05 maio 2010

O Monstro (?) e o Animal

De Edmundo costuma-se dizer que ele poderia ter sido maior do que efetivamente foi. Concordo: Edmundo foi um jogador memorável, mas poderia ter sido um gênio. Poderia ter disputado três Copas do Mundo e marcado época não só para as torcidas de Palmeiras e Vasco, mas para o mundo todo. O Animal não quis assim. Abandonou o Palmeiras por nada, desprezou o amor da torcida, fez besteira atrás de besteira e foi se arrepender amargamente depois de muito bater cabeça. Ainda amado pela massa alviverde, voltou ao clube mais de década depois. Reconquistou a torcida, viveu duas temporadas de reconciliação, mostrou sua genialidade em lances e jogos ocasionais. Foi um pouco Edmundo. E por mais que pudesse ter sido maior do que efetivamente foi, marcou época ao menos para duas das mais apaixonadas torcidas do país. Ficou na história. É ídolo.

Diego Souza não é tão talentoso como Edmundo. Mas, muito acima da média dos nossos tempos, bem poderia ser o que foi Edmundo: um jogador memorável. Acontece que ele não quer. Diego chegou a ser chamado de Monstro no ano passado depois de exterminar o Ixpót/PE no Recife e quase foi alçado à condição de ídolo no Palestra Itália no primeiro semestre de 2009. Mas Diego não quer nada disso. Não quer ser ídolo, não quer consagrar o seu nome na história do Palmeiras (e talvez de nenhum outro clube), não quer o reconhecimento de uma torcida. Depois de duas temporadas e meia de relativo êxito, foge do Palestra pelas portas do fundo, de maneira covarde e sem deixar saudade. Faltou dignidade, faltou postura, faltou caráter. Diego Souza não é Edmundo; não tem o mesmo talento, não tem carisma, não tem a mesma identificação com a torcida. Não vai ter segunda chance. Diego Souza poderia ser um dos grandes da nossa história. Poderia. Vai ficar mesmo como o cara do gol de placa que não valeu porra nenhuma, de uma meia dúzia de grandes atuações e da covardia na hora de (não) dizer adeus. A história não tem lugar para covardes.

Passar bem. A camisa 7 joga sozinha.

***

"Febre de bola", página 209:

"Fazia sentido mudar-me para a vizinhança, e também havia outras razões para isso: o seu dinheiro vale mais nas áreas decrépitas da zona norte de Londres do que em Shepherd´s Bush ou Notting Hill, e o transporte público ali é bom (cinco minutos até King´s Cross, duas linhas de metrô, milhões de ônibus). Mas na verdade, morar nas vizinhanças do estádio era a realização de uma deplorável ambição nutrida havia vinte anos, e não adianta tentar disfarçá-la com a lógica."

17 comentários:

Roberto Kamarad disse...

Enfim corcordo 100% em um texto seu que faz menção ao vagabundo!

"A história não tem lugar para covardes"

abs,
Kamarad

leo__saraiva disse...

Concordo em partes! teve jogos que o Diego souza jogou sozinho! mas como a maioria dos jogadores só são lembrados pelos erros. Diego Souza Não é Idolo. Mas tbm é humano e tbm erra, se exalta, revida agressões! |Não to defendendo o Diego Souza não. Mas não foi ele quem vaiou a torcida.

KELLY & LUIS disse...

Jamais D.Souza sera comparado ao Edmundo, não joga nem 25% do futebol do animal e nem ganhara todos os titulos, ganhados pelo Edmundo, como vc bem disse, o futebol nao tem lugar para covardes, quantos clubes D. Souza ja jogou e nunca ganhou nada de expressão, enquanto o Edmundo...

Forza Palestra disse...

Leo,
Meu post depois do jogo contra os comedores de calango mostra bem que eu não gosto do povo da coberta e que eles bem mereciam uma resposta. Mas não do jeito que foi; jogador nenhum tem direito de desrespeitar o torcedor. Acontece que caberia a Diego Souza pedir desculpas pelo seu erro e seguir em frente. Ele não quer isso. Foi covarde, mostrou não ter comprometimento com a nossa camisa e foi embora sem dizer adeus. Segue o jogo.

SE QUE SABE FILMES disse...

Isso mesmo, além de ser um mascarado e um oportunista. Fez com que saissemos da Libertadores para ir para a Europa e acabou ficando aqui. Foi vaiado do por mais de 20 mil torcedores. Eu vaiei e se ele vazar do PALESTRA eu ficarei bem feliz...

leo__saraiva disse...

Tá Certo! Você tá certo. Tambem acho que ele devia pedir desculpas..infelizmente não foi assim..ele saindo do palmeiras me deixa triste pois eu "sei" que não haverá reposição! Como no ataque! o Palmeiras tem atacantes! Mas nenhum de Area! NENHUM...e isso pra mim mostra a falta de responsabilidade e compromisso da diretoria! Tecnico Médio, Elenco Médio, pra uma Academia Tão GRANDE como o nosso palmeiras!!

Nicola disse...

Diego Souza não joga nem 0,5% do que jogou o Edmundo. Não é que ele não quis, ele é ruim pra caralho mesmo, não tem capacidade pra isso. Falta, antes de tudo, futebol pra esse verme.

Edmundo > Abismo > Caio (de 2007) > Abismo > Diego Souza

Já vai tarde...

Nicola disse...

E quanto a quem vem pro lugar dele...

Lincoln e Cleiton Xavier são titulares. Pronto, esse merda já não tem mais espaço, só é titular porque a Traffic precisa se livrar dele. Quase 2 anos e meio pra botar 10 lances no DVD, e um título onde até o Élder Granja foi mais importante que ele.

Néspoli disse...

Nunca será ídolo pq no Palmeiras não tem lugar para covardes!

Paty disse...

Essa vez vou discordar de voce.
Prá mim o Edmundo não foi ídolo.Fez um papelão em sua 1º saída e voltou em final de carreira,sem melhores propostas e pouco ajudou.Perdeu penaltis memoráveis.
O Diego coitado, durante toda sua passagem teve que provar que era bom.Desde o começo a torcida pegava no pé.Mas ele teve hombridade,decidiu muitos jogos, deu a volta por cima.Infelizmente pra nós, entrou numa má fase. .Nunca se contundiu e apesar de tantas críticas, tava sempre de cabeça erguida.Derrepente começou uma fritura.Diego jogando nada, como o time inteiro e muitos blogueiros amigos do Diretor fazendo uma campanha contra ele.Quando vi tanta enfase em sua má fase, pensei,O Diego teve ser vendido.Logo veio a notícia de sua possível venda .Me ficou a impressão de uma ação orquestrada.
Ele realmente tava numa fase desgraçada, mas era só ele?
Eu fico triste, gostava do Diego e acho ele ótimo jogador.Mas entendo e concordo em ele em não querer jogar mais.O ciclo acabou.Logo os amendoins acharão nova vítima e a gente fica com os Ivos da vida.Prá mim uma pena.

Pedro Pellegrino disse...

Pena que o Zagallo não tinha a mínima idéia do quanto o Animal jogava, deveria ter escalado o camisa 7 na final da Copa 98.

Nicola disse...

O Diego coitado, durante toda sua passagem teve que provar que era bom."

E não conseguiu... Tanto é que a Traffic vai levar um puta de um prejuízo.

Zhu Sha Zang disse...

"Pena que o Zagallo não tinha a mínima idéia do quanto o Animal jogava, deveria ter escalado o camisa 7 na final da Copa 98."

Neste caso Edmundo ia melar o esquema.

leo__saraiva disse...

Como eu disse ontem! Ruim com o Diego Souza Pior sem ele! deu no que deu! se não contratar vai passar vegonha no Brasileirão!

Irineu Curtulo disse...

É isso! Fomos vendidos a preço de banana nanica, visto que a banana maçã está muito cara. Rescindimos contratos com treinadores, jogadores, patrocinadores, mas, com quem deveríamos rescindir, não rescindiremos, pois já não somos donos do nosso clube.
É isso! Fomos vendidos a preço de banana nanica!
Corja!
OBS: já que o Palmeiras A foi vendido, fica a sugestão de pararmos de assistir à Traffic Futebol Clube, e comparecermos e apoiarmos o Palmeiras B.

Fancio disse...

Bom eh o SANTO, que defendeu 3 mas os cuzoes conseguiram errar 4. Puta que o pariu e tem gente que ainda fala mal do SANTO, que ele tem que aposentar. Se nao fosse por ele, estariamos bem pior.
Tchau Diego, vai tarde.

Aqui eh time de HOMEM, tem que ter sangue verde pra ser eterno.

Abracos e vamos rezar pra que a faxina aconteca. Ta precisando limpar tudo com acido pra ver se clareia um pouco.

Fancio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.