20 junho 2011

O país do futebol? (22)

O capítulo 22 vai marcar a estreia de alguns países europeus que ainda não tinham aparecido aqui na série. São eles Bélgica, Suécia, França e Dinamarca. Porque um imbecil como Tiago Leifert seria espancado em praça pública em qualquer país que trata o futebol com a importância que ele tem.

Vídeo 1: O Standard Liège bate o Anderlecht por 2 a 0 em casa e leva o Campeonato Belga de 2007/2008, quebrando um tabu de 25 anos sem título. Aí a torcida invade o campo e temos a sequência abaixo:


Vídeo 2: A vez do Anderlecht, também em um clássico contra o Standard. O detalhe é que a torcida do time de Bruxelas, a exemplo do que acontece com Liverpool e Celtic (lembram do capítulo 18?), também canta "You´ll never walk alone".


Vídeo 3: A Suécia me surpreendeu. Fui procurar vídeos de ultras locais sem grande expectativa e aí encontrei algumas boas torcidas, imagens impactantes e uma disposição digna de países como Polônia, Turquia e Grécia. Eis que o vídeo abaixo traz grandes momentos de três boas torcidas na sequência: AIK Fotboll (de Solna, cidade do subúrbio de Estocolmo), Djurgårdens IF Fotboll (de Estocolmo) e Hammarby IF (também de Estocolmo). Detalhe: os maiores clubes suecos não são da capital, mas sim de Malmö e de Gotemburgo.


Vídeo 4: Os ultras do AIK (da periferia de Estocolmo, estão lembrados?) seguem para um duelo decisivo fora de casa contra o IFK Göteborg (de Gotemburgo): vitória do visitante por 2 a 1 e a conquista do Campeonato Sueco de 2009. Boas imagens da concentração em um bar, da estação de trem, do bonde até o estádio, da arquibancada e de uma espetacular invasão de campo. Sim, o futebol também vive na Suécia.


Vídeo 5: A França não é um país que deve ser levado a sério. Não foi à toa o fato de esta série ainda não ter ido ainda até lá. Mas chegou a hora, e vamos ficar com aquele que parece ser o único time decente de lá: o Olympique de Marseille. Começando com um vídeo profissional, muito bem feito, que mostra o ambiente do estádio que, mesmo sem conhecer, eu entendo ser um dos mais bonitos da Europa: o Vélodrome de Marseille.


Vídeo 6: A música mais cantada pelos ultras do OM é "Aux Armes" (às armas), um trecho emprestado da parte mais forte do hino francês, "La Marseillaise": "Aux armes, citoyens/ Formez vos bataillons/ Marchons, marchons/ Qu'un sang impur/ Abreuve nos sillons". Vamos à música entoada no Vélodrome:


Vídeo 7: Um vídeo feito de fora do estádio, só porque assim a arquitetura fica ainda melhor:


Vídeo 8: Eu não consigo explicar as imagens abaixo. Como a recomendação foi feita via Twitter pelo Gabriel Uchida, talvez ele consiga trazer alguma informação sobre a ocorrência tão insólita que temos abaixo. Ah, o país é a Dinamarca, a cidade, Copenhague, e o time, o Badedyrs.

Por outro ângulo.

###

_Créditos para Gabriel Uchida (Foto Torcida).

10 comentários:

Sandro Cabral disse...

Barneschi,
Sensacional a parte francesa. Realmente estava faltando.

Sobre o canto do OM, pelo que está no vídeo 6 eles estão entoando uma canção tradicional de todas as torcidas francesas, usada inclusive para a seleção nacional:

"Nous sommes les marseillais. Et nous allons gagner. Et nous allons gagner. Allez l'OM, allez"

Substuindo marseillais por français e l´OM por les bleus, tem-se a música cantada para a seleção nacional.

O clássico OM e PSG também merece um capítulo especial.Os ultras do PSG das tribunas de Auteil e de Boulogne, bem como os batalhões anti-OM existentes são um capítulo a parte.

Abraço......Sandro

Rafael disse...

Bom dia,

A tempos não comento o seu blog apesar de o ler com regularidade, porém não encontro nada a respeito da copa e etc. Gostaria de saber o que vc pensa sobre o assunto, os incentivos do município, etc.
Tem alguma idéia formada sobre o assunto?

valeu

Anônimo disse...

porra a suecia surpreendeu mesmo!!!!

Rafael-DF disse...

Se vc conseguir achar um vídeo de torcida de algum time estadunidense a humilhação vai estar completa. Pq se até um país onde nem pelo nome certo chamam o esporte tiver torcida " de verdade" então é pra acabar de vez com essa porra e esperar passar 2014.

Anônimo disse...

Sandro Cabral, falar francês pode ser bonito de escutar mas é um viadagem da porra...só gosto da França porque deu abrigo ao grande Mussolini....

Interia razza sub, sua madre è promiscuo e la sua gara è maledetto.

Casselli o Carcamano

Forza Palestra disse...

Sandro
Obrigado pelo comentário aqui e pelo email que você enviou. Por mais que eu não goste da França (e dos franceses), realmente estava faltando colocar aqui alguma torcida de lá e até admito a possibilidade de aproveitar mais algumas por aqui. Obrigado também pela explicação.


Rafael
Tenho todas as opiniões possíveis sobre esta maldita Copa/2014. Mas resumo tudo em uma única frase: a Copa/2014 é o atestado de óbito do futebol brasileiro.

Rafael-DF
EUA já seria um pouco demais, meu caro. Nem fui atrás, porque isso me parece impossível se levarmos em conta o pouco apreço do público americano pelo futebol e também o perfil das "torcidas" locais. Mas se alguém encontrar, eu agradeço. De qualquer forma, já publiquei aí vídeos de países como Chipre, Finlândia, Costa Rica, Malta, Guatemala e outros do tipo. Ah, e do Japão também.

Anônimo disse...

"grande" mussolini morreu como todo fascista merece: enforcado.

salve Cesare Battisti, que, por acaso, tbm ganhou asilo por mto tempo na França;

Gabriel Manetta Marquezin disse...

achei esse video no youtube, o legal é que é de um time que eu nunca tinha ouvido falar, e em um jogo como visitantes...o mais legal ainda é a música "Were Not Gona Take It", do Twisted Sisters. Os caras não param de cantar, tudo muito bem organizado...é a torcida do VEGALTA SENDAI

http://www.youtube.com/watch?v=WBTPxDq8FTM

Anônimo disse...

Bom dia meu caro...

Por mais que ja tenhamos nos estranhado com opniões divergentes, este continua sendo o unico lugar em que eu realmente posso "falar" e ser "ouvido" (tinha o cruz tambem, mas o homem sumiu)

Eu achava que a Record fosse um pouquinho melhor que a "Venus Platinada", mas, pelo que vejo, me enganei completamente.
Deem uma olhada na visão do R7 sobre a "crise" no Palmeiras:
http://esportes.r7.com/futebol/times/palmeiras/area-publica/noticias/palmeiras-nao-se-da-paz-e-pede-crise-20110622.html?question=0

Depois que li isso tentei fazer uma critica aqui: http://www.r7.com/institucional/fale-com-o-r7/index.html

Segue copia da critica:
"Na verdade é uma critica, mas como voces não colocam essa opção...
Imaginava que o R7 fosse melhor que o GE.com, mas pelo que vejo, estava enganado. A diferença que o GE.com puxa o saco do Corinthians e voces do SPFC, só isso.
As noticias relacionadas ao Palmeiras, por exemplo, segue a mesma linha daquela "maxima": "aos amigos tudo, aos inimigos a lei".
Aumentam noticias ruins, tornando-as visivelmente piores do que na realidade são e minimizam boas noticias. Funciona assim: Noticia boa é "notinha" de rodapé, noticia ruim é "manchete"?? Essa é a ordem na redação??
Que pena. Por um instante pensei que fossem imparciais, mas, me enganei. Jornalismo imparcial no Brasil hoje esta parecendo cada vez mais raro. Se pelo menos o "jornalista", ou algo parecido, tivesse a coragem de assinar a materia, mas nem isso."


Alem de não darem a opção de "critica", o sistema não envia. Voce simplesmente perde tempo e não vira nada.
O R7 e o GE.com são a mesma merda. A unica diferença é que um puxa o saco da gambazada o outro dos bambis.
Pqp...é irritante ver isso...

Perdão pelo comentario "acido" fora de lugar...

Abraço...

Alex Amaro de Oliveira

Gabriel Manetta Marquezin disse...

mais um vídeo da Asia, semi-final da ACL (Champions League asiática)...o vídeo não mostra nada demais, o legal é ver o posicionamento estratégico das bandeiras....muito legal...

http://www.youtube.com/watch?v=xI_-9kK9TU0&feature=related