13 maio 2009

De 1999 a 2009

Efeito colateral da minha loucura e da obsessão por números e datas, este blog foi o primeiro a apontar as coincidências entre a caminhada para o título de 1999 e a arrancada deste 2009 em curso. O post original está aqui e eu acrescento agora as atualizações devidas:

Quis o Ixpót - não sem razão - que o jogo decisivo acontecesse mesmo no dia 12 de maio. Mal sabiam os irresponsáveis dirigentes do clube nordestino que estariam ratificando mais uma das coincidências antecipadas por esta página.

12 de maio de 2009. Exatos 10 anos da noite em que São Marcos executou seus primeiros milagres em cobranças de pênalti.

Quis o destino, associado às muitas decisões equivocadas do Madureira, que a decisão de ontem seguisse pelo mesmo caminho.

Depois de vencer com autoridade na ida (2 a 0 lá atrás e 1 a 0 agora), o Palmeiras foi acuado na volta. Jogou mal, não teve iniciativa, foi, sejamos francos, um time covarde. Tal qual em 1999, perdeu o segundo jogo pelo mesmo placar que aplicara na ida.

E a bola na trave do Ixpót, aos 47' do segundo tempo, foi o exato contraponto ao lance final de Diego Souza no Palestra, que também parou na trave, mas no canto oposto.

Tinha mesmo de acontecer daquele jeito. Marcos tinha de pegar quase tudo para que uma bola passasse, já nos minutos finais. Porque então viria a grande consagração. Não que ele precisasse disso, mas foi simbólico, uma vez mais: foi como se o pequeno clube que ousou desafiar o grande tivesse de parar nas mãos de um gigante.

Hoje, depois de mais uma noite heróica nesta Libertadores que já é eterna na memória do palmeirense, é difícil conter a euforia. Busca-se coincidências em tudo, mais até do que as que se apresentam. Exemplo: depois de passarmos pelo SCCP em 1999, tivemos pela frente o River Plate/ARG. 10 anos depois, vamos pegar outro grande sul-americano, o Nacional/URU, que, vejam o absurdo do raciocínio de torcedor, eliminou o mesmo River na fase de grupos.

É, isso ultrapassa um pouco o limite, mas torcedor se apega a todo tipo de absurdos. E eu, como sabido, tenha essa fixação doentia por números, estatísticas, histórias, datas etc.

Deixando isso tudo de lado, é hora de comemorar. Podemos até perder esse título - a concorrência é forte e o Madureira não me inspira a menor confiança -, mas o palmeirense já tem mais algumas noites heróicas para guardar na memória.

***

Ainda hoje tem mais. Porque tem gente por aí que ainda precisa enfiar a porra da fuzarca (que cazzo seria isso?) no meio do cu!

18 comentários:

Emerson Machado disse...

Cara, eu sou meio louco com numeros também e tinha pensado nisso.

Antes do jogo ainda falei para o meu amigo que é Cruzeiro mas me ajuda a torcer nesses dias:

Que merda, hoje fazem 10 anos que o Palestra foi para decisão nos penaltys e o Marcão pegou tudo... De novo eu não aguento.

E não deu outra... quando o Marcos pegou a primeira, eu falei:
"Agora é nóis! Ele vai pegar todos!"
Na última cobrança eu estava de joelhos! E puta que pariu, o Santo foi lá e pegou!!

Luiz disse...

Caro Canalha,

Para o vosso conhecimento:

Fuzarca: Festança, pagode, patuscada. Farra, folia, pândega.

Vai comer calango filhos da puta!

Abraço

Forza Palestra disse...

Boa, Luiz! Então que enfiem tudo isso de uma vez no cu! Time pequeno de merda!

(Senhores, o palavreado desce alguns níveis hoje. Eu sou torcedor, escrevo como torcedor e tudo é permitido neste dia.)

Danilo disse...

Ontem no jogo eu não sai da mesma posição em que estava desde o começo. Assim como um amigo e meu pai não se movimentaram. Mesmo após o gol delas.
Quando fomos aos penais, meu pai disse que iria sentar em outro lugar. Mudamos tudo. Sai do meu lugar, meu amigo do dele, almofadas pra um lado, volume mudado na tv, luz acesa foi apagada.. enfim... valeu!!!!
abs
danilo

Fabrício disse...

Grande Barneschi,

Outras coincidências, forçando a barra ou não:
- Marcos não jogou os primeiro jogo do campeonato em casa
- Passamos em 2o lugar do grupo
- Enfrentamos um brasileiro nas 8as.
- Desacreditados, tinhamos de ganhar fora para continuarmos na competição(99-Vasco, 09-ColoColo)
- Tinhamos/Temos um lateral, titular absoluto, que é gringo.
- Na camisa, durante a campanha, tinhamos "Scudeto" de títulos recém-vencidos.
- Fomos o time brasileiro com pior campanha no torneio na 1a fase, ambos com 10 pontos.
- A Conmebol era a mesma M****

Gde Abraço,
FC

Forza Palestra disse...

Sem dúvida, Fabricio. Parte dessas coincidências da primeira fase - e você acrescenta outras aí - está no post original aqui.
Abraços

Forza Verde disse...

Meus caros senhores, pra quem ainda não ouviu aí está e pra quem já ouviu, que tenha a decência de ouvir novamente:

http://www.youtube.com/watch?v=XjYqK6KqefU&feature=player_embedded

Sem mais.

ianthomé disse...

só uma dúvida: esse grito do xpó é o mesmo do vasco?

Forza Palestra disse...

Muda um pouco, Thomé. Na essência é o mesmo, mas tem pequenas diferenças na letra e no ritmo. A torcida do Ixpót vai de "cazá" e a do Vasco, de "casaca". Não sei o porquê disso, já que a origem da letra é portuguesa. Talvez o Anderson saiba explicar melhor de onde veio a música do Ixpót.

Giovanna Concilio disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Luiz disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
cesar disse...

Quando disseRAm que iriam mudar o Jogo pra quarta eu GELEI!!!! TINHA QUE SER NA TERÇA!!!!....


CHUPPAAAAAA BELTRÃÃOOOOO!!!! Chora na cama que eh lugar quente.....


Jah que tah liberado td hj:

Enfia a festança, pagode, patuscada, farra, folia, pândega no meio do rabo e roda, gritando "o time eh pequeno mas o buraco aqui eh grande".... cambada de filho da puta......

ianthomé disse...

é que essa torcida é tão ridicula, que não duvido que até o grito de outra torcida tenha sido roubada.

até pq eles cantaram o que, umas 3, 4 vezes durante a partida?

o que se ouvia era a mancha no final do jogo.

é isso. rumo ao bi da libertadores.

Fernando Castanho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando Castanho disse...

Sem querer achar mais coincidências, mas estava desde ontem antes do jogo pensando:

-Enfrentamos e passamos por um time brasileiro nas 8ªs

-Podemos pegar novamente um grande argentino nas semis

-E quem sabe esse não é o ano da revanche contra o manchester?

Vamos vendo...

luigi.mv disse...

Vão comer calango, seus merda!!!
Implosão do Rio de Janeiro pra cima! Já!

CHUPA, filhos da puta!
Aqui é PALMEIRAS!

Rafael disse...

Eles gritam "caza" ao invés de "casaca" porque o termo vira-casaca, também conhecido por aqui, é muito usado por lá para designar os que trocam de time.

Claudio Yida Jr disse...

Tem outra coincidência: Corinthians Campeão Paulista. Embaixadas e vendetta!