12 abril 2011

O país do futebol? (11)

Um capítulo todo dedicado ao grande Racing Club de Avellaneda, 108 anos de uma história como poucas outras no mundo do futebol. Poderia aqui investir muito tempo contando alguns dos capítulos que fazem o Racing ser o que é, mas não é este o objetivo do post (e da série à qual ele pertence). Recomendo aos interessados que confiram algumas boas versões da história de La Academia aqui e em qualquer outra fonte (oficial ou não). Os vídeos abaixo procuram retratar o amor desta hinchada pelo clube. Estão presentes também, com destaque, dois episódios marcantes da história recente do Racing.

Vídeo 1: "De pendejo te sigo" é a melhor e mais conhecida música de La Guardia Imperial, a barra do Racing. Repleta de referências históricas, é um caso raro de música entoada na Argentina por uma única hinchada, sem qualquer possibilidade de ser copiada por outra. O vídeo abaixo é provavelmente o melhor entre os muitos que podem ser encontrados no YouTube. A história é a seguinte: Independiente e Racing tiveram de fazer o clássico não em Avellaneda, cidade dos dois clubes, mas sim na cancha do Huracán, em Buenos Aires. Motivo? O Independiente não conseguiu concluir a tempo a reforma no seu estádio. Em alusão ao fato, a hinchada rival seguiu para o estádio com os capacetes que podem ser vistos abaixo. Detalhe importante: o Racing perdeu o duelo por 2 a 0, e um dos gols acontece nos segundos finais deste vídeo; nem assim os caras deixam de cantar.


A letra:

"De pendejo te sigo
junto a Racing siempre a todos lados
nos bancamos una quiebra
el descenso y fuimos alquilados
No me olvido ese día
que una vieja chiflada decía
Que Racing no existía que tenía que ser liquidado
Si llenamos nuestra cancha y no jugamos
Defendimos del remate nuestra sede
Si la nuestra es una hinchada diferente
No es amarga como la de Independiente
Los bosteros, San Lorenzo
y las gallinas nunca llenaron
dos canchas el mismo día
Y a vos Independiente yo te digo
Vos sos amargo y pecho frío
Vos sos amargo y tiratiros"

Traduzindo:

Desde moleque te sigo
Junto com Racing sempre a todos os lados
Bancamos uma falência, um rebaixamento e fomos arrendados
Não esqueço do dia
Em que uma velha louca dizia
Que o Racing não existia,
Que teria que ser vendido
Sim, enchemos nosso estádio e não jogamos
Defendemos a nossa sede de ser tomada
Sim, a nossa é uma torcida diferente,
Não é amarga como a do Independiente,
Os bosteros, San Lorenzo e as gallinas
Nunca encheram 2 canchas no mesmo dia,
E a vocês, Independiente, eu digo:
Vocês são amargos e sem alma
Vocês são amargos e só se garantem armados..."

*Versão livre e com algumas adaptações que eu me permito fazer de acordo com o espírito do blog. A essência foi preservada. Importante: bosteros são os torcedores do Boca; gallinas, os do River.

Vídeo 2: Este breve documentário faz uma bela reconstituição histórica de dois momentos lembrados na música anterior: a torcida impedindo a falência do clube, em 1999, e os dois estádios cheios para comemorar o título de 2001, depois de uma fila de 35 anos. Há algumas imagens emblemáticas: a "velha louca" que decretou a falência do clube, o dirigente levando um instrumento de percussão na cara, a hinchada impedindo o leilão da sede, a caravana até Rosario, a caminhada rumo ao título de 2001, a vibração de dois estádios...


Vídeo 3: O tabu de 35 anos foi quebrado em 2001 em um empate com o Vélez no José Amalfitani. A hinchada do Racing tomou conta de El Fortín, a casa do rival. Os torcedores que não puderam seguir para Liniers foram ao Cilindro, lá em Avellenada mesmo. "Los bosteros, San Lorenzo y las gallinas nunca llenaron dos canchas el mismo día". O vídeo abaixo mistura imagens dos dois estádios:


Vídeo 4: Em setembro/2010, escrevi uma matéria na revista Placar relatando um final de semana com cinco jogos em Buenos Aires. O ponto alto, como dito em entrevista para a Rádio Bandeirantes, foi exatamente a noite de sábado à noite, Racing 1-0 All Boys no Cilindro de Avellaneda. Primeira rodada do Apertura, estádio lotado, o retorno do All Boys à elite depois de 30 anos... e a estreia da maior bandeira já feita por La Guardia Imperial. Confiram aqui:


Vídeo 5: Ainda sobre esta noite de sábado, um vídeo amador que mostra mais um pouco de tudo o que se viu no Cilindro:

Vídeo 6: La Guardia Imperial em evidência neste vídeo aqui. Do mesmo Racing 1-0 All Boys.


Vídeo 7: A hinchada recebe o time de maneira espetacular antes de um clássico contra os amargos. Indescritível:


Vídeo 8: A mesma recepção, mas por outro ângulo:


Vídeo 9: Mais um recebimento histórico:


Vídeo 10: Banderazo: eis aí algo bastante comum entre as barras. Consiste em reunir grande número de torcedores em frente ao hotel em que o time está hospedado para manifestar apoio no dia anterior a uma partida decisiva. Se fosse aqui no Brasil, tal iniciativa seria proibida pelos bravos e valorosos homens do 2º BP Choque. Lá na Argentina, acontece isso aqui:


Vídeo 11: O que temos aqui é um ensaio de La Guardia Imperial para outra das grandes músicas de incentivo ao Racing. Resolvi colocar aqui porque me lembra muito daqueles anos em que a Mancha fazia o mesmo no Palestra: a diretoria ficava abaixo da arquibancada, ensaiando os gritos, e só subia para a arquibancada minutos antes da partida. Acabaram com tudo isso por aqui...

Vídeo 12: Agora é pra valer. A mesma música, na cancha:


Vídeo 13: Um compilado de várias músicas de La Guardia Imperial, todas cantadas em um mesmo jogo, contra o San Lorenzo, no Nuevo Gasometro:


Vídeo 14: Mais um pouco de "De pendejo te sigo". Não dava para terminar sem uma repetição, desta vez por um ângulo diferente:


***

Em breve, mais vídeos do Racing e do futebol argentino. Volto para Buenos Aires agora no próximo final de semana. Tem Racing-Independiente, o clássico de Avellaneda, no próximo sábado.

37 comentários:

Daniel disse...

o meljor capitulo da serie!!!!!!!!
que espetaculr!!!!!!

futebolememoria disse...

Um post do jeito que você gosta e faz: com verdades:

http://futebolememoria.wordpress.com/2011/04/12/voce-ja-ouviu-falar-do-palmeiras/

Gardellito disse...

Parabéns pelo posto. Diria apenas para corrigir o termo pendejo, que é maluco e não moleque.

Bruno Chagas disse...

Excelente post. O melhor da série.

Anônimo disse...

grande post! ja tive a felicidade de acompanhar Racing x San Lorenzo no Cillindro e foi fantástico.

tem um vídeo que imaginei que estivesse aqui e que e incrível:
http://www.youtube.com/watch?v=Z2XzIkBw2ts

abraço!

gabriel uchida
fototorcida.com.br

Luan disse...

INCRÍVEL! ISTO SIM É UMA TORCIDA! ESTE É DE LONGE O MELHOR BLOG QUE EXISTE! PALMEIRAS MEU GRANDE AMOR!

TEM ESTE VÍDEO QUE MOSTRA IMAGENS DA LUTA DO RACING COM A MÚSICA "DE PENDEJO TE SIGO"
http://www.youtube.com/watch?v=wUfdQpUlJCo&NR=1

AVANTI PALESTRA!

Anônimo disse...

Cara genial, vc escreve com um amor pelo futebol que é tocante, tb penso assim, sou fã das hinchadas e se me permiti uma coisa, ultimamente axu que a MV anda devendo nos estádios, mas estou com uma expectativa pra essa fase final do paulista...

Parabens pelo post

Guilherme disse...

Cara, cada vez vc me surpreende mais...excelente post...parabens!!

Luan disse...

Projeto de cadeiras móveis na Arena Palestra que beneficia as torcidas organizadas http://www.verdao.net/noticia.php?n=6093

AVANTI PALESTRA

daniel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
BrunoBatera disse...

Todos os posts da série são brilhantes, mas claro q o do Racing tem q ser reverenciado de uma maneira especial. Que torcida é essa, hein? E Boa Viagem até Avellaneda!

Anônimo disse...

Ótimo post mas nossa torcida não tem essa personalidade tão vibrante. Por favor ñ me xinguei.

Mudando de alhos p/ bugalhos, temos que enaltecer a fibra e garra dos caras que enviaram a proposta das cadeiras retráteis na Arena. Os caras são linha de frente de primeira qualidade.

No mais, queria dizer ao caríssimo ForzaVerde que a Inter é um time de maricas, frouxos, torcedores sem alma e vergonha.

Prenderà in su la interista cazzo culo. la loro razza è allentato il tuo verme.

AVANTI PALESTRA, fino alla morte....FORZA NAPOLI

Anônimo disse...

Assina acima Casselli Napoletano

Forza Verde disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabrício Longo disse...

falaaa Barneschi!!!
como sempre os melhores post!!!!
sem palravas!!!!
mas da uma olhadinha(se não ja viu) nessas fotos da torcida do Peñarol...
http://globoesporte.globo.com/futebol/libertadores/noticia/2011/04/torcida-do-penarol-exibe-maior-bandeira-do-mundo-no-centenario.html
quando será que poderemos ver isso de novo aki no "país do futebol"...
abçoss!!!

Forza Verde disse...

Caríssimo Smurf Napolitano, volto a relembrá-lo, o Napoli é mto menor do que vcs acham que é e seus torcedores não são o que pensam que são. O inexpressivo Napoli sempre foi, é, e sempre será pequeno. Se conformem em seguir nessa vidinha entre as séries A, B e C e a invejar a Inter. Vossa inveja nos faz rir.

Napoletane tutte puttane, siete la rovina dell'Italia. Le vostre immondizie del cazzo. Vi sputerei in faccia!

Assina acima Forza Interista! CN69 padroni di Milano!

Junior disse...

Sensacional!

Nos vemos em Avellaneda sábado...

Vamos La Acadé...

Junior disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Junior disse...

E antes que eu me esqueça, quanta besteira fala o tal do Forza Verde.

Aliás, me parece inclusive faltar capacidade intelectual para o sujeito.

Este último comentário dele é perfeitamente adaptado a qualquer discurso dos alienados do Jd. Leonor.

Títulos são importantes, claro, mas não são estes que fazem um time ser grande ou não.

O Napoli colocar 60 mil pessoas rotineiramente no San Paolo fala por si só. E que tal 15 mil fanáticos atravessando o país rumo a Bologna?

Engraçado este sujeito fazer tais considerações exatamente no post sobre o Racing, um time que não ganha nada faz anos, que passou por tudo que possa-se imaginar, mas a torcida segue lá, fanática como sempre.

É, você não entendeu nada. E olhe que já estamos no capítulo 11. Sem contar as centenas de outros posts brilhantes deste blog sobre o futebol.

Forza Verde disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Forza Verde disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Forza Verde disse...

Besteira? Besteira pra quem acha que so a torcida interessa no futebol. A torcida é extremamente importante e absolutamente fundamental, mas um clube tbm precisa de titulos. O Palmeiras nao é campeao do século por acaso, é o clube com o maior numero de titulos do Brasil. Ou pra vc isso nao conta? Esse papo de que falar em titulos é coisa de bambi é papo furado, papo de idiota. Falar em titulos é coisa de toda torcida de time grande.

Titulos nao significam grandeza? Ok, por isso que Botafogo/RP, Nacional/SP, Ponte Preta, Ferroviaria, America/RP entre outros sao grandes né? Ah ta, acho que agora entendi entao.

Acima de td sou palmeirense e assim como aqui, la a Inter é um dos clubes italianos com maior numero de titulos, e tem a segunda maior torcida da Italia. Ja disse e repito, morei dois anos em Milao e vi a torcida da Inter colocar 10, 15, 20 mil torcedores em outros estadios fora de Milao, (falo com convicçao pq em mtas desses vezes eu estava presente), assim como tbm o fizeram Milan, Juventus e Roma.

Besteira meu caro intelectual sabixao, é os napolitanos acharem que sao os unicos apaixonados pelo time, que viajar atras do time é exclusividade vossa, que sao a maior torcida do planeta. Isso sim é uma tremenda besteira.

E falando em clubes italianos, o problema é que quem tem preferencias por clubes menores nao aceita a grandeza de outros, e vomita a besteira maior dizendo que titulos nao fazem um clube ser grande.

Acho que nao sou eu que nao entendo algo por aqui. Na verdade o que eu nao entendo é o pq ainda perco tempo debatendo com napoletanos e afins, a diferença é enorme e nao ha qq possibilidade de comparaçao entre Inter e Napoli.

Encerro aqui minha participaçao nesse "debate italiano" que nao levara a nada.

Luan disse...

Através deste grande blog do meu time do coração, o PALMEIRAS, estou começando a admirar dois times deste mundo: o Racing de Avellaneda e o Napoli da Itália. Todos os dois se identificam comigo. Mas que fique bem claro, o único time que torço e amo é o PALMEIRAS!

AVANTI PALESTRA!

Leonardo disse...

Um dos melhores posts da série.

Parabéns!

O futebol ainda vive na Argentina!

Luciano Coelho disse...

Achei esse vídeo http://www.youtube.com/watch?v=DDZdbIZEbQI&feature=player_embeddedé da torcida do Lanus, copiando a musica de pendejo te sigo... a única

Luan disse...

Sou corintiano, mas admiro o trabalho do criador do blog. E o Racing é uma verdadeira fortaleza contra o futebol moderno. Aguanta, La Acadé!

Forza Palestra disse...

Obrigado a todos!

Algumas considerações:

Gardellito
Neste caso aí é "moleque" mesmo. "Desde moleque te sigo". Ou "desde pequeno", "desde criança" etc. O sentido é este.

Gabriel (Foto Torcida)
Esqueci de colocar este. Fica para um próximo capítulo.

Futebol e Memória
Valeu, cara! Bom post.

Casselli
Nenhuma torcida brasileira chega perto da hinchada do Racing. Simples assim.

Luan palestrino
Valeu! Vou falar mais sobre esse projeto do Palestra depois. Grande notícia!

Fabrício Longo
Valeu! O Peñarol é monstruoso. Já entrou em capítulos anteriores da série, mas vem mais pela frente.

Junior
Valeu! Vamos pra cima dos amargos!

Luciano Coelho
Obrigado, cara! De certa forma, o ritmo é copiado aqui e ali por outras torcidas, mas a letra não pode nunca ser copiado.

Luan (SCCP)
Boa, cara! O espaço está aberto para todos os que lutam contra o futebol moderno.

Leonardo disse...

Neste canal há um material bom de torcidas latinas:

http://www.youtube.com/user/PASI0NLATINA

Anônimo disse...

Forza Palestra,

Gostaria de saber sua opinião sobre torcidas brasileiras que imitam ou num tom menos agressivo, se espelham em torcidas argentinas.

Casos de inter e gremio.

E se tiver inspirado ou houver vontade de escrever, se puder comentar sobre as torcidas do Brasil que ao menos vc tem respeito (haja visto que vc é um cara que conhece mtos estadios do país)

abçs
Bruno

Anônimo disse...

Forza Palestra,

Gostaria de saber sua opinião sobre torcidas brasileiras que imitam ou num tom menos agressivo, se espelham em torcidas argentinas.

Casos de inter e gremio.

E se tiver inspirado ou houver vontade de escrever, se puder comentar sobre as torcidas do Brasil que ao menos vc tem respeito (haja visto que vc é um cara que conhece mtos estadios do país)

abçs
Bruno

Fabiano 1914 - Jundiaí disse...

Post perfeito, dá mais vontade de tor cer ainda...

segue uma link nada a ver com o post, mas quem não viu e não acredita vejam ai.... tá atrasado o nosso revide....

http://futebolememoria.wordpress.com/2011/04/12/voce-ja-ouviu-falar-do-palmeiras/

Anônimo disse...

Ae Barneschi,

Sou corintiano, mas me admira muito a sua luta contra o futebol moderno. Compartilho dela. Também luto contra cretinos que acham que futebol é apenas um jogo. Ninguém entende quando viajamos 700 km de carro em um domingo pra ver jogo, ou quando vamos numa quarta-feria pra outra cidade e no dia seguinte somos obrigados a praticamente morrer no trabalho. Ninguém entende nossa paixão.

Sou muito fã do futebol argentino e o Racing é o clube que mais tenho simpatia, por ser essa fortaleza contra o futebool moderno. Tenho planos de fazer a viagem que você fez só para ver jogos e mais nada.

Sei que o blog é do Palmeiras e para palmeirenses, mas essa sua série de vídeos sobre torcidas de fora é PARA TODOS QUE LUTAM E VIVEM PELO FUTEBOL!!

A luta continua pelo futebol com alma

Daniel (SCCP - GDF)

Marcel MV disse...

Barneschi... Sesacional...

E a noticia da Arena sem cadeiras tbm é deixar uma esperança hen...

Hoje, ou ontem, teve uma audiencia na Camara, em que o Andres e um advogando leonor defenderam a volta de cerveja no estádio... pelo menos estão cogitando...

Ivândalo disse...

Ótimo blog, ótimo post e ótimo pensamento.

Marcel Romanovas disse...

Aguante La Akd !!!!

Forza Palestra disse...

Bruno
Eu entendo que se inspirar e copiar as torcidas argentinas é bastante válido. A própria Mancha tentou fazer isso em alguns momentos, mas a polícia não permitiu. E algumas músicas foram adaptadas para os nossos estádios.

Daniel (SCCP - GDF)
Valeu, cara! O espaço está aberto.

Abraços

Raphael disse...

Barneschi, a nossa torcida (Setor 2- Juventus) fizemos uma musica inspirada nessa aí do primeiro video. Você deve conhecer. Aquela assim: puta do canindé, quando vem jogar aqui mooca, ficam todos chorando, pela festa da nossa maloca.. por aí vai. Parabéns pelo post! Demais!