15 outubro 2009

Padrão Globo de Rivalidade

A rivalidade entre Brasil e Argentina existe, não há dúvida, e é bom que seja assim. Mas não creio que os torcedores de verdade, aqueles que vivem intensamente o futebol, tenham desejado tanto que os nossos vizinhos ficassem fora da Copa como tenta fazer crer a emissora câncer, aquela que tanto faz mal ao futebol brasileiro.

Não chego ao ponto de pautar tudo pela minha opinião, amplamente favorável a argentinos e uruguaios, seja por admiração aos dois países, à história do futebol por eles praticado ou, acima de tudo, à maneira como encaram o esporte. Seria uma distorção, mas eu entendo que ninguém, em sã consciência, preferiria ver o Equador ou a Eslováquia na Copa, ficando a Argentina de fora.

Embora isso seja direito de qualquer um, o que não dá para aceitar é a rivalidade artificial, difundida de maneira acintosa pelas Organizações Globo em todos os seus veículos de comunicação. É sórdido, é bizarro, é desprezível. O amigo Filipe tratou do tema
aqui e eu sinto-me obrigado a reforçar o que já foi dito com a imagem de um dos exemplos citados. É algo que vai além das infantilidades do apresentador idiota do Globo Esporte, dos devaneios patrióticos de Galvão Bueno ou das piadinhas ultrapassadas do Casseta e Planeta.

Trata-se da capa do Diário de S.Paulo de hoje:


É atroz, é grotesco, chega a ser criminoso. É o Padrão Globo de Rivalidade, mas agora eles foram longe demais ao brincar com algo muito sério. É um desrespeito não contra o técnico ou o ex-jogador Maradona, mas contra o ser humano Diego Armando Maradona e contra tudo o que ele representa para a história do futebol. É, portanto, um atentado contra o próprio futebol. Coisa baixa, pequena e covarde.

Por sinal, seria bom levar em conta que Casagrande, (ótimo) comentarista da casa, enfrenta o mesmo problema de Maradona.


*Em tempo: para os que não são habituados ao mercado de comunicação, cumpre dizer que o Diário de S.Paulo é o jornal das Organizações Globo em SP.

28 comentários:

Claudio Yida Jr disse...

Não só o Casagrande como grande maioria do núcleo de dramaturgia da emissora.

Coisa nojenta (mas eu quero que o Uruguai se foda. E viva a Bolívia, essa potência futebolística!!!).

Anônimo disse...

Diga-me, Clarín e Olé não tripudiam de nós da mesma forma?
Kléber

Junior disse...

Dale Diego! Como você sabe, também sou grande admirador do futebol na Argentino e no Uruguay, com leve preferência pela seleção celeste.

Mas confesso que jamais poderia torcer contra D10S ontem. Primeiro, pelo que ele representa, o maior que já vi.

Lembro daquelas manhãs de domingo para ver o Napoli de alguns dos meus antepassados jogar.

Para vê-lo, fui uma única vez em meio a torcida bambi, naquele amistoso contra o Sevilla. Assim como fui até ao lúdico Showball em São Bernardo do Campo.

E hoje, após toda a repercussão do jogo de ontem, não me arrependo em nada de ver a Gloriosa Celeste tendo que adiar sua classificação ao mundial contra a inexpressiva Costa Rica do perdedor Renê Simões.

Como agora está gravado na Bíblia: Y que sigan chupando todos!

Blog do Meu Saco disse...

Inacreditável. De uma baixeza inédita. Uma nota para Kléber (Anônimo):

1º O Olé é do Clarín. Consulte www.ole.clarin.com/

2º Eles brincam, não escarnecem.

3º Caso escarnecessem - coisa que não fazem - ainda assim isso não nos liberaria para descer até esse nível apresentado pelo Diário. Se um camarada violentar-lhe a mãe, estou certo de que você não se sentiria à vontade para fazer a velha dele na marra. Tenha a santa paciência.

Forza Palestra disse...

Kléber,

O André (acima) fez o primeiro esclarecimento necessário.

Quanto ao restante, o Diário desceu a um nível bastante preocupante. Imagine a situação de alguém que tem na sua família uma pessoa dependente de drogas (lembro que isso é uma doença) e se depara com uma chamada como essa?

De resto, o Olé costuma usar de um humor mais sofisticado em suas manchetes. O que fez o Diário é de extremo mau gosto.

Rafael disse...

grande Barneschi!

é ridículo isso que os caras fazem véio...é deprimente!

ontem no bem amigos falido o galvão falava com um tom dramático que a argentina tinha classificado...que medo todo é esse??
e o babaca do reporter da sportv que teve a cara de pau de ir na sede do Ole pra tirar sarro dos caras dentro do país deles no trampo deles????
ai podemos ver a diferença entre eles e o povinho brazileiro, como apontou o Falavigna

ai chega na copa e o que acontece???
quem treme?? quem amarela??

ah ta...

PS: será que a culpa pelas filas era da BWA mesmo?

Anônimo disse...

Falou ó profeta da moral e dos bons costumes
Julio

Forza Palestra disse...

Julio, meu caro, este blog é tudo, menos um veículo em defesa da moral e dos bons costumes. Se nego quer levar o futebol na base da brincadeira ofensiva, passa a ser meu inimigo mesmo.

Nicola disse...

Criminoso mesmo, uma vergonha... E como lembrou o Claudio, não só o Casagrande como grande maioria do núcleo de dramaturgia da emissora.

Grande Maradona! Deve ser inveja, porque ele foi, e é, muito mais ídolo por lá (e na Itália também), do que o Pelé é aqui. A ponto de ter até uma religião onde é deus (mesmo eu achando isso ridículo, mas enfim).

Gabriel Manetta disse...

o pior foi assistir hoje o Redação Sportv.....acho que eu assisti esse programa umas 3 vezes o ano inteiro, e me arrependo sempre.....

os aspirantes a jornalistas, se quixavam dos cantos dos jogadores após o fim do jogo, "hooo hay che allentar la seleccion", e "llupen" do Diego e Billardo....se doeram tanto por algo tão normal no futebol, e ainda quiseram acabar com o time argentino, chamando de mediocre a campanha, falando que a Argentina não tem time pra nada e etc...esqueceram que o Maradona não foi o único técnico do time nas eliminatórias, e sim, ele fez a diferença, os jogadores fecharam com ele, e um grupo fechado vale muito......será que os pseudo jornalistas da Sportv se esqueceram de como o Brasil se classificou em 94 e 2002??? o Felipão levou patada de todo mundo, principalmente da Globo por não chamar o carioca Romario....e deu no que deu, o grupo fechou com ele, e jogando o futebol butineiro levantou a taça...em 2006 a selecirco querida e amada do povão tomou no cú....

resumindo...a Globosta deve ter inveja do Maradona, porque ele é o que a Globo não conseguiu fazer o Pelé ser, ÍDOLO DE UMA NAÇÃO....

João Medeiros disse...

Cara, foi nojenta a sugestão do vício do cara. Bem no nível dessa corja despeitada. Usei a foto lá no Papo também. Isso é criminoso.

Mudando de assunto, Dieguito lavou minha alma. Lembrei do blogue aqui mandadndo "chupa" pra bambizada e pra imprença. Os caras agora vêm cuspindo fogo no mundial.

Abração.

Pedro Pellegrino disse...

Diário de S.Paulo foi comprado pelo palmeirense J.Havilla.

Anônimo disse...

Pô Barneschi sempre acompanho seu blog e concordo com suas opniões, mas neste caso...eles, os argentinos, tb já fizeram coisas piores com a agente colocando na capa do olé, em uma competição que não me lembro qual, que eles iriam enfrentar os macacos...pois estava o Brasil ou uma seleção da África disputando uma vaga.

Rodrigo Moacyr disse...

Barneschi, discordo de vc nesse post.

Eu adoro futebol, vivo isso diariamente e torci contra a Argentina.

Sem duvida nao seria a msm coisa eles longe da copa, mas esses times que se classificam na bacia das almas sempre levam.

Do mesmo jeito que sempre admirei o futebol do Ronaldo, mas torci contra ele a partir do momento que foi jogar no SCCP, eu sempre admirei a raça e o futebol argentino, mas também torci para eles ficarem fora.

Rafael disse...

É como o André do Blog do Meu Saco disse: nao é porque eles já fizeram (e receberam e ainda recebem as devidas críticas) que temos que fazer também. Isso é repetir o erro. É pior ainda.

Ulisses - O GLADIADOR disse...

Gabriel, seu irmão chama-se Felipe Manetta?

Quanto aos comentários, a Globo ta sempre errada inclusive quando acerta...

Luigi SEP 1914 disse...

Falam do D10S, mas esquecem que o filho do "king"(kong) é um boyzinho maconheiro traficante de merda!
CHUPA gloBOSTA!!!

MARADONA és más grande... és más grande que pele!!!

Luiz disse...

Luigi Eterno!

Marco Túlio disse...

luigi racista...
hahaha 'king kong' foi foda!!!

na boa,
Nao gosto do Maradona entre tantos outros motivos pq ele deu agua batizada pra nos em 90 (foi 90 msm né?) e depois apareceu na TV zombando e rindo alto, no alto de seus 200 kg (na epoca).

Forza Palestra disse...

Pedro,

O J. Hawilla é dono da rede Bom Dia, que tem alguns jornais pelo interior de São Paulo. Mas o Diário de S.Paulo, antes Diário Popular, é das Organizações Globo.

Abraços

Forza Palestra disse...

Detalhe: o título do post é "Padrão Globo de Rivalidade". Eu escrevi assim, deu um problema na postagem e aí, na segunda vez, saiu como "Padrão Globo de Qualidade". Já foi feita a correção, no entanto.

Rafael disse...

Barneschi, o Pedro disse isso porque saiu essa notícia aqui ontem à noite:

http://www.brasileconomico.com.br/noticias/diario-de-s-paulo-e-vendido-para-grupo-traffic_70019.html

FelipeCosta disse...

Eu, particularmente ODEIO a Argentina.
Pra mim só tem 3 coisas qe me interessam lah: Alfajor, Doce de Leite e Cassinos.
Morei 12anos na fronteira da argentina e minha reação com eles é só uma. Nojo.
O Maradona pramim vale tanto qndo o país dele, desonesto não é sinonimo de malandro.

Não defendo nem de perto, mas eles não expressam nem metade doqe minha antiga cidade sente pelos castelhanos.
Foda-se Argentina. :)

Forza Palestra disse...

Pô, então eu retiro o que disse antes. Foi só ficar um dia sem ler todos os jornais aqui pra eu perder essa notícia. Bom saber...

Valeu, Pedro e Rafael!

Filipe disse...

Palestrino, só vim ver hoje teu post. Honrosa referência, meu caro.
O título do post é perfeito.
E pelo jeito foi a última merda que o câncer aprontou neste veículo, que está nas mãos daquele outro agora.

E lembro o amico Luigi que guardo comigo um Manto Napoletano com o número 10 bordado, usado no campeonato de 88-89 pelo próprio D10S num jogo famoso contra a merda do milan.
Se quiser, depois te mando uma foto bem bacana.
Abraço.

Xadrezderua disse...

É um momneto raro, mas tenho de discordar do Nobre Barneschi..

Maradona é um produto argentino e assim deve ser considerado: rancoroso, exibido, prepotente, doente e metido...

Sabe o que a Argentina e o Maradona têm mais que o Brasil ???

TÊM MAIS É QUE SE FUDER.......

Xadrezderua disse...

Em tempo....

O MEU NOJO PELOS ARGENTINOS, SÓ NÃO É MAIOR DO QUE O MEU ÓDIO AO SÃO PAULO FASHION WEEK...

JoãoP disse...

Olha, a discussão aqui transpassa os limites do futebol. A ofensa é direcionada à pessoa do Maradona, porra. À vida íntima dele, aos problemas pessoais do cara.

Quando digo que a cada dia que passa as coisas estão piores nessa porra desse sociedade, tem gente que me chama de fascista. Mas tem como não ser?

Abraço.