13 abril 2008

Mais um roubo. Até quando?

2006. 3 de maio. Copa Libertadores da América. Oitavas-de-final, jogo de volta, Jd. Leonor. Palmeiras e SPFW disputam pau a pau uma vaga na fase seguinte. Após o 1 a 1 no Palestra, novo empate em um gol, que levaria à disputa de pênaltis. Esfacelado, o alviverde segura um adversário muito superior e ainda busca o gol. 40 minutos, ataque alviverde. Em uma tabela rápida, a bola bate em um pobre diabo e sobra para o time da casa. Nasce um contra-ataque inesperado. Júnior, do SPFW, invade a área e tromba com o palmeirense Christian. O árbitro, que dera início à jogada, aponta pênalti e garante os leonores na fase seguinte.

2007. 29 de agosto. Campeonato Brasileiro. Se vencesse o Clássico do Ódio, o Palmeiras ficaria a três pontos do líder SPFW, que, àquela altura, já lucrava com nove pontos gentilmente cedidos pela arbitragem - e eles chegariam a 12. Tínhamos Valdívia, ao menos até que o rodízio de pancadas de jogadores bambis o tirasse de campo. Levamos um gol. E tínhamos novamente um plantel inferior. Mas fomos buscar o empate, já nos minutos finais. Max, que Deus o tenha!, aproveitou um desvio de escanteio e empurrou a bola para a rede. Gol! Menos para o bandeira, mais um a pavimentar a ilusória vantagem dos bambis.

2008. 13 de abril, hoje. Campeonato Paulista. Novo confronto valendo vaga entre os dois inimigos históricos. Gol de mão? Falta não marcada e cartão vermelho não aplicado ao único volante bambi que restou? E fica tudo por isso mesmo?

Então eu vou deixar claro: este blog não admite o argumento de que a arbitragem erra para todos os lados! Ao menos quando a parada envolve o influente time do Jd. Leonor, as coisas não são assim. E o Palmeiras tem sido a vítima mais recorrente de toda essa palhaçada.

Ainda assim, o 2 a 1 final nos deixa em perfeitas condições de resolver tudo na nossa casa. Não há sinal mais evidente do que a maioria alienada
ter saído em silêncio ao término da partida enquanto os nove mil palmeirenses cantávamos alto.

AGORA É NO PALESTRA!

***

OBSERVAÇÕES DO CLÁSSICO
1. 37.203 pagantes? Por que fizeram tanta força para jogar lá?

2. A PM, sempre criticada por aqui, merece elogios desta vez. O trabalho foi muito bem feito antes, durante e depois.

3. Eu até tentei, mas não consegui enxergar a suposta superioridade bambi no jogo de hoje. Pergunto: que perigo eles levaram ao gol do Marcos - que nenhuma defesa fez - além da jogada de sempre, desta vez complementada com um toque de mão, e de um outro lance fortuito? Em contrapartida, nosso time colocou uma bola na trave e ainda obrigou o goleiro 'delas' a três difíceis defesas.

4. Tem de ser muito mau-caráter – e isso vale para o árbitro e para todos os bambis sujos – para não admitir um gol de mão acintoso como este.

5. Entenderam agora o porquê de todas aquelas reclamações improcedentes ao final do clássico de Ribeirão Preto? O resultado veio agora, quase um mês depois.

6. Faltou uma crítica mais contundente ao senhor Paulo César de Oliveira? Pois bem, os mais próximos sabem o que eu penso deste sujeito.

52 comentários:

São Paulino vencedor disse...

Mais uma vez levaremos a vaga naquela pocilga chamada palestra italia......mais uma vez sucumbirão pro são paulo em mata-matas,se somos alienados como voces dizem por ae,voces são derrotados,quando jogam contra o são paulo voces se borram todo,e domingo que vem não vai ser diferente.Como eu disse no começo,mais uma vez levaremos a vaga na final naquela pocilga suas,que voces insistem em chamar de estadio.O dono desse blog apagará essa mensagem concerteza,mas fica o recado ae.Mais uma vez voces verão nós sermos campeões pela tv.....e a fila continua

Forza Palestra disse...

A mensagem fica aí para demonstrar mais um pouco a alienação de vocês.

Entenda, bambi imundo:

Você é sub-raça!

Junior disse...

Elas estarão com 11+3 homens de preto, mas nós estaremos com 11+25 mil homens de verde!

Castellari disse...

Caro Barneschi, como essa gente é desqualificada. A bicha entra em um Blog segmentado, não consegue concatenar duas idéias, não sabe usar nem os mais elementares sinais de pontuação da língua pátria (a inculta e bela), despeja um monte de impropérios sem sentido e ainda por cima se esconde no anonimato. Domingo vamos dar o troco nessa gente sem caráter. Abraço.

Daniel disse...

Ganharemos no Palestra! Sem juiz pra roubar, vai ser 2 a 0.

FORZA PALESTRA!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Cara, vc tem informação de quando começa a vender os ingressos? Durante a semana ouvi alguns dizendo que seria já na segunda feira. Procede? Estou pensando em chegar cedinho lá.

T+
Rafael Pereira

Teo disse...

A diretoria do Palmeiras deveria ter feito um puta chuá quando escalaram esse canalha pra apitar.

Pois o que ele fez em 1998, no Rio-SP, eu não esqueço. Era uma 4a feira de cinzas à noite, lá no Brinco de Ouro. Nós contra a bicharada. Ele aprontou o Diabo e chegou ao ponto de assumir publicamente que xingou o Zinho (que foi expulso nessa partida) de filho da puta. Acabou sendo suspenso por ter ofendido um atleta, caso que se não for único, é raríssimo.

E a baixaria que ele aprontou em Bragança, nesse Paulistão? Essa foi ontem, não era pra termos esquecido. Dessa vez, quando ele apitou o pênalty e expulsou o Marcão, praticamente desclassificou o Palmeiras. Um empate àquela altura seria muito ruim pra nós, mas fomos na raça e viramos. Ainda, contra todas as evidências, ele carregou na súmula contra o Marcão.

Bom, tô meio no grau! Mas tô confiante.

Acho que finalmente o Palestra tem tudo pra fazer a diferença.

Abços

ClaudioYidaJr disse...

PCO foi o único cara no mundo que conseguiu expulsar o Gamarra, só para aparecer. E agora tem o irmão dele, que é tão ruim ou até pior...

André Pozzini disse...

O gol foi de mão, mas o penalti não houve, logo seria 1 a 0. O resto é choro de perdedor. E olha que nem acabou a decisão.

Semana que vem venceremos mais uma vez na pocilga.

Salve, salve o Imperatore di Milano (la mano di Dio) !!!

Irineu Constantino disse...

Observem o que disseram esses comentaristas (são ou não pagos pelo marketing dos bambis)
“O erro do juiz foi providencial para o espetáculo. Sem ele o jogo ficaria chato” (Claudio Carsughi - JP)
“…Adriano fez meio de cabeça, meio de mão. Não teve a intenção, aí vale” (Flávio Prado)
- “…já teve gol de mão até na Copa do Mundo, não podemos criticar a arbitragem” (Jorge Kajuru)
EXTRAÍDO DO BLOG DO SOP
forza paletra

Forza Palestra disse...

Rafael:
Nem poderia ser hoje, porque ainda não aconteceu uma definição sobre a carga de ingressos. Isso será discutido hoje entre PM, FPF e diretorias dos dois clubes. O Cippulo disse ontem que os ingressos provavelmente serão vendidos a partir de amanhã, terça-feira.

Teo:
Eu não me esqueço disso. Não me esqueço de nenhum desses erros. Eu pretendia escrever mesmo sobre o Rio-SP de 1998, mas você foi bem na antecipação. Mas a minha opinião é a mesma que a sua: venceremos!

Pozzini:
Você não disse lá atrás que não mais voltaria a encher o saco por aqui? Então o que faz por aqui agora? Vocês estão com o olho muito ruim. Como se não me bastasse aquele lenhador de bonsai reclamar dos pênaltis de Ribeirão, você ainda tem a cara de pau de vir aqui e contestar o pênalti? Bom, pelo menos não é mau-caráter a ponto de negar o gol de mão! Só se esquece que um lance como aquele muda toda a história do jogo, a começar pelo aspecto psicológico.

Irineu:
Teve isso tudo, é? Ainda bem que eu vou ao estádio e não fico ouvindo besteira.

são paulino vencedor disse...

a vaga pra final é nossa.....chupa derrotados,mostra essa mensagem pro luxemburgo para ele motivar aqueles trolhas que voces insistem em chamar de jogadores.....rumo ao 21°titulo e a fila continua.....

Zoinho centro/sul disse...

Mais as bonecas resolveram aparecer ??
Acredito que nenhuma dessas duas imbecis estavam ontem no jogo, isso pq foi naquela merda de estádio.
Agora no Palestra eu duvido e muito.

Perdemos a Batalha para a vadia que vestia preto, e pro infeliz que naum sei se estava vestido ou naum ( nego daquele jeito, e do distande arquibancada do panetone naum dava para ver direito, só uma sombre se movimentando).

Mais a GUERRA não acabou, agora é no Palestra !!!

Abraços e até domingo.

filipe disse...

Alguns pontos:
1) Não me surpreendi ao ligar a tevê, ao trilar do apito final, e só ouvir a porcada cantando "olê porcô". E menos ainda ao ver que a bambizada de merda estava quietinha, como deveria sempre estar, com bracinho cruzadinho, mãozinha no bolso, cara de FILHO DA PUTA ARROMBADO que é marca dessa escória.

2) Me irritei ao ver todas as manchetes, inclusive dos jornalecos "grandes", quiçá dos populares, AGRACIANDO e REVERENCIANDO a mão do bêbado pederasta.
Faltou escrever explicitamente que ele pode, quando ele faz tudo bem, quando ele faz é arte, quando ele faz fica bonito...
Ainda falta coragem pra essa corja bambi pra atingir tal descaramento.
Fico imaginando quando chegar essa hora, se já irrita agora, se já causa tanto ódio agora...

MORTE AO FLAVIODAPRADO bambi FILHODAPUTA

às bambi: vencedor é a puta que te pariu, seu filho de uma buceta sifilítica.
Se não conhece a história suja, imunda, mentirosa contumaz daquilo que uma corja quis chamar de "clube", não fale mais merdas que as que falou.
Mas se for um filho da puta suficientemente canalha, responda: 1) quando nasceu essa merda bambi?
2) qual o nome do primeiro filho da puta a ser presidente?
3) quem é o filho da puta a ser "presidente de honra" e que "bem" ele fez ao que a corja chamou de clube?
4) quantas vezes a corja conseguiu falir?
5) o que aconteceu em 91?
Consegue responder essas perguntas sem tergiversar?
Vocês são é quinquilheiros, adeptos da quinquilharia. Por isso se enganam com essas merdas que, por exemplo, o babaca lá falou.
(A. di R., in memoriam)

Luiz disse...

Nos momentos de baixa é que o câncer se manifesta, PFC de hoje:

"Dividida

"A nova era que eles tanto falam é a era das grandes dívidas. Nada mais que isso"

De MUSTAFÁ CONTURSI , ex-presidente do Palmeiras, sobre a diretoria dizer que o jogo no Parque Antarctica é uma prova de que clube mudou, pois afirma que Mustafá preferia a renda maior no Morumbi.

Luiz disse...

Rodrigo e demais amigos Palestrinos,

Ganharemos no Palestra, podem me cobrar.

Esta derrota, acabou com o clima de festa instaurado pela imprensa. Agora a coisa será bem diferente no próximo domingo, podem anotar, a nossa vitória será um marco para acabar com essa história babaca de "Síndrome de Palestra".

O Palmeiras entrará no Palestra mais motivado do que nunca! Essa vai ser daquelas vitórias para lembrarmos eternamente!

Estou mais confiante do que nunca, pois sei que os caras que estão vestindo o nosso manto sentiram ontem que estamos com eles!

Perdemos o jogo, mas quem saiu calado (ou calada) foi a sub-raça acéfala.

Geração vitrine que abandonou o clube! Bastou um momento em baixa, para se afastarem do time. O que assistimos ontem foi a comprovação da maior verdade do futebol. A torcida do SPFW NÃO EXISTE!

Até domingo!!!

Vamos confiantes, porque a vitória é nossa!!!!!!

Abraço!

Luiz

Alvaro disse...

1) Eu acho que ainda da pra gente. Se nos classificarmos no final das contas, depois do sofrimento tera vindo a redencao como em 1993 e a vinganca sera doce. Sera muito gostoso curtir a eliminacao delas (toc toc toc.)

2) Isso posto, a verdade e que nossa diretoria ainda e fraquissima e nao sabe defender com unhas e dentes nossos interesses. Conseguir que o segundo jogo fosse no Palestra era obrigacao, nao merito. So o fato de comemorarmos e exaltarmos a diretoria nesse episodio mostra a situacao absurda de desvantagem em que nos encontramos.

Qualquer dirigente habil gritaria depois do jogo e durante a semana inteira, colocando pressao no trio de arbitragem do proximo domingo. Dar declaracoes do tipo "O Sao Paulo mereceu" so mostra fraqueza e falta de astucia e jogo de cintura - total inabilidade politica. Alguem se lembra de alguma vez na vida os dirigentes do SPFC admitindo que uma derrota para nos foi justa? Imagine entao com gol polemico? E com gol de mao, alguem pode conceber essa cena? Nao acho que devamos nos igualar ao time sem alma e tradicao - o que nao podemos e ingenuamente jogar contra nossos proprios interesses.

Deveriamos vetar o arbitro e a bandeirinha para sempre e procurar vias legais para que eles fossem afastados da arbitragem. Mesmo que isso for impossivel na pratica, pelo menos nossa indignacao ganharia "air time" na midia e ajudaria a colocar pressao nos arbitros no proximo domingo.

Infelizmente, a verdade e que futebol tambem e um jogo de bastidores e se somos fracos nos bastidores, isso e uma deficiencia capital. Um campeao tambem se faz nos bastidores. Negarmo-nos a jogar esse jogo, por idealista que possa parecer, e simplesmente estupido e contraproducente...

Deveriamos aprender licoes com as raposas do passado.

Nao acho que deveriamos lutar para sermos beneficiados - o que acho imprescindivel e que lutemos para que nao sejamos prejudicados.

3) Fico contente que opinioes como a minha estejam sendo expressadas na midia palestrina. Moro nos EUA e nao conheco nenhum diretor ou conselheiro palmeirense, ou seja, infelizmente nao posso fazer nada concreto a nao ser desabafar num blog palestrino. Sinto me impotente, de maos atadas...

Entretanto, dada a crescente influencia da midia alviverde, eu sinceramente espero que pessoas que tem poder de agir estejam lendo esta mensagem (assim como tantas outras na mesma linha de raciocinio). Se este for mesmo o caso, eu IMPLORO para que estas pessoas que podem fazer uma diferenca AJAM para defender nossos interesses...

Avanti Palestra!

Alvaro G. M.

Craudio disse...

Sugestão de leitura, nada a ver com o post, mas que nos leva de volta à mercantilização do futebol. Texto de Bruno Ribeiro.

luigi sep 1914 disse...

Morte ao arbitro e a todos os seres da sua mesma "especie"!
Morte a essa bandeira vagabunda!
Lugar de mulher é na cozinha, no tanque, na cama dando pros homens, não num campo de futebol!

E morte a todos os bambis! Raça imunda!

Ae pozzini, filho da puta, quero ver se voce vai lá no Palestra, seu aborto!

"Melhor um aborto hoe que um bambi amanhã!"
"Matar é um pecado mas se voce matar um bambi, Deus irá te entender..."

luigi sep 1914 disse...

http://www.palmeirastododia.com/not/view_novo_ptd.asp?id=9955

E agora? Será que irão agir com justiça?

Forza Palestra disse...

Bambi alienado:
Classificar o futebol simplesmente entre vencedores e perdedores - e o mal de vocês é pensarem que são vencedores de alguma coisa - é a prova maior da sua alienação cretina. Novamente: você e todos os seus fazem parte de uma sub-raça de aproveitadores. Gente sem alma, sem escrúpulos, sem caráter. O futebol é para os que têm alma.

Filipe:
Endosso todas as perguntas feitas por você, meu caro. Acontece que esta corja jamais vai se dignar a buscar respostas para essas perguntas. Porque o que importa para eles não é a história e a tradição, mas sim as conquistas atuais, efêmeras. Na hora em que o time pára de ganhar, somem todos, um a um. Quanto ao papel da imprensa, é de fato lastimável. Mas não se poderia esperar outra coisa diante do comprometimento destes filhos da puta com a corja do Jd. Leonor.

Luiz:
Venceremos!

Alvaro:
Esteja certo de que toda essa indignação está chegando aos ouvidos de quem pode fazer alguma coisa. E eu concordo com as suas observações. Não dá para assistir a isso tudo sem jogar nos bastidores. Já faz muito tempo que temos perdido fora de campo e isso não pode mais persistir. Domingo venceremos. E as coisas vão se colocar no devido lugar.

Japonês:
Grande texto este do Bruno Ribeiro. Vou deixar um comentário por lá depois.

Junior disse...

Fala Palestrinos,

Não sei o por quê, mas desde ontem no estádio, ainda desolado e inconformado, não conseguia parar de pensar em 1993. O sentimento parecia ser muito similar.

Sei que será dificil, mas com certeza, jogadores, técnico, reservas e, principalmente, torcedores empurraremos o time até o final.

Todos sabemos que esse jogo representará muito mais do que uma mera classificação para uma final de Paulista.

É o Gigante colocado no seu lugar de novo. É o fim da moda que representa, como ninguém, o tal do futebol moderno.

Mas não tenho dúvidas que toda moda passa. Os bambis do Jd Leonor em breve estarão ao lado dos patins, io-io, etc... Nada mais do que modas ultrapassadas, esquecidas...

Junior disse...

Fala Palestrinos,

Não sei o por quê, mas desde ontem no estádio, ainda desolado e inconformado, não conseguia parar de pensar em 1993. O sentimento parecia ser muito similar.

Sei que será dificil, mas com certeza, jogadores, técnico, reservas e, principalmente, torcedores empurraremos o time até o final.

Todos sabemos que esse jogo representará muito mais do que uma mera classificação para uma final de Paulista.

É o Gigante colocado no seu lugar de novo. É o fim da moda que representa, como ninguém, o tal do futebol moderno.

Mas não tenho dúvidas que toda moda passa. Os bambis do Jd Leonor em breve estarão ao lado dos patins, io-io, etc... Nada mais do que modas ultrapassadas, esquecidas...

Anônimo disse...

Alguem pode me responder quando foi o último jogo que o Palmeiras perdeu o jogo para o SP sem ajuda da arbitragem???

luiz - uberlândia disse...

Rodrigo e amigos:

Marcos - nosso craque-bandeira - em entrevista logo no final do jogo de ontem (ainda no gramado) fez 2 comentários, um corretíssimo e outro, na minha opinião, equivocado:

1) - disse que não deveríamos lamentar erro de arbitragem. Temos é que VENCER domingo, e temos toda condição para isso.

2) - disse que o sp jogou melhor e que mereceu vencer. Não é verdade. Dominamos todas as ações do jogo. Apenas 01 peça não funcionou (Kléber) e seu substituto - denílson - também não entrou no jogo. Com 01 jogador a menos, num jogo daquela magnitude e importância, as coisas ficam mesmo difíceis, MAS JOGAMOS MELHOR.

Quanto ao erro, ocorreu e pronto. bola prá frente. Mas o que me deixou chateado demais foram:

a) - a comemoração instantânea e imediata do adriano e seus comparsas, mesmo sabendo e tendo visto que o gol foi anotado de forma irregular. Coisa de mau-caráter que só depõe contra o desporto.

b) - O juizinho querendo justificar se enrolou. Porra, dissesse que "não viu". Agora, admitir que viu e validar o gol, é desonestidade, punível, até.

domingo venceremos, e pronto.

abraços verdes,

Luiz - Uberlândia

são paulino vencedor e tri campeão MUNDIAL disse...

tipico discurso de perdedor.na epoca da parmalat(alias se não fosse a dita cuja voces estariam na fila até hoje)quando voces estavam mamando no leite dela e ganhando titulos voces perdedores não chiavam nada do são paulo(tri mundial)e agora ficam ae falando que o são paulo é isso é aquilo e outras asneiras absurdas.qual foi o ultimo titulo do palmeiras???????????1999.nossa quanto tempo hein,e pode anotar,ganharemos a vaga no palestra(de novo,como sempre),só o são paulo entrar naquela pocilga voces borram as calças perdedores,fracassados.......a fila CONTINUA,talvez em 2016 voces saim da fila com mais um titulo da 2°divisão,não fiquem bravinhos com esse comentário,é apenas a verdade de voces,se voces dizem que somos sub raça entre outras coisas,voces são uns perdedores de marca maior,complexados,fracassados e fregueses de nós....até o proximo mata-mata fregueses por que esse ja era,como eu disse a fila CONTINUA

Forza Palestra disse...

Volto a repetir que suas mensagens sujas continuam aqui apenas porque são a prova do discurso alienado que ajudou a construir essa massa alienada que é a geração vitrine. Noto que você coloca entre as tais "asneiras absurdas" todas as perguntas feitas pelo Filipe e tudo o que diz respeito à história suja do seu clube. Nada mais natural em se tratando de um bambi, alguém que desconhece as próprias origens.

Não dá mesmo para esperar muito de uma sub-raça que não sabe cantar o hino do time até o final (e de uns tempos para cá desistiram de cantar até as duas primeiras estrofes) e que nem faz idéia de quando o clube foi fundado.

O que importa, claro, é balbuciar sempre os argumentos falhos, relativos a títulos e conquistas que nada têm a ver com o apoio que deveria vir da arquibancada. Pois é só o que um bambi sabe fazer: falar em títulos (que ele nem ajudou a conquistar, pois sua passividade não permite isso) para querer passar uma imagem de superioridade.

Pobre coitado!

Mal sabe o que é ter alma, o que é levar o time à vitória, o que é apoiar o seu clube nos maus momentos.

Só aparece na final, na hora da vitória.

Como ontem, foge na hora de lutar.

E ainda sai quieto do estádio, mesmo com a vantagem no marcador.

É emblemático que a torcida do time momentaneamente derrotado tenha saído do estádio cantando enquanto a massa de alienados se despedia quase num clima de velório.

Torcida de moda!

Sub-raça!

Forza Palestra disse...

Anônimo,

Devemos ficar então com o 1 a 4 do primeiro turno do Brasileiro de 2006, em uma noite fria no Jd. Leonor - aquela do Márcio Careca.

Pois mesmo o 1 a 3 do Paulistão/2007 teve lá as suas irregularidades.

Anônimo disse...

Primeiro obrigada pela resposta.
Segundo vcs estao fazendo pergunta dificil pra "elas" que mal sabem o pq de suas existências quanto algo relacionado ao time.

mancha z/s disse...

vc tem razao quando diz q esse juiz eh pilantra desde q apareceu no mundo do futebol. depois conta akela historia do primeiro jogo la..

bixarada de merda!!!!
vai ter volta!

são paulino vencedor,tri mundial e penta brasieliro disse...

torcida de alienados,sub raça,oportunistas e outras verborragias de um típico fregues do são paulo,um típico perdedor,complexado,fracassado e outros adjetivos.Se somos um bando de alienados(como voces ae dizem né)pelo menos temos MAIS torcida que voces ae perdedores fregueses,somos a 3°mairo torcida do Brasil,passamos voces há tempos em termos de torcida,alias passamos voces em todos os quesitos;torcida,titulos,confrontos diretos(eita freguesia fiel)....domingo nos encontraremos na pocilga para mais um despach em voces

HEINZ VON BHOLZ disse...

O CARA É SÃO PAULINO E VEM ENCHER O SACO AQUI PORRA....VAZA FILHO DA MÃE

Alvaro disse...

Forza Palestra,

Falou tudo para o bambi...

Eu sinceramente nao sei como seria torcer para um time sem historia, sem alma...

Aprendi a amar o meu Verdao com as historias contadas por meu pai. Antes dos 10 anos de idade, sem nunca ter visto meu time ser campeao, eu andava pra cima e pra baixo com a Placar Especial do Palmeiras (aquela dos anos 80, que veio com um disco de vinil com o hino). Sabia de cor e salteado a escalacao das academias, que tinhamos sido campeoes do mundo em 51, que tinhamos vestido a camisa da selecao contra o Uruguai e que o time sem alma tinha tentado nos tomar o Palestra Italia, dentre tantas outras historias...

Por essas e outras que nao sei como eh o vazio de se torcer para um time sem historia. Vejo um sao-paulino da mesma forma que vejo alguem que torce pro Sao Caetano ou pro Ipatinga - alguem que acompanha o time quando o time esta bem e arruma outras coisas pra fazer quando o time esta mal. Alguem que nao conseguiria encher uma pagina com feitos heroicos de seu time... Alguem que nao sabe o que eh sentir (literalmente) o coracao bater mais forte ao ouvir o hino...

By the way, qual teria sido a media de publico delas quando elas disputaram a segunda divisao do campeonato paulista (vulgo modulo amarelo)? Talvez a media esteja inflada pelas semifinais, pois elas viraram a mesa e conseguiram disputar as finais mesmo tendo sido rebaixados...

Ulisses disse...

QUER SABER QUAL A SENSAÇÃO DE SER UM BAMBI?

VERÁ NAS OLIMPIADAS!!

A SENSAÇÃO É A MESMA QUE TEMOS QUANDO TORCEMOS POR JADE, MENINOS DO DUNGA, VOLÊI DE PRAIA, VELA, HIPISMO, PING-PONG...ENTRE OUTROS!!

É AQUELE VAZIO DE TORCER SEM AMAR, DE TORCER SEM SENTIR, DE TORCER SEM TER NO SANGUE A RAZÃO DA TORCIDA!!

SE GANHAR ÓTIMO, COMEMORAREMOS E GRITAREMOS É CAMPEÃO, BRASIL AEEEEE...DURANTE 1 DIA!! NO DIA SEGUINTE JÁ NÃO HÁ MAIS ALEGRIA, JÁ NÃO HÁ MAIS FESTA, JÁ NÃO HÁ MAIS AMOR!! MAS E QUAL A SENSAÇÃO QUANDO PERDE?
FÁCIL, SE O PING-PONG PERDER, ESPERA ALGUNS MINUTOS E TORCE PELO HIPISMO!!

LEMBREM DESSE SENTIMENTO MEDÍOCRE QUE TEMOS EM OLÍMPIADAS E SINTAM NA PELE O QUE É SER UM FRACASSADO DE UM BAMBI!!

TRAZENDO PARA O NOSSO DIA-A-DIA COMPARARIA AO SENTIMENTO QUE TEMOS QUANDO PEGAMOS AQUELA PUTA GOSTOSA NA BALADA, NA HR É FÁNTASTICO, SOMOS OS MELHORES, AMAMOS ELA, ETC... DUAS HRS DEPOIS ESTAMOS COM A AMIGA DELA!!

SER PALMEIRENSE SUPERA QUALQUER SUPOSIÇÃO QUE ESSES BAMBIS MALDITOS TENHAM DO QUE É SER TORCEDOR DE UM GRANDE CLUBE!!

DE MAIS, DEIXO O SEGUINTE:

- BARNESCHI, ESQUECE ESSES BOSTAS, VAI DELETANDO AS MERDAS QUE ELES ESCREVEM, NÃO INTERESSA A NINGUÉM ISSO!!

- LUIZ E BARNESCHI - GANHAREMOS!!

Forza Palestra disse...

Venceremos, Ulisses!

Quanto ao bambi, parece realmente que ele não vai entender qual é o tema da discussão. A alienação é mais forte.

Ulisses disse...

http://www.gazetaesportiva.net/ge_noticias/bin/noticia.php?chid=122&nwid=21684

ingressos à venda amanhã à partir das 10 hrs!!

Abs!!

Pedro Z/O disse...

Mais um roubo??????????
O gol do Adriano foi de mão sim!
Mas e o Kléber? Não merecia ser expluso pela cotovelada no André Dias ANTES DE FAZER O PRIMEIRO GOL no último clássico???
Provavelmente vc vai dizer que não né??? Ah tá... É verdade! Só vcs são injustiçados. Tadinhos!
Mas o jogo de ontem, roubado ou não, pelo menos serviu pra calar a boca de todos que achavam que o Palmeiras era muuuito melhor que o SP. O Palmeiras está melhor sim! Mas pra todos que entendem de futebol, sabem que muitas vezes em um clássico as coisas se igualam. Pra mim é perfeitamente normal se o Palmeiras ganhar o próximo jogo, mas se o SP jogar da maneira como jogou ontem, mesmo se perder, não ficarei decepcioando!

Bruno D'Angelo disse...

Fala , Barneschi!

Não sei o porque de tanta indignação com o resultado!
Elas não fizeram nada mais do que é caracteristica da história bambi.
Meteram a mão literalmente! Sempre foi assim. Aquele lixo de estádio foi construído assim. Resultados de campeonatos conquistados assim... sempre com a mão de alguém influente.Porfírio da Paz e Laudo Natel!
Vcs foram cagados no mundo! Bambis de merda , entendam bem uma coisa : olhem bem a foto que tem aqui em baixo e tentem por a mão na consciência a invés de por a mão na bola. Vcs FUGIRAM DE CAMPO!!! Não é só ganhar título que faz um time ser grande! O que faz um time ser grande é o caráter com que se constrói uma história!
E vcs não tem nenhum! Não tem caráter , são arrogantes e prepotentes.
Vcs fazem peso na terra e nada mais.
A soberba que vcs carregam nessas faces de merda será proporcional ao tombo que levarão.
Vão todos à merda!

Anônimo disse...

E os italianos FASCISTAS que ajudaram a construir seu clube Bruno? Eram todos Santos né?

Fernando disse...

Aliás, qual é a vantagem de ter a maior torcida? Ainda mais quando, mesmo em superioridade numérica, saem quietos e perdem no grito?
É como eu escrevi naquele outro texto: para eles tanto faz ganhar como perder, se perdesse pulariam o caderno de esportes hoje e iam falar do trânsito, de moda ou de qualquer outra coisa.

Alvaro disse...

Essa historia de torcida maior eh muito relativa...

Eu teria muita curiosidade de ver os resultados de uma pesquisa que contasse como torcedores apenas aqueles que acompanham o time de verdade (por exemplo, perguntando que time voce torce e em seguida confirmando se ele sabe algumas informacoes basicas sobre o time).

Eu tenho serias duvidas se os bambis estariam na nossa frente ou nao...

Castellari disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Castellari disse...

Essa raça suja, elite branca e preconceituosa de São Paulo, não se dá ao trabalho de ir a estádio. Ontem, o estádio era só delas, a casa deles, e estava vazio. Agora, vir provocar em comomunidade alheia eles são bons. Quero ver domingo lá no Palestra. Aí não aparece ninguém. Coisa típica do que são: alienados e sem caráter. Quanto ao fascista vou deixar prá lá, mesmo porque, vindo de quem vem, essa gente que destrói o Brasil, é melhor ficar quieto. Não digo você, anônimo, que deve ser um daqueles que nem sabe de suas origens, deve ser um alienado ou um daqueles que se deixam escravizar, mas falo daqueles que fundaram o 'time' que você torce. Pedir para conhecer a histório deve ser um pedido difícil de realizar, pois aqueles que foram e se deixaram escravizar, não são capazes desse pequeno exercício intelectual. PS. Deixo claro que não falo dos negros, esses não se deixaram escravizar, muito pelo contrário, foram sacrificados, mas falo de vocês imbecís que se deixam levar, aqueles que La Boétie - em seu Discurso da Servidão Voluntária - bem caracterizou.

Forza Palestra disse...

Pedro Z/O:
Você ao menos procurou ser educado e expôs seus argumentos de forma lógica. Tem razão quando diz que tudo se iguala em clássicos. O problema todo é o seguinte: quem ignora isso sistematicamente são vocês e não nós. A arrogância não é característica nossa, mas sim desta torcidinha de moda, que se sente superior sem ter motivos para isso. Talvez por fazerem parte de uma geração mimada e que busca apenas a felicidade efêmera e inconseqüente, como se a vida (e não apenas o futebol) não fosse construída de vitórias e derrotas. A arrogância é uma característica de vocês e nunca nossa. Portanto, o seu argumento deixa de fazer sentido aí. De resto, tudo pode acontecer em um clássico. Sempre foi assim e sempre será. É por isso que você não vê palmeirenses cantarem vitória antes da hora.
Quanto aos erros de arbitragem, apenas os que eu cito no post já dão uma noção de quem é a vítima maior.

Bruno:
Muito bem lembrado! A história mostra quem é quem. E domingo é o nosso dia. Até lá!

Alvaro:
Não precisa nem fazer pesquisa, meu caro. Basta observar dois fatores:
1. A torcida deles some na hora em que o time está mal e/ou precisa de apoio. É como público de cinema: só vai se o filme é bom.
2. Os caras não sabem sequer cantar o hino do time até o final. Faça o teste: pegue um bambi amigo seu e veja se ele sabe cantar o hino até o final. Detalhe: o hino vai bem além daquelas duas estrofes que alguns sabem cantar.

Castellari:
Falou tudo, meu caro. Nada mais a acrescentar.

andré pozzini disse...

Voltei em ocasião do jogo, gostaria de ver a visão do inimigo sobre a partida.

Sobre o penalti, reveja pela TV que o cara se joga claramente. O penalti sobre o Junior na Libertadores de 2006, que você reclama no post, foi muito mais penalti que aquele de ontem.

E, diga-se, não estou nem reclamando da marcação, pois como o 1º gol nosso foi irregular, acho que foi melhor assim, pra que a choradeira não fosse maior.

Contra os que insunuam sobre não ir à estádio, fui ontem sim. Não irei à Pocilga Itália, pois lá não há condições de receber torcedores comuns do time visitante, apenas quem vai no bando da independente.

Forza Palestra disse...

Pozzini,

Devo confessar que nunca mais vi aquele lance do Junior em 2006. Foi só aquela vez, no estádio. É como eu prefiro ver, diga-se.

Não vi porque, após uma noite de guerra, a TV não reprisou o lance nos horários em que eu pude assistir. E nem na internet eu achei.

Muito curioso, especialmente em se tratando da importância do jogo.

Gostaria de ver, caso alguém tenha a imagem por aí.

Entendo que você tem direito de contestar o pênalti sobre o Lenny, embora eu julgue incontestável a infração. Tanto quanto a do Hernanes no Kléber.

No entanto, o que mais incomoda é o fato de os erros decisivos acontecerem sempre para o mesmo lado.

Em relação a você não ir ao Palestra, te garanto uma coisa: é muito mais seguro do que o que enfrentamos naquelas duas noites de decisões de Libertadores.

No domingo agora, foi tudo bem tranqüilo. Havia menos gente - e mais dos nossos - e a PM trabalhou bem.

Só quem foi ao Jd. Leonor naquelas duas noites sabe o inferno que nós vivemos.

A vida de qualquer um que vá ao Palestra não pode ser mais difícil.

Até concordo que é um absurdo dar atenção só aos que virão a pé a partir do Paissandu, mas eu bem que gostaria de ir a algum estádio na condição de visitante e poder parar o meu carro em um shopping ou mesmo chegar de Metrô.

Bruno D'Angelo disse...

Seu anônimo desgraçado que citou o meu nome , antes de qualquer coisa , seja homem de colocar sua cara prá bater aqui , bambi filho de uma puta!
Prove que foram italianos fascistas que construíram alguma coisa!
Italianos construíram esta cidade sendo praticamente escravizados pelos 'quatrocentões' e barões do café! E vc sabe quem são esses? Não , não sabe! Se soubesse vc não torceria prá essa bosta que vcs acham que é time.
Seu verme desgraçado! Eu queria que meu avô vc vivo , com 90 anos ele seria capaz de de dar um cacete só com 1/3 do ódio que ele sentia por vcs. Bando de infelizes!

Castellari disse...

André Pozzini,

Pocilga, mas construída com dinheiro lícito, doado e arrecadado pelos fundadores, sem um tostão de dinheiro público, sem a ajuda de máquinas e sem cimento do governo do Estado. Aliás, você sabe o nome do Bairro onde fica o maravilhoso, asseado e confortável estádio do seu time? Eu mesmo respondo: Jardim Leonor. Sabes por quê? Homenagem à mulher do governador/presidente de seu clube. A história é a mãe de todas as ciências...

andré pozzini disse...

Castellari, o Morumbi pode ter sido construído em grande parte com dinheiro público. Sem dúvida não teria sido erguido sem Laudo Natel e o apoio logístico que ele deu à empreitada, quando era Governador. Porém, o estádio do SPFC sempre foi público, pois sempre foi usado por todos os clubes do estado que assim quiseram e muitas vezes sem sequer pagar aluguel, somente os custos do uso do mesmo. Portanto, essa dívida está mais que paga.

luiz - uberlândia disse...

Sr. pozzini, assim como a justificativa do FILHO DUMA PUTA do sr. paulo césar sei lá das quantas, tenho a dizer quanto ao seu último comentário:
aí é demais...

Forza Palestra disse...

Apoio logístico? Belo eufemismo, não? De resto, a sua argumentação é tão bizarra que nem merece que eu perca meu tempo com argumentos contrários. A história está aí e é conhecida por todos. Há quem queira permanecer na alienação. Faz parte da vida.

filipe disse...

APOIO LOGÍSTICO????
Porra, Palestrino, essa a gente nunca tinha ouvido, hein? Eu pelo menos não...

"divida mais do que paga"???
A dívida da bambizada é com a própria vida, seu merda. Só se paga com o HOLOCAUSTO.