01 agosto 2010

Ah, o Estatuto do Torcedor...



Foi uma batalha digna da história do clássico, tanto quanto o jogo, repleto de alternativas, lances polêmicos e com um Palmeiras que, ainda longe de ser brilhante, ao menos teve a postura que se espera de um time dirigido por Felipão. Se o empate não chega a ser um bom resultado, a torcida pôde deixar o Pacaembu satisfeita por empurrar um grupo de jogadores que lutou do primeiro ao último minuto para chegar à vitória. E ela só não veio porque enfrentamos um grande adversário e porque temos ainda muitas falhas para corrigir em todos os setores. Mas elas, as vitórias, virão.

Feita a breve análise do jogo e do time, preciso retornar ao tema do post - que é muito mais pertinente à linha editorial deste blog. Volto então à batalha das duas torcidas porque, ao contrário do que pensam burocratas de gabinete, jornalistas esportivos que não vão a estádios e todos os canalhas hipócritas que se aproveitam do esporte, o futebol é guerra!

E eu gostaria então que os sujeitos que idealizaram, escreveram e aprovaram este absurdo Estatuto do Torcedor tivessem comparecido ao Pacaembu para o clássico desta tarde. Porque eles todos teriam de ajudar os vagabundos do 2º BP Choque na tarefa de deter todos os milhares de torcedores que ontem cometeram o crime de xingarem uns aos outros.

Como eu sei que essa corja nunca vai chegar perto de um estádio, fica aqui o aviso: a partir de agora, os xingamentos e ofensas serão pronunciados com ainda mais disposição do que antes. Cada declaração de guerra será mais raivosa do que era antes, porque assim é o futebol!

A suposta nova fase não poderia começar em ocasião melhor: Pacaembu, domingo, 16h, Palmeiras x Corinthians. Obrigado aos dois times e às duas torcidas pelo grande clássico desta tarde de domingo.

Nós vamos resistir! E o futebol também!

***

P.S.: Alguém aí tem fotos da Mancha chegando à praça Charles Miller antes do jogo (por volta de 14h30)? Meu email: forza.palestra@yahoo.com.br

18 comentários:

adao disse...

corinthians já ganhou uns dez pontos irregulares nesse campeonato, por baixo...

Rafael disse...

3 gols impedidos nossos e nenhum validado
1 gol impedido dos caras valeu

gostaria de saber quais foram os comentários do Luydy sobre nosso amigo PCO.

se liga aqui: http://migre.me/11BAQ
olha o absurdo do último parágrafo
numa entrevista ontem o promotor vagabundo disse que acha que o novo estatuto veio pra ficar e sentiu que as torcidas já se comportaram de maneira diferente, temendo as consequências....EM QUE MUNDO ESSE FILHO DA PUTA VIVE???

em tempo, não tem a foto na Charles Miller, mas tem na Rua Itapicuru: http://yfrog.com/2mb3ptj

abs pilantra

Luiz disse...

Estatuto de cu é rola!

http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/serie-a/ultimas-noticias/2010/08/02/tres-pessoas-sao-afastadas-dos-estadios-na-primeira-rodada-do-novo-estatuto-do-torcedor.jhtm

O promotor falastrão não consegue ficar longe das notícias.

Tucuruvi disse...

Zagueiro jogando volei na própria área e nenhum penal marcado pró Corinthians.

Forza Palestra disse...

Em que mundo vive o promotor? Simples: o filho da puta só consegue ver uma futura eleição à frente e, por isso, faz o possível e o impossível para aparecer.

Proibir as pessoas de irem ao estádio só porque elas deram uns tapas num sujeito que comemorou gol no lugar errado é um crime. Isso sim é um crime!

E sim, as duas torcidas se ofenderam depois do jogo. Pau no cu dos puritanos e dos hipócritas!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Daniel disse...

mano nao vai falar nada do juizinho safado? pensei q vc fosse protestar aqui

Forza Palestra disse...

Minha opinião sobre o juiz:

O erro no gol dos gambás foi do bandeira e não dele; não dá pra responsabilizar o árbitro num caso daqueles. De resto, ele acertou nos outros lances.

Ontem, pela primeira vez em muito tempo, não vi grande problema na arbitragem deste filho da puta, a não ser faltas invertidas e algumas decisões que parecem ser tomadas para provocar a torcida.

O xingamento do final foi muito mais pelo conjunto da obra do que pelo jogo de ontem.

Forza Verde disse...

"Football whitout the fans is nothing" - by Jock Stein

PS.: Take the Statute of Fan and shove it up your ass! Bunch of son of a bitch! - by me

Lucas disse...

O erro grave do cretino foi não ter expulsado o Chicão. Deu 2 rasteiras no Kléber, quase iguais. Amarelo na primeira, nada na segunda.

Anônimo disse...

Apagou foi?!?
É...eu também teria vergonha!
Por que você não faz um post sobre a marca palmeiras?
outra coisa, onde está você nessas fotos que postou hoje? onde estava você nesse momento?!

Forza Palestra disse...

Veja só, caro anônimo alienado: a mensagem do Tucuruvi, embora supostamente de um corintiano, foi mantida porque ele apenas deixou a sua opinião, sem mensagens ofensivas. O seu comentário, no entanto, além de anônimo, era também ofensivo ao Palmeiras. Foi deletado.

Não que seja necessário, mas, se eu tivesse de responder, diria que aquilo acontece com todos os clubes (até com o seu, seja lá qual for). No entanto, mesmo se não fosse assim, não seria eu o instado a explicar nada, mas sim os dirigentes do Palmeiras.

E por que você, um sujo alienado torcedor de outro time, quereria um post sobre a marca Palmeiras? Por que o surto? Tá descontrolada, é?

Anônimo disse...

Veja só, não é por ser ofensivo, que não é real. Eu mandei os links. Estou mostrando como as coisas funcionam. Fale de futebol, do seu Palmeiras, mas fale a verdade. Não feche os olhos ou tampe os ouvidos para as coisas que acontecem nos bastidores.
E meu caro, não, não acontece em outros clubes. Fico no aguardo de sua resposta com um link que mostra o mesmo que eu mandei.
Você já O Dia do Curinga de Jostein Gaarder? Se não, leia. No livro existe um povo que vive em uma ilha, e vivem bebendo uma bebida, chamada de bebida púrpura, essa bebida não permite que o povo veja a realidade. Talvez, o Palmeiras seja sua bebida púrpura. Não entrei no blog para ofender ou brigar, mas para mostrar um fato!
Sem descontroles. Tenho coisa muito mais útil para me preocupar.

Forza Palestra disse...

Porra, cara, você deve ter alguma desordem mental muito séria. O seu comentário, além de deslocado, é todo ele sem sentido. Vamos lá, de imediato: o que você quer provar? A partir dessa pergunta nós podemos começar a ter um debate com algum sentido, qualquer que seja ele. Até agora você só escreveu bobagem e não conseguiu provar nada. Eu não tenho que te mandar link nenhum porque simplesmente não há nada a provar em sentido contrário. O debate que você propõe não existe, percebe?

E eu não preciso ver o filme que você recomenda aí. Isso tudo já está presente no Mito da Caverna, do Platão. É esse o mundo em que você vive. Você está querendo discutir algo que não faz o menor sentido. Então, já que é assim, boa sorte: pode discutir sozinho.

Anônimo disse...

Mano, você deve ter problemas graves. De verdade. Não quero provar nada. Quero mostrar como a sua diretoria trata o clube. Como em um painel da coletiva, não mostra o mais importante. São vendidos. Palmeiras é uma marca. Estou comentando sobre um post anterior.

E talvez, se você prestasse um pouco de atenção, ou tivesse o mínimo de cultura, veria e saberia , que falei de um livro.
Como quer discutir se só ouve o que você quer?

Aqui, muito se fala de clubes que se vendem. E o seu Palmeiras é um deles.

Não precisa responder. Para bom entendedor, meia palavra basta. Você não é burro, sabe mutio bem do que estou falando.

Forza Palestra disse...

Ora, ora, vejam que curioso: você está fazendo críticas à diretoria do Palmeiras e quer que eu faça algum tipo de argumentação para defender essa gente? Como é que eu poderia fazer isso, anônimo, se eu sou exatamente um dos maiores críticos dessa diretoria que aí está?

O que um backdrop diz sobre um clube ou uma torcida? Nada, não diz nada. Como a camisa do Corinthians cheia de marcas não diz nada, e como o backdrop do SPFW cheio de marcas também não diz porra nenhuma sobre nada.

Eu tenho uma predileção especial por essas discussões pela internet, mas você não consegue sequer iniciar um debate lógico. Assim fica bem difícil, sujeito sem nome e sem time. Ou seja: você é tão vazio quanto este seu discurso deslocado e impertinente.

Alex disse...

Palestra nem perca tempo com esse tal de anônimo, ele não tem coragem nem de dizer o próprio nome, nem pra que time torce, ou se torce pra algum time.....que merda. Esse deve ser um sub-raça da pior qualidade, daquela estirpe que nem tem coragem de pisar num estádio de futebol, que só assiste pela TV e mesmo assim se mete a falar besteiras.
E ainda quer se passar por intelectual.
Ora , va fan cullo!!!!

Alex disse...

Palestra, agora que percebi, o "anônimo" é Gambá. Ele começou o post dele com "Mano"....kkkk.
Esconde a carteira, rápido.