07 julho 2010

Palestra Eterno


"Tenho a impressão que vou subir junto com o ataque no ar, estacionar alguns metros acima, e cabecear sozinho pro fundo da rede. Quero ouvir aquele som indecifrável que precede o grito de gol. O som dos pulmões que se enchem de ar respirando fundo. O pressentimento se tornando real.

Esse poderia ter sido o último gol do Palestra Itália. Como poderia ter sido aquele do Euller no último segundo, algum do Ademir da Guia, do Leivinha, qualquer outro de Rivaldo, Alex, Edmundo, Cesar. O último gol, pensando bem, poderia ser com o relógio do tempo parado, em um pênalti magistral do Evair. Poderia ser qualquer um. Na verdade, não importa nem qual foi. O último gol do Palestra Itália é aquele que guardamos na nossa lembrança até hoje, que descrevemos com uma precisão de detalhes e sensações que só nós conseguimos. Cada um tem seu último gol no Palestra Itália e tem o direito de contemplá-lo para sempre."


O texto que pode ser apreciado acima é de autoria do grande palestrino Felipe Giocondo, outro desses grandes amigos que o Palmeiras me deu - e eu sou grato por todos.

O último gol do Palestra, como bem diz o Giocondo, é qualquer um entre todos os que ficam na nossa memória de estádio. Em verdade, pouco importa se será contra o Grêmio ou contra o Boca. Importa é que carregaremos para sempre o sentimento que acompanha cada gol visto a partir do cimento da arquibancada da nossa casa.

Um gol, eu percebo agora, é como um amigo, daqueles que teremos sempre ao nosso lado para nos confortar nos maus momentos. Um gol. Todos os gols. Mais de mil, no meu caso. Não saberia escolher um só e deixar os outros de lado. Cada qual tem o seu valor, a sua importância, o seu espaço. Primeiro, último, mesmo aqueles que o tempo tratou de encobrir ou os que sequer pudemos ver, serão todos eles eternizados como se possível fosse fotografar a explosão de um torcedor depois que a bola encontra a rede.

O Palestra se vai, e agora há de ser para valer. Teremos mais uma oportunidade de tomar as ruas de Perdizes, de beber todas antes e depois do jogo, de abraçar os amigos, de viver aquela ansiedade que antecipa o encontro com mais um gol. Isso é eterno. Como eterno e imortal é o estádio Palestra Italia.

***

Foram tantos os posts já publicados sobre a despedida do Palestra que já até perdi a conta. Como não seria capaz de produzir mais nada à altura dos textos anteriores, o que faço agora é linkar os mais relevantes. A saudade escorre por entre os dedos...

O Palestra em -10 jogos (07.06.2010)

Imortalidade (23.05.2010)

O Palestra em 20 jogos (19.05.2010)

A despedida (13.05.2010)

***

Para os que puderem/quiserem, fica o recado: no sábado, 10/07, 132 privilegiados(as) pisarão no gramado do Palestra para sentir o gosto de, ao menos por meia hora, defender o Palmeiras na sua casa (com todo o cerimonial que cerca um jogo oficial). Eu serei um desses. A partir das 8h, e o meu jogo será o das 10h45. Entrada franca (inclusive para faixas e bandeiras), no Setor Visa (que, afinal das contas, é o nosso lugar).

8 comentários:

EdilsonLF disse...

Palestrino: Belo post! O que escrever? Parabéns, mais uma vez! E comento que o Palestra Itália teve seu primeiro gol, mas nunca haverá o ultimo, pois o Palestra Italia é ETERNO! E com um "detalhe" MUITO importante: Foi e será (re) construido com dinheiro privado, como sempre em sua história. Não precisamos de governadores da ditadura a nos financiar. Passamos e ultrapassamos a vontade alheia de nos roubar o estadio e o clube em 1.942. Palestra Itália (Estádio e clube) / Palmeiras : Uma História sem precedentes e sem comparação! Contruida com suor, sangue e paixão! Abraços a todos!

valdemir disse...

Mais um belo texto,amanhã estarei lá e para mim não teria melhor data para fazer esta homenagem ao Palestra Italia para nós paulistas e paulistanos dia 9 de julho representa a resistencia.E para nós o Palmeiras represnta a resistencia em um tempo em alguns aproveitadores tentaram nos tomar o que é nosso.Como não tem volta iram mudar a cara do nosso Palestra quero guardar na memória,não o jogo amanhã e sim o Palestra como ele é hoje.O que mais me preocupa é este contrato de 30 anos espero que não seja o nosso fim.
Como o texto fala dos gols quero quardar na memória o gol do Diego Souza do meio de campo contra o ATM foi mágico e tem vários outros gols mas este gol não sai da memória.
Teremos tambem o jogo dos Masters que para muitos como eu será um premio ver Ademir da Guia em campo uma justa homenagem.
Espero que quando reabrirem o Palestra em 2012 não seja somente para a elite e sim para nós também.O Palestra sempre foi e será nosso,não precisamos de governo para reformar,construir estádio.

Salve 9 de Julho!


FORZA PALESTRA!!!

claudinei rockwood disse...

Minhas felicitações ao administrador do blog por um texto um tanto quanto proselitistico mas de uma concordancia e uma austicipitez invejavel, meus parabéns e meus sinceros cumprimentos por mais um golaço meu caro


''Na totalidade imensa da criação, observa-se que, apesar da sua diversidade, todas as criaturas têm uma tarefa particular a cumprir''(C.Rockwood)

E-mail disse...

Excelente texto. Estarei lá no Palestra e assim como milhares, sentirei saudades. Parabéns pelo texto!

Anônimo disse...

obrgado por mais esse texto lindo

angelo disse...

valeu barneschi@ eu nao ia pro jogo por causa do preco, mas lendo seu texto mudei de idéia.... to indo pro jogo ago´ra!
abs

Alviverde Eterno disse...

Gostaria de compartilhar meus vídeos sobre a Despedida do Palestra Itália

1# Tudo sobre a despedida do Palestra Itália
http://www.youtube.com/watch?v=4KvSOuZTOlA

2# Festa linda no Palestra Itália - Despedida
(torcida com as faixas de plástico no estádio inteiro, cantando Festa no Chiqueiro)
http://www.youtube.com/watch?v=_JvAp5KmsK8

Fiquem a vonts para divulgá-los aí como quiserem! Espero que a galera curta a minha humilde montagem hehe

valeu!

Anônimo disse...

You should take part in a contest for one of the greatest sites
on the net. I am going to highly recommend this website!


My web-site :: mp3 video player test