami disse...

Tem que distribuir na arquibancada!

Forza Palestra disse...

Fala, Anderson!

Cara, eu já disse algumas vezes que não gosto do Ixpót. E ele ganha aqui essa designação porque é assim que a torcida canta: "Ixpót, Ixpót, Ixpót".

Mas não encaro as coisas com menosprezo. Se eu não achasse que o Ixpót é um time perigoso, não veria com tanto receio este nosso grupo da Libertadores.

E acho que a gente perde em Recife e ganha aqui. Pelo que vi ontem do Colo Colo, dá pra buscar aquele empate ou mesmo uma vitória em Santiago mesmo.

Abraços

Camila disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Camila disse...

Fantástico, mas quanto ao item 6...
Acho lamentável a maioria das atitudes das mulheres que freqüentam estádios, e das atitudes de alguns homens com essas mulheres. Confundem ser feminina com ser vulgar e generalizam a má vontade e o desprendimento com o futebol com qualquer uma que seja (ou se julgue) mulher.
Achei brilhante o texto, meus sinceros parabéns ao Teo, mas acho que esse item 6 não condize bem com a realidade das verdadeiras torcedoras...

Toninho disse...

Parabéns Teo, o texto e belo e só os torcedores com sangue nós olhos como tantos por aqui, podem entender o que significa isso.
Ps. Não esqueça o vidro aberto.rsss

Cesar - MV - ABC disse...

SIMPLESMENTE PERFEITO!!!!....
Esse sim eh o VERDADEIRO Estatuto do Torcedor, do jeito que o TORCEDOR pensa!!!! Não existe coisa melhor na vida do que uma Arquibancada, e tem que ser no cimentão, tem que pular, gritar, xingar, cantar, Futebol eh isso, se ateh em casa eu pulo, canto, xingo e grito pq na Arquibancada terei que me comportar???? Não sei se a Arquibancada realmente não serve para seres "civilizados" ou se somos nós que pertencemos a uma outra "civilização", seria ótimo um "país" aonde tds os Times tivessem Torcedores seguindo esses ideiais, isso eh a sobrevivência do Verdadeiro Futebol, e do Verdadeiro Torcedor......


Abraços a todos,
Cesar - MV - ABC

yasmin disse...

Bom dia, palmeirenses inspirados!

Adorei o texto, simplesmente espetacular na descrição de um "fanático" pelo seu clube do coração :)

Tenho um blog modesto voltado para um pequeno clube do interior que tem um contingente pequeno mas muito apaixonado de torcedores fiéis. Daí que, peço desculpas mas não pude evitar, copiei o texto para o meu blog, com citação da fonte e link para este blog.

Tudo de bom para vcs, autor do texto, dono do blog e toda a torcida palmeirense, e muita sorte na campanha 2009!

Abç
yasmin (da Águia do Vale - São José dos Campos-SP)

Kaleb Forte Rodrigues disse...

Muito Bom Rodrigo !!!

Eu não conhecia direito o blog, e não lembrava desse post muito bom mesmo !!!

só discordo de 2 pontos:


5. Evite levar criança ao estádio, a menos que esta seja mais madura que você (no meu caso não é difícil).
6. Evite levar mulher ao estádio, a menos que ela seja mais homem que você.


5- acho que tem que levar todas as crianças possiveis em estádios, pq ali elas veram como é ser um verdadeiro torcedor de arquibancada. vou concerteza levar meus filhos quando assim eu tiver os meus.

6- as mulheres são a magia que tem q ter nos estádios, sem mulher no estádio seria FEIO de mais o estádio, é o nosso colirio, mas tem que saber torcer tb !!!

ABraço, bom texto Téo !!

erzartz disse...

O trabalho não pode atrapalhar?

E de onde virá o dinheiro para comprar o ingresso, ou se assistirá do alto no morro atrás do estádio?