16 outubro 2006

Pela raça, até que valeu!

Empate em casa nunca é bom negócio.

Há agravantes e atenuantes no de ontem.

Agravantes:

1. Enfrentamos um time pequeno;

2. Continuamos nesta zona nebulosa que não leva a lugar algum.

Atenuantes:

1. Ok, o time perdeu muitos gols. Bem mais que o aceitável. O lado bom da coisa é: se perdeu tantos gols assim, é sinal de que as oportunidades foram criadas. Faltou um 9. Sobraram azar aos nossos atacantes e competência ao goleiro adversário;

2. Raça não faltou. Se o 0 a 2 sinalizava uma tremenda injustiça no Palestra, o time, empurrado pela torcida, b
uscou a reação. A Brisa, por sua vez, fez o que sabe: foi um time pequeno. Na pressão, vieram os dois gols. Faltou o terceiro. Ah, Edmundo...

No fim das contas, o espírito de luta prevaleceu.

Valeu a pena!

***

Vejam como é a vida:

Marcinho Guerreiro foi, não se acertou e voltou. Deu prejuízo ao Palmeiras. E, pior, voltou mal. Comprometeu. Perdeu todo o crédito que havia ganho com as boas atuações (leia-se raça e espírito de luta) que o 'consagraram' (menos, menos!) em 2005.

Guerreiro, ex-xodó, ficou marginalizado. Era comum ouvir pelas alamedas do Parque Antártica coisas como "Por que esse filho da puta voltou?" ou "Quando a gente achou que tinha se livrado, ele volta...".

E eis que ele vivia ontem mais uma tarde nada brilhante. Enquanto o time perdia gols em profusão, ele apenas assistia lá de trás, quase como terceiro zagueiro. Fez até um bom, mas inútil, desarme no lance do segundo gol da Brisa. Era pouco.

No entanto, bastou o time chegar ao empate para as coisas mudarem.

Vieram então três ou quatro carrinhos com desarmes limpos, na bola e sem falta. Guerreiro saiu jogando. Armou contra-ataques. Evitou a aproximação dos atacantes da Brisa. Dividiu todas. Lutou. Bateu com discrição. Foi um verdadeiro guerreiro.

Surgiram aplausos entusiasmados.

O Palmeiras perdia, mas Marcinho Guerreiro era ovacionado. Daí para gritarem o seu nome bastou mais um desarme preciso.

"Marcinhooo Guerreeeirooooo"

Quem diria...

***

Curtas

*Quando é que vão perceber que esta ridícula camisa cor de nada é sinônimo de azar? Pois só esta maldita criação pode explicar as três bolas na trave e os inúmeros erros de finalização. Isso, é claro, para não falar no gol à la Vampeta que abriu o placar para a Brisa.

*Minuto de silêncio. Menos dois conselheiros - um de cada lado. O ritmo prevalece: menos um a cada jogo. A renovação está a caminho?

*A nova locutora do Palestra pode não ter a melhor voz do mundo, mas pelo menos sabe pronunciar o nome do nosso lateral-esquerdo.

***

VAMU SUBÍ, GALÔÔÔÔÔÔ!

E o Galo, o Atlético grande, segue a passos largos rumo ao seu lugar de direito. Valeu a nossa torcida no sábado lá no ABC.

"Ô, ôôô, ôôô, vampracima deles, Galôôôô!!!"

"União sinistra, que ninguém segura! Mancha Verde e Galoucura!"

11 comentários:

vitor disse...

sobnre o PALMEIRAS c disse td mano, não era o esperado, mas pelas circunstancias, foi bom, mostrou luta, raça e saiu aplaudido. agora é ganhar do vasco q num é nenhum bicho de sete cabeças, mto pelo contrário.

o marcinho guerreiro, esteve sensacional, jogou bem qdo precisou.

então qr dizer q o dono do blog q vivia me enchendo o saco por eu ter cantado uma música supostamente dos gambas no jogo do América na final da Copa SP, cantou no sábado em Sto André pra empurrar o Galo??? e pior, o fervor com q ele cantou a música, deu mostras do qto ele gosta dessa música.

fica aqui, o parabens q já foi dado pessoalmente ao Luigi, parabens cara, c merece.

Barneschi disse...

Vitor,

Cantei outras músicas, não esta a qual você faz referência.

E você lembrou bem:
Parabéns, Luigi!

darkness disse...

por que eu sinto falta de alguma menção aos publicos desta rodada?

Barneschi disse...

Porque jogos Nestlé e/ou em liquidação devem ser tratados como tal. Não pense que vou deixar passar. Apenas estou priorizando agora o que realmente interessa - o Campeão do Século. Talvez amanhã eu escreva o post que tanta falta lhe faz.

Em tempo: você participou da liquidação? Ou nem assim?

darkness disse...

Fui ao jogo se é o que você quer saber.

Craudio disse...

E de que adianta ter 55 mil pessoas dentro do estádio caladas?

Prefiro a nossa média de 15 mil, no campeonato inteiro, 80% dele na zona do rebaixamento. Imagina se fôssemos líderes com 8 pontos de vantagem. Ah, mas isso não acontece nunca com a gente.

E do jeito que elas são zica, só pq gritaram é campeão pela primeira vez é capaz do Grêmio se sagrar campeão nacional 2006...

E o que ser time do Rio com juiz dando uma mãozinha, hein?

vitor disse...

rodrigo, isso é o q vc está falando, eu naum estive lá e num posso saber.
vo esperar comentários dos q foram pra saber c vc cantou ou não a tal música.
mas já adianto q ouvi um buxixo q vc tinha cantado.

Barneschi disse...

Não se deixe levar por comentários maldosos, Vitor.

mancha z/s disse...

gostei da vontade do time mano..... soh por isso valeu..... mas dava opra ganhar com certeza... mto vacilo os gols perdidos

Junior FJV Tijuca disse...

Koeee mermão...... firma???
pow, nem vai rolar de vir pra ca amanha ne??? eh de foder jogo as 10 da noite, fala ai????
mas vamos nois daqui.....
[]´s

Barneschi disse...

Então, velho, não rola. Alguém precisa garantir o leite das crianças por aqui. Mas eu devo estar aí na virada do ano.
Abraços e bom jogo!