30 maio 2009

Teixeira, o capanga leonor

O Santos FC, foi dito por este blog, tem se portado como capanga dos leonores, um papel que não está à altura da história do clube do litoral. A reunião que ocorreu nesta sexta, envolvendo presidentes dos quatro grandes paulistas, é a prova definitiva de como Marcelo Teixeira tem agido em defesa dos interesses leonores.

Vocês todos sabem o que eu penso da escória do Jd. Leonor e da impossibilidade de qualquer tipo de relacionamento que não seja bélico com criaturas como JJ Scotch Whisky. Pois bem, indico aqui um vídeo sensacional, idealizado e produzido por um rivale, e dois textos do sempre incendiário Filipe, outro rivale de respeito (1 e 2).




É GUERRA!

***

E amanhã vamos a Barueri mais uma vez...

15 comentários:

verdedosverdes disse...

Primeiro vou comentar o post anterior, eu tb defendia a permanencia de madureira por dificuldade na reposição, mas chegou ao extremo. Qualquer tecnico que assumir estabelecer um padrão conseguirá um bom resultado. O elenco é bom, o que falta é padrão mesmo. E quanto relações estreitas com leonores, impossível, somos diferentes e não existe mistura, eles são inimigos e quanto mais longe melhor.

Giovanna Concilio disse...

Tal qual água e óleo: a gente não se mistura com essa laia.
Shame on you, santos.

Catedraldeluz disse...

Rodrigo,

Coom esse tipo de pessoas, não há acordo. E fim!

"Construir para poder conquistar! Acreditar sempre!"

Filipe disse...

Palestrino, é uma honra ser citado. Ainda mais como incendiário.

Desonroso é o modo como atuou o clube da baixada. Esse papo de fortalecer o futebol paulista é tão mentiroso quanto escroto.
Se fosse verdade, essa corja imunda não teria aprontado em 38, 41 e 42, nem teria roubado patimônio do povo paulista durante os anos 60 e 70.

Aliás, esse "fortalecimento" foi a coisa mais errada que já aconteceu; justamente em 1938, o fatídico jogo das barricas.

Essa "reunião" foi uma infamità.

seppalmeirense disse...

Essa reunião ai não vai da em muita coisa...

O Marcelo vai ficar tempo suficiente na frente do Santos para ver o time se afundar.

Forza Verde disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Forza Verde disse...

Isso td pode ser resumido em apenas duas palavras: DESESPERO BAMBI.

Não tem nada que fazer qq tipo de acordo pra porra nenhuma com esses bandidos.

Se o Belluzzo topar qq tipo de “acordo amigável” com esses caras eu serei senão o primeiro, um dos primeiros a criticá-lo.

Como palmeirense, QUERO MAIS É QUE SE FODAM! E não é pouco não.

Só estão fazendo isso pq bateu o desespero neles. Pq bambis e sardinhas sabem que quem leva o futebol paulista pra frente são Palmeiras e os rivales.

E pode apostar que na primeira chance que tiverem vão querer ferrar o Palmeiras. Sempre fizeram isso e não seria agora que mudariam.

Isso tudo é uma tremenda farsa pra abafar o, repito, DESESPERO desse timinho medíocre, sujo, canalha.

Enfim, como já foi bem dito pelo Barneschi, a putinha capacho dos bandidos do Jd.Leonor tá fazendo um papel tão medíocre ele mesmo o é. Por fim, aí está o resultado da reunião naquele muquifo da puta rampera do litoral:

(...)

Peixe planeja mandar cinco jogos pelo Brasileirão no Morumbi

Presidentes de Santos e São Paulo negociam preço de aluguel do estádio para que Alvinegro possa se aproximar de seus torcedores da capital

Morumbi deverá virar a casa santista na capital

O Santos está acertando com o São Paulo a cessão do Morumbi para cinco jogos do Alvinegro Praiano pelo Brasileirão na capital paulista. Durante encontro entre os presidentes dos quatro grandes clubes de São Paulo, na última sexta-feira, na Vila Belmiro, o assunto foi discutido entre o santista Marcelo Teixeira e o são-paulino Juvenal Juvêncio.

O Peixe tem interesse em jogar em São Paulo para se aproximar de seus torcedores que moram na capital. Já o Tricolor quer faturar com o aluguel do Morumbi, receita que o clube perdeu depois que o Corinthians decidiu não utilizar o estádio, em fevereiro. O Santos agora tenta convencer o São Paulo e abater o valor do aluguel.

Existe a hipótese de o Tricolor não cobrar pela cessão do estádio, mas ficar com parte das rendas. Normalmente, o Peixe utiliza o Pacaembu quando quer atuar em São Paulo, levando ao estádio uma média de 20 mil pessoas por jogo.

O técnico santista, Vagner Mancini, aprova a ideia, mas com uma ressalva:

- Acho uma boa nos aproximarmos do nosso torcedor de São Paulo. Além disso, acho que o Morumbi oferece uma boa estrutura, um gramado com qualidade semelhante ao da Vila Belmiro. Mas acho que não deve ser agora. Nessa fase em que estamos buscando afirmação no campeonato, a Vila Belmiro é fundamental.

(...)

Rodrigo SP disse...

Elas estão desesperadas. Essa reunião, aparentemente proposta pelo Marcelo Teixeira é a prova maior do desespero bambi. Espero que o Beluzzo e o Andrez tenham ido na reunião simplesmente para manter as aparências, mas que na prática não façam nenhum tipo de acordo com essa raça maldita.
E espero também que não aprovem a bambineira pra copa, porque aí vão ser rios de dinheiro público injetados naquele lixo e na infra-estrutura dos arredores.

O vídeo ficou show! Mas claro que eu preferia o presidente do Palmeiras na figura do Don Corleone hehe...
Vendo o vídeo lembrei do Felipão, que é a cara do Marlon Brando! Volta pro Palestra Felipão!
FORA LUXEMBURGO FARSANTE!!!!

Irineu Constantino disse...

Como político atuante do PSDB, Belluzzo, pode estar interessado não apenas nas coisas do futebol. Não queremos fazer parte da chamada "elite". Queremos, sim, permanecer com nossas tradições, e transmitir de pai para filho a história do nosso glorioso PALESTRA. Qualquer aproximação dessa corja seria uma tremenda traição às cores da nossa Nação. E não basta chorar quando as câmeras de TV buscarem a imagem do presidente, no fim de alguma batalha.
E para ilustrar a conivência dessa diretoria com essa maldita comissão técnica, leia-se Luxemburgo e sua corja, leiam a seguir:
Somados os salários de Edmilson, Mozart e Obina (só esses 3 nos desfalcam aproximadamente 500 mil), e mais um punhado de pernas-de-pau, daria pra montar um super-time. Isso prova que não adianta nada você idealizar uma administração voltada para o "moderno". Gasta-se um absurdo com esses jogadores obsoletos. O que será que essa diretoria pensa quando chega o dia do pagamento? Vale a pena?

Anderson Ugiette disse...

barney, mudando um pouco de assunto já que eu nem imagino a ideia do PALESTRA assinando "acordos" com a corja bambi...
vc viu a historia da festa da adidas no RJ??
simbolos nazistas em todo lugar??
o juquinha andou divulgando e amigos meus sabendo que sou PALESTRINO me mandaram o link... vê lá no juquinha... e depois me diz o que vc acha...

abraços...

FORZA PALESTRA, FODAM-SE OS BAMBIS E PELO SPORT TUDO!

Nicola disse...

Sensacional esse vídeo, HAHAHAHA, Preconceito porra nenhuma... Vocês são viados!É o desespero bambi mesmo, o próprio JJ Scotch Whisky admitiu que o SPFW tá se fodendo porque os gambás não tem mandado jogos lá. E agora esse bosta do presidente do Santos vai ajudar a escória, pura desculpa isso de querer mandar jogos na capital, continuasse no Pacaembu então.

Forza Palestra disse...

Irineu:
Cara, o Belluzzo jamais seria do PSDB. Esta sua afirmação chega até a ser ofensivo ao nosso presidente.

Anderson:Fui ver agora. Muito estranho isso. Embora seja uma empresa alemã - e que nasceu naquela época -, a adidas nunca se relacionou com o nazismo. Pelo contrário, e há alguns episódios a comprovar isso. Neste caso específico, deve ter havido algum engano da parte de quem organizou a festa. Mas é estranho, sem dúvida.

Claudio Yida Jr disse...

O santos é time médio e, como tal, está agindo de forma a se crescer de forma aproveitadora e ao lado dos aproveitadores-mor.

Copiaste o truque na moldura do vídeo, hein? hahahaha

Pedro Pellegrino disse...

Hahahahaahaha, genial , parabéns ao rivale, "Sandino- Santista" hahahaha, dei muita risada, perfeito. Abraços.

Anônimo disse...

Your blog keeps getting better and better! Your older articles are not as good as newer ones you have a lot more creativity and originality now keep it up!