08 janeiro 2007

Incompetentes e oportunistas

1. OS INCOMPETENTES

Del Nero, sua corja de puxa-sacos e os inaptos do 2º BP Choque esboçaram um cerco às organizadas, a começar pelo cadastramento obrigatório dos que quisessem freqüentar os estádios paulistas. Mas é tão grande a incompetência que nem isso eles conseguiram...

Tá no Painel FC de hoje:

Fez água
A Federação Paulista não conseguirá colocar em prática, da maneira que gostaria, o isolamento das organizadas. Começou a cadastrar membros das uniformizadas antes de o Ministério do Esporte fazer licitações para compra de material e prestação de serviços. Só com seus recursos, a entidade montou estrutura insuficiente para identificar os torcedores a tempo. Levará até 31 de janeiro para registrar 2.000 pessoas. Só a Gaviões da Fiel tem cerca de 15 mil para identificar. Nesta semana, a FPF deve decidir o que fazer.

Tartaruga. Dois computadores são utilizados para identificar os torcedores. Funcionam seis horas por dia. Nesse período, cada um deles registra 50 pessoas.


2. OS OPORTUNISTAS

Presunçosos e arrogantes, os bambis parecem nunca levar em conta que vivem em um mar de lama desde os anos 1930, quando pobres almas resolveram dar início a esta associação espúria que contamina os nossos estádios. Não contentes em sugar o dinheiro (e um terreno) do povo para erguer aquele símbolo maior de podridão, os bambis de agora repetem o exemplo de seus antecessores e correm atrás da máquina pública para financiar, com o nosso dinheiro, mais um empreendimento privado.

Também no Painel FC de hoje:

Aliança. Juvenal Juvêncio reuniu-se com representantes da prefeitura e do governo paulista. Diz ter apoio para a criação de um grande estacionamento no Morumbi. Com a obra, crê que incluirá o estádio no projeto da Copa-14.

Ordem de cima. Nesta semana, o presidente são-paulino voltará a pedir ao Ministério do Esporte para ajudá-lo a agendar uma audiência com Lula. Conta com ele para reverter idéia da CBF de não incluir o Morumbi.

12 comentários:

vitor disse...

sobre o primeiro clássico do ano ser no morumbi...qdo o mando é do santos jogamos naquela merda de vila com td aquele conforto tanto pra comprar ingresso qto pra ver o jogo q conhecemos bem.

sobre o cadastramento, será q vai vingar td isso ou é só história pra boi dormir??? ouvi dizer q seria apenas alguns os estádios PALESTRA ITÁLIA, pacaembu, vila, morumbi o da ponte e o do guarani q teriam o espaço pras organizadas e q esse espaço seria de 5mil torcedores.

sobre os bambis, td normal, nd fora do q já conhecemos

Filipe disse...

Palestrino, ontem liguei a tevê tarde, de curioso. No programa do amiguinho-bambi, o filho da prado, estava lá a famigerada barBICHinha. Não foi surpresa a discussão. O F.da Prado exclamando "mas se o zambaulo ficou 13 anos na penúria foi porque estava construindo o estádio"... e a barBICHa exaltava os bambis, por terem "construído" o estádio... e que laudo natel ainda não era governador, quando se iniciou a construção... enfim... assunto para aquele livro.
(sabe-se a causa do temor, e do furor no furico bambi. É a Nação)

Incrível é como tem babaca que não tem vergonha nenhuma de falar sobre isso assim na tevê.

Quanto ao cadastro, espero que não dê certo. E então vou processar esse klein, o del nero, o major marinho e toda essa corja.

Craudio disse...

Na Copa de 2014 eles terminam o cadastramento hahahahahhahahahahaha... Essa FPF é bisonha.

Sobre os bambis, ontem no mesaredonda tava lá aquele bambi-mor. Lá pelas tantas, o Dalmo Pessoa colocou o cara na parede, citando o fato do carnê pra pagar o Morumbi. O cara se esquivou, disse que o são paulo investia em marketing desde essa época (roubar dinheiro público é marketing???) e o Flávio Prado tirou o assunto da discussão.

Ou seja, os poucos que sabem, envergonhados com a história, encobrem. E eu não vou repetir a história da sede social e a isenção de IPTU pela milésima vez...

mancha z/s disse...

e ai vamos ficar sem cadastro e vaiu entrar tudo no mesmo eskema ne???? eu prefiro assim mano, mas os caras sao muito zoados mesmo...

Craudio disse...

Falando em incompetentes e oportunistas, veja só quem está processando o santos...

E veja ainda quem é a advogada do sujeito...

Tá na FSP online...

Centro/sul disse...

Ai concordo com o mancha z/s ( quem é vc , nem tem que cadastrar , afinal se rolar alguma treta quem vc ahca que vai se foder, os caras que até poderiam estar de boa mais são fichados, ou os caras que estavam na ativa e naum tem ficha !!!
De todas as tretas que me lembro que teve cara preso o único cara conhecido das torcidas foi o sukita, de resto sempre pegaram um que deu azar de mostrar a cara no lugar errado.
O brother da centro/sul que foi preso na morte do muleque na Marques, sera que ele matou o muleque sozinho,quem sabe ,sabe !!!!
Olha o que estou falando, as tretas vão continuar como todo mundo sabe , mas os fichados serão pegos mesmo sem fazer nada apenas como laranjas !!!

Barneschi disse...

O que os caras não levam em consideração é que as brigas não acontecem nos estádios, mas sim nas ruas, no caminho e principalmente nas periferias da vida. Isso é fato e basta ver o histórico das últimas brigas para constatar isso.

Logo, o cadastramento de nada adianta. É apenas mais um instrumento político de toda essa corja que adora encher o nosso saco.

Enquanto continuar a repressão, as coisas vão continuar neste permanente estado de alerta.

De minha parte, não temo ser cadastrado. Podem fazer isso à vontade - até porque já havia um cadastro informal -, mas que não me venham com putarias de querer determinar o nosso horário de entrada e saída do estádio. Isso já é palhaçada...

Craudio disse...

Velho, outro dia passou uma reportagem que fizeram na última Copa com os Hooligans.

Daí você vê Flávio Prado falando q só aqui mesmo é que esse tipo de coisa acontece e q na Inglaterra é tudo lindo.

Os caras querem esconder um problema muito maior usando as organizadas. E se aqui é exclusão social, lá no primeiro mundo é a falta de perspectiva causada pelo individualismo capitalista...

Ah, domingo tb rolou uma reportagem sobre Galatasarray e Fenerbahce. Animal a coisa lá. Voava cadeira até na TV. E cê acha q perderam mando?

Barneschi disse...

Eu vi este programa dos hooligans e também a reportagem da Turquia - muito boa, apesar de vir daquela emissora nefasta. Os caras se odeiam até mais do que o que rola aqui. Impressionante...

Filipe disse...

É exatamente isso: pegar os fichados como bode expiatório. Assim como o flavio da prado e corja pendurada usam as organizadas para "justificar" sem qualquer embasamento, pois não enxergam a sociedade como um todo (são a cativa, sempre vazia, da noça çoçiedade), os argumentos e mecanismos dos quais fazem uso para cumprir uma nefasta agenda política.
Tais mecanismos são produzidos para serem excludentes, e assim reverter a riqueza para poucos.
Há tempos clubes de verdade são sufocados, por forças externas e internas. Mas os bambis vão até falar com o lula, para "viabilizar" mais um estelionato (o traidor colocou-o como conselheiro, para conseguir alguma coisa. ambos usaram isso para colocar russos escusos no que é mais sagrado no mundo - efeito dirçeu).
É de se notar também, por exemplo, uma notinha, sem qualquer destaque, na trolha dinheiro de hoje, que diz que o bradesco quer comprar o banespa para fazer frente ao itaú. Para quem não lembra, banespa era um banco estatal, que foi aviltado no governo que gerou esse e depois vendido ao santander, um banco espanhol. Quem usou o 13º (se é que tem 13º, férias, e outras coisas que "oneram a folha de pagamento") para pagar dívidas sente na pele a podreira.
E para o flavio da prado a culpa de tudo nesse mundo ainda é da torcida organizada.

Filipe disse...

Palestrino, como fonte de estudos para o livro, e para cacifar o argumento de uma nefasta agenda política que corre desde o século passado, com profissionalização, elitização e o caralho a quatro, indico a matéria da agência usp sobre a pesquisa de um cara da FFLCH:

http://noticias.usp.br/acontece/obterNoticia?codntc=14617&codnucjrn=1

"Clubes de futebol foram alvo da vigilância da polícia política durante a Segunda Guerra Mundial"

Recomendo a todos.
Mostra também o papel da corja sem alma nesta agenda política.

Para nós, Corinthianos e Palestrinos, fica uma verdade: "Em um clube é uma história conhecida e celebrada e no outro, silenciada e apagada". O Palestra sentiu no nome (o cara transforma isso em positivo - mas sem mencionar, na frase, o poder da torcida, isso perde o sentido). O Corinthians destituiu um dos melhores nomes que passou pela presidência. Mas ambos se fizeram instrumentos para poucos e (mal) seletos.
Saudações Corinthianas.

Barneschi disse...

Cara, este livro precisa sair. E estou por aqui pensando em um outro post nessa linha.
Abraços