22 abril 2009

Esmola midiática

1938. O SPFW, clube da elite quatrocentona e resultado de uniões espúrias na primeira metade do século passado, vai à falência já em seu terceiro ano de vida. Como os tempos eram outros, os rivais Palmeiras e SCCP cometem um erro histórico irreparável: organizam um jogo para arrecadar fundos que pudessem manter em atividade o ‘co-irmão’ falido.

Foi o Jogo das Barricas, assim denominado porque os presentes ao tenebroso espetáculo deixavam sua contribuição em barricas instaladas na entrada do estádio. Porfírio da Paz, torcedor-símbolo, autor do hino oficial que ninguém sabe cantar e ocupante de tantos cargos públicos nas décadas de 40 e 50, não se conteve: com uma bandeira estendida, caminhou por entre as torcidas para pedir esmola.

Quatro anos depois, esta mesma gente oportunista tentaria roubar a nossa casa e efetivamente tomaria o campo do então Germânia, obrigado que foi a virar Pinheiros. Depois vieram a venda fraudulenta para a Portuguesa, a doação de um terreno público no Jd. Leonor, os anos de Adhemar de Barros e Laudo Natel, o dinheiro do povo indo para uma obra privada e tudo mais que os senhores conhecem.

Corta para 2009. Como não se muda a genética oportunista, os leonores de agora são os descendentes diretos daqueles de décadas passadas. O que muda é a situação. O SPFW tanto fez que conseguiu perder o seu principal inquilino, o SCCP, que antes tinha o costume de alugar aquele antro maldito e deixar alguns trocados nos cofres leonores. Foi assim por muitos anos, até que ninguém mais conseguisse conviver com a empáfia, a desfaçatez e a alienação da escória bambi.

O ponto de ruptura se deu quando os bambis resolveram descumprir um acordo de cavalheiros, que previa todos os clássicos contra o SCCP na casa delas (vejam só!) com ingressos divididos pela metade e renda idem. As conseqüências já se desenham no horizonte, e não demorou para os leonores perceberem que o prejuízo pode ser enorme, em especial porque eles se dedicam agora a transformar em centro consumista o que já foi um estádio de futebol.

Para sustentar uma estrutura assim, exige-se consumidores, quaisquer que sejam eles – o bolso não distingue alma ou cor de camisa. Com o boicote de SCCP e Palmeiras (que já não manda jogos ‘normais’ por lá desde 2000), a estratégia ficou comprometida, de tal forma que é preciso novamente cooptar recursos financeiros de terceiros para manter um elefante branco que vive às moscas.

Mas ninguém mais precisa se prestar ao papel de um Porfírio da Paz e sair mendigando uns trocados por entre a multidão. Há táticas mais discretas – e eficientes: a esmola agora é midiática, à base de manipulação da opinião pública. Se antes tinham o Estado como aliado, agora os bambis desfrutam do amparo de uma crônica esportiva pervertida, perdida em sua falta de princípios e entregue a uma sórdida agenda de destruição.

É então que os senhores todos convivem diariamente com discursos vazios, produzidos não com alguma base empírica ou cognitiva, mas com o simples propósito de inventar uma realidade paralela, que é logo aquela que interessa aos cofres leonores. Funciona assim: “O Morumbi (sic) é o único estádio que presta e todos os demais devem ser implodidos”. Direto e reto, sem que se faça necessária qualquer argumentação - e a imprensa deixa passar.
Não à toa, portanto, uma figura da estirpe de JJ Scotch Whisky é capaz de sugerir a implosão do histórico Pacaembu, o mais belo e aconchegante estádio desta metrópole. E faz isso não por ter ingerido algumas doses a mais em uma noite solitária, mas simplesmente por carregar a genética dos oportunistas.

Há os que produzem esse discurso: são os pervertidos da mídia esportiva.
E há os que, por má intenção, desinformação ou pura ingenuidade, compram e passam adiante a falácia: pronto, manipulou-se a opinião pública. (Por sinal, cabe observar que muitos dos nossos maiores veículos de comunicação mantêm relações não muito claras com o clube do Jd. Leonor, o que inclui publicidade institucional em pontos diversos do estádio.)

O discurso vazio dos leonores tem lá as suas variantes, que proliferam em épocas como esta, de grandes jogos e decisões entre clubes populares. Alguns exemplos:

“É preciso pensar na segurança do torcedor e levar todos os clássicos para o estádio mais seguro”.

“É hora de os clubes ganharem dinheiro, e o jogo precisa acontecer no maior palco, com mais renda”.
“Temos que pensar no conforto do torcedor comum”.

"O Morumbi
(sic) é um campo neutro".
Estes acima são os argumentos genéricos, mas é sempre bom lembrar que estamos lidando com mentes tão criativas quanto malignas, e elas são moldadas por Casares, o maqueteiro do mal. É então que surgem as muitas tentativas de manipulação: a farsa do gás, a simulação de Bosco Pilha, o caso do Barril de Pólvora e os tantos protestos infundados. E dá-lhe discurso adaptado:

“O Parque Antarctica (note que eles nunca falam em Palestra Itália, talvez por vergonha do passado sujo) não oferece segurança para receber um clássico”.

"O Pacaembu é um estádio antigo e precisa ser implodido".

"A Vila Belmiro é muito acanhada para jogos importantes".


A verdade, meus caros amigos, é que as bichas entraram em desespero e resolveram pedir esmola. A imprensa já está fazendo a sua parte e começou bem cedo. Começo por sugerir a matéria publicada na FSP de 08/04/2009, sob o título "Clubes ignoram o caixa por palcos das semifinais".

A reportagem, em tom crítico, questionava Palmeiras, Santos FC e SCCP, que resolveram mandar os clássicos em suas respectivas casas. Alguns trechos relevantes:

"Recusado por rivais do São Paulo, Morumbi é o campo mais rentável do Paulista."

"O estádio são-paulino, classificado pelos rivais como não sendo um campo neutro, é mais rentável do que as arenas onde Corinthians, Palmeiras e Santos vão exercer seus mandos.
"

Para afirmar isso, os repórteres simplesmente desprezam o fato de os clubes todos terem de pagar aluguel para o SPFW se decidirem mandar os jogos por lá - não por acaso, pois o objetivo é exatamente permitir que isso continue acontecendo.

Aí é um tal de número pra lá, estatística pra lá, percentuais sendo enfiados pela goela do leitor mais desavisado. Até que o tal Jesus Lopes faz o papel que já foi de Porfírio da Paz e resolve lamentar a fuga dos inquilinos: "Já que o futebol é um esporte profissional, o objetivo é ter arrecadação compensadora para subsidiar os custos do time. Um momento como este, uma fase decisiva, com os clubes com maior capacidade de arrecadação, e eles abrem mão disso"

Notaram o desespero? E o tom de matéria paga?

Nos dias seguintes, a Folha (e outros menos cotados) deram suas estocadas aqui e ali, com críticas severas aos clubes que, vejam o absurdo!, resolveram exercer seus mandos de campo nas respectivas arenas. Da edição de ontem, 21/04/2009:

Título: "Desavenças apequenam decisão do Paulista-2009"
Linha fina: "Conflitos entre dirigentes tiram Morumbi da disputa por título, que será na Vila Belmiro e no Pacaembu com preços majorados por clubes"

Última frase: "Não é o que mostra levantamento da Folha, que apontou o estádio são-paulino como mais vantajoso financeiramente."

E assim vai seguir o desespero dos leonores. É de se esperar que, 71 anos depois, ninguém mais cometa o mesmo erro.

60 comentários:

Fábio Niterói disse...

Putza! Meu caro amigo Barneschi, eu nunca li um texto sobre o Panetone tão lúcido e bem escrito como este! Uma pérola irretocável.

Depois, quem diria, os "passionais e irracionais" somos nós, os torcedores. No entanto, nossa lucidez aumenta cada vez mais, a cada mentira da mídia. E este blogue é um dos que mais contribui para isto.

Marco disse...

bla bla bla.
Patetico como se fosse um torcedor da lusa a falar de algum clube grande.

E ha um erro factual em seu romance . Os saopaulinos nao chamam o terrao do palmeiras de parque antartica, eles chamam de chiqueiro mesmo.

Ou, atualmente, de area de lazer.

Claudio Yida Jr disse...

Primeiro, é incrível como ainda tem bambi com a cara-de-pau de vir a público depois da humilhação a que foram submetidas no último domingo. Mas conforme cantamos lá naquele pardieiro, "Ah, que isso. Elas estão descontroladas!"

Depois, essa discussão de estádio rentável é baseada em uma análise de números tão absurda que chega até a ser cômica. Basta pegar o montante que deixará de ser arrecadado com a eliminação bambi das finais para termo aí que até mesmo o time médio do litoral tenha mais dinheiro ao fim do campeonato que os admirados leonores.

Por fim, o que esperar de uma imprensa que semana passada falsificou até mesmo um prontuário criminal de uma MINISTRA, somente para usar isso como propaganda política em 2010? Ou de uma imprensa que chega até mesmo a colocar patrocínio no ingresso daquele antro?

Dessa vez, o troco será dado. As Barricas de hoje irão servir para apunhalar o oco peito dessa gentalha...

Luis disse...

belo texto..

cirúrgico....

só espero que os dois maiores continuem com essa atitude correta..., muito tardia, porém correta....

abraço..

Anderson Ugiette disse...

barney, mudando MUITO (sente o caps??) de assunto, li que vc estranhou (ou percebeu?) uma pequena reforma no estadio do PALESTRA quando "asfaltaram todas as alamedas que dão acesso às arquibancadas" (frase sua!).

Quando vc percebeu isso, aqui nos comentarios, o Vitor MV perguntou:
"E sobre o piso, é estranho, por que cazzo não deixaram pra reformar junto com a Arena?Por que gastar grana a toa?"

Agora me responde, é ou não estranho que, alem do piso, o PALESTRA coloque novas cadeiras ou crie um novo camarote como o 1nh0 coloca aqui(??):
http://blogdopaulinho.wordpress.com/2009/04/22/de-tirar-o-chapeu/

Aí eu pergunto:
Nosso maravilhoso ESTADIO não será reconstruido?? pra que caralho ficar melhorando algo que será ompletamente mudado?? vão reaproveitar o piso novo das alamedas na no ARENA?? e as cadeiras que o 1nh0 e o TVV noticiaram, vão reaproveitar tbm??

duvidas de um PALESTRINO preocupado...

abraços!!

FORZA PALESTRA E PELO SPORT TUDO!

André Molari disse...

Cara..sempre visito o blog mas nunca comentei, mas depois de ler esse post num dá. Muito bom

abraço

Irineu Constantino disse...

Perfeitas as suas observações.
Eu gostaria de saber se as empresas que se prostituem, colocando placas com suas respectivas marcas naquele pardieiro, continuarão a pagar o mesmo valor por minutos a menos de exposição. A mediocridade chega ao declínio. Espero que a diretoria do Palestra e dos rivales continuem com a estratégia de não proporcionar mais barricas para encher o cu daquelas meninas.

Vitor MV disse...

Texto perfeito, os dirigentes leonores devem ter arrancado os cabelos ao saber dos palcos das finais, não irão ganhar um realzinho sequer.Por falar em estádios,um dia desses li em algum blog(não palestrino)uma matéria comparando a final do campeonato carioca com a final do PAULISTÃO, e o babaca dono do blog fazia uma comparação do tipo: 180 mil x 60 mil. Querendo apequenar a decisão do Paulista, iria escrever um comentário paraa aquele cidadão, mas não estava com muito saco para isso, percebi que ele era só mais um alienado e não valia a pena rebater aquele texto escroto.

E Anderson, continuo com esta pulga atrás da orelha cara. É como se você colocasse um piso novo em sua casa, uma parede linda, um banheiro novo..Pra daqui a 6 meses você derrubar tudo e aí sim fazer a reforma desejada.
É estranho.

Abraços,

Raphael PH disse...

Esse Marco Bambi realmente nao tem noção do ridículo...ainda mais depois do ronalducho ganhar no arrancada do emo-zagueiro e dar um toque de classe no Tosco-Pilha.

Como disse um gambá amigo meu SPFC = Salão Para Festas Corinthianas

Sobre o texto irrepreensível. Chega de dar esmola para essa corja. Elas que afundem com esse elefante branco construido vergonhosamente com nossos impostos.

Como disse um dirigente do Palmeiras: Vao-se as rendas, ficam-se os títulos. Parece que isso a imprenssinha nao quer entender mesmo

palestra1914 disse...

Perfeito , Barneschi!

Só uma pergunta : não era uma bandeira do Brasil, ao invés de um chapéu , que Porfírio da Paz carregava em meio as torcidas enquanto as mesmas atiravam moedas para ele?
Sei que não é relevante , mas foi assim que sempre ouvi meu avô me contar.

Raphael PH , o dirigente do Palmeiras que sempre diz isso é o nosso presidente , L.G. Beluzzo.

Abraços ,

Bruno D'Angelo.

Forza Palestra disse...

Marco:
O que existe de patético nisso tudo é a sua falta de argumentos. Mas não dá para esperar muito mesmo de um imbecil que escolhe o caminho que você escolheu. Quanto às poucas besteiras que você diz, um comentário e uma pergunta:
1. Pode ficar tranqüilo, porque nós mesmos, quando em festa, chamamos o estádio de chiqueiro. Não é pejorativo, caro imbecil, mas a verdade é que nós já assumimos o ‘porco’ há 25 anos. Que tal vocês fazerem o mesmo com o simpático e meigo ‘bambi’? E mais: a argumentação fazia referência não à massa alienada, mas à imprensa, que insiste em falar em Parque Antarctica quando o correto é Palestra Itália.
2. É muito humilhante ter desvantagem contra um rival direto no histórico de jogos na sua própria casa?

Anderson:
Pois é, rolou uma pavimentação um tanto quanto estranha nas alamedas de acesso às arquibancadas. Eu te confesso estar bem fora do assunto Arena, mas é tudo muito estranho. Quanto ao ínfimo que pensa ser jornalista, só te digo uma coisa: ele nunca pôs os pés na nossa casa.

Bruno:
Tem razão, meu caro. Falha minha. Eu tinha escrito essa parte ainda na semana passada e esqueci de revisar. Está corrigido.

Mario disse...

Perfeito Barneschi,

Só gostaria de levantar um outro ponto sempre "esquecido" pelos "profissionais" da mídia esportiva.
Trata-se da exposição da marca em forma de cueca.
Elas espalharam aquilo por todos os cantos do gramado. Não vou entrar aqui na discussão do que é adequado e do que é exagerado em comunicação mas, digamos que o que elas fizeram com a marca é o mesmo que pendurar uma melancia no pescoço.

Pois bem, então os outros times vão lá no panetone, deixam dinheiro nos cofres bambis e, DE GRAÇA, divulgam a marca delas durante toda a transmissão, VT`s, Melhores Momentos, Replay dos gols e por aí vai.

Qual é o custo disso? Lembrem-se senhores "jornalistas" que é justamente pela exposição da marca que as empresas pagam milhões aos clubes. Lembrem-se também senhores "jornalistas" que são esses valores que ajudam os bambis a furarem as contratações daqueles times que deveriam usar "o melhor estádio do planeta terra". Qual é o custo disso?
Se futebol é negócio, caríssimos especialistas, qual o custo de se dar melhores condições de negócios para o seu concorrente?
Ou vocês acham que os parceiros que se instalaram no privadão ofereceriam as mesmas condições se soubessem que ali só aconteceriam clássicos quando o mando fosse do SPFW?

É muito simples. Jogar no Panetone é investir no SPFW. É dar dinheiro para a concorrência. E isso tem um custo alto para os adversários.
Só não entende quem não quer.

Abraços,

Anakin disse...

Olá Barneschi,

Não sei se vc lembra de mim,pois a primeira e única vez que argumentei aqui vc discordou,o que é natural,mas de forma um pouco áspera.

Mas dessa vez sou obrigado a concordar em cada palavra escrita e inteligentimente analizada aqui.

Mas,faltou um detalhe que passou desapercebido por vc.

Os falsarios da diretoria bambi,em mais uma de suas tentativas sórdidas de acabar com o desenteresse do Palmeiras em jogar no Morumbi,ofereceram um caminhão de dinheiro para o Santos convencer os dirigentes do verdão à levar os dois jogos semi finais para o panetone.

Como houve a recusa,os diridentes santitas mostraram a sua cara e não enviaram para o Palestra Itália os ingressos referentes ao primeiro jogo na Vila,venda que ocorreu somente lá.

Não sei se vc ficou a parte dessa situação.

Enfim,como Palmeiras e Corinthians acabaram se aproximando e muito os leonores estão tentando usar o Santos como aliado ou escudo,para se protegerem.

abraço

Filipe disse...

Palestrino, me poupo dos elogios que você sabe que devem ser feitos.
Me poupo também de responder a tal alienado biXa.
Simplesmente este texto está cacifando a segunda edição do jogo das barricas (em caixa baixa, defendo eu, afinal é uma vergonha) como nenhum outro poderia fazer.

Estou recomendando, e futuramente linkando, se me permite.

Abraço

Forza Palestra disse...

Mario:
Grande argumentação a sua, cara. A mídia vendida fala muito em profissionalismo, marketing, gestão e o escambau, mas simplesmente "esquece" desse ponto. Esquece, bem entre aspas mesmo.

Anakin:
Peço desculpas se fui áspero da outra vez. Eu tomei conhecimento disso bem recentemente, mas preferi não entrar nesse mérito, até porque não tenho provas disso. Mas, no campo da suposição, eis o que tenho a dizer:
Marcelo Teixeira recebeu alguns posts nada elogiosos por aqui, exatamente porque é um mau-caráter da pior espécie. E o caso dos ingressos na Vila é bem exemplar. Não sei se houve de fato essa aproximação com os bichas, mas não descarto essa hipótese, em especial porque ele defendia a hipótese de dois jogos contra Palmeiras e SCCP no Jd. Leonor.

Filipe:
Valeu, meu caro! A obra é coletiva.

palestra1914 disse...

Certa vez , ouvi de um dirigente bambi - que hoje em dia é conselheiro vitalício por lá - que para manter o Panetone em condições mínimas , era necessário vender no mínimo um jogador revelação no ano. Tudo bem que elas até revelam alguns jogadores de vez em quando. Mas quando isso não acontece , o que elas fazem ? 'Transformam' (através da imprensinha) um jogador mediano/medíocre em revelação , para conseguir valorizá-lo ao máximo e assim ter um mínimo de retorno possível.
A mesma coisa é feita com o Panetone. Só que como elas não tem argumentos favoráveis para o Panetone , a única estratégia é atacar os outros estádios. E prá 'ajudar' , fazem isso com uma arrogância de dar nojo.

Abraços.

Bruno D'Angelo.

Daniel disse...

grande barneschi!!! texto brilhante pra desmascarar essa gente!

Vitor disse...

Eu sei como fazer a imprensa parar de puxar o saco do São Paulo e diminuir o Palmeiras:
Basta o Verde trabalhar com um mínimo de competência e parar de abrir as pernas para nós, como fez no Brasileiro do ano passado, nas libertadores e outras decisões.
Os gambazinhos tão felizes com a vitória do último domingo? Parabéns, tem mais é q comemorar mesmo! Só lhes lembro q o São Paulo foi o q mais faturou paulistas nas duas últimas décadas(80 e 90). E enquanto o presidente de vcs sonha em ganhar uma libertadores no ano do centenário, nós já estamos correndo atrás da quarta!
Saudações!

Anderson Ugiette disse...

porra barney, nem falo do 1nh0 mas, o TVV tbm noticiou, eu fiquei sabendo atraves do cruz que disse que o 1nh0 anda citando o TVV quando cliquei nos links que o CRUZ disponibilizava vi a noticia...
é estranho neh??
como disse o vitor, é como fazer pequenas melhorias pra depois derrubar tudo e reformar da forma correta...
vc bem que podia ver como a arena vai ser feita, e qual a chance de estas melhorias serem aproveitadas na nesta nova arena!!!
enfim, sei que não é sua função mas, é só uma curiosidade....

abraços!!

FORZA PALESTRA E PELO SPORT TUDO!

Zoinho Centro/sul disse...

Vitor Biba !!

Sei que vc naum se ofendeu por falarmos mal do Morumbiba, afinal vc nunca foi lá.
Imagino que nem saiba chegar, e caso o SPFW chegue a alguma final, pega um taxi e pergunta como chega no Jd. Leonor.
Quando os bixas da minha rua vem encher o saco que o Morumbi é isso, que o Morumbi é aquilo digo duas coisas:

Os galinhas tem mais vitorias lá do que eles, e isso é vergonhoso.

E que mesmo sendo Palestra, já fui mais vezes naquele lixo do que 80% dos alienados que dizem torcer por aquela merda.


Abraços

Zoinho

Claudio Yida Jr disse...

AH, QUE ISSO! ELAS ESTÃO DESCONTROLADAS!!

Raphael PH disse...

Palestra1914, só para dar o crédito correto à sensacional frase:

"As rendas passam, os títulos ficam" - Paschoal Giuliano

http://terceiraviaverdao.blogspot.com/2008/04/se-o-mando-era-do-palmeiras-o-palmeiras.html

Fabrício disse...

Barneschi, mais um texto escrito com sabedoria, parabéns. Espero que as diretorias de Palmeiras e SCCP continuem com esta postura coerente aguardando o enfraquecimento evidente do time arco-íris.
Não sei se você chegou a ver um comentário meu no post sobre os "coxinhas", mas pra mim o público divulgado nos últimos jogos da Libertadores no Palestra tem tido seu número final afetado diretamente pelo fato das cobertas terem sido cedidas quase que totalmente para "convidados" dos patrocinadores.

Mário, perfeito. É a mesma discussão que tivemos nas semis do Paulista do ano passado e a imprensa nos chamando de doidos fanáticos.

Anderson, sobre os camarotes, a idéia ali com a melhoria do que já existia é justamente termos um modelo para comercialização deste tipo de Espaço na Arena Palestra, tipo um modelo/stand real. A fonte é mesmo o 3VV, o inho está sugando diversas matérias de lá.
Sobre a pavimentação até onde sei, ocorreu por conta de uma melhoria necessária para própria obra da Arena e foi aprovada pois talvez poderemos jogar no Palestra pelo menos até o final do ano.

Gde Abraço,
Fabricio

palestra1914 disse...

Raphael PH , muito obrigado.

Eu dei como certa a frase sendo do Beluzzo , pois , desde que assumiu a presidencia , ele tem repetido isso constantemente.

Se não me engano , o P. Giuliano mandou essa frase quando exigiu que a final do Campeonato Paulista de 72 fosse feita no Pacaembu e não no Panetone. Inclusive , foi feito um comunicado via imprensa.

Valeu mesmo pela lembrança.

Abraço ,
Bruno D'Angelo.

Anderson Ugiette disse...

pows Fabricio, obrigado mesmo pelo esclarecimento!!
é justo que haja esse tipo de modelo... afinal de contas a elite tomou seu espaço nos estadios e isso parece ser irreparavel, o que espero é que haja espaço ainda para o povo...
no mais...

abraços!

FORZA PALESTRA E PELO SPORT TUDO!

cesar disse...

Diante de um post desses não tem nem o que comentar mto, foi perfeito, Parabéns!!!!....


Com relação ao Morumbi, frequento lah desde 1.997, quando as Arquibancadas jah eram separadas por grades, e nesses 12 anos, cada ano que passa o Estádio SOH PIORA!!!! Eh incrível......

Rodrigo SP disse...

Texto perfeito. Assino em baixo!

Quando eu tava voltando do jogo contra a LDU, ouvi uma propaganda no rádio, e não prestei muita atenção, mas me parecia ser do penicão do jd. leonor. Alguém mais ouviu isso, ou eu escutei mal? Falava sobre os camarotes para grandes eventos como shows e jogos, e citaram até festas de aniversário! kkkkkk
Isso deve tá rolando no rádio, não sei se era realmente propaganda daquilo que elas chamam de estádio, mas se for mesmo, é mais uma prova do desespero bambi.

Fernando disse...

Desespero é encontrar qualquer notícia para denegrir o são paulo e relembrar essa história das barricas - como se ela tivesse acontecido como está contado aqui...

pois não foi. aquilo foi um torneio amistoso, como existiram outros na época em que a grana foi para outras equipes (palestra e corinthians), dependendo de quem organizava.

é muito fácil recriar a história conforme sua conveniência e ter uma legião de crédulos para dizem amen, "como vc é bom", "é isso aí, cara"

se quiser provar alguma coisa, cite fontes, e não apenas uma e palmeirense.


ah sim, provavelmente a resposta de vcs será "bambi, imbecil, bixa, sub-raça-alienado" pq esses são os argumentos de vcs!

Forza Palestra disse...

Fernando,

Sinto dizer, mas aconteceu assim mesmo. Eu não tenho culpa se as pessoas que pertencem à mesma escória que você cultivam, digamos, uma predileção por desconsiderar tudo o que aconteceu antes de 1992. O problema é todo de vocês, mas eu folgo em saber que pelo menos você já aprendeu algumas das designações compatíveis com o que vocês são.

O Jogo das Barricas é um fato histórico documentado, e a sua argumentação é descabida e desprovida de qualquer tipo de pesquisa. De onde você tirou isso? Chutar nessas horas é feio, sabia?

Antes eu tivesse me baseado em “qualquer notícia”, meu caro. São várias as notícias que me levam a essas conclusões, e elas se multiplicam por toda a mídia esportiva, um pouco por alienação, mas essencialmente por má intenção.

Aproveito a visita de mais um bambi para propor um questionamento interessante.

Eu me referi no post a Porfírio da Paz como o autor da letra do hino que ninguém sabe cantar. Percebeu isso?

É então que pergunto: você seria a exceção que confirma a regra?

Porque eu juro que estou procurando há anos algum bambi que se disponha a cantar todas as estrofes do hino do próprio clube. É pedir demais?

Anônimo disse...

Barneschi, seus argumentos são fraquíssimos. Sobre as barricas, vc pode ler isso: http://spfcpedia.blogspot.com/2008/09/taca-henrique-mundel.html
Aí se vc me disser q a fonte é tendenciosa, eu lhe respondo: sim! Como as suas também.
Pode ter certeza que o SPFC, em toda sua história, nunca teve dívidas tão altas quanto as que seu time tem HOJE!
O resto é dor-de-cotovelo e historinha, como a que o porquinho Del Nero inventou e inclusive foi punido por isso. Falar até papagaio fala, mas na hora de provar é que a porca torce o rabo!! E no jogo do gás, não se esqueça q antes de acabar o jogo ainda tiveram a cara de pau de apagar os refletores!! Mas aí foi acidental, né? Ah se é no Morumba...

Filipe disse...

Meu Deus!

Usar esse michel como referência?(aliás, deve ser o próprio, que "assina" como anônimo, pois só ele pra fazer referência a si mesmo...)
Não, não. É dose.
E argumentar "se vc me disser q a fonte é tendenciosa, eu lhe respondo: sim! Como as suas também"?

MEU DEUS!

Vão aprender a pseudo-história desse pseudo-clube. Mas a pseudo-história de verdade, não a inventada para alienados acreditarem.
É feio brigar com fatos, "anônimo" e fernando.

Disse o outro: "ah sim, provavelmente a resposta de vcs será "bambi, imbecil, bixa, sub-raça-alienado" pq esses são os argumentos de vcs!"
Não, não é isso: é isso que vocês são, de fato.
E a cada comentário de algum de vocês, isso fica mais e mais provado.

É um bando de alienado, de fato...
Deliqüentes morais. Preguiçosos. Desavisados.
O próprio michel prova isso quando inicia o post com um "Após aventuras e desventuras do início da década de 30, o bambi escroto suplantava as dificuldades com o maior dos empenhos". EMPENHO? É pra rir?
Chamar a MENDICÂNCIA de empenho vai além da deliquência moral.

Vou deixar um relato, então.
Tenho um lado porco e um lado Corinthiano em minha família. Minha Vó, Palestrina, e meu Vô, Corinthiano, viveram esse "jogo" na juventude, e eu, por minha vez, passei a vida inteira ouvindo isso, DA BOCA QUEM VIVEU. Ou seja, TESTEMUNHAS OCULARES. Não venham com essa pseudo-idéia de "torneio amistoso", senão vão acabar acreditando também que o porfírio da paz, o adhemar, o laudo, o casares, a juju, são todos santos. Que "trabalharam" ou tiveram "fé"...
Ou que, de fato, houve essa "reincorporação do Estudantes Paulista - clube irmão de origem e que passava por dificuldades financeiras" que o carinha quer fazer crer, e não UM ROUBO DE PATRIMÔNIO COM A AJUDA DA SECRETARIA DE ESPORTES, dominada pela ditadura da época...

Nossa, é tão absurda essa bambizada que parece uma peça do Eugène Ionesco... claro, sem a graça e sem o sentido que ele dava. Aliás, bambi não dá sentido...

BANDO DE alienados!!!

Vitor disse...

hahahaha
Filipe, primeiro: não sou o Michel.

Segundo: Pseudo-história de verdade? E quem é o dono da verdade? Você? Ah, tá bom...
Pelo menos no site do Michel ele cita as fontes que ele consultou, livros, vídeos, etc. Quais são suas fontes? Vovô e vovó?? rsrsrs
Eu que digo, Meu Deus!!

Santos? Vc acredita em santos?? Eu não. Não ponho a mão no fogo por nenhum deles. Nem os do meu time nem os do seu. Ou lavar dinheiro do Berezovski pra montar time é bonito?? Mas isso não faz parte da "pseudo-história" do seu time, né? Rui Rei pra sair da fila tbm não, né?

Meu caro, cada um conta a história da maneira que lhe convém, essa é a verdade! E idiota é quem fica apegado a essa "verdade", que não muda o passado, o presente e muito menos o futuro!

Façam o jogo das barricas! Mas usem a grana pra saldar os 100 milhões de dívida do teu time!

Filipe disse...

Quem precisa afirmar que é ou não é alguém já começa errado.

Verdade dos fatos é que está sendo dita. Todos os trechos desse carinha que você venera e que eu destaco são interpretações.
E são, portanto, menores que os olhos que VIRAM. E entenda: é Vovó Palestrina e Vovô Corinthiano que estão tendo a mesma visão da coisa.
Pra você isso pode não significar nada, porque você não conhece nada. Mas isso significa muito para bom entendedor.

E você acredita na juju? Seus pseudo-argumentos são toscos.
Como quem moldou seu modo de "interpretar" e "achar" o que são as coisas. Por isso é um alienado.

Quem conta a história como convém só não pode mudar uma coisa, essencial à própria história: O FATO. Principalmente quando há testemunha.

Compreenda, pobre bambi, que se você vem aqui arrotar tantas merdas, é porque o idiota é você.

E, pra finalizar, vamos fazer como porfírio gostaria que fizéssemos; vamos ajudar a saldar a dívida de quase cinquenta milhões com o INSS, orgão público, que faz vista grossa, dessa corja imunda que te transforma em ser acéfalo e alienado.

Só não precisa ficar descontrolada, tá?

Filipe disse...

Aliás... Rui Rei... Quem fez o gol foi o Basílio, né?

E, pasme: não precisou descer nenhum governador de helicóptero no meio do campo e pressionar arbitragem...

Ô bambi, pára de repetir o que o flavio da prado e a juju adoram que você repita...

Filipe disse...

E, desculpe a chatice, Palestrino, mas devemos lembrar que naquele jogo contra o frufru, que "deu" o título à bambizada, o cardíaco não jogou nada, fez corpo mole, e tudo o mais. A mídia bambi nada diz, e ele está empregado onde agora?...

Marco disse...

Barneschi, o fato de do palmeirense gostar de ser porco, nao tira o pejorativo do significado.

Procuro compreender vc,pois vc eh praticamente da geracao parmalat, e com certeza nunca foi ao estadio, num classico do seu time, e ouviu um POOOOORCO tenebroso vindo dos adversarios.

Vcs eram saudados assim e continuam sendo, mesmo se sentindo verdadeiros porcos, e gostando disso.

O mesmo ocorre com o terrao suino.
Nos o chamamos de chiqueiro e um chiqueiro eh sempre um chiqueiro. Eh onde vivem os porcos chafurdantes na lama. Se vc gosta disso, eh apenas um detalhe.
Prezado, porco*

*leitao ou suino, se preferir.Mas time pipoqueiro, em qquer situacao.
Dai, a area de lazer.

Jogar no chiqueiro, eh uma grande moleza.

Anônimo disse...

a verdade prá quem adora falar dela é que a Ponte foi roubada escadalosamente pela bambizada e pela gambazada (fatos comprovados por testeminhas oculares)...
bambi aqui é osso, briga de bambi com gambá dói no saco, vão marcar encontro no msn e se chupem a vontade onde bem quiserem, se pá preservem suas famílias dessa escolha escrota em dar a bunda...
Aqui é Palestra!!!

Parmera

Forza Palestra disse...

O cômico de ver as sofríveis tentativas de argumentação dos leonores é que elas, tal qual uma geração spam, só sabem repetir as besteiras profanadas por aí, mas não conseguem rebater os argumentos contrários e, pior, nunca respondem aos questionamentos.

O primeiro bambi, lá do alto, que ousa colocar aqui o link para uma tal wiki bambi, é inábil a ponto de relacionar o filho da puta do Del Nero ao Palmeiras. E aí vem me falar da farsa do gás, reiterando tudo o que é dito neste post. Obrigado, alienado. Você só justifica tudo o que eu escrevo.

E o cara vem falar em dívida?

Tem certeza, bambi alienado?

Pois aí você entrou, por pura ignorância, em um terreno perigoso. O teu time, alienado, é um dos maiores devedores do INSS, bem à frente, diga-se, do Palmeiras.

Quanto ao Marco, é justo dizer que não há um palmeirense sequer que se sinta ofendido com a designação ‘porco’. E aí você se perde por completo ao falar em “Geração Parmalat”. Bizarro, para dizer o mínimo.

Noto ainda que você – como qualquer outro bambi – mostra-se incapaz de responder aos questionamentos que são feitos aqui.

Eu entendo, bambi: deve ser triste não saber cantar o hino do próprio time.

Por sinal: pra quem você torcia até 1992?

E o que acha de, na sua própria casa, perder no confronto direto para um rival da mesma cidade?

Anderson Ugiette disse...

barney, criei a minha conta blogger pra poder comentar... pensei que isso seria necessario aki... tah enchendo o saco os bambis alienados por aki. parecem alguns torcedores das barbies daki:
"somos HEXA"
"sim, mas o fato de vcs não aceitarem negros na sua torcida até meados dos anos 60 (quase que oficialmente)??
"somos HEXA"
"e o fato de vcs conseguirem um emprestimo (do governo do estado) pra montar um time a alguns anos(no ano da batalha dos aflitos)?? foi legal?? já foi pago???
"somos HEXA"

pense em uma argumentação...
tem também os torcedores da minhoca colorida:
"tri-supercampeão e maior estadio de PE"
"e o fato de que nesses anos o predidente da federação pernambucana se dizer torcedor do SPORT mas, ser socio do santa cú?"

"tri-supercampeão e maior estadio de PE"

" e o terreno do teu estadio, ainda é publico ou a doação corrigiu esse 'lapso'??

"tri-supercampeão e maior estadio de PE"

"o fato do anel superior ser construido com dinheiro publico??"

"tri-supercampeão e maior estadio de PE"

"e o fato do presidente do seu 'clube' na epoca da construão do 'estadio' ter conseguido ajuda do ESTADO, do SPORT e das BARBIES??"

"tri-supercampeão e maior estadio de PE"

e por aí vai... e ainda temos os malditos da TJS:

"TJS"
"a união punhos cruzados que envolve a tjs envolve tbm a JovemFla, torcida do Flamengo que faz parte da polemica de 1987... o que vc pensa disso?"
"TJS"
"e o fato dessa 'união punhos cuzados' unir a TJS com a pior (sub)raça que existe no futebol, os torcedores do SPFW?"
"TJS"

falta argumentação...

enfim barney, permita apenas assinantes do blogger ou algo que o valha... ou então diga aos seus leitores/amigos que ignorem essa corja...

abraços!

FORZA PALESTRA E PELO SPORT TUDO!

Marco disse...

Barneschi, nao existe time da capital de SP com tantos registros de pipocada em casa, em jogos faceis qto o palmeiras.

O resto eh bla bla bla de porco jovem que nao ouviu o POOOOORCO dos adversarios.

Eh por isso que sempre dizemos..
o Chiqueiro eh area de lazer dos adversarios do porco.
O porco parece o marido esquimo, que oferece a esposa qdo recebe visitas.

Verdaço disse...

"O porco parece o marido esquimo, que oferece a esposa qdo recebe visitas"....nossa...a descontrolada fala com tanta convicção,que só pode ser experiencia propria.

Barnechi,excelente texto.Mais um.Agora ,não espere convencer a bixarada da verdade....logo,logo uma delas me sai com um..."a globo filmou?"...."tem gravado isso em dvd?"..."foi reconhecido em cartório?".....as mucamas do bebado são assim mesmo.Alienadas ao extremo,e pior...ficam descontroladas.E tem bixinha incomodada com que a maioria dos palmeirenses abraçaram o "porco"...ate nisso são invejosas.Credo.Ô bixarada abracem o bambi ou caralh....e sejam feliz.

Vitor MV disse...

Meu Deus! O cidadão tem a coragem de vim aqui falar sobre dívidas, como diria o extinto ROBINWOOD: É INADMISSÍVEL.

Claudio Yida Jr disse...

A cara-de-pau é sem limites. Depois de serem humilhadas em dois finais de semana seguidos, as meninas ainda têm a manha de querer aparecer. Não vamos perder tempo com a escumalha. Basta apenas entoar: "Ah, que isso. Elas estão descontroladas!"

E puta cheiro de zumbi...

Palestra disse...

Ao Marco:

Que bela Área de lazer vcs enfrentaram na semi do Paulista 2008 heim?

Engraçado, se a área é mesmo de lazer, pq vcs não tem mais vitórias do q nós no confronto direto lá dentro??? Curioso não?

Agora, ter menos vitórias em casa em um confronto direto, para um rival da Capital não é mérito do Palestra e sim do SPFC!

HAHAHAH

Um abraço a todos!
Vitória em Santiago!
Edu

Forza Palestra disse...

Marco,
A título de curiosidade apenas:
Por que vocês têm tanta dificuldade em responder às perguntas que são direcionadas a vocês? Por que não se esforçam para rebater o que é dito contra vocês? Por que não tentam transmitir uma imagem diferente? Por que não se esforçam sequer para desqualificar de maneira minimamente convincente os discursos contrários?
Seria tudo isso vergonha por uma história tão suja?
Aproveito para dizer, meu caro, que essa do “marido esquimó” foi, num linguajar bem direto, de foder. Você tem conhecimento de causa? Já viveu entre os esquimós?

Vitor disse...

Barneschi, repito, seus argumentos são fraquíssimos!!
Você vem querer contar vantagem pq o Corinthians tem vantagem contra o São Paulo no Morumbi?? E na "casa deles", o Pacaembú, a vantagem é de quem?? Mas essa é uma discussão entre os torcedores desses times, não sei pq vc se apóia nisso.

"é inábil a ponto de relacionar o filho da puta do Del Nero ao Palmeiras"
Mas o cara é conselheiro de quem? Do Jabaquara?

Você fala de INSS como se fosse o único tipo de dívida de um clube. Pois saiba, não é. E a divida do parmera é MUUUITO maior que a do São Paulo, mas vc, como torcedor fanático que é, com certeza sabe disso, só tá se fazendo de louco.

Cantar o hino? muito fraquinho esse argumento. Manda um melhorzinho.

Eduardo Buzo disse...

Forza Palestra, leio sempre seus posts e gosto muito, apesar de comentar pouco.

Mas hj, me sinto na obrigação de lhe parabenizar pelo texto...

É ótimo tomar conhecimento do desespero leonor... hehe

Vitor MV disse...

Uma pergunta que o Barneschi sempre faz aos bambis e eu repito aqui:

PRA QUE TIME VOCÊ TORCIA ANTES DO SPFW?

Ao Vitor(bambi), ninguém aqui está dizendo que o INSS é o único tipo de dívida de um time, mas não deixa de ser DÍVIDA, e o problema é que você e tantos outros bambis falam das dívidas do Palmeiras, mas se esquecem de olhar as dívidas do seu time, que aliás, já está atrás de dinheiro público para reformar aquele velho "estádio", não é mesmo?.

Filipe disse...

AH QUE ISSO, ELAS ESTÃO DESCONTROLADAS!!!

Anônimo vítor, chora. Dê a mão pro arrego pavão, outra descontrolada, que é esse colono que assina como 'parmera', que tirou o cabo da enxada do rabo, lambeu e veio cá arrotar merda, e vão embora.

São duas alienadas que se merecem.

Alexandre disse...

Engraçado que o Ricardo Perrone, editor de esporte da Folha, é.......Palmeirense.

Luciano Stinchi disse...

Link com bandeira identica usada por Porfiro da Paz pra arrecadar mais esmola no jogo das barricas

http://www.cara-friend.org.uk/images/pride-2007-castro-rainbow-flag.jpg

Forza Verde disse...

Marco e Vitor,

Vcs são absolutamente exemplos perfeitos da essência podre que forma a SUB-RAÇA DE MERDA da qual, claro, fazem parte.

Se torna até desnecessário dizer que são alienados, vagabundos, canalhas, oportunistas, otários, sujos, cretinos, que são um monte de bosta, que possuem um gigantesco nanismo mental...e coisas do tipo.

Mas como faço questão de sempre lembrá-los...

Forza Verde disse...

Perdão, me esqueci de dizer que tbm é incrivelmente incrível a falta de capacidade de vcs em conseguir argumentar qq coisa e a total capacidade de vcs em escrever, escrever, escrever, e falar, falar, falar, e, no final, NÃO SE APROVEITAR NADA!

Anônimo disse...

quem se enrosca é bambi e gambá, eu nunca vou me misturar, aproveita que tem palestrino com coração bom a ponto de trocar idéia e conversar com um aborto como vc. filipe, pai de família mau carater...
Claro que vc. é corno...
e claro que quer dar prá parmerista...
nunca me enganará , filho de mulher do meretrício...
O TIME DA MÍDIA NÃO ME ENGANA NUNCA,O TIME DA POLÍTICA MENOS AINDA...
Imagino o desgosto de seus antepassados palestrinos de terem um descendente gambá, em tudo que um gambá pode ser de lixo...
Gambá legítimo, culpa da parteira que devia ter ficado com a placenta, seria melhor para o mundo.

Parmera

Cuspo em bambi, piso em gambá.

Filipe disse...

O arrego pavão enfiou um pau de enxada mais grosso dessa vez. Alargou tanto o cu dela, e saiu tanta merda, que ela até engasgou. Isso são arrotos tossidos de merda.

Ah, que isso. Arréga tá descontrolada!!!

cesar disse...

Caramba 50 comentários e nenhuma resposta decente de um bambi, jah virou piada esses IMBECIS que comentam por aqui, elas necessitam de autoafirmação e se baseiam em argumentos ( ou seriam ideiais?? ) totalmente sem sentido....

Anônimo disse...

"o pau de enxada no cu
sou gambá nojento
chupo pau de bambi, dou prá palestrino
o pau de enxada no arroto
blablablabla, sempre falo a mesma coisa, blablabla, a enxada no cu"

Um moleque gambá, que tem inveja de bambi, que negou a genética verde, um aborto.

Comentários como de nosso imbecil e aparecido gambá em blog verde só nos deixam a pensar, terapia poderá resolver?

Parmera

Quem tem sangue verde tem ódio de rival, inimigo ou o nome que se queira dar a um bambi de merda ou a um gambá filho da puta.

Filipe disse...

Acusando o golpe, como sempre. Eis aí o pavãozinho que usa a caixa de comentário como escape para o arroto.
O mais engraçado é que, na minha família, foi o porco que negou a genética gambá. Só pra demonstrar, mais uma vez, que o arrego não tem noção do que diz.

ENFIA O PAU DE ENXADA NO CU, colona descontrolada!!!

Anônimo disse...

Sou corinthiano, maloqueiro e sofredor, graças a Deus !!! E vos digo: para que tanta violência no uso de palavrões, geralmente BIXA ou fala certinho, ou chinga bastante para mostrar o seu lado mais homem ! Se é que existe um lado mais ou menos homem, poq sou da opinião de meu pai que quando o cara é suspeito: "ou é ou foi ou será". Não tem meio termo !

Apesar dos pesares, ou seja, de termos "problemas" por gostos pontuais. Quero parabenizar o escritor dessa resenha devido ao conteúdo informativo articulado nesse post. Com o adentro daquilo que já expus acima.

E digo mais, à época do incidente, quando JJ Tonpson, através de seu coleguinha de classe, disse que o mando de campo era "lei" e que tinham os ingressos provenientes dos planos dos cartões de crédito. Já tinha entoado, em minha mente, que o "pedido de desculpas" não demoraria a acontecer. E o melhor de tudo isso foi a consequência, que apesar dos pesares e retração um tanto quanto ridícula feita por JJ, o Sr Andres ( que digasse de passagem, não é lá flor que se cheire ) disse: "aqui não sabichão!!".

Foi tão infantil essa postura, no mínimo estúpida, da parte do JJ, que ele se esqueceu que essa atitude foi tomada no ano anterior ao centenário de um dos clubes mais visados da mídia, e sendo assim, a grana vai rolar solta o ano que vem !!

Sadendo disso tudo que o autor expos nesse post mais esses comentários, por fim, só posso chegar a uma conclusão: o tempo é justo e uma hora, seja lá a dívida que se contraia, ela será paga com juros e correções monetárias. há há!

Marco disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.