06 fevereiro 2011

Não muda nada



Futebol é coisa séria. Futebol não é piada, futebol não é diversão, futebol não é brincadeira. Como os senhores leitores bem sabem, este blog não é lugar de fazer graça e o futebol por aqui é tratado como deve ser: guerra!

Feita a introdução necessária, é o caso de dizer que muita gente do nosso lado esqueceu que havia um clássico para disputar na tarde deste domingo. Não foi o caso do time, mas sim de boa parte da torcida - a minoria no estádio, é bom que se diga. Acontece que, mesmo entre os que foram ao estádio municipal, havia claramente aqueles que foram para fazer piada, deixando de lado o fato de estarmos enfrentando o nosso maior rival.

Quem vive o espírito do clássico entende que tínhamos uma guerra pela frente e que era preciso encarar assim. Como eu bem disse antes do jogo, a lógica de Palmeiras x SCCP diz que o time em pior condição costuma levar a vitória. Considerando isso e também o fato de o Palmeiras dos últimos anos já ter cansado de ressuscitar defuntos e protagonizar derrotas quando elas menos são esperadas, um resultado adverso hoje era algo bem possível.

E, acima de tudo, era um clássico. O clássico.

Pra mim, o resultado muda muito pouco. Porque o time demonstrou vontade, partiu para cima, criou grandes chances e só deixou escapar a vitória por incompetência de seus atacantes (e mais do zagueiro, a bem da verdade) e pela tarde inspirada do goleiro dos caras. Coisas do futebol, coisas que acontecem em um clássico, coisas que não mudam o cenário todo (o nosso e o deles).

O ponto é: não é esta derrota que deve mudar tudo o que pensávamos depois das cinco vitórias que se seguiram antes do clássico. O time está evoluindo, temos ainda dois retornos importantes para o meio e continuamos com Felipão no banco e com ídolos em campo. Nada deve mudar, a não ser o fato de não podermos mais aceitar a presença no time de figuras como Marcio Araújo e Rivaldo. Vejamos: nosso rival teve duas chances claras de gol (uma em cada tempo). As duas foram idênticas: tabelas na intermediária e um jogador adversário invade a área às costas do nosso lateral-esquerdo. A primeira, Marcos pegou; a segunda resultou no único gol do jogo.

Aliás, acredito que o ódio maior do palmeirense na noite deste domingo está relacionado ao imbecil que fez o gol dos caras. É apenas mais um desses tantos coitados que vão passar pelo futebol sem que seu nome seja lembrado. O vagabundo passou pelo Palmeiras, saiu pela porta dos fundos e agora vem fazer graça? Depois não vale reclamar de violência. Porque não se provoca uma torcida como a nossa impunemente.

Seguimos em frente, Palestra! O ano só está começando.

***

Mais sobre o clássico:

*Mesmo nas nossas piores crises, nunca ficamos em desvantagem de 1 para 5 na arquibancada.

*A organizada dos caras mudou de ideia no meio do jogo, é? Ou faz protesto ou não faz. Ou entra ou não entra. Ou bota a faixa ou não.

*Mais uma coisa que eu nunca consegui entender do lado de lá: o que cazzo o Senna tem a ver com futebol? E que vantagem pode existir em ter um torcedor famoso que, quando vivo, passava mais tempo fora do país do que aqui?

*Tem que acabar com essa palhaçada de camisa comemorativa para jogador que completa qualquer meia dúzia de jogos vestindo a camisa do clube. Porra, 100 jogos? Isso aí dá pra completar em uma temporada e meia. Não é motivo para festa!

*Atualizando:
Palmeiras x SCCP
336 jogos
120 vitórias do Palmeiras (492 gols)
100 empates
116 vitórias do SCCP (450 gols)

27 comentários:

Pedro Pellegrino disse...

O Palmeiras já me decepcionou tanto ao longo desses últimos anos, que não esperava muito hoje, é um time ridículo, com um técnico supervalorizado e enganador, que a bem da verdade, sem a Parmalat quero ver ele ganhar alguma coisa que preste, além de seu salário astronômico, é claro. É um técnico que prefere o Rivaldo genérico ao original, que leva Edílson,e não Alex para a Copa, pra mim um cara com um caráter desse, quero bem longe. Tá sempre mal-humorado, vai toma no cu! E o trabalhador que ganha um salário mínimo tem que fazer o que então?! Lamentável!

Luigi SEP 1914 disse...

Antes de mais nada, gambá é tudo filho da puta! Todos!
Os "fieis" abandonaram o time num clássico, tentaram proibir a entrada do povo no estádio, mas como não conseguiram, entraram aos 30 minutos... Falar o que disso?
Típico de um time de merda que eles são!
Espero que não apareçam aqui no blog depois desse papelão! Eu teria vergonha...
Mas se aparecerem, xingarei todos, a cada comentário...

Gambá é tudo filho da puta! E o piloto gay que eles idolatram teve o fim que merece cada gambá...

Cesar disse...

Ateh compreendo que hj foi daqueles dias que a bola não ia entrar de qualquer jeito, mas o peso de uma derrota para os gambás me deixa tão irritado que td o que o time fez pra mim parece que de nd valeu...

Não sei se amanhã com a cabeça mais fria consigo analisar melhor o jogo, mas pra mim foi td horrível!!

Concordo com todas as suas considerações finais!!

A presença dos gambás foi pífia, msm com os caras prometendo protesto imaginava um público maior...

Com relação ao Senna, pelo que jah li por aí, o Senna certa vez disse que tinha uma simpatia pelos gambás e aí os gaviões abraçaram a idéia como se ele fosse um membro assíduo da torcida, e isso eh ridículo!!

Concordo plenamente com relação a camisas comemorativas!! Nos anos 90 msm, onde as ações de "marketing" e valorização pessoal de jogadores começaram, tivemos vários ídolos que fizeram centenas de jogos com a Nossa Camisa e não tiveram homenagens, ficar puxando o saco de caras que nem são ídolos tbm eh ridículo!!

Sergio Mendonça disse...

Ola amigo.
Gostaria primeiro de fazer um afirmação:
Esse time atual do PALMEIRAS não merece a torcida que tem.

Agora alguns questionamento:
Valdivia onde esta?
Lincon por onde anda?
Existe departamento médico no PALMEIRAS?
Estes atletas estão fazendo tratamento pelo SUS?
Quem é o responsavel pela demora na recuperação dos atletas?
Cotado a jogar na Europa porque Danilo ficou no banco?
Perdeu a posição para Tiago?
Felipão esta precisando usar ôculos?
Quando o tecnico com o maior salario do Brasil vai conseguir ganhar um classico?
Será que ele já percebeu que precisamos urgente de um CENTROAVANTE?

Bem, depois de mais um grande decepção o que nos resta a fazer....

Forza Palestra disse...

Sergio,

O Lincoln parece ser um daqueles casos de jogador bichado mesmo, ao melhor estilo Pedrinho. O cara sabe jogar, tem talento e tudo mais, mas passou mais tempo machucado que dentro de campo.

Quanto ao Valdivia, eu sinceramente prefiro fingir que ele nem está no time. Porque é uma putaria só tudo o que aconteceu desde a chegada dele. Gastaram uma fortuna para o cara ficar a maior parte do tempo se recuperando de uma contusão que parece não ter fim.

Abraços

Anônimo disse...

Qual era a proporção de torcida no clássico entre Palmeiras X SCCP realizado no dia 30/06/2007??? O Palmeiras venceu por 1x0, no morumbi, tirando a invencibilidade do rival no campeonato.


Você lembra deste jogo? Como estava a arquibancada?

Abraços

Mario disse...

Po Barneschi, parece que só vc está tendo bom senso nessa derrota.

É duro perder para os gambás? É. Mas vamo pará por aí.
Caça às bruxas num dia em que jogamos MUITO melhor que os caras, que fomos para cima, que encurralamos eles como há muito não se via??

Vamos concordar que eles tem um time melhor que o nosso no papel, tem mais opções no banco e foram inferiorizados em campo.

Jogador por jogador podemos dizer que o Marcão e o Kléber são melhores que seus similares gambás, mas e o resto?? Alguns no mesmo nível mas a maioria está abaixo.
A questão é que nosso TIME foi melhor.

Será que a vitória foi tão boa para eles? Significa que vão continuar com o Tite (oba!). Significa que vão achar que tem time, que os problemas estão resolvidos.
Será que a derrota foi tão ruim para nós? A derrota nos disse que precisamos melhorar a pontaria, que precisamos de zagueiro, e que nosso posicionamento na defesa esquerda é preocupante. Mas o jogo nos mostrou que temos um time, que jogou pra cima, que não se acovardou. Nos mostrou jogadores jovens que jogaram o clássico sem sentir o peso da camisa: cicinho, patrik, adriano. Eu vejo sim, muitos pontos positivos. De negativo, vejo nossa torcida achando que tudo não presta, que se não ganharmos o próximo tá tudo mundo fod..., que o felipão é ruim, que nosso mundo acabou. Uma pena.

Como vc mesmo disse: continuamos líderes e eles continuam eliminados da libertadores.

Abraços,

Rafael Pereira disse...

Alguém sabe se associados Avanti têm prioridade e podem comprar o ingresso antes do torcedor que o faz pelo site Futebolcard?

Mario disse...

Outra coisa,

não vamos nos esquecer no impedimento criminoso marcado, quando kleber saía na cara do gol.

não vamos nos esquecer que os gambás fizeram inúmeras faltas no meio campo, parando diversos contra ataques sem que nenhuma advertência fosse dada. Adivinhem que time recebeu o primeiro cartão amarelo do jogo?

Barui disse...

Como vc mesmo disse, não vai fazer diferença mesmo... aliás estamos acostumados a essas derrotas sem explicação... mas o time mostrou vontade, e foi apenas pelos detalhes que perdemos.

Concordo plenamente com a frase: "Como eu bem disse antes do jogo, a lógica de Palmeiras x SCCP diz que o time em pior condição costuma levar a vitória. Considerando isso e também o fato de o Palmeiras dos últimos anos já ter cansado de ressuscitar defuntos e protagonizar derrotas quando elas menos são esperadas"

mas que é chato perder prós gambás ah se é... prefiro perder pra time de varzéa...

Forza Palestra disse...

Anônimo
Clássico de 2007: dos 28 mil pagantes, eram 16 mil do lado deles e 12 mil do nosso.

Mario
Concordo com tua análise. É bem por aí mesmo. Valeu!
Claro que é chato perder pros caras - sempre é -, mas precisamos enxergar além disso.

Rafael
Sinceramente, eu não sei a quantas anda o Avanti não.

Paty disse...

Exatamente isso.Pra nós não mudou nada.Só felicidade da imprensa, e dos gambás que contimuam com Tite, gordo e meião.
Quem sabe a diretoria atenda os pedidos do nosso técnico mal humorado, como nós, que não ve o futebol como brincadeira, e traga os reforços que precisamos, ainda mais que estamos numa semana de eleição.
Qto ao Lincon, não acho q ele é só bichado.Acho um chinelão, que enquanto não lhe pagarem o q devem, não vai se esforçar para jogar.

Anônimo disse...

Tem certeza? Lembro que na véspera do jogo a torcida palmeirense tinha comprado cerca de 3 mil ingressos contra quase 15 mil dos torcedores do SCCP! Claro que isso pq o Palmeiras estava em uma fase muito ruim e o SCCP invicto e bem no campeonato.

Tinha vários buracos na arquibancada da torcida palmeirense...lembro bem.

Abraços

BrunoBatera disse...

Tem certeza destas estatísticas? Se não me engano agora está 120-115 à nosso favor. No próprio site dos gambás está 120 para o Palmeiras, 114 para eles e 101 empates. E outra, no Pacaembu, não vencemos o derby desde 95. 2-0 pelo Brasileirão, gols de Muller e Antônio Carlos. Foram 5 jogos nesse período com 4 derrotas e 1 empate. E historicamente, os gambás tem vantagem dentro do Pacaembu contra a gente. Acho q tá na hora de trovar de estádio, quando for o nosso mando. http://www.corinthians.com.br/portal/noticias/2011/02/04/12h13-id10994-retrospecto+palmeiras+x+corinthians.shtml

Beto disse...

A torcida do Palmeiras deveria dar um carrerão nesse filhodaputa desse Alessandro. Idiota foi fazer graça em cima da torcida do Palmeiras, tem q levar soco na cara, no mínimo.
Outra constatação, qdo vemos os clássicos passados da década de 90, percebe-se q as duas torcidas eram quase equivalentes e se via um espetáculo nas arquibancadas. Agora, cada vez mais a torcida vai sendo espremida em um canto ou outro e o preço dos ingressos estão cada vez mais caros.

BrunoBatera disse...

No site deles estava 120-114 antes do clássico.

Luiz disse...

O Palmeiras enrolou o jogo inteiro, jogou com medo de ganhar e parecia que estava com dó daquela merda, somente quando tomou o gol resolveu correr.

Os caras estavam na bandeja e nunca foi tão fácil destruir essa bosta. Nossas inúmeras chances são muito mais reflexo da baba que é o time deles, do que competência nossa.

Outra coisa, jogador - ATACANTE -que se candidata a ídolo não pode perder essa caralhada de gols num clássico. Os gols que o Kléber perdeu são inaceitáveis. Eu aceito que o Maurício Ramos perda um gol feito, mas o Kléber não. Essa derrota deve ser creditada na conta dele.

A moral da história é que levantamos os caras, quando deveríamos ter lacrado o caixão. A crise deles simplesmente acabou. Uma derrota ontem e essa crise se estenderia pelo resto do ano.

Neste contexto, Barneschi, permita-me discordar de você, mas a coisa mudou muito.

Abraço

gabriel disse...

esse rivaldo genérico é um dos maiores mistérios do atual futebol brasileiro. quem diabos é o empresário desse cara?

sobre a faixa do tobogão: demorou para entrar porque era a maior e foi a ultima a ser revistada. quando entrou, todas as demais ja estavam colocadas e ela deveria ficar no alambrado, não na mureta. mas não sei porque a policia não deixou, então primeiro foi negociação com os policiais e depois com as demais torcidas para mudarem as faixas de lugar. eu estava lá embaixo e acompanhei de perto isso tudo.

parabéns pelos textos, sempre ótimos. abraço

gabriel
fototorcida.com.br

Forza Palestra disse...

Bruno Batera
Os números são divergentes. O meu é até um pouco diferente, mas eu fico com os números oficiais do Palmeiras, que constam das divulgações da assessoria de imprensa.

Luiz
Valeu, cara. Entendo o seu comentário, mas continuo pensando desse jeito que está no post.

Anônimo
Vou checar meus arquivos em casa e te falo depois.

Gabriel
Valeu pelo esclarecimento e parabéns pela cobertura de domingo!
Abraços

Anônimo disse...

Barneschi o que o Márcio Araujo tem a ver com a falha no gol dos caras? Quem não fechou o espaço foi o Assunção e não o Márcio Araujo. Não sei por que sempre vêem o que ele erra e quando ele acerta ninguem fala nada. Sei que ele não é brilhante, mas também não é tão ruim, acho que ele é até util e regular.

O Lincoln é um caso de falta de planejamento já na contratação pela diretoria da época. Ele estava sem jogar a mais de um ano, ninguem pensou que ele não poderia chegar e de cara jogar? Não sabiam que deveriam recuperar a condição física do cara? A contusão dele não é uma coisinha de nada não, e mesmo assim ele não fugiu do pau e jogou varias partidas no sacrifício. Ele não recebeu grande parte do que foi prometido a ele e em nenhum momento o vi tirando o pé em nenhum jogo.
De resto to contigo, cambada de hipócritas e falsos. Que diferença faz se vc toma um ou dois copos de cerveja no intervalo? E as calabresas nas barracas na saída do estádio? Por que não vão cuidar de coisas mais importantes, como impedir que roubem o nosso dinheiro em mais uma reforma do Maracanã? Já não tinha sido reformado em 2007 pro Pan?
Dinho Maniasi

Forza Palestra disse...

O problema do Márcio Araújo é este aqui: Palmeiras 1-2 Goiás.

Pedro Pellegrino disse...

Ah, a última do Felipão que esqueci de comentar:" se for para o Tite ser demitido, prefiro perder(???)", ah vai te catar! Nossa, que exemplo de amizade, estou comovido,Scolari, pena que o Tite não achou muito legal... é cada uma!

Tio Randas disse...

Pedrão, o Alexotan é um patético que sempre sumia dos jogos importantes e só fez UMA boa partida pelo Palmeiras. Alguém lembra da atuação pífia dele contra o Man U? Do cartão idiota que ele levou e nos custou a classificação contra os bambis? A sequência de pênaltis que o idiota perdeu na Libertadores de 2001? Não levá-lo pra Copa foi uma simples questão de coerência, pois ele é um bosta! Só o gagá do Tostão pra gostar dele e do Dodô.

Sobre o clássico, consagramos o goleirinho meia boca deles, e Márcio Araújo é uma desgraça!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Pedro Pellegrino disse...

Tio Randas, nós vamos sempre ter esse embate envolvendo o Alex,rsrs. Eu lembro de várias partidas geniais dele: contra o River, contra o Vasco, contra o Corinthians(todas pela Libertadores, de 99 e a de 2000), a clássica contra os bambis, do gol antológico(até escrevi um texto para o Menon, no Craque da minha vida). O Barneschi deve lembrar de outras boas dele também, só sei que no momento peguei uma raiva monstruosa do Felipão, não sei, não está me descendo nada do que ele faz, respeito sua história no Palmeiras, mas parece estar se achando o rei do mundo. Abraços palestrinos.

Anônimo disse...

"É apenas mais um desses tantos coitados que vão passar pelo futebol sem que seu nome seja lembrado."

O CARA SIMPLESMENTE LEVANTOU LIBERTADORES E MUNDIAL, ENQUANTO O PALMEIRAS VAI AMARGUAR A SEGUNDONA AGORA. VIDENTE!