13 fevereiro 2008

A decadência moral da JP

Houve um tempo em que eu enxergava na rádio Jovem Pan AM um verdadeiro modelo de jornalismo esportivo. Tinha lá meus 11 ou 12 anos e mal podia desconfiar que um dia seria também um jornalista.

A Pan era um referencial naqueles tempos pré-TV a cabo e pré-jogos-depois-da-novela.

Milton Neves, à época apenas âncora de estúdio, ainda não pensava ser um deus da mídia. Com o talento que lhe é inegável, fazia até a função de plantão esportivo. E eu sinceramente preferia os tempos em que apenas conhecia a sua voz.

Flavio Prado, vejam só, não era o idiota que é hoje. Eu, confesso, até gostava de suas análises, muito porque ele não havia ainda assumido a faceta de jornalismo panfletário contra as torcidas organizadas. E, ajuda muito, ele ia aos estádios, coisa que não faz hoje em dia. Comentarista de estúdio? Ah, faça-me o favor...

Além deles, havia ainda uma boa equipe de repórteres, narradores aceitáveis, comentaristas idem. Tudo muito entrosado, o que fazia da JP a melhor opção para os ouvintes de futebol no rádio.

E havia José Silvério, ícone da narração esportiva.

Silvério reinou por 23 anos nos 620Khz.

Sua decisão de seguir para os 840khz é um marco de causa ou conseqüência (não sei avaliar) da derrocada da rádio Panamericana.

A partir de então, deixei a JP e fui para a Bandeirantes junto com Silvério.

Hoje em dia, o meu dial vai aos 620 do AM muito raramente. É quando se dá o encontro com figuras tétricas: o próprio Flavio-não-vá-ao-estádio-Prado, um Nilson César que se perdeu ao tentar imitar o inimitável, um Wanderley Nogueira que se deixou contaminar pelo espírito do Mesa Redonda e até um ex-político medíocre.

Virou, enfim, uma emissora de segunda categoria.

Alguns sites e blogs da mídia palestrina, não sem motivo, a apelidaram de "A Portuguesinha das rádios".

Entendo que a Portuguesa não merece tal comparação, em especial porque a decadência da Jovem Pan é, acima de tudo, moral.

(A decadência jornalística veio bem antes e é explicitada na suposta inovação de informar o tempo de jogo não mais em minutos decorridos. O que se ouve agora é: "Faltam 26 minutos para o final do primeiro tempo...". Mas que cazzo é isso?)
Só não esperava que a coisa pudesse chegar a um nível tão baixo quanto o relatado pelo blog do Só Palmeiras.
Chega a ser assustador.

Eu estava em Rio Preto e não posso servir de testemunha, mas ressalto que outros tantos palestrinos tiveram o desprazer de ouvir tais aberrações.

A que ponto chegamos, hein, JP?

12 comentários:

filipe disse...

No dia em que Juventus e Noroeste fizeram a abertura do Campeonato Paulista, o programa das quatro da tarde (não sei qual é e não sei o nome da apresentadora, que tem uma voz linda, na mesma proporção em que trabalha para a agenda política) fez uma promoção para ouvintes. Não lembro qual era a tal promoção, mas ficou na lembrança, pois me motivou a xingá-la e desligar o rádio. Ganhava ingresso, com direito a acompanhante, para o Estádio Conde Rodolfo Crespi naquela noite. O problema é que ela conclamava aqueles que "tinham medo da violência nos estádios e quisessem assistir a um jogo legalzinho"...
Como aquela reportagem do trolhateen.
Como se quem devesse ir ao estádio necessariamente tivesse que temer violência, ficar quieto, não saber cantar o hino (isso é valorizado na reportagem...), sentar, etc, etc.
No fim é isso mesmo que eles (as) querem.

Eu acho que o Silvério não aguentou. Demorou a sair, até.

Sair do Pacaembu ouvindo o plantão esportivo da pan "sempre" foi tradição. Ficou na infância, porém.

O merchan, uma época, até lançou adesivo com frases para os clubes. A do bambi era algo como "torcer para o bambi é uma moleza" (a mais típica). Do Corinthians era "nada é mais bonito" (uma bobagem, mas que a torcida até aceita). Mas a do Palmeiras era infame: "uma longa fila de títulos", lembra?
O dito cujo se diz santista. Enfim. É mera parte dessa agenda.
Assim como o flavio DA prado. Ele deixou de se assumir bambi, nem lembro o que ele alegou, pouco importa. Fato é que o fez para atuar como parte dessa agenda, mas podendo se isentar da culpa de ser bambi. E a atuação dele é frontal contra a Arquibancada. É quase uma meta de vida desse calhorda destruí-la.
É triste.

Quanto ao que a agenda política faz com a sua instituição, pode ser expressa nessa foto do Denilson "carregando" o símbolo, que está de ponta-cabeça, na perspectiva de quem vê. Está na fsp, mas acho que vi também no oesp, e consequentemente deve estar no jt. É emblemático. E foi muito escroto.

Forza Palestra disse...

Filipe, meu caro,

Confesso que ainda não havia lido os jornais de hoje. Deixei para fazer hoje à noite, Folha e Estadão. Talvez tivesse esssa mesma percepção, mas você já me alertou para o fato. Escreverei também sobre isso. Agradeço.

Abraços

Craudio disse...

Bons, ótimos tempos aqueles de acordar aos domingos, ligar no "Plantão Esportivo" e almoçar ouvindo informações do jogo para onde iríamos poucas horas depois.

O definhamento da JP começou quando passou a atuar o Tutinha. Neto daquele que leva o nome do glorioso Pacaembu e que, conforme nos mostrou o Galuppo naquele dia, foi o pioneiro da agenda da destruição.

Silvério saiu na hora certa, e garanto que 90% dos ouvintes migraram junto com ele para a Bandeirantes. Hoje, a crônica esportiva está no limbo. Por isso da necessidade daquela nossa intervenção. Pretensão? Talvez... Mas pelo menos a gente vai continuar fazendo nossa parte.

Milton Neves, Flávio Prado, Wanderley Nogueira... Todos envelheceram e endureceram suas idéias. Esqueceram da essência que provavelmente os levaram a falar de futebol. Eu - e acredito que todos nós que defendemos a arquibancada -, no entanto, cada dia fico mais conservador no que diz respeito à alma do esporte.

Daniel disse...

cara, eu parei de ouvir a Pan qdo o silverio saiu tambem. depois ficou insuportavel....

Roque disse...

Apesar de todos esses problemas, não deixei de ouvir o esporte na Pan, pois ouço sua programação na íntegra, e o jornalismo da Pan é superior à atual equipe de esportes.
Mas eu assumo que sim, estão com má vontade com o nosso alviverde.
Lembram-se do último dia 02 de Dezembro? O dia em que vibramos como nunca com a queda do timinho?
Não é que na hora o Vanderley Nogueira apareceu no JP Online e fez uma das perguntas mais ridículas que um veterano repórter pôde fazer: "Tão rindo de quê".
Além de demonstrar que foi ofendido pessoalmente, era imperdoável ele não perceber a histórica rivalidade.
Justiça seja feita: mandei um e-mail ao esporte@jovempan.com.br e o Fernando Sampaio concordou comigo.

Anônimo disse...

Eu sei que o assunto num tem nada a ver com o post mas o 3VV relata que se o Vagner Ribeiro,vulgo Vagner Dinheiro,negociar o Fred com o Palmeiras,os bambis ficarão bravinhos com ele e não negociarão mais nenhuma jogar com esse empresário.To cagando e andando pros bambis e pra esse vagner ribeiro,mas que ponto esses alienados bambis chegaram hein....

Leonel disse...

A jovem pan parou no seculo passado, mano. E eu sou como vc e gostava muito da programação deles quando era moleque

DOBER disse...

Perdoe os mais novos, mas eu ouvi uma Rádio Panamericana muito, mas muito melhor que a do José Silvério, e infinitamente melhor que a atual.


Era a Panamericana de Pedro Luiz e Mario Moraes, estes sim dois ícones do radio esportivo do Brasil e do mundo.

Na transmissão de Pedro Luiz você viu pela rádio o campo de jogo;ele fazia descrições geométricas do gramado e você se situava como se estivesse vendo o jogo no estádio ou pela TV.

Mario Moraes era um fenômeno na análise do jogo.

Infelismente tudo acabou no que ai está!



QUE SAUDADES!

Estou boicotando a JP-BAMBI

Anônimo disse...

Rodrigo, o Valdívia, para mim, É SIM um grande dum cai-cai. Isso é inegável. Prejudica com esse comportamento a sí mesmo - já que tem potencial sim para ser um GRANDE CRAQUE mundial - e ao Palmeiras.

Um árbitro de futebol profissional já me disse: quando o cara é cai-cai, não marco nada. Até o que é falta.

Aliás a presepada dele contra o Vasco, cavando aquela expulsão imbecil, nos prejudicou sensivelmente.

quanto ao resto, reafirmo: PRECISAMOS VOLTAR A VENCER CAMPEONATOS. Quando o curso natural das coisas voltarem, essa imprensinha (que é a mesma: aqui em uberlãndia, aí em são paulo, no rio ou em madrid) voltará a puxar o saco do Palestra...


abraços verdes,


Luiz, Uberlândia

Jairo disse...

A Jovem Pan de hoje é uma vergonha, para quem ouviu a Jovem Pan dos anos 80 e 90. E eles paecem se afundar um pouco + a cada dia.... é uma pena!

Craudio disse...

Dober, você também deve ter pego o Show de Rádio, do Estevam Sangirardi. Vale lembrar, aliás, que já nessa época os bambis eram bambis. Vide o personagem Lorde Didu du Morumbi...

Armando disse...

CAROS E ATUANTES BLOGGUEIROS..

A MINHA INDIGNAÇÃO QUANTO A JP DEU-SE HOJE, APÓS OS "COMENTÁRIOS" PUBLICADOS DURANTE AS TRANSMISSÕES DO DIA, NO SENTIDO DE QUE O PROF. LUIZ GONZAGA BELLUZZO SERIA O MENTOR INTELECTUAL DE UM MANIFESTO PUBLICADO NO BLOGG PALMEIRAS TODO DIA (PTD). ATAQUES DESCABIDOS AO NOSSO DIRETOR E À INSTITUIÇÃO PALMEIRAS......

VAMOS AOS FATOS: O MOVIMENTO ESPONTÂNEO DOS TORCEDORES ALVI-VERDES CONTRA A JP, FOI MOTIVADO PELO INFELIZ NARRADOR DO JOGO DE SÁBADO, CONTRA O VALDÍVIA. TODOS CONHECEMOS O TEOR DESSE COMENTÁRIO..ATRAVÉS DA COMUNIDADE PALMEIRAS NOORKUT (além de outros instrumentos de divulgação)A TORCIDA QUE CANTA E VIBRA SE UNIU EM UM INSURDECEDOR CORO DE DESCONTENTAMENTO, ENVIANDO E-MAILS, SUBSCREVENDO E DIVULGANDO SUA INSATISFAÇÃO.. AO INVÉS DE DESCULPAR-SE, A DIREÇÃO DESSE ÓRGÃO DE IMPRENSA, CONSIDEROU MAIS SIGNIFICATIVO ENCAMPAR UMA "GUERRA ABERTA" CONTRA O PALMEIRAS, SEUS TORCEDORES E,MAIS ESPECIFICAMENTE, LUIZ GONZAGA BELLUZZO.

OCORRE QUE O MANIFESTO DO PTD NÃO FOI ASSINADO PELO BELLUZZO.... O CÚMULO DA INCOMPETÊNCIA JORNALÍSTICA FOI A COMPLETA FALTA DE VERIFICAÇÃO PELO AUTOR DA MATÉRIA (incluindo os editorialistas do texto publicado durante a programação de hoje)DE QUEM SERIA O AUTOR DO TEXTO DO BLOG. A JOVEM PAN ACUSA O PALMEIRAS E O PROF. BELLUZZO DE "ANTIDEMOCRATA" (??????...) NA MEDIDA EM QUE ESTE NÃO COMPACTUA COM OS COMENTÁRIOS DOS REPÓRTERES DA EMISSORA... ACUSA O PROF. BELLUZZO DE TER SIDO ARTICULADOR DE UM BOICOTE DA TORCIDA DO PALMEIRAS ÀS TRANSMISSÕES ESPORTIVAS DA JP....

SOU DAQUELES QUE, COMO ALGUNS AQUI, INCLUINDO O COMPETENTE JORNALISTA DONO DO BLOGG, CRESCEU AO SOM DO SHOW DE RÁDIO, DOS COMENTÁRIOS DE ORLANDO DUARTE E DAS PERFEITAS TRANSMISSÕES DE JOSÉ SILVÉRIO..

FAÇO NESSE MOMENTO UM APELO A TODOS OS PALESTRINOS:

BOICOTEM A JOVEM PAN....

ESSE MOVIMENTO JÁ COMEÇOU E É MAIS FORTE A CADA VEZ QUE A JP SE MANIFESTA SOBRE O ASSUNTO PALMEIRAS...

EM TEMPO: O AUTOR DO TEXTO PUBLICADO NO BLOGG PTD É UM LUIS GANZAGA...MAS NUNCA.. NUNCA.. NUNCA .. O BELLUZZO...
TALVEZ FOSSE MUITO DIFÍCIL DE SABER DISSO, MESMO...