19 junho 2011

Canindé, 5-0 e outros assuntos

Antes do jogo, ainda a caminho do Canindé, eu pensava em escrever um post detonando a opção da nossa diretoria pelo estádio da Portuguesa. Já defendi o Pacaembu algumas vezes - e sempre vou fazer isso -, mas o 5-0 desta tarde de domingo acabou me deixando sem argumentos para fazer isso de maneira tão contundente. Não necessariamente pelo placar de hoje, mas pela sequência de resultados favoráveis no Canindé: em seis jogos no ano (incluindo um como visitante, contra a Lusa), foram seis vitórias e 15 gols a favor, sem nenhum sofrido. A saber: 2-0 na Portuguesa, 2-0 no São Bernardo, 3-0 no Bragantino, 2-0 no Grêmio Itinerante Barueri de Prudente de Barueri, 1-0 na Brisa/PR e 5-0 no Avaí/SC.

Uma campanha monstruosa, em que pese o nível muito baixo de todos os adversários. É bom dizer, por sinal, que o time teve na tarde deste domingo um aproveitamento altíssimo, com conclusões sempre corretas - e isso deve ser enaltecido. De qualquer modo, não se pode criar ilusões a partir disso; a goleada de hoje tem elementos que lembram um pouco a fatídica derrota lá de Curitiba.

Quanto ao Canindé, já disse algumas vezes que é um estádio que eu até gosto de frequentar, mas não sempre. E o que mais me incomoda, além da estrutura um tanto complicada, é a limitação de público, que parece que nunca vai superar a barreira dos 12 ou 13 mil pagantes - e isso é muito pouco! Mesmo porque, com um público desses e a porra da festa junina colocando a torcida mandante no lado oposto, já parece não caber mais ninguém no Canindé. E, me desculpem, não dá para considerar aquelas duas baixadas que não permitem a visão do campo.

###

_Nosso próximo jogo em casa acontece em 29/06, quinta-feira, às 19h30. Está marcado para o Pacaembu. Entendo que não dá mais para pedir a alteração, mas vamos aguardar.

_Cicinho e Luan: duas atuações de altíssimo nível. Este blog não é muito de falar sobre jogadores, mas é o caso de reconhecer aqui as participações destacadas dos dois atletas. Kleber, Assunção e Thiago Heleno também mandaram bem.

_O Flamengo é um time fanfarrão e não merece ser levado a sério. Quando é que a imprensa vai entender isso? E quando é que nossos dirigentes cretinos vão parar de falar besteira? O Tirone tem mais é que ficar quieto!

_OT: descobri hoje que existe um tal de "Boa Esporte Clube" disputando a Série B. PQP, o que estão fazendo com o futebol?

_A semana terminou com um único post. É a falta de tempo, senhores. Só isso.

###

_O grande River Plate terá de disputar a Promoción em dois jogos nesta semana contra o Belgrano de Cordoba: quarta fora e domingo em casa. Ainda dá para escapar do pior, mas o susto foi enorme. Fica a torcida, porque time grande não pode cair e porque a hinchada do River é uma das melhores da Argentina (e já tem um capítulo pronto da série "O país do futebol?").

_Fica a torcida também pelo Huracán, que precisa bater o Gimnasia em um jogo único de desempate (na cancha do Boca) e depois superar o San Martin de San Juan na Promoción. Ainda assim, se sobreviver, terá de fazer uma campanha acima da média em 2011/2012 para escapar do descenso.

_Aliás, se o Brasil tivesse um formato semelhante para definir o rebaixamento, somente o Fluminense teria caído. Talvez o Flamengo também, mas certamente os outros não.

16 comentários:

Leonardo disse...

Quanto ao Canindé, sempre fui contra. O estádio da Portuguesa jamais será capaz de suportar a torcida do Palmeiras, e o resultado é um estádio acanhado, lotado, mas com um baixo público de 12 mil pagantes.

E em jogos maiores? Decisões? Clássicos? Voltaremos, então, ao Pacaembu? É o mais provável e, sem dúvida, a melhor opção. Mas o Palmeiras precisa de uma casa, um lugar onde nós nos sintamos em casa!

É óbvio que estádio nenhum irá substituir o Palestra, e a nova Arena não substituirá da mesma forma.

Mesmo que seja feito um caldeirão, como hoje. Continuo esperando a volta ao Pacaembu.

* O tal Boa de Varginha é o antigo Ituiutaba. Algo como Barueri aqui no estado de São Paulo. A cidade de Ituitaba não possui um estádio que suporte legalmente a série B, assim o time saiu de lá. É um aborto!

Rafael Kuvasney disse...

Os jogos ficarão no Canindé porque nossa torcida não lotará o Pacaembu a ponto de valer a pena. Mesmo num domingo agradabilíssimo como o de ontem, não passaríamos de 12mil pagantes. Os preços atuais somados aos problemas que o torcedor enfrenta pra chegar ao estádio desestimula aquele que não faz parte de uma organizada. Eu não faço parte de nenhuma, mas vou pelo Palmeiras. Para a torcida comum, o Canindé é um estádio agradável, onde os malditos setores Visa e Itau ainda não chegaram, o que me permite assistir a um jogo no meio do campo, mesmo estando na arquibancada. É um estádio não modernizado. Eu gosto do Canindé tanto quanto gosto do Pacaembu.

Aliás, o que não gosto é de ver torcedor palmeirense com aquele papo gambá de "Não grita gol antes". Vão à casa do caralho, molecada. Aqui é Palmeiras, sangue quente, grito gol até quando a bola tá no meio de campo, porra!

Anônimo disse...

time grande so é grande pq encara os pequenos de igual pra igual e os massacra, o regulamento agentino favorece os grandes e time q é grande realmente nao precisa ser favorecido essa é uma de nossas grandezas caimos mas subimos na bola.

Gabriel Manetta Marquezin disse...

Canindé:

1- novamente a CET estuprou o trânsito local

2- um dos estádios mais agradáveis de assistir jogos, desde a atmosfera das ruas ao redor até a arquibancada.

3- podemos dizer que 13mil é a capacidade total do estádio, já que todos os ingressos não vendidos são aqueles com valores corporativos..., ontém o estádio esteve com 95% do nosso setor popular lotado, incluindo as duas "gerais" laterais.

4- não enfrentamos nenhuma pedreira no Canindé

5- não podemos condenar a diretoria na questão do estádio, o aluguel do Pacaembu é um absurdo

6- este fator acaba nos prejudicando pois nesse tempo de 2 anos fora do Palestra, seremos nômades, não tendo nenhum estádio para adotar como casa, mesmo que por pouco tempo...aida temos que rezar para que a diretoria não mande jogos no interior, nem na Arena Barueri...nesse ponto confio que o Feipão não vai permitir mandar jogos fora da Capital...

Felipão

"se eles quiserem comprar o melhor atacante do Brasil no momento que vendam a Gávea..eles não dinheiro nem pra pagar o ...pfff deixa pra lá"


Marcos:

a atitude do nosso goleiro valeu muito mais do que o 5o gol...

por falar em Marcos, aposentadoria e as recentes despedidas, vale lembrar, pra quem ainda não percebeu, que nosso eterno Santo, se despedirá dos campos na última rodada do BR, contra os Gambás, como o mando deles, ou seja, apenas 2.500 palmeirenses terão a oportunidade de ver o São Marcos pendurar as luvas, justamente contra nosso maior rival, justamente contra o time que o consagrou...espero que a diretoria tente negociar os dois Derbys no Pacaembu com o Tobogã para o visitante... ainda sobre esse joggo, podemos ter um jogo decisivo com muito interesse das duas torcidas, ou podemos ter um jogo que não conte mais para o campeonato, apenas para a rivalidade em si, ai com certeza teríamos muitos palmeirenses comprando ingressos deles na coberta por exemplo....este Derby promete!!!


Formato Argentino:

a fórmula foi criada claramente para blindar os grandes do País, mas isso também evita que uma única má administração de um clube ou um campeonato corrompido puna um time...mas não tenho certeza se esta é a melhor fórmula...uma coisa que eu não gosto é de separar em Clausura e Apertura, deveria ser um só...

Porcos de Porão disse...

Cadê a porra da Mancha Verde? Luan não é nenhum craque, longe disso, mas eu prefiro no meu time 11 Luans suando a camisa, dando carrinho, dividindo bolas, tomando cartões por excesso de vontade a uns e outros aí blindados pela Mancha. Fui sócio dessa torcida na década de 80 (mais precisamente entre 1986-1990) e sei o que rola lá dentro. Aqui é Palmeiras, arquibancada e que se fodam as organizadas.

Forza Palestra disse...

Rafael,

Você vai me desculpar, mas gritar gol antes da hora é um desrespeito a uma lei da arquibancada.

Abraços

Gabriel Manetta Marquezin disse...

eu fico puto quando fico em um lugar onde fica todo mundo gritando gol em qualquer lance, já cheguei a mudar de lugar por causa disso...já vi muita confusão por esse motivo também...

outra coisa que acho zica além de ser muito torcidinha de volley é ficar gritando "gol, gol, gol" quando alguém vai bater uma falta perigosa...


quem acha que não é zica até entendo, mas dizer que isso é coisa de gambá é ridículo, em qualquer arquibancada esse tipo de coisa é considerada zica...

Anônimo disse...

Povo da arquibancada:

Vamos empurrar esse time! Os jogadores estão mostrando, no mínimo, muita raça. O time tem a cara do técnico.

Com três boas contratações, temos chances claras de título!!

Seria uma conquista histórica no ano da aposentadoria de São Marcos.

FORZA PALESTRA!

Luan disse...

Concordo com você. A preferência é o Pacaembu. E Barneschi, passe pra nós quais são as leis da arquibancada. Obrigado

AVANTI PALESTRA!

Gabriel Manetta Marquezin disse...

hoje lembrei que o Marcos em 2001, naquele bizarro Paulista onde o empate era proibido, e os jogos terminados assim eram decididos nos penaltis...

Palmeiras x Inter de Limeira, 04/03/01
Palestra Italia, 7.218 pagantes

o Palmeiras empatou sem gols com a Inter de Limeira em pleno Palestra, e nos penaltis perdemos de 12x13, me lembro que o Tutta perdeu os dois penaltis batidos, o Marcos bateu e fez...

http://201.7.184.25/campeonatos/campeonato-paulista/2001/03/04/palmeiras-0-x-0-inter-de-limeira

http://www.youtube.com/watch?v=ywqRKDN2OpE

eu estava nesse jogo, lembro do goleiro da Inter provocando o Tutta antes das cobranças...

o campeonato de 2001 ainda teve aquele assalto na semi-final Santosx SCCP

Anônimo disse...

Rodrigo,

A ideia do Luan é muito boa. Vc pode fazer uma série sobre as "leis da arquibancada" ou, ao menos, um post para os leigos.

Abraço

Anônimo disse...

O time está jogando muito...temos que apoiar mais do quê nunca....

Quanto ao gritar gol antes, é insuportavelmente irritante...vai gritar gol na casa do caralho...

No mais, cadê a Mancha Verde????

Casselli o Carcamano

Anônimo disse...

Hahahahha

Um bambi hoje me chega todo felizão no trampo: "E aí, bem que o Marcão podia ter batido o penalti, né?"

Mandei na lata!

"Nem fudendo, lugar de goleiro é no gol. Só sai de lá quem quer aparecer demais..."


...Cara de tristeza sem entender nada...

Rachei lendo o post agora !!!

Obs: Gritar gol antes É UMA ZICA DA PORRA

Gabriel, verde até o osso

Forza Palestra disse...

Caros,

Obrigado pelas ideias todas colocadas aí. Informo a vocês que vou publicar em breve um material que, apesar de não ser inédito (tampouco de minha autoria), traz boa parte dessas "leis da arquibancada".

Abraços

Rafael Kuvasney disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafael Kuvasney disse...

Ok, entendi. Discordo, mas entendi e respeito. Acho besteira, zica não existe pra mim. O que existe é desconcentrar adversário e apoiar nosso time. É pra isso que a torcida serve, a meu ver. Me parece mais algum tipo de rixa (já que a TUP grita o tal "Gol, Gol, Gol"). Mas, como disse antes, não me encaixo em nenhuma organizada. Sou aquele torcedor comum, vou ao estádio geralmente sozinho e, aparentemente, odiado e desprezado pela força das organizadas.

Aliás, devíamos encontrar um meio termo, para que todos, em um só som e uma só voz, pudessem passar a apoiar o Palmeiras nas arquibancadas. Não faz sentido o torcedor comum gritar Mancha ou TUP, nós gritamos Palmeiras.

Grande abraço e obrigado pelo espaço para a discussão.