12 abril 2015

É dia 19!

Chegamos à semifinal. Agora é guerra!

Sobre os ingressos (cerca de 1.800) que serão destinados à nossa torcida para o duelo no Itaquerão, breves considerações:

_Se tivesse obtido êxito na sua tentativa de impor um clássico com torcida única no dia 8 de fevereiro (o primeiro dérbi no Palestra em 40 anos), Paulo Nobre teria relegado o Palmeiras a disputar uma semifinal contra o seu maior rival sem torcida.

_É provável que, neste próximo domingo, tenhamos de pagar a conta pelos obscenos valores que têm sido cobrados das torcidas visitantes no Palestra. Já faz tempo que eu venho escrevendo sobre isso, e agora deve vir a fatura.

_No sábado último, a Ponte Preta recebeu os mesmos 1.800 ingressos para sua torcida. Eles foram distribuídos parte para as organizadas e parte para os torcedores mais assíduos no programa de sócio-torcedor do clube campineiro (grupos que, é bem verdade, acabam se confundido). Basta, portanto, boa vontade para que PARTE da nossa carga de ingressos vá para os melhores colocados no rating do Avanti.

_Gostaria de reforçar a palavra "parte" no item acima. É imprescindível que outra parte, substancial, dos ingressos seja direcionada para venda na bilheteria (do Palestra, e não do Pacaembu). Afinal, a presença das organizadas é essencial para garantir a logística e o apoio na arquibancada.

10 comentários:

Elton disse...

boa ideia!!!!! mas eu mandaria 100 por centor dos ingressos para o Avanti

Pedro Victor Galdino disse...

Boa noite,

Curto muito seu blog, você expressa tudo o que o palestrino tem para falar, gostaria de mais post, mas sei que é difícil, mas tenho duas considerações:

Pq o Não gosta do nº 10?
Sendo que é eleito o melhor em campo toda vez que joga.

Ingresso para a Mancha? Logística?

Engraçado que esta organizada brigou com Love, Kleber e agora tenta tirar o mago do verdão, torcida que só pensa nela mesma, no carnaval e esquece o palestra.

Estou esperando aquele post de arrepiar para o jogo de domingo. Infelizmente não vou conseguir a Zona Leste, mas estaremos todos juntos.

Obrigado.

Barneschi disse...

Pedro,

Sim, logística. E um sim ainda mais contundente: ingressos para a Mancha. Leia, por favor, este post e você entenderá: http://forzapalestra.blogspot.com.br/2014/07/s.html

Por que eu não gosto do camisa 10?

Bom, meu caro, este é maior vagabundo que já vestiu a camisa do Palmeiras. Joga bola como poucos – e eu seria insano se questionasse a sua capacidade técnica –, mas joga apenas quando quer e isso é cada vez mais raro. Não posso compactuar com um sujeito que não faz gol há um ano, que participa de menos de 40% dos jogos e que insiste em declarações que beiram a chantagem contra o clube. O sujeito já está aí há cinco anos e sempre falhou nas horas mais decisivas. Eu não tenho compromisso com jogador nenhum, mas com o Palmeiras.

Obrigado

Pedro Victor Galdino disse...

Boa tarde,

Os dois últimos títulos do Palmeiras, o Paulista de 2008 e a Copa do Brasil de 2012, o camisa 10 decidiu, gol contra o São Paulo e contra Ponte, na Copa do Brasil fez gol contra Paraná nas Oitavas, decidiu na Semi contra o Gremio e na final no primeiro jogo, chamou a responsabilidade e fez de penalti contra o Coritiba. Foi campeão da Série B, um jogador que disputou duas Copas do Mundo, não é todos que jogam série B. Será que o time do palmeiras dava suporte para o Valdivia jogar? Será que o Dep. Médico do Palmeiras é qualificado? Será que os dirigentes do atual bicampeao brasileiro o Cruzeiro não entende de futebol? Pois eles estão com o interesse no Mago para jogar a Libertadores. o Sr. acha que venceríamos o Botafogo se ele não estivesse em campo? PRECISAMOS DELE, temos que nos unir e apoiar, engraçado é que a Mancha não está cantando a musica dele na escalação, no momento em que mais precisamos dele, nossa classificação dependerá dele no domingo. VAI PALMEIRAS 1914
Obrigado

Pedro Victor Galdino disse...

COPA DO BRASIL 2012.

21/06/2012, Arena Barueri. Grêmio precisa vencer por 2x0 para ir à final.
Está vencendo por 1x0 e nos dando o maior sufoco. Palmeiras encolhido, todos na defesa.
Nossa torcida apreensiva: o segundo gol do Grêmio está maduro. Bombardeio gremista.
Felipão usa sua arma secreta: tira VALDÍVIA do banco.
Ele entra e o Grêmio se apaga, se encolhe na defesa. O bombardeio vira MEDO.
Até que ELE sela nosso passaporte para a final com um golaço.


https://www.youtube.com/watch?v=Ws4uepdaY3E#t=11

Barneschi disse...

O chileno vagabundo tem um diferencial em relação a quase todos os outros jogadores: ele tem fã-clube.
Deixo-o com números:
Desde que voltou ao clube, em 2010, ele jogou apenas 139 (ou 43%) dos 318 jogos que o Palmeiras fez. Não tenho aqui os números exatos, mas é bem provável que ele tenha jogado os 90 minutos não mais do que 40 ou 50 vezes. Uma vergonha!
Isso sem falar que ele marcou apenas 17 gols – a última vez há mais de um ano.
Quanto aos lances que você aponta, o sujeito é muito bem pago para ser o craque do time – mas está bem longe disso. Na final da Copa do BR/2012, por exemplo, fez um gol de pênalti e arrumou uma expulsão absurda ainda no primeiro jogo – que poderia comprometer a conquista do título.

Jafé Praia disse...

Difícil AINDA ter que ler tantos argumentos apaixonados a favor do Valdívia... acompanho este blog desde 2010 e embora não concorde com tudo que o autor defende, não há razão (só paixão mesmo) pra tanta defesa por este chileno.
Acompanho sua opinião, Rodrigo.
Abraços

Barneschi disse...

Pra você ver: já faz cinco anos que o sujeito está parasitando o Palmeiras, e há aí toda uma geração que o vê como ídolo. Complicado...

Danilo Mago disse...

Vamos Ver se o Robinho ou Alan Patrik vai conseguir decidir no domingo.

Barneschi disse...

Amigo,
Favor procurar o fã-clube do chileno vagabundo. Lá você vai estar entre os seus.