22 janeiro 2012

Novos e velhos tempos



O Bragantino já foi uma daquelas pragas que sempre aparecia para atormentar a nossa vida. Foi. É curioso notar como o pequeno time de Bragança se tornou um adversário dos mais inexpressivos até dentro da sua casa. Vejamos o retrospecto recente, com destaque para os duelos disputados no interior:

09.03.2008 Bragantino 2 x 5 Palmeiras
24.03.2009 Palmeiras 2 x 1 Bragantino
07.02.2010 Bragantino 2 x 3 Palmeiras
26.03.2011 Palmeiras 3 x 0 Bragantino
22.01.2012 Bragantino 1 x 2 Palmeiras

Faço questão de enfatizar esta sequência porque cresci numa época em que os jogos no Marcelo Stéfani (e não no Nabi Abi Chedid, como o estádio passou a ser conhecido de alguns anos para cá) eram cercados de temor, de uma quase certeza de que o time, mesmo muito melhor que o atual, voltaria de lá com mais uma derrota - tipo o que acontece hoje com o Beira-Rio.

A coisa mudou a ponto de hoje um time fraco alcançar vitórias sucessivas em Bragança sem grande esforço. Foi assim na tarde deste domingo, em uma estreia que nos permitiu ver os mesmos erros e acertos da temporada anterior - além da chuva, é claro, onipresente nos nossos jogos. Mesmo sem um atacante de ofício para empurrar a bola para dentro, voltamos para casa com mais uma vitória.

Mas a verdade é que até poderemos conseguir esse tipo de resultado no início de temporada sem um 9, mas a ausência de alguém com esse perfil vai acabar produzindo novos fracassos ao menor sinal de dificuldade. Vai ser mais uma temporada daquelas...

###

_Eu entendo que R$ 40 pelo ingresso é um valor extorsivo em qualquer situação - mas foi o que o Bragantino cobrou também em 2008 e 2010, de tal forma que até me surpreendeu o fato de o valor não ser ainda maior. Mas já li em algum lugar por aí que o Catanduvense vai cobrar R$ 80 pela arquibancada no jogo do próximo domingo lá em Catanduva. Aí é putaria!

_As condições do Marcelo Stéfani (cara, estádio não pode mudar de nome...) parecem piorar a cada ano. Não que eu me importe com isso, mas qualquer dia vai dar merda...

_Alguém mais notou a semelhança entre o gol do Maikon Leite hoje e o do Carmona no sábado passado?

_Sempre que voltar a Bragança vou me lembrar daquela tarde inesquecível de 2008, quando o bandido do apito teve a desfaçatez de expulsar Marcos para depois ver o Palmeiras transformar em 5 a 2 o que chegou a ser um 0 a 2 com um homem a menos. O texto que eu escrevi na época é mais um daqueles da série "On the road".

_Como eu não tirei nenhuma foto hoje à tarde, resolvei plagiar a foto que abriu o post de 2008. Até porque a situação no estádio não mudou nada e também porque uma foto tirada hoje não sairia muito diferente: até o clima foi o mesmo.

10 comentários:

@ThiDurante disse...

Ótimo dia em Bragança.

E o Palmeiras venceu, isso é o mais importante.

Que venha a próxima batalha!

Ivan disse...

Meu Deus! Achamos um posto na cidade que vendia litrão de Brahma a 3,50 dinheiros. O dia tinha tudo pra terminar bem.

- Só uma observação quanto aos ingressos:
Chegamos cedo no estádio (acho que era meio dia) e não estavam vendendo meia entrada. A carga de meia entrada só chegou depois das 3 da tarde nos guichês.

- Estádios do interior são muito desorganizados e isso não é de hoje. Consigo encontrar nessa situação um apetite a mais, afinal, somos visitantes...

- Esse time continua horrível.

- O goleiro Bruno me passa bem mais confiança que o marketeiro Deola.

- Tinga é brincadeira de mau gosto.

Anônimo disse...

"Mas a verdade é que até poderemos conseguir esse tipo de resultado no início de temporada sem um 9, mas a ausência de alguém com esse perfil vai acabar produzindo novos fracassos ao menor sinal de dificuldade. Vai ser mais uma temporada daquelas..."

barcos tá vindo ai !!! sinceramente o tanto de oportunidades q o r.bueno teve hj e não fez nada... o argentino teria feito no mínimo dois gols. sério mesmo.
to otimista com a dupla que ele vai formar com o luan, tudo bem q esse é limitado, mas ele dá várias assistências pelo alto, q é o forte do pirata!!!
eu boto muita fé nessa dupla. o tempo responderá. e o barcos tem muita vontade de vencer no palmeiras.
sei lá, mas esse time tá encaixado no perfil q o felipão gosta e é campeão. valdívia e barcos serão os pontos chaves para isso acontecer.
é isso!!! abraço a todos!
luis fernando - goiânia

Barneschi disse...

Luis Fernando,

Espero que você esteja certa. Eu aprendi a não ser otimista nesses casos, mas se o Barcos for esta solução para o ataque, aí sim passo a ver 2012 com outros olhos. Por enquanto parece ser um repeteco do ano passado.

Abraços

Danilo Cruz Manga disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Danilo Cruz Manga disse...

Realmente esse bragantino eh uma zica... mesmo no 2x5 o Palestra teve marcar como nunca um time sem ninguém; Foi épico..

Em 24.03.2009 Palmeiras 2 x 1 Bragantino eu cheguei atrazado e já tava 0x1 pros caras gol contra da desgraça do jeci se não me falta a memória agora, mas, viramos o placar.

#Foi um bom começo, um nove vai ajudar sim, concordo com vc! Maicon Leite é jogador pra segundo tempo mesmo?

#sempre acompanhando seu blog, massa!

Gustavo M disse...

Pra esse time pensar em ganhar alguma coisa, precisa de um meia e um atacante pra reserva de valdivia e barcos, pois ao menor sinal de sucesso, o STJD vai aprontar. Isso sem falar q o argentino precisa obter exito, caso contrário fica tudo na mesma.

Só relembrando fato ocorrido com a meia entrada em bragança. Pra mim ficou claro q tentaram nos enganar, dizendo q não havia meia entrada. Por sorte deu tempo de vender nossos ingressos e recomprar como meia.

abraço!

Anônimo disse...

O PIOR QUE É VERDADE MESMO....A DIRETORIA/PREFEITURA CATANDUVENSE VAI COBRAR OS OBSCENOS r$ 80,00...

http://www.gremiocatanduvense.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=845&Itemid=48

Alex Amaro

Barneschi disse...

Cara, R$ 80 por uma arquibancada é desrespeito. Nem tanto com a gente, mas com o povo de Catanduva e região. Na boa: espero que esse time de merda seja rebaixado de novo!

Anônimo disse...

3 vitorias seguidas em braganca é um troço que nao dava pra imaginar nos anos 90. ali a gente nunca conseguia ganhar no marcelo stefani