09 setembro 2013

Teoria e prática

Já que os austeros da "gestão profissional" não entendem a língua que se fala na arquibancada, é o caso de falar a língua deles - se é que alguns ali vão realmente entender.

Pouco importa a minha opinião sobre o conteúdo abaixo. É, afinal, apenas uma teoria. Compartilho com os senhores:




































A prática, essa sim, vem ao caso:



















Meu comentário sobre isso:

Não é (só) uma questão de cortar despesas; é uma questão de buscar as receitas que devem ser a rotina de um gigante como o Palmeiras. E só se consegue receita no futebol com um time vitorioso. Para o Palmeiras, caro CEO, vencer não faz parte do "imponderável"; vencer é o único caminho possível.

###

_Primeiro texto: publicado na página 2 do caderno Mercado da Folha de S.Paulo de 07/09/2013.

_A nota foi publicada no Painel FC de 06/09/2013.

19 comentários:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
cristiano disse...

Talvez vc ate acertou no ponto em que um clube so arrecada mais, se ganhar mais, se for competitivo atrai mais dinheiro de torcedor, mais dinheiro de marketing, mais dinheiro de empresas, mais dinheiro de TV...tudo certo, mais acredito que eh essa ideia dessa diretoria, talvez com uma certa dose de ousadia melhoraria, mais acredito que o temor que si repita o endividamento feito pelo Belluzo, fala mais alto. Acredito que o melhoramento da qualidade do nosso elenco alviverde deve subir bem mais devagar do que almeja nos torcedores, mas de uma forma conscistente, vejo no nosso presidente um cara de muito pe no chao, nao vai fazer loucuras agora, ele me parece que gosta de contar com o que tem na mao pra gastar, nao vai investir esperando o retorno da torcida igual fez o Belluzzo( e ca entre nos deu no que deu), acredito que ele deva fazer contrataçoes modestas no centenario, trazer alguns nomes de peso so se o markering fizer milagre....pois nao ta facil a situaçao do nosso alviverde, as vezes nao sei o que eh melhor, porque faço engenharia e nao administraçao o que eh muito diferente, sou palmeirense doente, queria ver meu Palmeiras se reerguer novamente e agora nao da para julgar o PN, talvez acredito eu que ele esta tentando subir do zero, tentando ainda usar o que restou pra construir uma empresa(clube) forte conforme o que ele faz na vida profissional dele, pois sabemos que ele eh um otimo administrador, tanto que eh muito rico, sei que ele tbm eh palmeirense doente, ja provou isso. Entao vou esperar mais um pouco pra ver, talvez seja isso, talvez nao, so o tempo vai dizer, mais continuo afirmando minha opniao que eh muito cedo pra julgar o Nobre, que ele ta tentando profissionalizar o clube em um todo, qualquer idiota pode ver, quem sabe eh por ai o caminho para o ouro...so nos resta torcer pro verdao e esperar...abraços naçao palmeirense.

cristiano disse...

Bem...na engenharia...para construir um enorme predio, preciso fazer muito buraco, precisa-se fazer um enorme alicerce para ai sim, começar a construir. Espero que essa seja a intençao do PN. Primeiro organizar o alicerce de onde veremos uma enorme construçao...eu tenho fe.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Bruno Fares disse...

Muito cuidado com o tendencioso Painel FC que adora tumultuar todos os times. No mais, é parte da diretoria buscar verba sim.
.
Acho engraçado esses caras que não concordam com a linha editorial do autor do blog e se dão ao trabalho de entrar aqui, ler, entrar nos comentários, e escrever esses xingamentos "super" ofensivos nível 5ª série.

Anderson Garou disse...

Esses anônimos... Tão "másculos" :-|

claudio longo disse...

Boa noite a todos, Barneschi, sem investimentos não haverá resultados, se não houver ousadia , principalmente pioneirismo, não teremos uma equipe que conquiste títulos , e agregue novos torcedores, pois a `´economia´´, que MUMU, prega esta deixando o clube na merda, com louvor, em Nobres mãos, não há um menor indicio que teremos mudanças , apenas os mesmos argumentos, e defensores da gestão que é só perfumaria, trabalho que é bom só na lábia!

felipe disse...

E ai Barneschi. A conspiração gambá já destruiu o Palmeiras, esse idiota-util do Itaú (Nobre, ITAU = GLOBO = CBF = RONALDO = ITAQUERA) agente do corinthianismo que visa destruir qualquer oposição aos bandidos e espanilhonizar o futebol brasileiro em torno deles já acabou conosco em prol do dito "gestonizo" e agora estao incrivelmente acabando com os viados da Leonor. O mentor dessa estrategia é o Lula, que importou de seu mundo comunista messianico as estrategias espurias do partidão e de como hipocritamente lidar com os rivais atraves da de agendas dialeticas. Como poderemos reagir? Minha sugestao é matar o Brunoro e o Nobre. Traidores-em-chefe.

Anônimo disse...

E o patrocinio master? omoplatinha? parte de tras do calção? patrocinio pontual então?

Culpa é minha que nao sou avanti, desculpem por destruir o Palmeiras

Barneschi disse...

O que mais me comove nessa história do exército da austeridade é a covardia desses cretinos que se dispõem a atuarem como capachos do presidente e do CEO. Porque os caras, além de incapazes de formular qualquer argumentação com o mínimo de embasamento, ainda se mostram inaptos para assinar os próprios absurdos.

Vocês são a escória.

Daniel Portero disse...

A primeira sentença do texto resume tudo:

A austeridade é uma ideologia fracassada que é esgrimida pelos ricos (clube) para repassar o custo das crises para os pobres (torcedores).

Quando o Tirone cortou a diária da nutricionista, todos se revoltaram. Agora o Paulo Nobre fez o mesmo (até pior, pois cortou diárias do fotógrafo também) e os defensores da atual gestão o elogiam. Hipócritas de merda!

Mas esperar o quê, quando o presidente assume que até mesmo 10 reais fazem falta ao Palmeiras? Vergonhoso.

Daniel Portero

claudio longo disse...

Boa dia a todos, há uma manobra fatal que destrói o clube a cada gestão, A MEDIOCRIDADE, pois hoje os lambe saco de Nobre e Brunoquio, mostram como é frágil a estrutura politica do Palmeiras , pois a cada gestão são criados mais idiotas, em cargos chaves, em uma administração, que consegue a cada biênio ser mais letárgica, pois se tiverem tempo avaliem nome a nome é verão como são idiotas os comparsas da trupe que se rotula ``profissionais´´, lembrando que já estamos fudidos, pois o patrocinador máster é lenda, já que o orçamento das grandes empresas estará sendo formulado e concluído ate dia 30 deste mês , depois só em janeiro com muita sorte!

claudio longo disse...

Barneschi , parabéns pela matéria, este espelho esta quebrado na gestão Brunoquio /NOBRE !

Rafael disse...

O Barneschi já explicava sobre o teor do texto (até melhor). Um professor de economia escreve um livro para desmascarar essa política fracassada com exemplos na história. E nego continua optando pelo discurso sofista do senso comum. Parafraseando o autor do blorg: ou é burro ou mal intencionado.

Anônimo disse...

Lembro de ter visto alguma coisa parecida na Exame há uns dois meses atras, também desmascarando esse conversinha de "teoria da austeridade".Outra coisa que eu já ficou provado que não existe é essa porra de MKT no futebol. O marketing no futebol é vitória! Tem que parar de ficar pagando pau pros gambas. Os caras só tem estadio lotado, camisa vendendo, jogador chine e a pqp porque o time esta vencendo. Ou esqueceram o q os "fiéis" fizeram após a eliminação pela tolima?
Mkt de cu é rola!


Raoni Machado

cristiano disse...

Assistindo agora o Palmeiras contra o Asa, vejo o time que tanto e criticado pelos blogueiros de plantao, e nao estao errados os blogueiros!!! tambem vejo um Palmeiras com um elenco muito aquem do que ja vi, a historia do Palmeiras muito maior que este time que esta ai, mas, sempre o "mas"...quero dizer, como exigir de um presidente que consiga um time melhor sendo que o mesmo encontrou um clube que ja havia antecipado todas as receitas, como conseguir um patrocinio digno do tamanho do Palmeiras se estamos na serie B quase sem visibilidade, como ???? Eu creio que aceitar uma proposta de patrocinio que venha desvalorizar nossa marca e melhor ficarmos sem, eu acho que investir sem dinheiro para uma serie B e loucura, agora ano que vem no centenario, na serie A, e outra coisa, ai sim teremos que ter uma time mais a altura do que este, nao precisa nem ser craque famoso, mais uns bons nomes devem virpra disputa do Brasileirao....e quem sabe ganhar alguma coisa.

Barneschi disse...

Cristiano,
Na boa: tô vendo faz tempo esses seus comentários conformados e querendo "passar pano" para dirigente e já encheu o saco. Não me venha com esse mesmo discurso pífio e de uma tecla só que pauta a conduta dos correligionários da direção atual. Isso já encheu muito o saco, cara. Muito.

Sandro - Salvador-BA disse...

Acho que cuidado é necessário em se tratando de Painel FC. Ademais, até onde sei as cadeiras da área popular do Palestra serão retrateis e não impedirão que se assista ao jogo de pé. Assim tem acontecido em todos os novos estádios do país. A Fonte Nova, por exemplo, tem assentos e nem por isso o povo assiste ao jogo sentado e tampouco se vê o pessoal da organizada destruindo as cadeiras. Acho que, por hora, não vale a pena a tensão e a energia gastas com isso, tendo em vista que os interesses podem ser conciliados.