01 agosto 2007

Tudo por uma crise

Um relativo clima de paz insiste em rondar a Academia de Futebol. Faz tempo - desde a vitória sobre os gambás - que nos livramos de qualquer sinal de crise. Eis, no entanto, que Caio Jr. resolve pisar na merda assim sem mais nem menos.

Ao deixar Edmundo fora do time titular e também do banco de reservas, o técnico palmeirense pode ter dado início a mais uma daquelas crises que só existem no Parque Antártica.

E não faz o menor sentido, visto que este jogo contra o Sport era um daqueles para golear, fazer saldo e já pensar no próximo desafio, este sim complicado, domingo, no Rio.

Deixar o Animal de fora é punir o próprio Palmeiras.

É jogar contra o torcedor.

E sem explicação.

Até porque Luís, o desajeitado centroavante que só faz gol quando a bola bate nele, e o marido da Hortencia não poderiam sequer pisar o mesmo gramado que o Animal.

Aliás, é inaceitável a postura de certos palmeirenses, que se valem de uma única atuação ruim de Edmundo para desmerecer tudo o que ele já fez por nós. 97 gols, 211 jogos, títulos, jogadas mágicas, boas atuações neste ano (já esqueceram dos 3 a 0 nos caras?)...

Tem nego que ainda ousa xingar quando ele erra um passe. Vai ver preferem o esforçado Luís e seus três gols de canela...

É bom que a vitória desta noite venha sem sustos.

11 comentários:

Rodrigo disse...

Acho que tem um dedo do Luydy nessa história...

Rodrigo disse...

Aliás, falando em Luydy, queria saber o q ele acha de um ex-bambi ir pro time dele na Itália, o Napoli?

Pq parece que é isso que vai acontecer o Josubicha....

Rato de Botas disse...

Alguém vai pagar caro? Não é 'vai pagar', mas sim 'está pagando'.
E quem está pagando, literalmente, caro em manter esse pilantraço-traíra-desagregador-assassino-de-trânsito-amarelão-que-caga-nas-calças-na-hora-de-bater-pênalti-decisivo chama-se Sociedade Esportiva Palmeiras.

E só pode ser brincadeira esse negócio de dizer que 'certos' (muitos, por sinal) palmeirenses se valem de 'uma ÚNICA (????????) atuação ruim para desmerecer tudo o que ele já fez por nós'.

O primeiro ponto é que ninguém desmerece nada. Esse elemento já jogOU (repare, verbo no pretérito longínqüo perfeito) bem no Palmeiras. Ninguém nega. E foi BEM PAGO PRA ISSO. Aliás, foi bem pago também pra trair a nossa camisa.
Ou seja, ninguém tem dívida com ninguém aqui, ok?
Se agora não tá jogando bosta nenhuma, azar dele! E se chegou ao ponto de fazer chantagem emocional (proposta dos states, ah, ah, ah!), pode ir vazando mesmo, porque o meu Palestra não é lugar pra vagabundo chorão não senhor!

Segundo: querer fazer qualquer tipo de ligação, ainda que de leve, entre criticar o au-au (que meigo...) e preferir o Luis é uma bela tentativa de ludibriar o leitor mais desavisado. Felizmente, a torcida alviverde tem discernimento e é capaz de detectar uma falácia escancarada como esta apenas com uma rápida passada de olhos.
Assim como ela percebe que na falta de argumentos racionais para defender o animal irracional-al-al, a tática passa a ser a utilização de frases de efeito e expressões clichês como, por exemplo: 'Deixar o Animal de fora é punir o próprio Palmeiras' ou 'É jogar contra o torcedor' (O que significa isso? A entidade 'torcedor' passou procuração para alguúem sair emitindo opinião por ela?).

Menos emoção, mais razão, por favor. Ex-jogador em atividade que erra passe de 0,5 metro, perde gol sem goleiro, não marca, não corre, não colabora com o time e que faz 20 partidas péssimas para 1 partida boa (geralmente, contra times pífios, como o da escória) não tem lugar na academia alviverde.

Tietagem por jogador é comportamento de gente do outro lado do muro, caralho!
Aqui é Palmeiras, porra!

Craudio disse...

Crise na torcida porca!!!

luigi sep 1914 disse...

Primeiro, se eu fosse alguém importante dentro do PALMEIRAS, proibiria a imprensa de entrar tanto na Academia quanto no Parque...
O Palmeiras tem a maior torcida do Brasil, que comparece aos jogos, por isso não precisamos da midia... Quem quer ver o Palmeiras ou saber algo do mesmo, é só aparecer no Parque...
Jamais faria algo que fosse prejudicar o PALMEIRAS...
Segundo, o bambi vai pra Espanha...
Terceiro, quem gosta de Formula Um e boliche não tem moral pra falar de bambi...

Aqui é PALMEIRAS! Pau no cu de quem não for!

E enquanto isso, os vagabundos, cabeça de penico, além de não prender bandido e maltratar torcedor, protegem o filho de uma puta do alicio pena junior...
Raça de merda!

Rodrigo disse...

Primeiro: escrevi "parece"...
Segundo: defendendo os bambis agora, Luydy?

luiz - uberlãndia disse...

Sr. Rato de botas(?), respeito sua opinião e, apesar de divergirmos, somos ambos Palmeirenses, e é isso que importa.

E, discordando, confirmo: por mais "ex-jogador" que o Edmundo possa ser (na sua opinião), ainda assim é o melhor jogador (ou um dos melhores) inscrito na Série A do campeonato nacional. com um elenco como o nosso, um cara como ele não poderia ficar de fora de um racha como aquele de ontem..

abraços verdes,

Luiz, Uberlândia.

luiz, Uberlândia disse...

aliás, se se formasse um racha de golzinho dentro da área (aqui no interior ainda se brinca muito disso, aquele, sem goleiro e só vale gol dentro da pequena área do futebol de salão..):

de um lado: edmundo, sozinho.

de outro: Rodrigão, max, florentin, bizú, célio, washington, o Dumbo, thiago gentil e Cristiano.. quem venceria?

sou Edmundo e dou 2 gols de lambuja.

Caio Jr., vc. não resiste a mais uma derrota.

abraços verdes a todos,

Luiz, Uberlândia.

Barneschi disse...

Rato de botas,

Deixarei de lado um eventual comentário sobre o que penso deste pseudônimo que você escolheu. Advirto-o apenas de uma coisa: é muito mais digno expor suas opiniões deixando como referência nome e sobrenome.

Vamos, pois, ao que interessa:

Quer dizer então que o Edmundo é culpado pela situação toda?

Sim, parece-me que o camisa 7 entrou em campo ontem e contribuiu para aquele espetáculo pastelão, em que 11 não conseguiram furar o bloqueio de 9. Edmundo, o ex-jogador (na sua opinião), foi mais um dos incompetentes a entrar em campo para brincar de jogar a bola de um lado para o outro do campo diante da zaga do pequeno time que nos derrotou ontem.

Qual é a culpa do Edmundo, cidadão?

Não seria uma birra sua, uma implicância que pode muito bem ser depreendida deste enorme epíteto que você escolheu para se referir a ele?

No meio deste monte de tranqueiras que compõem o ataque palmeirense, Edmundo é, de longe, o melhor. Com 36 anos e com os pés nas costas.

Ou você prefere ver os gols perdidos pelo novo boneco de Olinda (agora no ataque) e pelo marido da Hortência?

Não disse aqui que alguém tem dívida com Edmundo. Como você lembra bem, ele foi pago para fazer tudo o que fez. Mas eis o que importa: ele fez.

Fez não apenas entre 1993 e 1995, mas agora também. Caso você não saiba, é o artilheiro do time neste ano, com 14 gols. E fez 20 no ano passado.

E não jogou apenas uma partida boa. Jogou várias.

Inclusive, desmerecer uma atuação como aqueles 3 a 0 contra o SCCP (Times pífios? Você quer ganhar de quem?) é no mínimo questionável.

Quem vai aos jogos, vê bem o que ele faz. Basta observar a qualidade do passe de bola, as enfiadas por trás da zaga, as inversões de jogada...

Não é o Edmundo do passado, claro, mas é ainda muito superior a todos os que estão aí, enganando por toda uma vida.

E é ídolo, o que faz a diferença.

Que o digam os adversários, que sempre comemoram cada ausência do Animal.

Ah, e a entidade 'torcedor' é aquele que vai ao estádio e sofre com essas aberrações que estão no nosso ataque atual. É aquele que já está com o saco cheio de perder e que não pode prescindir de um cara como o Edmundo.

Não me parece ser o seu caso, visto que seu comentário foi publicado às 20h12 de ontem, horário em que eu e outros milhares estávamos ou já no Palestra ou nas imediações. Se estiver errado - você pode morar a 10 metros do PA ou poderia estar com seu laptop escrevendo tudo isso -, peço desculpas.

Por fim, devo dizer o seguinte:

1. O futebol é feito de emoção. Se você não quer assim, que vá ler os blogs do PVC ou destes caras que ficam falando em estatísticas (ah, fulano de tal tem uma média de 7 finalizações por jogo, mas ela cai para apenas 3 nos jogos com chuva...). O que você encontra aqui é emoção pura, sem discursos vazios, sem média, sem pataquadas. 100% emoção. Assim é o futebol; assim é ser palmeirense.

2. Pelo mesmo motivo supracitado, não há espaço aqui para frases feitas e/ou clichês.

3. Não estou aqui para ludibriar ninguém, meu caro. Nem para fazer a cabeça de leitores (sejam eles avisados ou desavisados). Entra aqui quem quer. Há os que gostam e há os que não gostam. Mas não creio que alguém se deixe levar pelo que eu escrevo, até porque eu não sou formador de opinião.

luigi sep 1914 disse...

Eu, defendendo bambi? Tá louco ou voce comia merda quando era criança?

Só disse que ele não irá pro NAPOLI, graças a Deus...

Aqui é PALMEIRAS!

Rodrigo disse...

Luydy, meu caro:

Ainda bem para você, de fato, não ter um bambi em um time que você gosta.

Apenas reclamei de você ter dito que eu não tenho direito de falar de bambis. Pareceu - novamente fique claro pareceu - defesa, coisa q me surpreenderia mto vindo de você.

O que importa é o ódio que compartilhamos por essa sub-raça. E ponto.

Abs