12 fevereiro 2007

Os filhos da puta

Vocês bem sabem o que penso dos árbitros de futebol, certo? Pois falemos sobre aquele atende pelo nome de Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, que já sinaliza, desde o início de sua maldita carreira, ser daqueles que mais merecem a nossa indignação.

Logo de cara, seguindo o exemplo dado há 10 anos pelo PCO, resolveu aprontar. Parece, de fato, ser uma boa maneira de aparecer e ganhar espaço. E ele exagerou.

Não apenas pelo pênalti claríssimo e contundente que deixou de apitar aos 42 minutos do segundo tempo, mas também por um outro, mais discreto - mas pênalti -, ainda na etapa inicial. Aquele sobre Paulo Baier, por sinal, foi escandaloso. Como é que pode não ter visto o lance, a 3 ou 4 metros de distância, se eu vi, lá do outro lado, a pelo menos 120 metros?

E houve, é claro, o mau-caratismo em dose dupla no último lance da etapa inicial.

Primeiro, ao deixar de mostrar o cartão amarelo - que seria o segundo - para o camisa 3 caipira em falta próxima ao bico direito da grande área. Questão de interpretação, dirão os menos informados. Não, não, não. A advertência aconteceu. Mas o sujeito escolheu o 5, que estava por perto, e não o autor da infração. Lamentável.

Segundo, por não permitir que fosse cobrada a falta, dando por encerrado o jogo - algo que repetiria ao término da segunda etapa, em um escanteio. Ou seja: o esquema é fazer falta e parar a jogada; o infrator será beneficiado.

Este Rodrigo é o maior culpado.

Mas há outros, alguns em dose bem moderada - e até perdoável:

1. A trave - maldita seja, de novo!;

2. O goleiro dos caras, o mesmo que arrancou o empate em 1 a 1 no Parque pelo Paulista-2006;

3. O nosso centro-avante, que passou 90 minutos sem dar sequer um chute a gol. E olha que não foram poucas as tentativas do time;

4. O outro atacante, camisa 30, que, mole e desligado, deixou de marcar o gol da vitória aos 48 minutos do segundo tempo;

5. O nosso zagueiro, que cometeu um pênalti infantil;

6. O nosso técnico, que errou de novo;

7. O volante que chegou ontem e, equívocos do treinador à parte, acha que pode reclamar daquele jeito;

8. Os corneteiros babacas, que voltaram a aprontar.

Mas o que deve ser exaltado é o espírito de luta da equipe, que pressionou e buscou o gol do início ao fim. São péssimos os fundamentos - ninguém sabe chutar, porra! -, mas a vontade justificou os aplausos ao final de 90 minutos de gols perdidos.

O problema é que partimos agora para quatro decisões na seqüência. E só a vontade não será suficiente...

***

O Pacaembu
Breve registro: é sempre bom voltar ao Pacaembu, o melhor e mais bonito estádio desta cidade. Continuo a defender a idéia de que o Palmeiras deve jogar mais vezes por lá. As lembranças são as melhores possíveis.

***

E a piada do Maníaco, hein?

8 comentários:

Filipe disse...

Viva o Templo Sagrado do Pacaembu.

mancha z/s disse...

faloiu tudo, mano: JUIZ FILHO DA PUTA!!!!!

Craudio disse...

Pergunta: vc escrevendo sobre o palmeiras ou sobre o Corinthians???

Pq fiquei sem o que comentar sobre o clássico do último domingo. A não ser o silêncio sepulcral que doeu no coração, já que a família não pintou por lá.

Não sei o que aconteceu, mas pareceu desleixo...

luigi up 1914 disse...

Juiz foi, é e sempre será um filho da puta que nunca teve habilidade, capacidade pra ser jogador de futebol e resolveu prejudicar os que sabem jogar...
E só existe uma coisa pior do que empatar com o bragantino em sampa: Voltar pra pegar o Vitor no ponto de onibus e dar de cara com o Maniaco... E se não bastasse já isso, ter que ouvir as sensacionais piadas do referido cidadão!!! PQP, que sabado zicado do caralho!!! Hahahahahaha...
Proponho que as piadas dele sejam publicadas aqui no blog, para que os outros sofram tmb o que nós sofremos no carro e no black dog... Hahahahaha...

E pau no cu do pacaembu!!! Jogar uma vez por ano lá é mais que o sificiente!!! Nós temos Estádio!!!
Nosso!!! Não é nem alugado e nem roubado do patrimonio publico, é NOSSO!!!

Eternamente PALMEIRAS

Craudio disse...

Luigi, olha o shortinho...

vitor disse...

sensacional as piadas do maníaco...eu curti.

e os arrotos forçados??? a laranjada na ricota??? o banho de espátula??? mas ele pode, o cara é o LÍDER!!!!!!!

pra não ser injusto com o Osmar, ele até fez gol, mas tava (ou não) impedido.

valeu pela luta...

craudio, q história é essa de shortinho?? hahahaha

Craudio disse...

Vcs nunca viram aquela propaganda do virtua, em que o moleque que só reclama fica triste porque a internet banda larga dele não é da net?

É o Luigi, o molequinho. Sem tirar nem pôr...

vitor disse...

hahahahahahahahahahahahaha
pode crer craudio, realmente. SENSACIONAL!!!!!!!!