22 junho 2007

Palestra sitiado

O que fizeram com o torcedor palmeirense nos dois últimos jogos em casa foi apenas um aviso do que está por vir. Neste domingo, dia em que enfrentamos a Brisa do Paraná, o Palestra estará definitivamente sitiado, com uma esdrúxula divisão que busca, além de reduzir a capacidade de público do Parque, desmobilizar a nossa torcida.

Certamente terei mais o que escrever no domingo à noite, depois do caos que virá, mas já aproveito agora para criticar FPF, MP, PM e a nossa diretoria pelo absurdo que segue logo abaixo:




Arquibancada Lima Limão?

De onde veio esta cor?

Não seria verde?

Pra que inventar moda?

Com que direito separam os torcedores de maneira tão grosseira?

Com que direito querem nos impedir de entrar pelo portão principal?

É um desrespeito sem precedentes.

12 comentários:

Fernando disse...

é aquela velha história: Se tudo der certo, vai dar uma merda....

Fernando Borgonovi

Craudio disse...

Lima limão é foda mesmo...

Pior que isso só azul pijama.

Chupa Luydy!

Luiz disse...

Isto é o resultado de dar para pessoas despreparadas e sem nenhum conhecimento de causa.

Perguntas:

Falam mal das uniformizadas, mas dão um setor só pra elas, existe nesse ato uma enorme contradição. Ora, se eles são marginais, porque deixá-los com privilégios em relação aos demais??

Os dirigentes do Palmeiras pensam em um título??? Porque não parece, porque aceitar tamanha imposição, que certamente acaba com o fator campo! Quem faz a festa e apoia o time estará sem forças.

Diante disso, tiro algumas conclusões:

- A PM é uma merda, despreparada e incompetente.
- Enquanto isso o MP prefere aparecer na TV, ao invés de atuar como fiscal da Lei, pois esta divisão é de longe uma verdadeira afronta a Constituição Federal, no que tange (ao meu ver) aos princípios da isonomia, a dignidade da pessoa humana e a liberdade de locomoção e de associação.
- Os dirigentes do Palmeiras, como sempre, uns bananões, nossa torcida pra variar sendo cobaia!

Por fim, maldita promoção de bolacha!!! Alguém tem ingresso sobrando? Eu trabalho, não tenho tempo para comprar!

Abraço!

Arthur Virgílio disse...

Eles devem ter muito tempo e criatividade para inventarem esse tipo de coisa.

mancha z/s disse...

eh foda!!!!!!!

e tem essa merda de bolacha pra encher o saco ainda.... fikei sem ingresso de novo!!!!

morre mustafa disse...

E ESSA AGORA????


América alega vitória na Justiça para impedir estréia de Max


São Paulo (SP) - Os problemas no sistema ofensivo do Palmeiras só aumentam. Um dia depois de o Santos confirmar o “chapéu” no Verdão e acertar com Kléber, o técnico Caio Júnior perdeu o atacante Max para a partida contra o Atlético-PR, na tarde deste domingo, no Parque Antártica.
O atleta vinha treinando entre os titulares e estava confirmado pelo treinador para o duelo contra Furacão. No entanto, o América-RN, clube anterior do jogador, obteve na 8ª Vara do Trabalho de Natal um despacho que impede a utilização do atacante pelo Verdão.

De acordo com o site oficial da equipe do Rio Grande do Norte, o juiz Bento Herculano Duarte Neto determinou a expedição de ofício, com urgência, à Confederação Brasileira de Futebol para que o atleta seja registrado junto ao América. Assim, se o Palmeiras utilizá-lo neste domingo, corre o risco de perder os pontos da partida.

O advogado do Verdão, Luiz Roberto Martins Castro, mostrou-se surpreso ao ser informado pela reportagem da GE.Net sobre o comunicado divulgado pelo América.

“O Palmeiras não está sabendo de nada. Vou conversar ainda hoje (sábado) com a direção para ver o que vamos fazer. Mais tarde, poderemos dar uma posição”, explicou.

Max, de 23 anos, foi contratado para atuar pela equipe B do clube paulista, mas acabou promovido para o elenco principal. O jogador estava nos planos da diretoria alviverde desde o início da temporada. No entanto, um imbróglio jurídico envolvendo América-RN e o Corinthians-AL atrasou sua chegada ao Parque Antártica e o tirou dos gramados por sete meses.

Como tudo parecia resolvido, Max era o favorito para formar o setor ofensivo ao lado de Edmundo, já que o paraguaio Florentín pediu para deixar o Parque Antártica e Alex Afonso está entregue ao departamento médico. Agora, Caio Júnior deverá improvisar Marquinho na linha de frente.

Anônimo disse...

Parabéns pela derrota,

Brisa do Paraná.

Rodrigo disse...

Final de semana triste, Barney...primeiro a derrota no sábado, agora essa no domingo...

Espero que seu time não comece a entrar em parafuso para dar alimento à imprensa bambi suja...

Vide a capa do lance de hoje, akele papel higiênico sujo transformado em diário esportivo..

Abs

Barneschi disse...

Brisa anônima,

Parabéns pela vitória. A primeira no Palestra Itália em 83 anos, não? 83 anos! É bem a mostra do tamanho de vocês, um time eternamente pequeno. Tanto quanto a torcida (???) de vocês ontem, uma meia dúzia de zé povinho.

Craudio disse...

Sugiro a leitura da coluna Zapping, no Folha online...

Filipe disse...

LIMA LIMÃO, Palestrino????
...San Gennaro...

Barneschi disse...

Pois é... mudaram pra "Arquibancada Limão", mas é uma estupidez ainda!