28 julho 2010

Um elogio, pra variar

Os senhores devem ter notado que o ritmo de atualizações do blog caiu consideravelmente nas últimas semanas. Não é proposital, tampouco tem a ver com o Palmeiras; é falta de tempo mesmo. De toda forma, eis aqui um post bem rápido, desta vez com um elogio (que responde à acusação de um amigo que veio outro dia reclamar das seguidas críticas que eu faço no blog).

O elogio, vejam os senhores, tem a ver com o assunto mais improvável possível em se tratando do histórico palmeirense: venda de ingressos. Sim, porque se o horário de vendas exclusivo para vagabundos e mesmo a comercialização em um trailer improvisado no Pacaembu são dois problemas enormes, é preciso ressaltar a ampliação da venda online da Futebol Card para todo o estádio, ao contrário do que acontecia no Palestra.

Se antes apenas os abastados do Setor Visa podiam comprar o ingresso pela internet e entrar no estádio com o cartão de crédito, agora a comodidade foi estendida a todo o estádio. Com isso, nós, da arquibancada, podemos fazer tudo isso em casa, pagando uma razoável taxa de 10% (ou R$ 2, no caso do bilhete de estudante). É a recomendação que eu faço para todo palestrino, em especial porque a nossa torcida não perde o costume de deixar para comprar o ingresso na última hora.

Sabem o que é melhor nesse esquema da Futebol Card?

É que funciona. Pelo menos até agora.

***

Preciso dizer que, depois de depender de informações sobre a tabela do Apertura, nunca mais reclamo da CBF (menos, menos...). Porque a AFA foi soltar a tabela do Campeonato Argentino apenas um mês antes do início, mas sem as datas definidas, e só agora, a 10 dias da primeira rodada, divulgou o desmembramento dos jogos. Mas o que mais perturba são os horários:



Vejam os senhores que todos os 10 jogos acontecem em horários diferentes, tudo para privilegiar a TV. E aí temos absurdos como sexta à noite, sábado e domingo às 14h e às 20h20 etc. Pensando bem, sábado e domingo às 18h30 não são assim nenhuma tragédia...

9 comentários:

Carlos Roberto disse...

Barneschi, na despedida do Palestra comprei arquibancada nesse esquema e funcionou na boa, chegamos e trocamos os vauchers pelos ingressos em um guichê separado dos que vendiam no dia do jogo, foi rápido. Tomara que continue assim.
abç
Carlinhos
Botucatu-SP

valdemir disse...

O tempo para nós que somos trabalhadores é corrido mesmo,mas voce com sempre mesmo com um texto pequeno disse tudo.
Nos últimos dias temos várias novidades mas a melhor é a volta do Mago,mas o que mais me deixa invocado é como a imprensinha tratou o assunto sempre como aquele discurso que o Palmeiras pode se complicar financeiramente,eles colocam somente o lado negativo nunca o positivo mas ja estamos acostumados com este tipo de imprensa.Sobre o Derby de domingo estarei lá consegui os ingressos com uma certa facilidade,nada melhor que o Derby no Pacaembú e não em MT (Prudente).
Fico aliviado que não é somente no Brasil que as coisas são desorganizadas.

Um grande abraço

VALDIVIA QUE SEJA BEM VINDO NOVAMENTE A TUA CASA.

FORZA PALESTRA!!!

Anônimo disse...

nada do valdivia??????? vai ficar no vazio??????

Rafao SEP disse...

Carlos Roberto, na despedida também comprei com MasterCard no caso, e a fila pra trocar o voucher era imensa fiquei 2h30 na fila, foi ridiculo e humilhante nao pude ver Ademir da Guia e cia. fiquei muito frustrado. Agora com o VISA fui em todos os jogos pos-copa no pacaembu (inclusive vou no classico domingo) e funciona perfeitamente, podendo inclusive comprar até 5 entradas no mesmo cartão dai passa uma vez na catraca e libera as outras 4, excelente! Não entendo pq no Palestra não era assim também...

pedro disse...

e o magooo mano?! haha
viva valdivia!!!

Forza Palestra disse...

Bom, eu posso estar falando uma besteira sem tamanho, mas algo me diz que o benefício da entrada com cartão de crédito no Palestra não valia para todos os setores por uma questão de reserva de mercado: com o Setor Visa, era interessante para a empresa que os torcedores que quisessem conforto e conveniência ficassem apenas no setor específico. Daí então que, por puro interesse financeiro, a Visa limitava a venda dos ingressos com cartão de crédito apenas para o seu setor.
Como temos de jogar agora no Pacaembu – e considerando que lá não existe Setor Visa –, aí a Visa/Futebol Card decidiu ampliar o direito para todos os torcedores. Simples assim.

Quanto aos ingressos comprados com Master Card, o absurdo maior agora é que eles devem ser retirados na bilheteria do Palestra (mas o jogo é no Pacaembu). Não dá pra entender...

Néspoli disse...

Rodrigo,

Em relação aos ingressos foi uma ótima iniciativa do Visa / Futebol Card

Quanto ao horário dos jogos na Argentina, assisiti River x Velez no Monumental numa quarta feira as 4 ou 5 da tarde.

Abs e até domnigo

Anônimo disse...

nada do valdivia??????? vaio ignorar seus leitores????

Forza Palestra disse...

Falar o quê?

Tá tudo aí, todo mundo feliz com a contratação, o time agora vai pra frente etc. e tal. Mas este blog não costuma falar sobre jogadores, tampouco reproduz discurso de outros. Se eu não tenho nada novo a acrescentar, é melhor não falar nada. O foco é outro.

Abraços