26 maio 2014

Um a menos

Paulo César de Oliveira anunciou sua aposentadoria. É bem verdade que vai continuar vagando pelo submundo do futebol, como um fantasma falastrão em rede nacional, mas o que nos conforta é saber que nunca mais irá trilar seu apito contra o Palmeiras.

Não pude deixar de notar que o referido cidadão soltou algumas palavras ao vento para anunciar a despedida. Segundo ele, “foi uma trajetória vitoriosa”. Há torcidas por aí que devem concordar, tantos foram os dividendos decorrentes de suas atuações, mas é o caso aqui de apresentar um contraponto, relembrando um pouco de tão nociva carreira. A ficha corrida do sujeito é extensa, mas um bom resumo deve obrigatoriamente contemplar os seguintes episódios:

_1997, Paulistão, Palmeiras 2-1 Rio Branco
Os detalhes estão aqui, mas o importante a dizer é que, jogando em casa contra um time pequeno, o Palmeiras teve três jogadores expulsos (incluindo o goleiro) e mais sete cartões amarelos, além de um pênalti claro que deixou de ser anotado em seu favor. Foi a primeira aparição dele contra o Palmeiras; era um bom prenúncio do que enfrentaríamos nos próximos anos.

_1998, Rio-São Paulo
Zinho, nosso camisa 11, é ofendido pelo árbitro em questão pouco antes de ser expulso. Com um a menos, o Palmeiras sofre um gol e é eliminado nos pênaltis.

_1999, Paulistão, Palmeiras 4-3 Portuguesa
Foram anotados três pênaltis para a Portuguesa em jogo disputado no Palestra Itália. Para a Portuguesa!, vejam os senhores.

_1999, Paulistão, Palmeiras 4-4 SPFW
Foram dois jogadores expulsos (Agnaldo e Jackson) e mais um pênalti bastante questionável anotado aos 37 minutos da etapa final. No clássico do segundo turno, mais dois jogadores do alviverde (Roque Jr. e Jackson) receberam cartão vermelho e outros dois pênaltis foram marcados.

_2000, Brasileiro, Palmeiras 2-2 SCCP
Agnaldo é expulso; na sequência, veio o empate do rival.

_2008, Paulistão, Bragança Paulista.
Basta dizer que o sujeito expulsou São Marcos.

_2008, Paulistão, semifinal, jogo de ida.
No Jd. Leonor, o árbitro garante a vitória dos bambis com um gol de mão absurdo:





















_2010, Paulistão, Prudente/MS
O Palmeiras enfrentou o Barueri de Prudente de Barueri (ou alguma merda itinerante do tipo) em Prudente/MS. Paulo César de Oliveira, este indivíduo de amarelo aí da foto, validou o lance que aí está, com o jogador do time da casa (?) mais de um metro à frente do nosso último zagueiro:

















_2011, Paulistão, semifinal
Sua última grande contribuição - depois disso, não me lembro mais de ele ter sido escalado para algum jogo do Palmeiras. Fato é que, durante esses 17 anos de tão nociva trajetória, os anúncios de Paulo César de Oliveira como árbitro de uma partida do Palmeiras provocavam reações as mais exacerbadas na torcida. O clima já ficava tenso nos dias que antecediam o jogo - mais ainda se fosse um clássico. Não foi diferente antes daquela semifinal em jogo único. Tirone e Frizzo nada fizeram para evitar a tragédia que se consumou no Pacaembu - e nem mesmo a notícia de que o sorteio da FPF foi dirigido teve algum valor. Naquela tarde de domingo, Paulo César de Oliveira subiu ao gramado com uma missão e a cumpriu com maestria: expulsou nosso melhor zagueiro já no início e, com ele, levou também nosso treinador. Um time brioso se superou com um homem a menos e quase venceu o jogo; nos pênaltis, veio a eliminação.

Um a menos. Mas faltam muitos mais.

6 comentários:

Rodrigo Amato disse...

E este filho de uma puta como prêmio agora é comentarista de arbitragem... quase vomitei qdo ouvi a voz desse merda ontem!

Anônimo disse...

não achei ele tao ruim assim tudo é questão de opinião

Jafé Praia disse...

Quando soube da aposentadoria do PCO, sabia que veria um post póstumo a esse infeliz neste blog ahaha.
PS: parabéns pelo excelente uso da língua portuguesa em toda trajetória do blog. Sempre quis deixar esse elogio.

Jafé Praia disse...

Quando soube da aposentadoria do PCO, sabia que veria um post póstumo a esse infeliz neste blog ahaha.
PS: parabéns pelo excelente uso da língua portuguesa em toda trajetória do blog. Sempre quis deixar esse elogio.

Guilherme Lima disse...

http://youtu.be/BJEDCDnlYpU

Não me vem outra coisa em mente quando o assunto é PCO.

Vinicius Toledo disse...

Anônimo

Vc eh parente dele né?