13 fevereiro 2007

A falta do que fazer

O que tem de nego aí sem ter o que fazer neste início de ano não é brincadeira. Como se não bastasse o Del Nero inventar uma merda a cada dia, ainda temos de agüentar uma safra de desocupados que não pára de crescer.

Primeiro, foi o promotor que apareceu do esgoto na semana passada sugerindo que o Parque Antártica fosse vetado para os clássicos estaduais. Depois foi a vez de os guardinhas desocupados da PM chegarem ao cúmulo de propor a interdição do Palestra - sem motivo! E agora, por falar em estádio, vem um vereadorzinho de merda e apresenta um projeto de lei para derrubar o tobogã do Pacaembu.

Isso, é claro, para não falar do tal major que segue o mesmo caminho de dois de seus antecessores. A incompetência é a mesma, mas a capacidade de criar factóides é o que mais impressiona. Daqui a pouco vai baixar o espírito do Rego e ele vai querer proibir mascotes com "cara de mau", citações políticas e frases em Italiano. Só falta isso...

4 comentários:

MANCHA IPIRANGA disse...

FALOU TUDO MANO... MENOS UMA COISA QUE FICOU FALTANDO:

O O O PAU NO CU DO PROMOTOR!!!!!!!

Filipe disse...

Falta do que fazer talvez seja incompleto. Veja se concorda comigo: o negócio dessa gente é DESVIAR O FOCO. Desviam o foco de uma incompetência atroz e nojenta; desviam o foco daquilo que é mais importante, como por exemplo construir escolas, hospitais, formar cidadão, essas "besteiras" que só servem para tornar uma sociedade um pouco mais decente...
O negócio dessa gente é formar imbecis.
Portanto, não é só falta de fazer, pois uma coisa eles fazem: merda.

Anônimo disse...

Que bom, dois macacos foram presos por espancar um garoto de 16 anos. 14 anos de cadeia é pouco. Vai ver estavam apenas "se aquecendo", não é, igual a você, que não sabe escrever, apenas xingar e querer "ir pro pau". Deve se esconder atrás dos outros na hora da briga e ouvir Linkin Park para ficar machinho. Ah, um dia os estádios ficarão livres desse câncer chamado uniformizada. Mas, até lá, nossos valorosos homens cuidarão de vocês... embora com menos rigor do que mereçam.

Barneschi disse...

Infeliz e covarde anônimo,

Macacos? De onde você extrai o termo em questão? A que faz referência?

Os dois, Alessandro e Edmílson, já estavam presos há três anos - procure informar-se, portanto. Já escrevi sobre o assunto em outras oportunidades - à época, inclusive - e não é um bosta como você que vai me fazer retomar o tema.

Linkin Park? O que é isso? É a banda que você cultua e escuta durante as tardes e noites que passa escondido atrás da tela de um computador?

E quem é que se esconde atrás dos outros? Do que você está falando, imbecil?

Ah, você não se esconde atrás dos outros, mas do computador?

Pois é, aí está uma atitude digna de 'machinho' (o termo é seu).

Então tá...

Devo dizer ainda que você se mostra cada vez mais otário a cada comentário anônimo. Pois essa história de "nossos valorosos homens" é típica de uma bicha enrustida. Aposto que você está louco pra ser enrabado por um desses valorosos homens, né? Toma vergonha na cara, rapaz!

Por fim, mantenha-me informado sobre a próxima turma do seu curso de Redação. Preciso aprender a escrever como você.