15 maio 2013

Eliminação planejada

O Palmeiras deste (nem tão) novo e (muito) tortuoso século se tornou um especialista sem igual na arte das derrotas improváveis, absurdas e impossíveis. A eliminação sofrida diante do Tijuana, no entanto, é o oposto disso tudo: porque nunca uma queda foi assim tão provável, esperada e previsível. O Palmeiras que sucumbiu diante do adversário mexicano é o Palmeiras que foi preparado para tal: um clube de história gloriosa que mandou a campo um amontoado de camisas verdes numeradas à espera de um fracasso inevitável. Às custas da entrega de uns e outros e do aguante de sua torcida - que é tudo o que resta -, que durasse a Libertadores o tanto que fosse possível.

A dupla presidente/CEO nos condenou à eliminação ainda no começo do ano, antes mesmo de ir a campo este que é o pior time a já representar o alviverde imponente em gramados sul-americanos. Fizeram pouco caso de nossa vocação, se entregaram à resignação dos fracassados, desistiram antes da hora, sacramentaram a falta de ambição ao permitirem que o Palmeiras fosse a campo no mata-mata sem sequer um reforço. Deu no que deu.

Não me venham falar que caímos de pé. Porque não foi o caso - e daí decorre o total absurdo que reside nos poucos, mas vexatórios, aplausos que se fizeram ouvir ao final da noite.

Não sei dizer se fomos longe demais. Talvez sim, talvez não. Mas sei dizer que era óbvio que o time que foi a campo para decidir a vaga só teria uma chance de avançar para as quartas: achar um gol no começo e depois segurar o resultado. Não havia espaço para erros, senhores. Não havia. E então, ao colocar a bola no fundo do seu próprio gol, nosso goleiro decretou a tão planejada eliminação. Fim da linha.

O que veio depois não foi nada além de um espetáculo grotesco, patético e vergonhoso. Porque não havia mais a menor capacidade de reação - simplesmente por não termos um time. Havia apenas e tão somente desespero. Mas não um desespero que em outras tantas vezes resultou em gol nos minutos finais. O que tivemos foi um desespero acéfalo e constrangedor, de trombadas no árbitro, bolas alçadas para o vazio e traques de longe que sequer chegavam ao gol.

Esta noite chegaria, senhores. Cedo ou tarde, em casa ou fora, com dignidade ou não. O mais triste de tudo isso é que sabíamos todos que nada do que fizéssemos do lado fora seria o bastante para evitar a eliminação friamente planejada por Nobre e Brunoro - e, voltando um pouco no tempo, pela dupla de retardados da gestão anterior.

O que fizemos na arquibancada nesses quatro jogos não se apaga, é verdade. Mas é muito efêmero, é só voluntarioso e, que me perdoem, não resolve nada. Em não mudando o pensamento dos homens à frente do clube, as noites gloriosas em que a torcida pode (e deve) ir a campo para carregar o time (ou a falta dele) serão cada vez mais uma exceção.

###

_Os aplausos depois do jogo (obra de poucos, é verdade) são tão lastimáveis quanto os gritos de incentivo para o goleiro na volta do intervalo. Sério, eu não consigo aceitar aquilo. Não que devêssemos xingar o cara pelo erro cometido (ao menos não durante os 90 minutos), mas o que se pedia ali era o mais puro silêncio. Que me perdoem, mas definitivamente não era o caso de passar a mão na cabeça depois de um falha tão bizarra.

45 comentários:

Halan Vieira disse...

Foi mais um vexame! E a torcida (grande parte dela) que gritou o nome do goleiro lixo e bateu palma no final do jogo, cada vez mais acho que merece o que estamos passando hoje.

Anônimo disse...


Nunca um post do forza palestra foi tão perfeito. Não lembro de nada tão perfeito em todos estes anos na mídia palestrina. Não é exagerando não, é siplesmente a realidade hoje.

Aragones

Marco disse...

Derrota previsível, mas a dor é a mesma sempre. Cada ano desperdiçado por nós é um ano ganho pelos inimigos.

Que no 2o semestre os dirigentes realizem a grandeza do clube, temos uma Copa do Brasil e disputar a Libertadores no nosso centenário deveria ser obrigação.

Luiz Fernando Sanchez disse...

Barneschi,é impressionante como as derrotas ridículas em últimos jogos de 1ª fase nos fodem na história da libertadores nos ultimos anos,em 2005 e 2006 perdemos de maneira vexatória na ultima rodada e nas duas vezes acabamos pegando times melhores do que pegaríamos se tívessemos ganho,a partida que fizemos contra o Cristal no Peru foi abominável e sabendo deste retrospecto que citei acima já senti uma angústia de que aconteceria o q aconteceu em 2005 e 2006 se tívessemos ganho esse último e fácil jogo contra um time que já estava eliminado estaríamos numa chave muito mais acessível e assim teríamos caminho livre (apesar da fragilidade de nosso time)até as semifinais,mas não,pegamos um time que hj em dia se torna um gigante pela nossa muito mais por nossa debilidade técnica do que por outra coisa,mas apesar de tudo isso poderíamos ter ganho com certa facilidade se nosso goleiro não tivesse falhado de maneira bizarra.

Outra coisa que já me encheu o saco e essa falta de bastidor que temos em todas as competições,como pode o juiz ser o mesmo que nos prejudicou contra o Libertad no Paraguai apitar um jogo na nossa casa e nos sacanear deixando os jogadores mexicanos catimbarem durante o jogo todo,porra,como estava falando com seu irmão,somos o único time grande do brasil que é prejudicado sistematicamente ano a ano e ninguém faz merda nenhuma,tá na hora de além de montar um time de acordo com nossas tradições tomar atitude de time grande nos bastidores também carálio!!

Joab Barros disse...

Perdemos para um time que deu três chutes ao gol.

Felipe Teodoro da Silva disse...

Estava no Cemitério das galinhas e gambas. E juro por tudo que vi em jogos, o ambiente criado extra campo e o ambiente de outros jogos não foi o mesmo, nunca vi nada igual. Pois, desde o começo a torcida não cantava como antes havia cantado nessa mesma edição da Libertadores, os jogadores não tinha a mesma raça, mas a unica coisa que não mudou foi o empenho da numerada em só apoiar durantes alguns lances e depois do gol (Me desculpem pelo desabaço!!!). Eu sai daquele estádio com câimbras e com uma forte dor no peito, eu também nunca tinha visto e ouvido o que aconteceu naquele lugar, estava em cima da bateria no bate cabeça animal do segundo e depois da última puxada de hino ao final só ouvi minha voz e uma outra longe ou desacreditada.

Anônimo disse...

O futebol, a arquibancada, o Palmeiras, isso tudo é pros muito fortes, e eu com 18 anos estou longe de ser apenas forte.

Anônimo disse...

Filhos da puta aplaudindo aqueles lixos com nossas camisas, torcedores indo embora antes do final da partida e um Filho da Puta na amarela que todo bola que ia pra área do Tijuana gritava gol.Ontem, mais uma vez foi uma noite pra se esquecer, a nossa torcida fez o que está ao nosso alcance mas o time péssimo.

acreano disse...

Olha,
há quase 2 anos(muito pouco) de arquibancada....
repito o que disse o anônimo ai: isso tudo é pros muito fortes.
Nunca acordei tão mal na minha vida.
Parece que estou carregando 350 Kg nas costas. Não consigo levantar a cabeça para olhar as pessoas nos olhos.

passou muita coisa pela minha cabeça, principalmente o esforço das pessoas do brasil todo para estarem nesta noite no pacaembu.
Relatos de pessoas chegando de mnhã em casa....
esperando condução até as 4 da matina....
e o contraste disso tudo: nossa diretoria pedindo PACIÊNCIA.
ENFIEM A PORRA DA PACIÊNCIA no CU BANDO DE FILHOS DE UMA PUTA!

enfim...
apenas um desabafo.


Agora é ir pra Itú dia 25


@anakan

Fabiano 1914 - Jundiaí disse...

Estive lá.... e mais uma vez trouxe pra casa uma certeza.... O PALMEIRAS de hoje não merece a torcida que tem...

ULTRA ALVIVERDE disse...

FORA BRUNO, SEU FRANGUEIRO FDP....
FORA KLEBER, SEU MERDA FDP....
FORA VLADIVIA, SEU CHINELINHO FDP..
E PODEM VENDER O HENRIQUE TAMBEM, POIS É FRACO, TEM ZAGUEIROS MUITO MELHOR QUE ELE EM TIMINHOS DO INTERIOR PAULISTA, QUE COM CERTEZA JOGARIAM COM A MESMA VONTADE, PORÉM COM MAIS TECNICA E INTELIGENCIA.

OBS: No time rival, quando o goleiro "meio que falhou" em um jogo da semi final do Paulista contra a Ponte Preta, ele forá afastado do time, e hoje nem sequer fica no banco de reserva, isso é seriedade de uma comissão tecnica e diretoria, na qual não se aceita falhas individuais, para que imcompetentes não permaneça no grupo, espero que no Palmeiraas aconteça isso tambem, pois se querem de fato PROFISSIONALIZAR o Futebol do Palmeiras, não podemos ter em campo IMCOMPETENTES.

Essa tal de Bruno frangueiro e FDP, fez com que o Palmeiras perdesse em uma semana, no minimo R$ 2 Milhões de Reais, entre bilheteria para o proximo jogo contra o Atletico, mais adesões do socio torcedor, e o que é mais importante, A AUTO ESTIMA DE 15 MILHÕES DE TORCEDORES DO PALMEIRAS.

ULTRA ALVIVERDE disse...

OBS: Retificando - INCOMPETENTES

elcio disse...

E ainda tinha nego achando que Bruno tinha que ser titular...Pelo amor de Deus....E pelas contatacoes qie estamos fazendo, ja imagino o que passaremos.

Anônimo disse...

Barneschi, mais yma vez a sua análise é perfeita! O horrível frango - cena que jamais se apagará das minhas retinas - decretou o fim da linha. É como se descesse uma nuvem tóxica sobre o Pacaembu. Naquele momento senti que não seria possível pois, além da garra, o time precisaria ter um mínimo de qualidade técnica. E, sabemos que esse time não tem! A eliminação era "esperada" para qualquer momento, mas, em casa, contra um time fraco, sem história e/ou tradição, com o apoio incrível da torcida doeu demais! A insistência em não trazer nenhum reforço parece que se tornou uma birra, uma queda de braços com a torcida! E, assim, em mais uma noite funesta, os sonhos dos palmeirenses são sequestrados e a dura realidade se impõe...Agora é fortalecer os sentimentos para encarar o drama da série B!

Renato Moreira disse...

Foi planejado e com sucesso. Missão cumprida com algumas sobras.

Parabéns Diretoria! Fico extremamente feliz em contar com CIO, CEO, CFO, etc... um staff altamente qualificado que custa mais de meio milhão!

Antigamente passávamos vergonha, éramos humilhados e para obter algum sucesso dependíamos de uma força sobrenatural vinda das arquibancadas.

Hoje, continua tudo a mesma merda, com exceção de que tudo foi bem planejado e dentro do orçamento, um grande passo ao profissionalismo enfim!

--

Mortos e feridos após o jogo, veremos o rescaldo do AVANTI...
Outra obra prima muitíssima bem planejada!!

Dan_Avventurato disse...

Não sabiamos quando viria, mas a eliminação uma hora chegaria.
É o q vc escreveu, não nos preparamos para ganhar a libertadores, longe disso. Abrimos mão dela desde aquela troca com o Grêmio.
Acho q nosso problema maior hj é o ataque. Só sai gol na marra. Precisa de um armador decente e um cara para fazer dupla com o Leandro.

Passada a raiva,o imbecil aqui já está ansioso para o dia 25. É fechar loja as 14hs e sair correndo para ITU.

lenna nogueira disse...

As vezes me pergunto, será q os nossos dirigentes são palmeirenses? Pq olhaaaa ... ¬¬°

Rodrigo disse...

Bom dia amigos,
A culpa da nossa desclassificação, não é do tiozinho que grita gol antecipado na arquibancada... não é da galera que acha bonito aplaudir um time ridículo no final
do jogo... da galera que sai antes de acabar... (Tb não concordo com tudo isso! Ridículo!)
Mas, todo mundo está lá pelo Palmeiras! Cada um com seu jeito e esforço! Não importa como!
A culpa tb não foi da arbitragem e tb não foi da falta de sorte! Quem é bom tem sorte! Quem é ruim tem azar... simples assim... E o nosso time é muito fraco! (como consequencia parece que temos muito azar...)
Agora o absurdo da noite é que ninguem do nosso time ter a malandragem de pressionar a arbitragem... O goleiro dos caras demorava cerca de 20 min para bater cada tiro de meta... e o nosso time assistia pacificamente...
Não podemos admitir os rivais com nomes de peso e o Palmeiras com dúvida entre Thiago Real
e Souza na meia... parece piada...
Outra coisa... Na minha opinião, essa politica da diretoria do vamos economizar para depois
gastar é falha... Pois com bons jogadores, ganhamos títulos, patrocínios, $$$, menos erros de
arbitragem, mais espaço na mídia, etc... assim, podemos pagar as dívidas... é um ciclo...
Sem jogadores, não ganhamos NADA e ainda continuamos com a dívida e cada vez com mais problemas... (vide ontem arbitro venezuelano) e ainda temos que aguentar esses jogadores "vergonha alheia" com o nosso manto!
Com a desclassificação de ontem deixamos de arrecadar por volta de 2 milhoes de reais...
Não podemos pensar pequeno presidente! Chega do bom e barato!!
Precisamos de jogadores!! é SÓ ISSO que falta ao Palmeiras! O resto deixa com a torcida!

siamopalestra disse...

Concordo com praticamente tudo o que está escrito, menos no que toca ao tal silêncio no intervalo.

Eu também preferi me calar a xingar ou agraciar o Bruno, mas respeito quem tentou incentivá-lo. Quem xingou não, porque este jamais carregarão o Palmeiras a lugar nenhum.

Faltou qualidade e sobrou passividade.

.::FLY BOY::. disse...

Perfeita a colocação sobre o pior time que já tivemos em competições sul-americanas. Até o péssimo time de 2006 tinha alguns jogares de destaque (na época). E pasmem, na época achávamos que "apenas" Marcos, Edmundo, Baier, Gamarra e Juninho eram pouco para a grandeza do Palmeiras... E hoje querem que nos contentemos com Bruno, Vinicius, Ayrton, M. Ramos e T. Real... vergonhoso...

César SEP disse...

A falha do Bruno foi de um jogador que estava totalmente desatento, em descompasso com o jogo e com a vibração da torcida. Porra, o cara está jogando um mata-mata de Libertadores! e ele - com aquela cara de sono - acha que está jogando paulistinha.
Vendo o VT do jogo, o pior foi os imbecis daquele Fox dizer que a torcida "estava morta" no segundo tempo, que o incentivo tinha que ser mais forte etc. Meu, a torcida vai apoiar sempre, mas ninguém é trouxa. Esse Palmeiras do novo século é insuperável nesse quesito de eliminações vexatórias, por isso que talvez fosse um pouco provável a eliminação (cedo ou tarde). Vendo o time dentro de campo, nenhum torcedor (que entenda de futebol) enxerga uma jogada ensaiada, uma tabela, uma jogada individual, nem uma simples inversão de jogo bem feita. Não temos sequer um jogador que possa desequilibrar em uma jogada. Que fé podemos ter em um time desses? Acho que o Palmeiras foi longe demais até, e foi por causa da torcida. Pois esse time é a base daquele que foi rebaixado ano passado. 15 dias treinando, concentrado, e o que vemos? um time sem qualquer aplicação tática, parecendo várzea, totalmente desorganizado, o zagueiro como atacante e por aí vai. Vale lembrar que esses jogadores que estão ai são medíocres, não tem a menor condição técnica para jogar em um clube da grandeza do Palmeiras. Eles estão longe de assimilar o tamanho deste clube.

Abs

Anônimo disse...

Bom dia a todos, sou sócio patrimonial do Palmeiras, e ontem estava no estádio, mas acreditar que esta dupla de almofadinhas endinheirados, façam algo de útil no clube , é ser idiota ao extremo, o tal Paulo Nobre que foi alçado pelo MUMU, o maldito ,ao cargo de presidente, possuindo os quatro vices presidentes, que é algo raro na historia politica recente, esclarece a cada momento uma figura tosca de um profissionalismo piegas, sem planejar financeiramente , o prosseguimento competente de um dos clubes mais ricos do pais, lembrando que no próximo ano em terreno próprio o Palmeiras terá uma arena multi uso que proporcionara aos ``parceiros´´, milhões de dólares em lucro liquido pelos eventos que com conforto e segurança abrigara, fato que desperta interesses inúmeros aos integrantes de departamentos de promoção e marketing de empresas, no pais e exterior, não sendo possível que não tenhamos a possibilidade de obtermos sequer um patrocinador ao Basquete, que esta na NBB, ou no Futsal, com inúmeras conquistas, que disputa as principais competições ,imaginando a alternativa de credito para que haja um investimento no plantel do futebol profissional. A comissão ``profissional´´, ate o momento nada realizou de pratico, inclusive a ``negociata´´, envolvendo Barcos, com a vinda de quatro ``refulgos´´, ainda não é explicada pelos autores , que se estabecem no direito de não emitir esclarecimentos, com alegações pouco viáveis de uma possível perda por fatores legais, mas neste caso onde estaria a competência em resolver os problemas que são visíveis desde Agosto de 2012, quando o Senhor Paulo Nobre já articulava, alianças , inclusive com o MUMU, o maldito, através de seus aliados? Barneschi, creio que teremos um segundo semestre PIOR que o imaginável, pois se não ocorrerem modificações e investimento, o atual ``plantel´´, sera uma piada pronta, já que em minha opinião a serie A é mais que obrigação, sem contar que a Copa do Brasil é viável, pois a Taça Libertadores no ano do centenário , propõe relevância , dignidade, e força!
Claudio Longo FAMIGLIA PALESTRA!

VICTOR TREDENSKI disse...

A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR: E O AVANTI AGORA, IRÁ CRESCER ''VERTIGINOSAMENTE'' COMO ALARDEOU A DIRETORIA Ph.D EM HARVARD, OU CAIRÁ DE 20 E TANTOS MIL ASSOCIADOS PARA UNS 10 MILZINHOS DA VIDA.

E O AVANTI AGORA??????

DIRETORIA QUER MAIS DE 100.000 ASSOCIADOS???

SIMPLES: BASTAR DAR O VOTO AO SOCIO TORCEDOR

AH, MAS PRA ISSO PRECISA DE DINHEIRO NÉ, E O PALMEIRAS NÃO PODE GASTAR,O FLUMERDENSE E O GALO DEVEM O DOBRE QUE NÓS E OLHA AI O RESULTADO, E O PALMEIRAS A ORDEM É ECONOMIZAR

GOD SAVE THE PALESTRA

Japa SEP disse...

Nosso time é fraco, mas com certeza estariamos nas 4ª de finais hoje, se o esse GOLEIRINHO DE MERDA não tivesse falhado vergonhosamente ontem.
Queremos "profissionais" dentro de campo que nos fassam felizes.
O Torcedor Palmeirense não pode mais aceitar passivamente jogadores que não conseguem sequer desempenhar o minimo de suas funções.
Graças ao Bruno, o Palmeiras perdeu não só R$ 2 milhões, mas tambem fez seus torcedores passarem a maior vergonha ao ser eleminado pelo poderoso Tiruana.

Anônimo disse...

Tá difícil torcer para um time que não tem qualidade nenhuma, para mim, montaram um time de serie b, ja que desde que assumiram o time, ficaram falando que a prioridade e subir para a serie a. Concordo, prioridade e subir para a serie a, passamos um vexame ontem, e evitamoa mais 2, ja que perderiamos para o pinto CAM, se realmente eles quisessem ganhar libertadores teriam investido. Bola pra frente, esperar a serie b e ver se o time sobe campeão. Aproveitar a serie b para montar uma base pro centenario e investir. Acredito que libertadores nao conseguiram ir proximo ano.

Rafael Kuvasney Marcolin disse...

Permita-me discordar por um momento. Fui um dos que incentivou o goleiro na volta ao campo. Não sou nenhum modinha, frequento arquibancada desde 1997 e acho que, num momento daqueles, não tinha muito mais o que fazer. Deixar o cara mais irritado ia ser ainda pior. O cara já tinha feito a maior merda que um goleiro com a camisa do Palmeiras já fez na história, ele provavelmente sabia disso. Se eu piorasse ainda mais a situação do cara, estaria indo contra o time (sim, pq torço pelo time, ele é só uma figura que compõe o todo).

E aplaudir o time no final foi a mesma coisa. Teremos de aguentar estes vagabundos no time até o fim do ano, são um bando de moleques deslumbrados, se eu não apoiar estes caras, eles vão piorar ainda mais a situação do time.

É triste pensar que nos apequenamos. Eu não me contento com oitavas-de-final de Libertadores, nem com esse bando de vagabundos vestindo a camisa do meu time, mas já cansei de esperar algo diferente pra 2013, então o jeito é apoiar, já que é pra isso que serve a torcida. Um time montado para a série B só poderá ser cobrado na série B. Isso que vemos hoje não é o Palmeiras, é o que sobrou dele. E se nada mudar em 2014, meus caros, a arquibancada será um apanhado de sonhadores esperançosos. Estaremos lá, mas sem nem saber o porquê.

Paty disse...

Tudo bem que sabíamos que não chegaríamos a lugar nenhum, que era uma questão de tempo.Mas tomar um frangaço com casa cheia em jogo de libertadores, é demais....Goleiro lixo, nunca poderia vestir nossa camisa.
E quem iria fazer gol?O atacante displicente, ou o que jogou a copa SP Junior e conseguiu a proeza de jogar com um monte de moleques e fazer 1(um)gol?
Obra do nosso CEO e presidente que inacreditavelmente abriram mão da libertadores.
Difícil aceitar tudo isso.

André / Americana disse...

Eu me revoltei com os gritos de incentivo ao Bruno! O mínimo que se espera é que ele represente nossa camisa, que pesa, e que honre seu salário. As falhas acontecem, mas ela foi tão bizarra e num momento tão ímpar, que me recusei a "incentivá-lo", esperando que ele simplesmente cumprisse seu trabalho.

Achei boa parte da torcida muito apática ontem, mesmo antes do gol deles. Não sei se estavam contando com uma vitória certa ou se era apreensão e insegurança.

Pra mim, o que fica de ontem é meu registro numa foto que apesar de não ter ficado perfeita tecnicamente, representou muito: o pai, vestindo a camisa de São Marcos, com o filho nos ombros (também com a camisa de São Marcos). Não pararam de gritar e cantar um segundo sequer, o garotinho desde cedo aprendendo a incentivar a camisa, o que ela representa, e não venerando um bando de vagabundos que a vestem! Emblemático!

GilMackoy disse...

Nunca é o caso de se passar a mão na cabeça. Infelizmente o futuro próximo não é nada animador.

Anônimo disse...

Howdy! Someone in my Facebook group shared this site with us so I came to check it out.
I'm definitely loving the information. I'm book-marking and will be tweeting this to my followers!
Excellent blog and outstanding design.

Take a look at my weblog http://priory.mrooms.net

Anônimo disse...

Você podia criar o manual de conduta do torcedor palmeirense.
Falou muita bobagem.
O torcedor tentou apoiar o time e entendeu que essa era a melhor forma de faze-lo. Querer falar merda desse torcedor é demais.

Custodio disse...

Esse Bruno ai que frangou ontem eh o mesmo que fechou o gol contra o SFC e contra esse mesmo Tijuana na ida, ne? Ah ta, soh pra saber...

Se eu estivesse no estadio teria incentivado o Bruno tb. Alem de ser um bom goleiro (eu disse bom, nao grande, espetacular, Marcos-like, etc) eh tao ou mais palmeirense que quase todo mundo aqui.

Ja os aplausos no fim do jogo foram demais. Esses caras nao mereceram aplusos ontem.


Abracos
Custodio

#forzapalestra

Vitor Silveira disse...

Estava no jogo ontem e sofri tanto quanto qualquer outro palmeirense ao meu lado. No fim do jogo bati palmas sim, pq sempre bato palmas pro PALMEIRAS! Todos sabíamos que o time era limitado e o jogo dependia de uma bola, só que dessa vez, diferente do que aconteceu na primeira fase, essa bola foi do adversário.
Aos babacas que criticam quem aplaudiu, devem ser da mesma laia de torcedores que jogam xícaras nos jogadores. Apoio o PALMEIRAS incondicionalmente, mas não sou cego nem burro de me iludir com a capacidade do elenco. Por isso aplaudo. Porque fizeram o que dava pra fazer.
Essa é a realidade atual! Acredito que a casa está sendo arrumada e, diferente dos diversos sites de mídia palestrina que sempre tem um interesse por trás de uma crítica, prefiro esperar e acreditar que esse é um ano de reconstrução!

Luiz Fernando Sanchez disse...

Amigo anônimo,vc não aplaudiu o Palmeiras porra nenhuma esse arremedo q estava em campo não era e nem jogou como o Palmeiras,vc tem o direito de reagir como quiser,mas tem q respeitar o direito de quem não aplaudiu também,não é possível q vc caiu nesse papo de reconstrução q existe desde 1978 a.c. e nunca aconteceu,se nos recuperarmos e montarmos um time bom ano q vem vou aplaudir,mas não aceito que me enganem com esse papinho mole de eleição em eleição,carregamos esse time durante toda a 1ªfase e essa dupla de antas(CEO risadinha e YES)não contratam reforços decentes para a 2ªfase e ainda esses jogadores que se cagam e falham bisonhamente,respeito quem aplaudiu,mas sinceramente não vejo sentido algum em alguém bater palmas pra esse espetáculo circense de péssima qualidade.

Luiz Fernando Sanchez disse...

anõ nimo não,Vitor Silveira

Sandro - Salvador/BA disse...

Concordo com a posição de Rafael Kuvasney Marcolin. Vendo o jogo pela TV ontem, tive orgulho dos que estavam no estádio ontem e apoiaram Bruno após sua falha. Foi a melhor opção naquele momento.
Para mim, não é admissível vaiar o time enquanto o jogo não acaba. Futebol é paixão, não é teatro ou circo. Torcedor, para mim, deve apoiar incondicionalmente durante o jogo para tentar levar o time à vitória. A torcida fez sua parte ontem. Os limitados, deslumbrados, inseguros e despreparados jogadores não.

E que venha a série B.

Raul Martins Dias disse...

Palmeiras sofrendo da mesma síndrome de que já vem sofrendo há anos (e que o indivíduo que ocupava o cargo de técnico antes do Kleina também não soube mudar): não saber sair de situações adversas. O time cria chances, manda bola na trave, aí toma um gol e morre no jogo. Somente depois do gol do Souza (que fez sua pior partida depois que voltou ao Palmeiras) o Palmeiras foi para cima, e mesmo assim muito mais na base da vontade do que qualquer outra coisa.

Festa linda de toda a torcida no pacaembu, e eu me orgulho de ter feito parte dessa festa. Pena que, para muitos dos mais de 30 mil pagantes que estavam lá ontem, foi o último jogo do Palmeiras ao vivo no ano. Esses vão voltar para o "sofazinho", que "é mais negócio".

Leonardo disse...

Não vejo esta derrota como previsível, claro que seríamos eliminados uma hora ou outra, mas não contra um time sem poderio ofensivo nenhum. O sentimento é que dava para ter ido mais longe, apesar do fraquíssimo time.

Leonardo Nakamura

Raoni Machado disse...

Bruno fechou o gol contra o Santos? É sério? Eu estava na vila e nao vi isso não... Só vi um goleiro inseguro, com cara de bunda que cresceu em condomínio(assim como "nosso 9" que coloca fotinhu com a linguinha de fora no twitter). Até o goleiro do Santos que é mais zé ruela ainda, é melhor.

E aplaudir jogador?
Eu aplaudo a torcida, os amigos que eu sei que estarão em itu dia 25, os 3.000 que estavam nos jogos do paulista contra os "linenses" da vida, quem se fudeu pra ficar na fila e conseguir ingresso para os 3 classicos visitantes este ano, quem acompanha o Palmeiras em qualquer circunstância, quem é taxado de vagabundo por um presidente playboy mas que nunca precisou de dinheiro do clube, quem estava em mirassol enquanto o presidente estava com a seleção(?), quem irá acompanhar o Palmeiras nessa merda de série, etc.

No mais só ficou a frustração de ão termos uma caravana pra minas, onde talvez poderíamos até conhecer o novo mineirão.

PS.: Qual será o critério do MP e promotores referente aos gambás que sairam na mão entre si e com a Policia antes, durante e depois? Estamos 6 meses fora dos estadios pelo mesmo motivo e em menos de um anos esta torcida matou 2 torcedores nossos com arma de fogo...

Japa SEP disse...

É Incrivel como a propria torcida do Palmeiras se contradiz.....

Eu não li neste POST do Barneschi, escrito algo do tipo "não devemos apoiar esse time"

O que não podemos aceitar, é que o Time do Palmeiras tenha em campo jogadores IMCOMPETENTES, que se quer consegue fazer sua parte dentro de campo, esse Bruno não pode mais vestir a camisa do Palmeiras, é um FRANGUEIRO FDP que nunca fez nenhum milagre em baixo da trave, pelo contrario, ele só ferou o time quando mais se precisava dele. "Vide Campeonato Brasileiro de 2012"
E que não me venham falar que ele fechou o gol contra o Santos e la no Mexico, por que o que ele só fez, foi simplesmente o papel dele como Goleiro do PALMEIRAS, com boas defesas em bolas que foram na direção dele, e isso é muito pouco para um jogador que joga no Palmeiras.
Só para terminar, o Palmeiras esta eleminado graças a esse frangueiro do Bruno, e se ele era reserva na Portuguesa, como é que vai ser titular no Palmeiras ????????

Frederico disse...

Barneschi, deve-se sim apoiar o jogador enquanto dentro dos 90 minutos. O frango foi ridiculo, mas já passou, não tem mais volta. Naquele momento só podíamos contar com a reviravolta, o que passou já não pode ser revertido.

A grande verdade, na minha modesta opinião, é que o time entrou jogando com medo.

Não se pode jogar com medo. Jogador com camisa do Palmeiras, não pode nutrir esse tipo de sentimento nem jogando contra a seleção do mundo.

Foi o medo, simplesmente o medo. Temos nossas limitações, mas já mostramos ter capacidade em campo. Mas terça tiveram medo. Medo do Tijuana. Ridículo isso.

Então é isso, jogadores que além de não ter capacidade técnica também não tem culhão pra entrar em campo e enfrentar o adversário.

Luiz Fernando Sanchez disse...

Não sou um dos maiores críticos do Bruno,mas além do frango de ontem ele nos fudeu contra o Ituano na última rodada do paulista,talvez,assim como na libertadores,poderiamos pegar um time mais fraco,pode por essa na conta dele tb

Faustto Rosa disse...

Parabéns pelo comentário, nosso goleiro frangoassado falou com a maior cara de pau: chorar por que? eu sou empresário e quando eu erro eu choro muito, na vida quando alguém erra o resto paga a conta, foi justamente isso que aconteceu, este idiota deveria chorar a noite inteira de vergonha e de raiva de si próprio pois a sua carreira acabou, pode ir fazer qualquer coisa na vida menos ser goleiro, para quem viu, Valdir, Leão e Marcão, tem que chorar de raiva também. Eu com certeza estarei em Itú para ver os 4 primeiros jogos, por que nosso amor é maior que tudo.
Senhores que dirigem nosso Clube, não nos decepcionem mais, chega de tanta incompetência, é hora de tomar atitudes. Nós caímos praticamente com este plantel, fora com esses caras e vou enumerar: Bruno Frango, Mauricio Erramos, Juninho covarde, Marcio Araújo enceradeira, Maicon Leite perde gol, Kleber cabeça de bagre, Vinicius chuta na perna e outros podres. Deem chance pro Dybal, Chico, Diego Sousa, o Henrique pode ir também. Não tenham medo cortem o mal pela raiz. O Palmeiras quase caiu em 1968 em 69 já era campeão de novo e olha que mandaram embora o time inteiro. Coragem para mudanças, Coragem!!!

nabucodonossor disse...

Não concordo com esse comentário ; querer culpar a atual diretoria pelo desempenho do time é esquecer que a antiga diretoria entregou um clube falido , com um time de somente 18 jogadores, a maioria tecnicamente fracos e desmotivados e com a janela de transferencias já fechando .

Celso Marcal disse...

Bruno: é palmeirense,ok, mas pra ser goleiro do Palmeiras não serve. Alguem no clube anos atrás achou que poderia negociar o Cavallieri por que achava que o Bruno daria conta. Já naquele tempo sabiámos que não.

Henrique: quem tem frequentado o estádio sabe;sempre nervoso, irritado, impaciente, se mandando pro ataque a todo momento.Tem qualidade,mas não pode ser tão imaturo.Terça feira foi tão mal que fez o Maurício Ramos parecer o Luís Pereira.

Chileno chinelo: ostracismo total . Não deve nem ser convocado pros jogos. Que fique encostado até aparecer outro trouxa. Essa grana já foi perdida, não vai dar pra recuperar. Encosta este merda que é melhor.

Wesley: jogador limitado e sem espírito; outra aposta furada que deve ser afastada. Veja, ele é tecnicamente um pouco melhor que a média do elenco, mas talvez até por saber disso não demonstra o mínimo espírito de luta. FORA!

Resto do elenco: não dá pra falar muita coisa; é incentivar o Palmeiras e só.

Torcedores: não dá pra criar um código de conduta,as pessoas devem ser livres, mas vi certas coisas terça feira que me encheram de mais raiva do que a tragédia que se passava no gramado, tais como:
reclamar o tempo todo da qualidade do time(porra, caiu de paraquedas no estádio?chegou ontem de Marte?);Sair antes do jogo acabar;xingar ainda durante o jogo, e argumentando que ganha x por mês pra fazer aquilo(salário não tem nada a ver com desempenho;tem que honrar a camisa e pronto); apoiar quem falhou(Bruno,no caso)é infantil.Ele sabe que cagou.Incentivá-lo em qualquer lance bobo só fez lembrar o erro o jogo todo.

Avanti : certamente voltaremos a ter os públicos ridículos de 5 mil em casa durante a semana e 10/15 mil no final de semana. Que estes planos sejam revistos a tempo de premiar quem lá estiver durante a serie B, além de dificultar a vida de quem só vai na boa. Fiquei constrangido e envergonhado de ver o tamanho de torcedores de ocasiao que usam a nossa camisa.

Arbitragem: faltou bastidor. Depois do jogo contra o Libertad esse cara jamais deveria apitar qualquer jogo do Palmeiras. Além da cera e das faltas tivemos o gol anulado que poderia ter ajudado.