31 julho 2011

Sobre números e imbecis

Ok, eu bem sei que o time alcançou a oitava vitória em oito jogos no Canindé este ano (com 20 gols a favor e 2 contra), mas a cancha da Portuguesa não é compatível com o tamanho do Palmeiras e de sua torcida. Não consigo aceitar que nossa diretoria de merda limite a pouco mais de 10 mil pagantes o nosso público em casa, ainda mais porque o time ocupa a quarta colocação e levou 33 mil pessoas no único jogo que disputou no Pacaembu - em uma quarta-feira de madrugada, diga-se de passagem.

Ao confirmar nossos jogos para o Canindé (incluindo o próximo, contra o Grêmio), a diretoria do Palmeiras assina um atestado de burrice, porque reduz a menos de um terço a capacidade total de público e faz isso baseada em uma mentira. A conta é paga pelo Palmeiras e pelo seu torcedor.

Dependendo do resultado que do próximo meio de semana, daria para esperar pelo menos 20 mil pagantes se o jogo contra o Grêmio fosse disputado no Pacaembu. Daria. Acontece que os imbecis Tirone e Frizzo confirmaram esta partida também para o Canindé, o que limita nosso público a cerca de 13 ou 14 mil pagantes. Um desrespeito contra o palmeirense, mais um.

Lembro ainda que todos os oito adversários que enfrentamos até aqui eram fraquíssimos. O Grêmio será o primeiro com um pouco mais de qualidade. Vamos ver o que acontece.

###

_Boa vitória no sábado. O time vacilou duas vezes na defesa, mas teve força para encurralar o Atlético/MG e chegar aos três pontos. São seis vitórias e um empate em casa.

_Fez boa partida o camisa 10. Até que enfim.

_O 18 também teve bom desempenho. E eu não sou um dos maiores críticos do 21. Entendo que ele seria um reserva útil. Mas não aceito a presença do 29 no ataque.

_Tirando alguns imbecis aqui e ali, a torcida jogou junto com o time.

_Jogamos pela nossa honra na próxima quarta-feira.

_A torcida do Galo já foi melhor.

_Até quando vai essa porra de festa junina da Portuguesa?

_Nada do que eu escreva aqui é capaz de traduzir meu ódio pelos malditos que inventaram o horário das 21h de sábado!

18 comentários:

Cesar disse...

O Canindé pode ser legal, mas não dá pra mandar jogos lá!!

Essa história de sorte em estádio já enche o saco do Palmeiras a uns 10 anos!!

Era a maldição do Palestra, agora a do Pacaembú, enfim, buscam culpa aonde não existe e desviam o foco!!

Pacaembú JÁ!!

Gustavo Moraes disse...

Cara.. o foda do canindé são aquelas malditas cadeiras a R$150. Se baixassem o preço daquele setor, daria pra ampliar a capacidade do estádio onde o Palmeiras está tendo ótimos resulados. Seria menos pior.

Quanto a sua observação sobre a torcida do Galo, eu concordo. O mineirão está fazendo muita falta pra eles. E isso reflete na torcida como um todo.


abraço

CURRADOR DO FUTURO disse...

Só discordo de uma coisa no texto, o Grêmio está uma galinha morta nesse ano,a vitória eh obrigatória contra um time desse

Anônimo disse...

Ae Barneschi quarta-feira estarei no Couto Pereira ..... vc vai para lá? Marquei a visita no eu cliente em Curitiba casando com a data do jogo...

Casselli

Anônimo disse...

A questão está clara:o Palmeiras tem mandando seus jogos no Canindé pq o FELIPÃO E OS JOGADORES preferem jogar la.Nao tem nada a ver com renda.

Escolheram lá pq a torcida fica mais perto do campo,dá pra fazer um clima de jogar em casa,ao contrario do frio e gelado Pacaembu


Henrique

Ulisses disse...

Barneschi, você deveria ter escutado o Comentarista da Band News FM a respeito do horário das 21 horas.

De acordo com aquele imbecil, é o melhor horário ja criado, ótimo para um programa familiar (rs)!

Abs!

Arrancada Heróica disse...

Barneschi,

Te respeito muito, mas não acho correto desvalorizar nossas vitórias no Canindé deste jeito. Pra mim, os times de que ganhamos neste estádios não são ridículos. A saber:

Avaí ganhou dos gambás nesta rodada.
Atlético-PR ganhou do Santos (que jogou completo) nesta rodada.
Atlético-GO nos meteu 3x0 no dia de nosso aniversário, ano passado.
Lusa é a atual líder da Série B, e jogou em seu estádio contra nós.

É claro que o Palmeiras é bem maior que todos esses times, e tem a obrigação de vencê-los em casa. O problema é que faz algum tempo que não cumpríamos tão bem esta obrigação, e eu acredito que o Canindé tem méritos para nossa campanha SIM.

Além do quê, você realmente acha que seria melhor mandar um jogo de 9.983 espectadores no Pacaembu, e jogar todos os torcedores de arquibancada para trás do gol?

Eu não acho, sinceramente.

Abraço

Forza Palestra disse...

Sim, tem a questão da numerada a R$ 150. Eu queria que algum filho da puta da nossa diretoria explicasse a lógica presente por trás disso.

Arrancada Heróica
Bons argumentos os seus, mas eu te digo o seguinte: se o jogo fosse no Pacaembu, teríamos bem mais que os 9.983 pagantes de sábado. O público seria bem maior e compensaria qualquer "aluguel mais barato" do Canindé.

vitor disse...

10mil por jogo é o ideal.

tirando uns modas, vão os de sempre.

qdo leva mais de 20mil no estádio, a gente tropeça.

é mto moda, corneta e família.

se puder e qser, puxe as estatisticas nas suas anotações, acredito q vai bater com o q eu disse.

rodrigo, só uma pergunta, vc q está ficando ali atrás do banco de reservas, faz parte da turma do limão? kkkkkkk.

Sergio Mendonça disse...

Ola tudo ok.

Gostei da sua ideia de mencionar somente o número da camisa dos jogadores, afinal muitos deles nem deveriam estar usando a camisa do Palmeiras.

Com relação ao Canindé eu gosto pois é mais proximo da saída de SP.
Já o Pacaembu não é tão distante assim, porém analisando os jogos anteriores, contra times menores ou quando não era jogo decisivo, não tivemos grande público exemplos Comercial PI, Coritiba, Americana, etc.

Contra o galo no Canindé sábado teve menos de 10 mil pagantes, acho que nossa torcida deve estar mais presente, pois reclamar na net ela e campeã, mais tem preferido assitir o Palmeiras no sofá.

Eu estarei presente contra o Grêmio dia 6/08 e se tiver um alvara em casa, no domingo pela manhã Palmeiras B x XV de Piracicaba, na Javari, jogo legal para prestigiar.

Anônimo disse...

Como anda as obras da Arena, esta parada? E o seguro saiu mesmo? E as discussões da diretoria com a Wtorre sobre o contrato não cumprido como esta?

Anônimo disse...

Excelente blog! Falta explorar mais o assunto MV. Pq a passividade política e o silêncio dessa torcida quanto a várias questões importantes do clube só aumentam? Pq há cambistas na direção da MV???? Pq a MV não leva o escudo do Palmeiras no peito em sua camisa?

Arrancada Heróica disse...

Barneschi,

Concordo com você que o público poderia ser maior se jogássemos no Pacaembu, afinal de contas este estádio fica em uma zona mais central da cidade.

Só pontuo uma coisa: até agora não houve palmeirenses deixados do lado de fora do Canindé. Sobran ingressos, mesmo de arquibancada.

Além disso, quem assiste ao jogo no Canindé, pagando o mesmo preço, pode assistir ao jogo praticamente de onde quiser, inclusive das laterais do campo.

No Pacaembu, ou se assiste atrás do gol, ou se paga mais caro.

Por fim, não acredito que haja mais de 2 mil "torcedores" que se neguem a assitir o time no caso de ele jogar no Canindé. "Só vou se for no Pacaembu". Aliás, nem sei se alguém que aja assim merece ser chamado de torcedor. Na minha opinião, não merece.

Acho que, no dia em que esgotarem as arquibancadas para um jogo do Palmeiras no Canindé, que passemos então a jogar no Pacaembu este tipo de jogo (contra times pequenos/médios).

E não defendo isso pelo aluguel, mas sim por algumas virtudes que acredito serem inerentes ao estádio da Lusa. Foda-se o aluguel. O que importa é que o torcedor fique bem acomodado e se sinta bem. A meu ver o Canindé vem preenchendo esta necessidade nos jogos em que tem abrigado.

Só isso.

Abraço

André BH disse...

Barneschi,

meu nome é André, sou de BH e acompanho o Galo em todos os jogos.

Sigo seu blog e respeito de compartilho muitas de suas opiniões.

Mas não concordo com a sua observação sobre a torcida atleticana, por um jogo que vc observou no Canindé. Ficamos com a maior média de público no campeonato mineiro deste ano (o que acontece todos os anos), e neste brasileiro, mesmo com o time ridículo, temos a 8a melhor média do campeonato.

De toda forma, por um lado vc tem razão, todas as torcidas do Brasil já foram muito melhores nas décadas de 70, 80 e 90, em comparação aos anos 2000. Aqui em Minas as restrições também são ridículas e inaceitáveis... Para entrar com 1 bambu no estádio, tem que passar por uma burocracia inacreditável.

abr

Leonardo disse...

Como é bom ter um retospecto tão favorável jogando em casa neste Brasileiro. O problema mesmo é o Canindé. Toda rodada a arquibancada lota e o público é sempre baixo. Como é que colocam 19 mil ingressos à venda? Não dá pra entender.

Forza Palestra disse...

Arrancada Heróica
Meu caro, entendo e respeito seus argumentos. Mas te digo que não me sinto bem no Canindé. Entendo não ser um estádio à altura do Palmeiras, falta um mínimo de estrutura para receber o torcedor e sequer a acústica ajuda. Me sinto mais em casa no Pacaembu.
A propósito: muito se diz sobre o fato de haver estacionamento de graça para quem vai ao jogo (no shopping), mas é um inferno estacionar lá. Um trânsito terrível, um sufoco para entrar e sair, uma merda só. No Pacaembu, é mais fácil parar e sair de lá. Basta conhecer a vizinhança.

André BH
Valeu pelo comentário, meu caro. É que havia muito pouca gente do Galo no sábado e isso ficou bem estranho para mim. Mas entendo suas ponderações. Obrigado!

Leonardo
Também não entendo isso. Não cabem 19 mil pessoas no Canindé de jeito nenhum!

Forza Palestra disse...

Casselli,
Não consigo ir pra Curitiba dessa vez. Boa sorte e volte com os três pontos!
Abraços

Anônimo disse...

Barneschi.
Semana que vem em São Januario é nóis também...

Casselli