17 abril 2012

"Ganhamos" e "perdemos"


Crédito da foto: RAC

Botafogo e XV de Piracicaba escaparam do descenso na última rodada. Bom para o futebol - em que pesem os R$ 60 cobrados pela diretoria do clube de Ribeirão por uma arquibancada no jogo contra o Palmeiras. E a imagem da rodada derradeira do Paulistão não vem de nenhum dos grandes, mas sim da torcida do XV (acima), em caravana histórica até Mogi Mirim. Um clube que carrega para outra cidade esse tanto de gente não merece cair.

O fato a se lamentar é que a permanência dos dois clubes do interior tenha como efeito colateral a queda da Portuguesa. Flavio Gomes, jornalista, luso e torcedor da arquibancada, escreveu sobre o descenso de seu clube de maneira bastante aberta, transparente, visceral até. Um texto que, modéstia à parte, guarda relação com muito do que eu já escrevi neste blog. É então que eu me sinto impelido a não apenas linkar o post, mas também reproduzir alguns trechos na íntegra. A eles:

"O rebaixamento da Portuguesa ontem tem responsáveis óbvios e muitos culpados, como sempre há nas grandes derrotas. Não vou ficar aqui apontando o dedo e nominando cada um. Faço isso na arquibancada. Farei no próximo jogo, que será pela Copa do Brasil, contra Remo ou Bahia."

(..)

"Aliás, é curiosa essa nova subcategoria de torcedor: o torcedor das redes sociais. Que fazem parte também da categoria um pouco maior, que é a do torcedor do pay-per-view. Essa criançada que nunca foi a um estádio na vida."

(...)

"Eu tenho bandeiras. Comprei nos jogos. Poderia ter comprado pela internet, também, mas comprei nos jogos."

(...)

"O problema dessa garotada é seu total e absoluto desconhecimento do que quer que seja. São profundos especialistas em Facebook, Twitter e Instagram, mas da vida nada compreendem. Conhecem os personagens do “Pânico”, gargalham com “memes”, têm no YouTube sua principal fonte de informação e inspiração."

(...)

"Nesse futebolzinho mequetrefe de hoje, que muitos jovens creem ter-se inspirado no Playstation, inventado depois do videogame, não há times bons. Há times ricos. É preciso ser muito obtuso para morrer de orgulho de um time que só é forte porque tem capacidade de gerar receita."

(...)

"Sim, eles escolheram. Eu os levo a campo desde que eram de colo, mas sempre puderam escolher. E sua escolha é motivo de orgulho para mim, porque escolheram aprender a ganhar e a perder. A não pertencer a nenhuma manada preguiçosa que só se importa em bater no peito para dizer “ganhamos”, sem perceber que nunca ganharam nada, não fazem parte daquilo. Veem tudo a distância em TVs de LCD, Optaram pela via mais fácil de se sentirem vencedores: se apropriando das vitórias de algo que só faz parte de suas vidas quando chega a fatura dos canais pagos.

Meus meninos, e os milhões de torcedores disso que vocês chamam de “pequenos”, não. Nós podemos bater no peito e dizer “ganhamos”. Mas sabemos dizer, também, “perdemos”. Fazemos parte daquilo de verdade. Quando nos vemos numa arquibancada distante debaixo de chuva ou de sol, com nossas camisetas da sorte, o boné desbotado, a calça meio rasgada, o tênis velho, a bunda no cimento, temos a completa noção de que fazemos parte daquilo. Ganhamos e perdemos junto."

É isso! Obrigado, Flavio Gomes! Todo meu desprezo pela Geração Winning Eleven, essa praga do futebol moderno sobre o qual eu já escrevi em seis capítulos distintos: 1, 2, 3, 4, 5 e 6.

O futebol, oportunistas de merda, só se vive na arquibancada.

###

_Difícil acreditar que a FPF perdeu um dia inteiro (a segunda-feira) para definir apenas na terça os dias e horários dos jogos das quartas-de-final. Porra, clubes e torcedores precisam disso para traçarem uma programação e os vagabundos do Del Nero resolvem pegar a segunda de folga? É inacreditável!

_Ao que parece, o torcedor paulista vai se livrar ao menos do Red Bull na próxima temporada da A1. O time do energético tem apenas dois pontos em três jogos (dois em casa) e dificilmente consegue reverter a situação. Vitória do futebol.

_Os senhores se lembram do post da semana passada sobre o bandido do apito? Pois bem, o Painel FC do último domingo trouxe mais algumas informações relevantes sobre o caso:

"Sob o radar. Foi quase por acaso que Luiz Felipe Scolari soube do processo movido contra ele por Paulo Cesar de Oliveira. O árbitro orientara que a notificação fosse dirigida para o antigo endereço do técnico, em Canoas, no Rio Grande do Sul.

Top secret. A notificação foi "descoberta" em visita de um cunhado à antiga casa de Scolari para ver se tudo estava em ordem. Pessoas próximas ao técnico acreditam que foi um truque para que processo corresse à sua revelia.

Na moita. Outra tese levantada é a de que o juiz não queria que a FPF soubesse."

_Aliás, deixo-os com outra matéria, também da FSP, que apresenta, todos de uma só vez e na mesma pilantragem, as seguintes figuras: Del Nero, Bruno Balsimelli (BWA).

12 comentários:

victor briganti disse...

já sabia há muito que del nero é conselheiro do Palmeiras, mas não conselheiro vitalicio!!!!!! que merda hein, bota merda nisso

agora vamos fazer um exercicio de reflexão: imagine se del nero não fosse palmeirense (diz que é né, vai saber), se já estamos fudidos assim, imagine se esse trolha torcesse para outro time

coitado de del nero pai, deve estar se esperniando no caixão

Luiz Fernando disse...

Barneschi,vc viu a definição da quartas do Paulistâo "Chevrolet"(agora eles tão com essa),morte aos que fizeram essa merda,3 jogos no mesmo dia,totalmente sem nexo

Rasputin disse...

marco polo del nero conselheiro vitalicio presidente da fpf ordena trios de arbitragem agirem com pouca vontade contra PALMEIRAS de olho no enfraquecimento do futebol minando as forças das diretorias em vigencia marco polo del nero marionete de mustafá contursi com essas atitudes cria instabilidade para colocar em prática o sonho de mustafá que é o fechamento do futebol e transformar o PALMEIRAS em clube social conforme feito com o paulistano décadas atrás paulo césar de oliveira plantado por marco polo del nero fantoche do marionete para conturbar o PALMEIRAS em campo de jogo gilto avallone marionete de mustafá contursi para criar instabilidade nos vestiários com bilhetes conspiratórios foi avallone que plantou a notícia da negociação do assunção pois este jogador tem caráter e está desafiando o poder aí posto para manter a união do grupo em busca de glórias o que não interessa ao grupo do mustafá piraci de oliveira fantoche não permite crescimento político do clube e planta informações enganosas para interromper ou ao menos atrasar as obras da nova arena mustafá contursi aprendiz e herdeiro direto das atrocidades de brício pompeu de toledo de família são paulina e tantos outros vecchios carcamanos de diferentes origens inclusive torcedores de outros clubes unidos e dispostos a fechar o futebol do PALMEIRAS o campeão do século vinte

ULTRAS LAZIO 1900 disse...

Barneschi, quero deixar aqui o meu registro sobre a solidariedade e a comoção de todos na Italia sobre a morte do jogador Piermario Morosini. Fosse aqui nesse país de merda FDP, a CBF jamais suspenderia a rodada, muito pelo contrário, fariam até piadinhas sobre a morte do jogador. Acho que vc poderia até fazer um post sobre este assunto. MORO RIPOSA IN PACE. Saluti.

Beto - J.H. Venturini disse...

Saíram mais de 10 ônibus daqui de Piracicaba para Mogi. A torcida do XV sempre está com o time e mesmo qdo estava na A3, o estádio tinha uma média de público boa, para o interior. Eu sempre vou aqui no campo e no último jogo contra a Ponte Preta, q foi um jogo muito bom, a rivalidade e tradição das duas equipes proporcionou para quem estava lá viver um momento q não se sente assistindo o jogo pela TV.

Charley Tabárez disse...

Bueno, as contingências da vida me fizeram mudar de MG aqui para o DF. Mas isso até acirrou meu Atleticanismo e meu bairrismo. O GALO passaou a ser, para mim, um laço de lembrança com a Gloriosa Província. Eu saí de MG, mas MG e o GALO não saíram de mim. Sou bombardeado por termos como "bairrista besta e lunático. ', mas FODA-SE, gente de MG, torce pra time de MG. Eu sou o cara da família que mais gosta de futebol, e o único que leva mais a sério isso, um Bill Shankly da família, mas nunca posso esquecer do que minha mãe me disse quando era moleque: " Bom, você é o único aqui da família que gosta TANTO de futebol assim. Então, se você nasceu em MG, tem de torcer pra time de MG. " Tenho orgulho de ter entrado para as fileiras Atleticanas, por uma frase tocante como essa. E segue meu bairrismo! MG, GALO, pão de queijo e pinga, até em Marte!

Thiago disse...

O Flavio Gomes realmente matou a pau...

Aqui em Campinas, muito antes dessa geração Playstation já começou a brotar a geração rede globo... começou com os bambis campeoes mundiais, depois o palmeiras, depois corinthians e por fim santos, "explodindo" esses torcedores de TV.

Na final do Paulista 2008 eu dei muita risada quando a diretoria do Palmeiras só vendeu ingresso aí em SP pro primeiro jogo, pra desespero desses idiotas aqui que queriam ver sua única partida do ano no campo.

O pior de tudo é quando os grandes vem jogar aqui. Tem sempre uns retardados mentais que acham que é "mais seguro" assistir o jogo na torcida da casa. A gente sabe farejar de longe, até pela roupa que o cara vai no jogo. Fora isso ainda ajudam, tinha dois manezões que pegaram o celular e começaram a filmar uma falta na entrada da área pro Corinthians. Coitados, morreram em 60 reais de ingresso mas só assistiram 30 minutinhos do jogo hehehehe mas ainda podem ser considerados com sorte, pq saíram sem escoriações...

Eu respeito todo torcedor de verdade, que gira a catraca, independente do time, e humilho os otários punheteiros que "torcem" à distância e SE MUITO vão a 1 ou 2 finais ou jogos de Libertadores.

Thiago disse...

Outra coisa... nao gosto do XV (clube que tem como maior rival a Ponte). Não gosto do Botinha, clube que nos tirou do Paulista em 2001, na maior tragédia que já vi na vida. Mas são clubes tradicionais e merecem sempre disputar a primeira divisão. Tem duas das melhores torcidas do interior, assim como o Noroeste, que faz boa campanha na A-2 e espero que desbanque essas modernidades de empresários e consiga o acesso.

Uma notícia bacana do fim de semana foi essa:

http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/paulista/ultimas-noticias/2012/04/15/torcida-ignora-rebaixamento-e-viaja-470-km-por-sonho-de-carimbar-centenario-do-santos.htm

Charley Tabárez disse...

Os 2 de Ribeirão, o XV, o S.José, o S.Bento, o Taubaté são ausencias sentidas na A1 SP, fora o Juventus, da capital.

Anônimo disse...

Salve Barneschi,

Soube da boa nova do Felipão Falastrão?
Disse que o Pacaembu não é a casa do Palmeiras, mas sim de outros times, e que prefere jogar no panetone...
O panetone seria nostra casa então, Falastrone??????

@BrunnoAnimal7

Barneschi disse...

Luiz Fernando
Foi acintosa a decisão da FPF e da Rede Globo. Escrevi sobre isso no Twitter.

Laziale
Bem lembrado. Isso mostra a diferença de postura e a consciência de classe. É a isso que eu me refiro há tempos.

Bruno
O Felipão tem dito isso tipo de merda há muito tempo. Já encheu o saco.

Anônimo disse...

"É preciso ser muito obtuso para morrer de orgulho de um time que só é forte porque tem capacidade de gerar receita."

Bom pra caraleo!!!

Gabriel verde até o osso