03 outubro 2012

Já encomendaram o serviço













Em qualquer país minimamente sério, um elemento como o árbitro designado para apitar o clássico do próximo sábado estaria afastado de suas funções há tempos. A ficha do sujeito é por demais extensa, mas estamos no Brasil e então ele segue na ativa, ressurgindo do esgoto sempre nos momentos mais agudos, pronto para prejudicar o Palmeiras em duelos decisivos.

Vejam, senhores, que o último jogo do alviverde com a presença da criatura foi logo a semifinal do Paulista do ano passado, um serviço encomendado sob medida, conforme descrito em detalhes aqui. Faz quase um ano e meio. Ele veio e ignorou toda a polêmica prévia (porque ali já o tínhamos como inimigo de longa data) para conduzir o jogo da maneira a garantir a vitória - que nem veio - do SCCP. Apenas mais um crime de uma longa trajetória.

Bem antes daquele confronto, no entanto, já apontávamos o longo histórico do elemento nos jogos do Palmeiras. Ninguém faz nada, a diretoria se omite e então caminhamos a passos largos para mais uma tarde de roubo descarado, novamente com a assinatura daquele que tem nos prejudicado há 15 anos.

Não é coincidência o fato de ele ressurgir agora, um ano e meio depois de nos roubar de maneira acintosa em um jogo importante. Não pode haver nome mais apropriado para o serviço sujo.

Talvez não exista pessoa no mundo que odeie mais esta criatura do que eu. Já existe um completo dossiê (elaborado pelo meu grande amigo Fernando Galuppo), mas eu me sinto no dever de relembrar, de maneira aleatória, alguns episódios mais emblemáticos de sua, digamos, turbulenta relação com a Sociedade Esportiva Palmeiras:

2008
O sujeito prejudicou o Palmeiras contra o SPFW não poucas vezes (a primeira delas na semifinal do Rio-SP de 1998), mas nenhuma foi tão clamorosamente absurda quanto o jogo da semifinal do Paulista/2008, com o gol de mão da imperatriz leonor quase colocando em risco o nosso título daquele ano. Confiram o mesmo lance por dois ângulos:


































1999
Palmeiras 4-3 Portuguesa/SP, Palestra Itália, Campeonato Paulista. Os três gols da Portuguesa aconteceram da mesmíssima maneira: em cobranças de pênalti. Eu pergunto aos senhores: que tipo de criatura marca três pênaltis para a Portuguesa contra um grande time?

2010
O jogo (contra o Grêmio Itinerante Barueri de Prudente de Barueri) nem era tão relevante, mas peço que atentem para o gol que o sujeito validou - e para a posição dele em relação ao lance:















2009
Bragantino/SP 2-5 Palmeiras, Marcelo Stéfani, Campeonato Paulista. O pobre diabo chegou ao cúmulo de expulsar São Marcos, alegando agressão do goleiro - e ainda deu pênalti contra o Palmeiras. Um crime não apenas contra o clube, mas contra a carreira do goleiro também. Mesmo com um a menos, o Palmeiras transformou uma derrota por 0-2 em uma goleada histórica. Repito: ele expulsou São Marcos alegando uma agressão. Tirem suas conclusões.

2011
Semifinal do Paulista contra os gambás. Atuação premeditada. Sabedor do clima tenso que pairava em virtude de sua escalação, o sujeito aplicou um amarelo no nosso melhor jogador, o camisa 30, já como credencial. Expulsou o nosso zagueiro em uma bola dividida (decorrente de uma falta não marcada a nosso favor no ataque) e deixou o jogador dos caras em campo. Botou Felipão também para fora. Desestabilizou o time. O Palmeiras foi guerreiro. Saiu na frente mesmo com um a menos, mas levou o empate. Perdeu nos pênaltis.

1997
Palmeiras 2-1 Rio Branco/SP, Palestra Italia, Campeonato Paulista. Primeiro jogo do alviverde com arbitragem do elemento, e ele já deixou o cartão de visitas. O relato completo está aqui, e eu resumiria assim: em um jogo de um time grande (em casa) contra um pequeno, o mandante recebeu sete cartões amarelos e teve três jogadores expulsos. Três jogadores expulsos, incluindo o seu goleiro! O alviverde teve ainda um pênalti não anotado a seu favor. E aí eu pergunto aos senhores: o que esperar de uma criatura que "estreia" como juiz expulsando três jogadores do Palmeiras no seu estádio contra o Rio Branco de Americana?

###

São tantos e tão crassos os "erros" cometidos que eu poderia aqui escrever um verdadeiro tratado contra o tal elemento. Não é necessário; os relatos acima são bastante consistentes e evidenciam o que nos espera no próximo sábado.

Mas, claro, os nossos amigos da imprensa esportiva haverão de apelar para o velho argumento de que "os erros acontecem para todos os lados e se anulam no final"...

###

Peço desculpas por dedicar o post a este assunto em detrimento do jogo recém-encerrado, mas é que isso acabou virando prioridade - e foi assim mesmo lá no Pacaembu, com a indignação completa e irrestrita de todos os que já sofremos com esse maldito.

Sobre o jogo, boa vitória contra o fraquíssimo Millonarios. Time consistente durante quase todo o jogo, boas jogadas criadas, belos gols e uma vantagem considerável para o jogo da volta - e nem precisamos fazer muito esforço par avançar de fase.

10 comentários:

Anônimo disse...

Barneschi , há um erro quase no final. Você colocou ano de 2012 na Semifinal do Paulista , e era 2011. Texto magnifico , parabens !

Luiz Fernando Sanchez disse...

Estamos fudidos no sábado,pode escrever,já estou vendo,os jogadores tem que ter consciência e o novo treinador me parece bem mais tranquilo que seu predecessor isso talvez seja benéfico,vamos ter que jogar contra os frescos e contra o juiz vai ser uma batalha espero poder estar lá.

Anônimo disse...

o que o nosso diretor jurídico vai fazer a respeito? tuitar?

Anônimo disse...

Mano, ateh agora eu nao consigo acreditar que eh verdade quetal elemento serah mesmo o arbitro da partida contra os bambis. Estou em estado de choque.

Jogaremos contra 15 no domingo. Se vencermos esta partida serah um feito histórico. Pois ela jah estah certamente arranjada para que isso nw aconteça.

Eh desanimador e frustrante ver como a nossa diretoria eh composta por completos bananas.

Ainda nao consigo acreditar q o PCO será mesmo o arbitro da partida...

Abs
Renan
Um palmeirense

Geraldo Baista disse...

a descraça já ta anunciada. alguem tem que fazer alguma coisa, tão querendo derrubar o Palmeiras ed qualquer jeito

Anônimo disse...

Dando uma de advogado do diabo, no jogo com o Bragantino ele expulsou corretamente o Marcos, porem antes disso o Malaquias(?) tinha feito falta no Marcos, o correto teria sido dar a falta do Malaquias e expulsar o Marcos e não dar penalti ja que a bola não estava em jogo.

Anônimo disse...

Maldito seja, PCO! Ele nos odeia. Só para lembrar: no ano que o Zagallo foi treinador da Lusa, em um jogo dentro Parque Antarctica, o miserável marcou 3 (sim, TRÊS) penaltis contra o Palmeiras, mas ainda assim o Verdão ganhou o jogo. O que esse safado, ladrão, sem vergonha, desqualificado faz quando os nossos jogos são contra os gambás, então, é inominável! Aquele gol do Adriano com a mão foi uma das maiores afrontas que já se viu em um jogo de futebol! Que a nossa diretoria incompetente se posicione ao menos uma vez na vida e que nossa torcida aguerrida não dê um minuto de trégua a esse canalha! Fora PCO! Lixo! Todos os palmeirenses devem se mobilizar para evitar esse safado no jogo de domingo! à luta, palestrinos!

César SEP disse...

vai se fude Rodrigo Borvis BAMBI do Jd. Leonor ai em cima...

O Palmeiras está sendo roubado descaradamente durante o campeonato todo, e ainda por cima colocam esse FDP do PCO pra apitar SPFW x PALMEIRAS e a diretoria não faz ABSOLUTAMENTE NADA!!!

Anônimo disse...

Não adianta esperar nada dessa diretoria, se alguma coisa tem que ser feita deve ser feita pela torcida.

É tão dificil assim descobrir o endereço desse cafajeste? Aonde ele vai ou os lugares que frequenta?

Não sou apologista da violencia, mas esse cara merece receber uma lição que ele não esqueça jamais.

A solução é fazer com ele a mesma coisa que fizeram com o Love no estacionamento do Itau, mas de forma mais inteligente, sem deixar rastros e sem complicar o Palmeiras.

E ai pessoal da Mancha, alguem se habilita?

Sandro - Salvador/BA disse...

É impressionante como as bichas ficam salientes quando vislumbram que algo está a seu favor.
Sobre o chororô, anônimo viado chupador de pica, veja a ficha corrida do vagabundo e tire suas conclusões.
Tem gente que consegue as coisas com o suor do rosto. Tem gente como vocês e os gambás que conseguem graças às ajudas externas.

De fato, Rodrigo, conforme você disse ontem na cancha municipal, quando a gente pensa que esse fdp não pode mais nos operar ele se supera e se reinventa.