01 setembro 2009

Pelo dérbi na capital

Gilberto Cipullo veio a público, por meio de nota oficial, desmentir a informação de que Palmeiras e SCCP se enfrentariam pela terceira vez seguida longe da capital paulista, desta vez em São José do Rio Preto. E o fez sem apresentar qualquer informação adicional, de tal forma que o clássico continua sem local e horário definidos. Só o que sabe é que aparentemente os dois rivais não jogarão no dia 01/11, domingo, mas sim no dia 31/10, sábado, por um desses caprichos inexplicáveis de dona CBF e da emissora câncer.
Já que é assim - e como supostamente paira uma indefinição no ar -, este blog pede à diretoria do Palmeiras, o mandante no returno, que seja respeitado o clássico Palmeiras x Corinthians, o mais importante deste país. Não é pedir demais; é simples até. Basta que o duelo seja realizado na cidade de São Paulo, logo aquela que é a sede dos dois clubes.
Simples. E respeitoso. As torcidas de Palmeiras e SCCP não merecem ficar sem o clássico na capital por dois anos seguidos, como está sendo ameaçado. Palmeiras x Corinthians tem de ser em São Paulo, e quem quiser que venha até aqui para assistir.

Não que seja o caso de este blog propor uma solução para os dirigentes, mas fato é que vale qualquer coisa. Pacaembu, Palestra, Canindé, Ibirapuera, Nicolau Alayon, Rua Javari, o que for. Só não dá mais é pra aceitar
Rio Preto, Prudente/MS, Ribeirão ou qualquer outra cidade do interior. Chega! Por uma questão de respeito.





***

Por falar em clássico...

Pelo visto, não só os leonores estão descontrolados. Talvez influenciados pelo promotor público Paulo Castilho, alguns homens do 2º BPChoque têm extrapolado na hora de zelar pela segurança nos estádios. A foto abaixo, tirada durante o clássico de domingo, mostra o aparelhamento dos coxinhas:


17 comentários:

vitor disse...

vai ser em rio preto.

e não serão bem vindos lá.

TriMundial disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

como eh ficar 15 jogos em ganhar da gente no morumtri????

vc foi em quantos porquinho???? chuuupppaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Roberto Kamarad disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Roberto Kamarad disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Medeiros disse...

"...Assim, fica uma ousada sugestão: Sou contra tirar o clássico da capital paulista sob qualquer hipótese, mas se o fizerem, que o levem ao Maracanã. Pelo menos estarão amenizando o estrago...." (Junior, AQUI É PALESTRA)

Acho que já li você falando a mesma coisa, Barneschi.

Cara, não é o ideal (o jogo TEM que ser na capital), mas se esses loucos querem levar o jogo pra 400 km fora da cidade de São Paulo, por que não no Rio? Aposto num público de mais de 40.000 torcedores. Tanto Palmeiras quanto os gambásm têm torcida aqui. Sem falar nos torcedores que viriam aos borbotões, já que não haveria o risco de enfrentamento com uma torcida local. Ainda tem os cariocas (eu, por exemplo) que adoram ir ver um bom jogo no Maracanã, independente dos times. Carioca gosta de Maracanã depois da praia. Melhor que Prudente/MS ou Ribeirão. Abraços.

Claudio Yida Jr disse...

Então, e aí tem um outro problema. A imprensa toda alardeou o local do jogo, dizendo inclusive que a diretoria de vocês havia confirmado. E depois a diretoria tem que vir a público desmentir.

E ninguém pede desculpa pelo erro? E se eu tivesse comprado passagens de avião praquela porra de cidade?

Não sei quem é pior: os que inventam que o clássico tem que ser no interior ou essa imprensa irresponsável, incompetente e agora sem diploma.

Ah, João, acho que se fosse no Maracanã, teríamos lotação máxima e uma belíssima festa das torcidas! Mas como dirigente de futebol gosta de tudo, menos de futebol, a gente vai ter que ficar com aqueles caipiras desgraçados falando merda durante o jogo.

Forza Verde disse...

Como será que é ficar 28 anos sem ganhar do Campeão do Século em Brasileiros hein?

A maioria desses jogos eu estava no estádio. Será que os bambis alienados estavam?

Não me lembro de ter visto mtos não...

Zhu Sha Zang disse...

Olha só. Sou a favor dos jogos na capital apesar de morar no interior em respeito às torcidas e os mandantes de campo.

Mas moro no interior e acredito que seria muito mais gentileza dos comentaristas por aqui atacar os dirigentes ou reais mandantes do que tentar ofender os moradores do interior que assim como vocês também gostam de futebol.

Respeitem para serem respeitados.

Forza Verde disse...

Barneschi, o que vc acha disso aqui?

STJD pode desfalcar o Verdão
Redação PTD - 02/09/2009 - 00:13h.
-
Além de Maurício Ramos, machucado, e Armero, na seleção colombiana, o técnico Muricy Ramalho pode perder mais dois jogadores para a partida de sábado contra o Barueri, no Palestra Itália.

Pierre e Marcão serão julgados na tarde desta quarta-feira pelas expulsões sofridas contra o Coritiba. Pierre foi denunciado no artigo 254; se condenado, pode ficar de fora por até 6 partidas. Já Marcão foi denunciado no artigo 250 e corre o risco de pegar 3 jogos de gancho.

Se ambos forem condenados, Muricy deve escalar Maurício Nascimento na defesa e Souza no meio-campo.

Eduardo Luiz
eduardoluiz@palmeirastododia.com.br

Forza Palestra disse...

João,

A minha visão é a seguinte: se é pra fazer merda, que façam uma merda diferente. Que o clássico aconteça no Rio de Janeiro. Tem praia, o acesso é fácil, tem Maracanã, tem todo um clima cercando o jogo. O que não dá é para aceitar jogos em Prudente, uma cidade que fica em outro Estado, que é de difícil acesso (é quase impossível ir de ônibus de linha, por exemplo), ou em qualquer outro município do interior.

Portanto, se forem mesmo fazer merda, que o façam no Maracanã. Um fim de semana no Rio compensaria esse sacrifício.

Abraços

***

Bambi alienado,

Fui aos 15. E vou aos próximos 15, 30, 45, quantos forem. Não importa. Você pode dizer o mesmo?

***

Caio,

Até o momento, ok. Porque todos os jogadores expulsos vão a julgamento. É um procedimento normal. O errado será uma eventual punição ao Pierre, que nem deveria ter sido expulso.

Abraços

Rafael disse...

Tava demorando para vir um bambi por aqui comemorando o empate de domingo em casa contra nós.

rodrigo disse...

os bambis que tinham obrigação de ganhar estão cobrando a gente por não ter ganhado no morumbicha, que aceitação de superioridade!

João Medeiros disse...

Claudio e Barneschi,

Não seria viável uma campanha tentando promover esse jogo no Maraca?

Há quanto tempo não vemos um jogo como Palmeiras x Corinthians com tudo o que tem direito? (bandeiras, faixas, sinalizadores, uniforme de organizadas etc) Quantas festas inesquecíveis essas torcidas já protagonizaram. Aqui no Rio isso tudo é permitido. Menos cerveja, infelizmente. Concordo com a possibilidade de casa cheia. Talvez até recorde de público e renda.
Convenhamos, se o jogo for sábado as 16:00 hs fica fácil. Sai sábado de manhã de Sampa (Ônibus), vê o jogo no Maraca, curte a noite do Rio na Lapa ou em qualquer outro lugar, e volta pra Sampa domingo, depois da praia, com tempo suficiente pra se recuperar pro batente de segunda.
Coloca a torcida do Palmeiras entrando pela UERJ, como o VASCO e a torcida do Corinthians entrando pelo Belini, como os vermes. Fácil de controlar. Porra, tudo é fácil cara. Será que só a gente enxerga isso?

Claudio Yida Jr disse...

João, se é fácil não é bom pra esses caras... Eles têm que dar um jeito de complicar as coisas.

Rafael disse...

Olha só os coxa...tudo paramentado pra flagar os marginais de verde e branco....

Nicolau Alayon era uma boa heim...da pra ir a pé de casa!

Me fala onde vc comprou seu livro de geografia?
hahaha

Abraço pilantra

Filipe disse...

No Maraca rola bandeira... Rojão... etc etc
E a tal marca que inventaram seria valorizada (aliás, pra que serviu mesmo aquilo?...).
João tem razão, assim como o Porta-Voz; é fácil. Por isso não teremos a gloriosa oportunidade...

Mas tem que ser no Pacaembu, com o Tobogã para a torcida visitante (os dois jogos tinham que ser no Pacaembu).

Anônimo disse...

necessario verificar:)