13 dezembro 2007

Destino provisório: Barueri

A diretoria do Palmeiras confirma a Arena Barueri, estádio da Prefeitura local, como a casa do Verdão entre janeiro e o começo de fevereiro de 2008. Neste período, serão quatro jogos com mando nosso (16/01 x Sertãozinho; 27/01 x Mirassol; 30/01 x Ituano; e 06/02 x Guaratinguetá).

Já era sabido que a troca do gramado nos obrigaria a jogar fora do Palestra neste início de temporada. Até aí ok. O que eu gostaria de entender é porque a diretoria atual do Palmeiras trata o Pacaembu com tamanho descaso.

Vejamos: o estádio municipal é a praça esportiva mais querida pelos paulistanos. Oferece a melhor visibilidade, tem o acesso mais privilegiado (bem perto da nossa casa, com duas linhas de Metrô, ônibus, grandes avenidas, trem etc.) e é o mais confortável de todos. Para completar, nenhum outro time foi tão bem-sucedido por lá quanto o Palestra/Palmeiras, em especial entre os anos 40 e 70.

A decisão lógica, portanto, seria mandar os jogos por lá. Se isso não aconteceu, só existe uma justificativa plausível: o Pacaembu pode também estar em obras até o início de fevereiro.

Se não for essa a resposta, fica constatado o desapego dessa atual diretoria, que preferiu levar quatro jogos nossos para a periférica Barueri, cidade sustentada por condomínios de luxo e sem qualquer opção de transporte público.

A pergunta é: como chegar a Barueri, um destino sem ônibus, sem Metrô, com uma estrada pedagiada e sufocada pelo brutal trânsito dos Civics e Corollas que vêm e voltam para Alphaville todo dia? E o estádio ainda fica numa tremenda bocada, lá pelo km 32 da Castello.

Pra piorar, três dos quatro jogos acontecem no meio de semana, provavelmente às 20h30 de quartas ou quintas-feiras. Provavelmente, vejam bem. Não duvido nada que a FPF resolva praticar uma atrocidade sem limite: jogo em Barueri numa quarta às 19h30.

Como chegar lá nessas condições?

E quem paga minha gasolina, o pedágio e o estacionamento?

Obrigado por mais este presente, diretoria!

***

*Fotos da Arena Barueri aqui.


*A questão pertinente é: será que pretendem fazer de Barueri a nossa casa pelos próximos dois anos, durante a reforma do Palestra?

10 comentários:

Fernando disse...

Bom, de fato o Pacaembu está fechado para reformas, graças à bondade da prefeitura que adiou as obras para que os gambás fizessem lá os últimos jogos do Brasileirão e escapassem do rebaixamento...
Ainda assim, não acho que isso tenha influído na decisão. E não precisa pgar pedágio pra chegar no estádio,embora isso seja só uma parte da despesa. E no relese de ontem, o Cyrillo disse que não vai ser durante toda a reforma que o estádio precisará ser fechado. Vejamos.

mancha z/s disse...

barueri eh foda mano.... nem sei como chegar la... naum tem busaum?????

e esse papo do valdivia nos bambis?

Forza Palestra disse...

Deve ter aquela linha executiva para Alphaville, da Urubupungá. Mas só.

Sobre a história do Valdivia, recomendo o seguinte post do Parmerista!: http://parmerista.blogspot.com/2007/12/tranqilizem-se.html

Abraços

Craudio disse...

Eu acho que os caras devem oferecer uns putas incentivos. Quando vieram com o papo da reforma no Pacaembu, essa merda de estádio foi a primeira opção pra gente tb...

Acredito que a Federação deveria retomar no Paulista os históricos estádios do Nacional e do Juventus, além de revitalizar o Ibirapuera. Porque esses palcos não são utilizados???

Forza Palestra disse...

Então, Japonês, já escrevi um texto aqui sobre o Ibirapuera (muito por causa da nossa conversa de ontem). Vou publicar logo mais. Barueri é o caralho!

MANCHA IPIRANGA disse...

BARUERI EH OSSO MANO.... NAUM TEM COMO CHEGAR LA DEPOIS DO TRAMPO.... FORA PRA VOLYTAR DE LAH.... ACHO QUE SOH VIRA PRA QUEM TEM CARRO

Daniel disse...

tem lugar no seu carro pra essa viagem ae? rs

Rodrigo disse...

Apesar dos problemas com a ida e volta ao local, temos q admitir que o estádio é bem bonito.

Abs

Craudio disse...

Almeida, quer beleza vai pro concurso de miss...

VIVA O RATO DO PACAEMBU!!!!

marcos disse...

O Pacaembú só poderá ser utilizado a partir de março, pois tb passa por reformas.

A verdade é que não restavam muitas opções mesmo.