14 junho 2013

Consciência de classe (agora sim!)

Daí então que vem o Impedimento e faz a devida contextualização: porque isso tudo que aí está, senhores, guarda relação também com todo esse nojento processo de higienização e repressão que tem no futebol um de seus pontos focais. Porque o futebol é, por definição, um elemento representativo da cultura popular – e é isso que os canalhas vêm tentando dizimar dia após dia. Sabem o que é “popular”? É o oposto do que vem pregando a corja que pretende se apossar do esporte (Fifa, CBF, Globo, empresários, políticos, dirigentes salafrários, marqueteiros e demais cúmplices). E isso tudo não vem de agora, e não é pouca coisa. É o assassinato do Maracanã, é a proibição do tropeiro do Mineirão, é a restrição ao acarajé na Fonte Nova, é o Kassab acabando com as barracas de pernil nos estádios de SP, é a imposição de um jeito de “torcer” que colide com a nossa cultura, é o maldito Valcke, é o Marin justificando o título de cidadão paulistano para o Blatter, são as cadeiras numeradas, é o “Padrão Fifa”, é o código de conduta que eles inventaram, é a criação de símbolos artificiais, é a Lei Geral da Copa, é a nossa cultura sendo depredada, é o povo que não pode mais ir às canchas, é o “não pode mais fumar no estádio”, é o “não pode xingar”, são os tribunais interferindo onde não devem, são os putos que tentam transformar a paixão popular em “negócio”, é o Choque, é a prevalência do senso comum rasteiro, são as organizadas sendo proibidas sem motivo, são os horários absurdos, é a Ana Maria Braga querendo falar sobre arquibancada, é a morte da seleção brasileira, é todo esse processo de domesticação do púbico. Não há de ser coincidência que isso tudo aconteça às vésperas do balão de ensaio para o evento que, dentro de um ano, se apresenta como atestado de óbito do futebol brasileiro. E, vejam, o que tivemos ontem não se tratou de uma “noite de caos”; são décadas em que torcedores de futebol sofremos com os mandos e desmandos dos bravos, valorosos e destemidos homens do Choque. Não à toa, portanto, as organizadas entram na parada (o FotoTorcida pode atestar). Juntas. Sem clubismo. Sem confrontos. Porque pode surgir disso tudo a consciência de classe que tanta falta fez nesses anos em que o futebol vem sendo assassinado em praça pública.

###

_O "(agora sim!)" do título remete a um post ainda deste ano, que clamava por essa "consciência de classe" que nunca tivemos. Tá aqui.

_Para todos que não frequentam estádios: entendem agora o que passamos os torcedores de futebol no embate contra os bravos, valorosos e destemidos homens do Choque? Pois é o seguinte: se o Choque está de um lado, eu fico do outro.

9 comentários:

Frugiu disse...

Mais uma vez os "bravos e valorosos" desgraçados!

Anônimo disse...

e o pm que quebrou o próprio vidro da viatura hein Rodrigo.....também, ganhando 2.000 por mes pra levar tiro na cara, concerteza deixa qualquer cérebro afetado e massa cinzenta corroida

Luiz Fernando Sanchez disse...

Barneschi,acho q esses protestos vão ser apenas um aperitivo para o q pode vir,a 1ª vez q vi consciência de classe peolo menos no futebol foi no protesto contra o Ricardo Teixeira ano passado em q todas as organizadas dos grandes clubes participaram e no fim das contas deu certo pq o desgraçado saiu,não tenho a pretensão de achar q ele saiu só por causa deste protesto,mas,pelo menos foi mais uma pequena bola de neve q ajudou na avalanche,nos últimos dias vislumbro uma coisa muito maior com esses protestos,posso estar sendo ingênuo mas nunca tinha visto uma reação dessa maneira e com esse ódio absolutamente comovente.

Anônimo disse...

Acabo de ler que o Valcke e o Blater terão a escolta e segurança da Polícia Federal durante a Coapa do Mundo. Faz todo sentido!

Rafael-DF disse...

Pois é Barneschi, antes tarde do que nunca. Amanhã tem protesto aqui em Brasília contra essa palhaçada de copa e estarei lá, como manchista, como torcedor organizado e como cidadão brasileiro. Torcida Organizada também é cidadania.

Anônimo disse...

Boa noite a todos, Barneschi não há mais o conformismo , antes visto, a situação deste pais sera deflagrado após o tal evento `´copa para toscos´´, pois toda encenação realizada pelo partido da estrela vermelha é uma grande prova que temos muito a fazer , desde que sejamos honestos com nós mesmos , o poder publico tem a chancela do privado, a ordem é ser submisso a tudo e a todos, os políticos são uma representação da inútil postura de partidos, e ideologias, que foram abandonadas há décadas, sem a devida renovação de conceitos e atitudes, como você mesmo afirma de forma correta, fomos estuprados em nossa cultura e essência , a estética e a raiz não são parâmetros a todos, o que nós dizem são mentiras deslavadas, a verdade ainda é obscura, já que a sociedade esta mergulhada na medíocre analise midiática do politicamente correto, os meios são os fins pelo poder e manipulação , a ética tem profundas fissuras que mantem larvas em seu entorno para destruir qualquer tentativa de manter seu conceito real, vivo pelo simples motivo de abrir os olhos dos míopes de caráter, mas como nós sabemos , tudo tem seu limite, é este esta próximo de eclodir uma real reação popular, sem slogans vindos das mesmas mesas que movimentam e manipulam, as peças que destroem aos que delas contrariam seus desejos, a luz esta próxima, fato a ser visto em breve!
Claudio Longo !

Jafé Praia disse...

Barneschi, outro exemplo do desprezo que vem acontecendo com nosso cultura: em Parintins, município do Amazonas, é realizado um festival folclórico no último final de semana de junho. Estão querendo adiar ou até mesmo não realizar tal festival, em virtude da maldita copa do Mundo, onde Manaus também será sede, pois, segundo as autoridades, a FIFA não permite eventos turísticos paralelos na época da realização da copa. Para que não conhece a festa, trata-se de um evento que atrai turistas do mundo todo e é importante fonte de renda para a população do município.
Maldita copa!

Anônimo disse...

Barneschi, pq vc não vai morar na Argentina e torcer para um time de lá? O Independiente seria um bom clube para vc...

Barneschi disse...

Valeu! Eu sou Racing.