09 setembro 2010

"Verde que te quero ver"

O desgosto maior não é ver o desarranjo do time em grande parte do jogo contra os comedores de calango, as trapalhadas da defesa ou o sofrimento do isolado Kléber no ataque. Tampouco é saber que empatamos 10 de 20 jogos no campeonato - e só vencemos cinco. O desgosto maior não é essa campanha medíocre ou a classificação atual do campeonato, nem mesmo a vexatória derrota de domingo no Pacaembu - resolvi, depois de voltar da cancha municipal, não escrever sobre isso no blog para evitar problemas. O desgosto maior, ao menos no meu caso, é ver o Palmeiras entrar em campo mais uma vez com essa ridícula e ofensiva camisa amarela. É um crime contra a nossa história. E prometo que faço esse registro pela última vez.

Para recuperar um pouco da nossa dignidade, deixo aqui a indicação de um vídeo muito bem produzido e editado, obra de profissionais que se deram ao trabalho de investigar a alma palestrina. Tive o privilégio de passar algumas breves dicas e, mais que isso, indicar o melhor personagem possível para falar sobre a história e as tradições do nosso Palestra: o grande amigo Fernando Galuppo. Em meio a tanta tranqueira sobre futebol que nego produz por aí, o vídeo produzido para o projeto Brasileirão Petrobras merece enorme destaque. Vai na alma do palestrino. Confiram:



Outra indicação de inestimável valor histórico: Campeoníssimo.

***

*O Palmeiras é o time que menos perdeu fora de casa (duas derrotas em 10 jogos). Eu trocaria o monte de empates fora por uma campanha digna na nossa casa. Só isso.

*O título do post, talvez seja preciso explicar, é assumidamente copiado do título dado ao vídeo que eu indico acima. Verde. É a nossa cor. É a cor da nossa camisa.

11 comentários:

Japa Matayosi disse...

putz, acho que no meio de tanta bagunça tanto dentro do clube como dentro de campo a camisa verde limao que foi uma grande sacada de mkt é a menor culpada, mas direcione a raiva onde quiser...

valdemir disse...

Minha paciencia ja esta se esgotando,chega de cada jogo do Palmeiras vira motivo de chacota dos Leonores,Gambas e Sardinhas e até mesmo dos Bacalhau.
Até quando vamos ter que aguentar isso,como disse o Japa a camisa verde limão é o mal menor em tudo isso.O foda é maneira que o time joga não tem uma boa sequencia o Felipão ja tentou de tudo trocando este ou aquele e nda da certo.
Acho que falta um pouco de união do time e vontade de vencer ao meu ver tirando o Marcos,Danilo,Edinho,Kleber,Pierre os demais jogadores precisam de um choque pra acordar.Sei que este time é para o ano que vem mas pelo menos que honrem o nome do Palmeiras.
Espero que Domingo não sejamos presenteados novamente com uma decepção contra o Vasco.
Nossa torcida esta muito passiva chegou a hora de começarmos a cobrar antes que nos afundemos mais,a diretoria fez o maior esforço para trazer reforços agora falta alguns jogadores acordar.


FORZA PALESTRA

Varella disse...

Foi burrice da Adidas voltar com esse modelo verde-limão, em 2007 foi uma inovação, por isso que teve tanto sucesso. Eu não comprarei essa camisa verde-limão e mtos torcedores tb não vão comprar. PALMEIRAS É ALVIVERDE cazzo

Forza Palestra disse...

Caros,

Entendo que a cor da camisa é o menor dos problemas. Entendo que há outras coisas mais graves a resolver e tal, mas este fato específico me incomoda sobremaneira, de tal modo que eu quis destacar isso por aqui, o único espaço que existe para isso.

Em tempo: existem apenas oito cores (ou algo assim). E aquilo lá é amarelo. Porque verde não é. Definitivamente.

Abraços

denis disse...

mano vc viu a pergunta q eu deixi la no outro post????

Renato disse...

Queira me deixar acrescentar um ponto dentro dessa revolta:
* A Camisa Branca foi aposentada!!!!

Tão logo foi divulgado os novos "uniformes" dessa coleção fiquei muito indignado com isso, aliás, completamente indignado.

Primeira camisa Verde Esmeralda, segundo Verde Limão (ou amarelo como queira), finalmente a terceira camisa é a Azul Cruz de Savóia.

Eu sinceramente acho bem legal que se façam ações diferentes, que o marketing alavanque receitas, que homenagens sejam prestadas e tudo isso... Contudo, sou completamente contra TUDO que possa ir contra nossas tradições ou passado.

Somos uma torcida orgulhosa de sua história, somos símbolo de resistência e luta... Certas coisas acabam passando pelo conceito de modernidade da era em que vivemos.
Precisamos estar atentos, pois isso é futebol!

Logo estaremos a aceitar uma camisa "tricolor", ou com detalhes em "preto", seja lá por qual argumento inventarem...

Renato disse...

Para exemplificar tudo isso, pensei em uma coisa que vai de encontro com este post do Barneschi (se estiver falando besteira me corrija por favor).

Notem como as Torcidas Organizadas prezam pela tradição de suas camisas. Lutando incessantemente para manter sua história, mesmo com a renovação de seus quadros ao longo dos anos.

Percebam a batalha para manter suas cores ditas "tradicionais" e como as camisas antigas são valorizadas...

Esse é o ponto que chamo atenção, pois é ele que ilustra mais um exemplo claro: Muitas vezes ficamos "admirados" com a "antiguidade" das camisas, soltamos coisas como: "eu queria ter uma daquela...".

Vemos exemplos e modelos que idealizamos a partir da velhice que ostenta a camisa, sempre tradicional, sempre do mesmo jeito.

As vezes nos deparamos com o estado acabado das nossas, aparece um rasgo, um furo e logo ao ser lembrado desse detalhe observamos com prazer: "essa CAMISA é guerreira, já foi pro Rio, pra Minas, pro Sul... Já viu uma Libertadores, o Paulista de 93..."

Enfim, colocamos a nossa frente o orgulho da tradição da camisa e o respeito pela história dela!

Pelo menos em torcida, o material tradicional, número 1, sempre será o mais utilizado e valorizado nos estádios. Enquanto que tudo o que for retrô e relembre o passado de lutas e a história da entidade, será sempre muito admirado.

[]'s

Denis Dias de Lima disse...

Uau! Muito obrigado pelas palavras com o link para o Campeoníssimo! O plano para o site é ter todas as partidas cadastradas e todas as taças fotografadas até o nosso centenário.

Forza Palestra disse...

Denis
Desculpe a demora. Vou responder lá mesmo.

Renato
Valeu, cara! Concordo com seu comentário. E a sua análise sobre a questão das organizadas é perfeita.

Denis (Campeoníssimo)
Eu é que agradeço pelo site. É uma ferramenta notável, em especial para loucos como eu, que consomem estatísticas de futebol em um país pouco preocupado com isso.

Anônimo disse...

Eu vejo aquela cor como verde. E um verde berrante, um verde que incomoda... e eu adoro isso. Sem falar que em jogos a noite o estadio fica lindo quando a grande maioria vai vestido com a cor florescente, rs.

Eu gosto da nossa camisa verde-limão.

Anônimo disse...

Eu vejo aquela cor como verde. E um verde berrante, um verde que incomoda... e eu adoro isso. Sem falar que em jogos a noite o estadio fica lindo quando a grande maioria vai vestido com a cor florescente, rs.

Eu gosto da nossa camisa verde-limão.