11 janeiro 2010

O Palmeiras e o sócio-consumidor (3)

Tivemos em 2009 este post e depois este outro, ambos dedicados a mostrar o quanto o Avanti Palmeiras, programa criado pelo clube para supostamente se relacionar com seu torcedor, é um completo fracasso já desde o seu desastrado lançamento. Um bom tempo se passou, nada mudou e o Avanti começa 2010 como um fracasso ainda mais retumbante do que já era nos derradeiros dias de 2009. Assim sendo, é de se lamentar - mas faz-se necessário - que este blog dê início ao novo ano com um novo post sobre o assunto. Vamos a ele, em mais uma colaboração muito especial do grande amigo José Luiz Torres Junior, o Junior (ou Cabreirão):

O anti-programa de sócio torcedor II
*Por José Luiz Torres Junior

E o Avanti, dos Srs. Mauro Zucato e Rogério Dezembro, continua sendo o pior programa de sócio torcedor existente dentre os clubes brasileiros, talvez do mundo. Já se passaram 2 meses do lançamento do programa, e outros tantos de sua iniciativa, e problemas básicos seguem atormentando a vida dos poucos que se dispuseram a associar-se a algo que, apesar de colocar-se como meio de relacionamento, nada mais é do que doação unilateral de recursos do torcedor para o Palmeiras e, principalmente, para as empresas envolvidas, supostamente parceiras.

Não bastasse o momento absurdo em que lançaram o programa, claramente às pressas, sem qualquer condição operacional de atender mais do que 10 sócios, já se foram mais de 60 dias e pouco ou nada mudou. Nas comunidades que discutem o projeto com seus associados é comum vermos usuários reclamando de cobranças indevidas em suas faturas de cartões de crédito, levando inclusive a desistências. Por incrível que pareça, por algumas semanas, chegamos a ver oscilações negativas no contador do site do Avanti.

Logo após um texto que publiquei no 3VV contendo minhas impressões sobre o programa, recebi uma rápida resposta e li atentamente uma “auto-entrevista” publicada no site oficial do Palmeiras. Embora não respondesse nenhuma das questões levantadas por mim, os documentos, certamente elaborados por aqueles que desenvolveram e mantêm o projeto, reconheciam erros e prometiam melhoras. Embora solucionados alguns problemas, não todos, especificamente no que diz respeito aos já comentados erros nas parcelas cobradas e a criação da Central de Relacionamentos por telefone, grande parte das questões operacionais básicas seguem no mesmo nível anterior, zero.

Aqui, podemos citar inúmeros pontos, como a ampliação da forma de pagamento, antes prometida para o fim de 2009 e agora sem prazo, a inexistência da loja virtual para aqueles que aderiram ao programa e teriam descontos a serem abatidos de suas anuidades. Esta semana veremos como será a venda de ingressos para o jogo de estreia do Paulistão. O histórico do programa não é nada animador para aqueles que estão contando com tal benefício.

Diante disto, pergunto-me, qual foi a intenção dos idealizadores ao lançarem um programa às pressas como foi feito? A tese de que alguns imprevistos surgiram, embora já estivesse claro, foi-se por água abaixo, dado que um bom tempo se passou e nada mudou. Infelizmente, resta a hipótese de que tentaram extrair, baseado em uma suposta campanha de título, o máximo de dinheiro de alguns Palmeirenses, mesmo que enganando-os descaradamente com benefícios que só apareceriam muito tempo depois, após algumas tantas mensalidades pagas sem qualquer contrapartida ou obrigações contratuais cumpridas por parte do Palmeiras. Ai, talvez o único benefício da vergonha que passamos no último Brasileiro, poucos associaram-se, diminuindo o desgasta na imagem do programa e da instituição.

Confesso que poderíamos relevar tudo isto se ao menos o conceito do programa fosse minimamente válido para o torcedor, porém cada vez mais está claro que o Avanti não contribui em nada para o relacionamento entre clube e torcida, limitando-se a, como já dito, a uma forma de doação quase que unilateral de recursos, com pouquíssimos benefícios para aqueles que associaram-se. Segundo informações passadas pela central de relacionamento, os descontos na ainda desconhecida loja virtual serão de 20% e 15% para as compras à vista de produtos adidas e Samsung, respectivamente. Aqueles que preferirem a prazo, terão esses descontos reduzidos pela metade.

Agora, sem qualquer auxílio de calculadoras científicas, vamos às contas, considerando apenas compras de produtos adidas, que acarretarão em maior benefício para o associado. Qual será o valor total de compras (à vista e a prazo) para o usuário conseguir realizar o total abatimento de sua anuidade?

Compras à vista
Plano Diamante: (R$ 100 x 12)/(20%) = R$ 6.000
Plano Ouro: (R$ 50 x 12)/(20%) = R$ 3.000
Plano Prata: (R$ 25 x 12)/(20%) = R$ 1.500

Compras a prazo
Plano Diamante: (R$ 100 x 12)/(10%) = R$ 12.000
Plano Ouro: (R$ 50 x 12)/(10%) = R$ 6.000

Plano Prata: ( R$ 25 x 12)/(10%) = R$ 3.000

Ou seja, a não ser que o associado tenha um elevado poder de compra, dificilmente abaterá mais do que 30% do valor de sua anuidade. E fica claro que, caso isto ocorra, as grandes beneficiadas serão as empresas parceiras, mesmo sabendo que o Palmeiras tem premiações pela venda de camisas etc.. Uma lógica para lá de questionável, já que, segundo palavras de seus coordenadores, consideram este como o grande diferencial do programa.

Vale lembrar que estes descontos, ou até maiores, são facilmente encontrados no mercado. Por exemplo, há lojas esportivas que oferecem 15% de desconto no mês de aniversário, com a possibilidade de parcelamento sem juros. Ou seja, mais vantajoso que tal programa.

Sei que os defensores do programa, grande parte de forma ingênua, iriam apelar para a boa vontade de todos os palmeirenses que devem contribuir com o clube sem exigir qualquer benefício. Isto inclusive parece ser o único argumento consistente, embora, repito, ingênuo por parte dos coordenadores em suas respostas.

Fora que não existe o mínimo de senso de realidade quando diz-se em 200 mil associados motivados sob esta base argumentativa (o contador do site fala por si só). A eles levanto as seguintes questões: Se quero contribuir com o clube, não é melhor eu me associar ao social, onde pagarei mensalidade maior e ainda poderei votar e participar da vida política? Por que o Barcelona não consegue chegar em 200 mil associados mesmo tendo o mundialmente reconhecido melhor programa de relacionamento, com muito mais benefícios?

Já que falamos do clube catalão, aqui vai uma rápida comparação, novamente sem a necessidade de calculadora científica:

Palmeiras
Anuidade Sócio Torcedor: R$ 300,00
Anuidade Clube Social (Direito a Voto): R$ 840,00
Ingressos Brasileiro 2009: R$ 40 x 19 x (1-30%) = R$ 532,00
Total: R$ 1.672,00 (€ 672,03)

Barcelona

Anuidade Sócio Torcedor (Com Direito a Voto): € 155,00
Ingressos Espanhol 2009-10 (direto do site do Barcelona): € 589,00
Total: € 744,00 (R$ 1.851,07)

Segundo os dados oficiais dos dois programas, o torcedor do Barcelona que quiser assistir a todos os jogos do Campeonato Espanhol, dentro do programa de sócio torcedor, necessário dada a ausência de locais, com estádio lotado em quase todos os jogos, pagará pouco mais que R$ 180,00 (€ 70,00) além do que o palmeirense que quiser ver todos os jogos do Brasileirão, que tem muito menos demanda que o Espanhol.

Vale mencionar que o programa catalão tem muito mais vantagens como acesso gratuito aos jogos de basquete, verdadeiramente demandados por lá, descontos em viagens com o time, não os tais 15% da Azul que provavelmente ainda não funcionam, dentre outros que podem ser vistos no site do clube.

Lembremos que estamos falando do Barcelona, clube da Espanha (que possui renda per capita aproximadamente 3 vezes acima da brasileira e com muito maior distribuição de renda), também campeão do mundo e tendo um elenco bilionário, com 3 dos 5 melhores jogadores do mundo (já utilizando-me do argumento de alguns que tentavam justificar a vinda do Vagner Love através do programa). Esta rápida comparação que ignora outros inúmeros aspectos a favor do programa catalão já mostra o quão fora da realidade está o Avanti Palmeiras.

Diante disto e do exposto anteriormente, não posso me assustar ao saber que o Internacional tem 70 vezes mais associados que nós. Ou que o Vasco e Grêmio têm 40 vezes mais. Ou que o SPFC e SCCP tem 30 vezes mais. Ou que o Coritiba e Atlético-PR têm 15 vezes mais. Ou que Ponte e Vitória tenham 5 vezes mais. Enfim, melhor parar por aqui. E torcer para que os responsáveis, com o perdão do paradoxo, percebam a irresponsabilidade que estão cometendo.


***

O texto do Junior é brilhante, mais uma vez, e os acréscimos que eu pretendo fazer virão nos próximos dias. Por ora, recomendo apenas a leitura do twitter deste blog, que expôs na última semana alguns questionamentos pertinentes (e nunca respondidos) pela equipe que toca o Avanti Palmeiras.

Por sinal, é justo dizer: o ano passado não me permitiu fazer isso no momento apropriado, mas o despreparo do senhor Mauro Zucato (e de todos os responsáveis pelo Avanti Palmeiras) ficou evidenciado nesta entrevista (?) que não esclarece nada.

Voltamos ao tema em breve.

Um Feliz 2010 para todos nós!

13 comentários:

Junior Gottardi disse...

Em um primeiro momento eu até achei bom os planos mais baratos do Avanti, mas depois de ler o texto do Junior eu mudei de opinião...

Realmente o "grande" diferencial do plano é uma arapuca e induz o torcedor a acreditar que vai ter um grande "desconto", mas é apenas um tática barata para tentar ludibriar o comprados do programa.

Eu espero que o Professor Belluzzo e o Rogério Dezembro percebam o equivoco que foi o lançamento do Avanti e comecem a preparar uma outra formula para tentar consertar o programa!

abs

Fernando Talarico disse...

esse programa e um absurdo..

eu quase cai na arapuca sobre os descontos nos produtos..

e um fiasco maior q o Onda Verde..

ate a ponte preta tem mais socios q agente...

q vergonha

e os tais 500MIL gastos pra fazer esse programa???

esse lixo?

onde foi parar essa grana??

com 1mil reais reunia uma turma sem formação em marketing e saia coisa muito melhor..

q medo

Daniel disse...

tava fazendo falta m,ano

parabens ao junior pela analise

sexyday disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
sexyday disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Néspoli disse...

Ainda bem que o blog (o autor) voltou das merecidas férias. E já começa com uma ótima análise do nosso programa de "Sócio-Consumidor"

Abraços

Renato disse...

Eu tenho vergonha desse plano!
Adquiri ao programa de sócio torcedor logo nos primeiros minutos.

Para meu desespero ainda tenho problemas causados pela incompetência que beira o absurdo.

Reclamei diversas vezes, liguei, mandei e-mail, me desesperei... O descaso e a falta de qualquer perspectiva de melhoras me fizeram adquirir raiva do programa de sócio torcedor pela qual ansiei por tanto tempo.

Minha indignação foi tão grande que no último jogo do ano (no Palestra) fui presenteado para acompanhar o jogo com ingressos cortesias, juntamente de um acompanhante. Não havia venda de ingressos para o programa, o que era um absurdo.
Aceitei a cortesia mas fui impedido de entrar "pela porta da frente", pelo simples fato de ser torcedor organizado, e estar trajando as vestes da minha torcida, no caso, a Mancha Verde. Mesmo estando ao lado de um coordenador do programa, passei por humilhação, fui barrado e não pude entrar pelo clube.
Tive de ouvir chacotas e gozações de um funcionário do alto escalão do Palmeiras e de policiais militares.

Não me importei muito com isso, uma vez que o preconceito para com torcedores organizados exala forte no Palmeiras. O que eu queria era o direito de poder comprar ingressos, e mais nada!

Por incrível que pareça, passaram-se 2 meses e nada foi feito, nada!
O início do campeonato se aproxima e não temos o programa funcionando. Os sócios torcedores estão sendo enganados no site. A venda é apenas um atalho para os serviços da Futebol Card, e sua parceira Visa. O que é oferecido são escassos lugares na numerada descoberta (falsamente nomeada de arquibancada no site) e os já costumeiros lugares do setor Vaia, ou melhor, setor Visa.
Tal lugares são oferecido com o desconto do programa, mas, acrescidos de taxa de serviço, uma vergonha, pois o Palmeiras tenta enganar mais uma vez de forma humilhante seus torcedores. A terceirização do serviço está claramente sendo repassada para o torcedor.

Recebi meu cartão de sócio. Li sobre a tecnologia, sobre as catracas, sobre o acesso sem filas... Tenho o contrato que fala mais sobre os produtos com descontos (que ainda não existem) do que dos torcedores. Não existe nada que mencione o cartão de crédito e novamente o Palmeiras obriga seu torcedor a comprar o ingresso com o cartão e utilizar o cartão como ingresso. Lamentável!

Eu me pergunto como eu, torcedor organizado, farei para entrar (novamente) no estádio, uma vez que sou obrigado a entrar pela Matarazzo e as entradas disponíveis não permitem tal escolha. A entrada da numerada descoberta será feita somente pelo outro lado, pela Turiassu, uma vez que o ingresso será o cartão de crédito e as catracas especiais estarão somente lá!

Sem contar o descaso pelo pagamento, pois paguei o plano da minha namorada e adquiri os problemas triplicados, como por exemplo pagamento na totalidade de um plano parcelado em 12 vezes, cobrança indevida na fatura, estornos realizado de forma errônea e outros...

Eu só lamento e sinto dizer, eu tenho vergonha desse plano.
Infelizmente não tenho condições de estar com meu time da forma que queria, mas em 2009 estive 20 vezes no Palestra Itália, viajei para o Uruguai de ônibus, fui para o Rio de Janeiro, Presidente Prudente (x3), Florianópolis... Tudo por amor... E as reclamações e o desabafo, são exatamente por isso, uma forma de protesto, um clamor, de quem ama o Palmeiras acima das razões compreensíveis pelo homem e implora por respeito.

Aproveito e deixo meus parabéns para a MANCHA Alvi VERDE!
Contra tudo e contra e todos, enquanto houver injustiças haverá resistência!

"Dignidade União e Glórias!"

Roberto Kamarad disse...

Palhaçada esse programa de Sócio-consumidor.

Boa, mano... Enfim temos o Forza de volta!!!

abs

Forza Palestra disse...

Renato, meu caro,

Você é "dos meus". Palestrino de arquibancada, mancha, faz de tudo para ir aos jogos (mesmo contra a vontade dos nossos dirigentes). E isso, ao que parece, nunca é reconhecido.

Seu depoimento é bem emblemático de tudo de ruim que pode existir no Avanti. E mostra que o Palmeiras parece geneticamente incapaz de executar a simples tarefa de destinar aos interessados os ingressos para os jogos do clube.

Uma completa aberração.

Obrigado por dividir com o blog este seu depoimento. Coloquei em destaque no twitter do blog para as pessoas acompanharem.

Abraços

Renato disse...

Primeiro eu agredeço duplamente, primeiro pelo elogio e segundo pela existência do próprio blog.

É meu favorito há muito tempo e essas férias estavam matando...

Sobre o ocorrido, a decepção só aumenta. OS INGRESSOS ACABARAM... É ISSO MESMO AMIGO, OS MISERÁREIS INGRESSOS ACABARAM... POR QUE ELES ERAM "APENAS" 50.

Me pergunto, como, por Deus, os ingressos podem ter acabado sendo que somos poucos mais 1500 associados????

Em tempo, o ingresso estava sendo vendido por quase R$ 23 reais e alguns centavos que não lembro.
Preço do ingresso normal R$ 30,00.
ONDE FICA O DESCONTO PROMETIDO AO ASSOCIADO DO PROGRAMA?

É uma lástima, uma lástima...

CHIQUEIRO VERDE disse...

Olá, normalmente as pessoas como eu apenas entram e pedem para colocar um link no site. Foi essa a minha intenção mas ao ver seu blog não pude deixar de ler a matéria sobre o sócio torcedor e opinar sobre toda essa palhaçada que o Palmeiras e toda aquela corja maldita que rouba nossa grana. Sou sócio do clube e pago com muito custo minha mensalidade. Aprendi que para ajudar o Palmeiras tenho que ter algo de volta pois tudo o que já fiz pelo clube comprando camisas em pré-venda, pagando o clube (que aumentou todos os valores), indo ao estádio vendendo meu ticket refeição e coisas assim. Cansei. Tava pegando o cartão do meu cunhado emprestado para fazer o plano de socio-consumidor quando me deu um estalo. Lembrei do Onda Verde e das coisas que prometeram. Deixei pra lá. E fiz bem.
Agora só uso o Palmeiras para quando tenho retorno. Sendo sócio posso usar as piscinas e as instalações. Pelo menos isso. E com certeza continuarei indo ao estádio pois amo esse time e é a razão do meu viver. Mas paciência tem limites...
Se puder e quiser coloca meu link no seu site por favor.
Te seguirei sempre e seu link já está no meu. Abraços amigo.
www.chiqueiroverde.blogspot.com
Blog CHIQUEIRO VERDE
Há mais de dois anos pelo Palmeiras.

Forza Palestra disse...

Cara,

Desculpa pela demora. Os links estão mesmo desatualizados aí do lado, mas já coloquei o link do Chiqueiro Verde aí.

Abraços e obrigado!

Federico Erdocia disse...

Pois é Palestrinos, o tempo passa e pelo jeito nada muda.
Tenho 35 anos de arquibancada, milhares de quilômetros rodados (de carro, ônibus e caminhão, quando a Mancha ainda engatinhava) e voados, no Brasil e exterior, dúzias de camisas guardadas, sei lá quantas horas de "detenções para averiguações", centenas ou milhares de "minutos de silêncio",sem falar de quantos anos de minha vida deixei nas filas para comprar ingressos.

E honestamente, hoje, aos 45 anos, não tenho mais saco prá fazer fila para comprar ingresso e assitir a esse bando de mercenários que hoje se dizem profissionais do futebol, que de profissionais não tem nada, já que em qualquer empresa, contrato assinado se cumpre.

E agradeçam ao Lixomburgo, que iniciou essa história de que profissional trabalha onde pagam melhor. A maior deturpação do conceito de profissionalismo que já vi. Mas dele espera-se qualquer coisa.

Mas vamos ao Avanti!! De saco cheio de fazer fila, nos jogos em que o Palestra lota, há algum tempo venho comprando no setor Visa. Entro, converso com o dono da chave do portão e vou pro meu lugar: ARQUIBANCADA.

Claro que é preciso "doar" o comprovante para o "dono da chave do portão", apenas para garantir que eu não volte!! Longe de mim imaginar que vão revender meu assento!!!.

E, lógico, com o surgimento do Avanti, e com o aval indireto do sr. Belluzzo, até então homem sério integrante do Conselho Consultivo do Governo Federal,professor hemérito e tudo mais, imaginei que a coisa fosse séria.

Não vou repetir os problemas que vivi pois estão relacionados acima de maneira muito clara e competente. E claro, já me desliguei do programa.

Mas acrescento um: quando pedi o cancelamento, ameaçaram cobrar a multa por já haver passado 30 dias da inscrição (apesar de desde o 15º dia estar reclamando). Claro, lembrei da inexistência de TODOS os benefícios prometidos, ou seja, não cuprimento do contrato, ameacei processar o Avanti e o clube e, aí sim, parece, vou resolver meus problemas.

Em pleno século 21 não conseguimos vender ingresso para todos os setores pela internet!! Tão simples!!

E o pior, é que pelo jeito, vamos entrar em mais um período de brigas internas entre os carcamanos. E isso sempre representou anos de fila.

Vou ser honesto. Amo o Palmeiras como poucos, mas esse pseudo-profissionalismo e nossos dirigentes dos últimos 20 anos estão conseguindo tirar o tesão de ir ao estádio, com sol, chuva, seja lá do jeito que for.

Jogadores medíocres, gambás transformados em ídolos (Viola é um exemplo!!), vagabundos que não respeitam o clube e são temidos pelos dirigentes (Love é outro exemplo),...PQP que difícil é ser feliz torcendo pro meu Palmeiras como sempre fiz!!!

Que falta faz jogadores que respeitam minha paixão, como Evair, César Sampaio,..só prá ficar nos anos mais recentes.

Enfim, desculpem o desabafo final. Deve ser efeito do vinho que estou tomando.hehehe

Concluindo, assino em baixo tudo o que foi dito sobre o Avanti. Dá vergonha.

Abs

Fred Argentino