27 agosto 2010

Nosso amigo, o Fair Play

Pacaembu, 2º tempo, 18 minutos. Um adversário qualquer sente (?) uma dor na coxa, desaba na linha lateral da nossa defesa e fica por ali mesmo. Bastaria rolar para o lado e ele estaria fora de campo. Mas o sujeito não se move e fica pedindo socorro, só pra parar o jogo e ganhar tempo, até que um dos seus companheiros coloca a bola para fora. No retorno, o tal Fair Play inventado pela FIFA determinaria a devolução da bola para o adversário. Não foi o que aconteceu. O lateral é cobrado e o Palmeiras sai jogando, diante dos protestos canalhas dos comedores de calango. Foi um chute na bunda dos velhos carcomidos da FIFA e no Fair Play de merda.

Isto, senhores, é o resumo de tudo o que tivemos de positivo nesta noite de quinta-feira no Pacaembu. Foi só o que conseguiu produzir o time que nos representou em campo no aniversário de 96 anos do gigante Palestra. Acontece que o Palmeiras - e só o Palmeiras! - é capaz de façanhas inimagináveis, e a noite de 26 de agosto de 2010 fez questão de nos lembrar disso.

O Palmeiras, especialista em destruir noites de festa, como se festas não fossem possíveis para nós, conseguiu uma derrota tão inexplicável e inaceitável quanto preocupante. Um 0 a 3 para o lanterna do campeonato em casa, justamente no dia do aniversário do clube! Foi o vexame de um time inerte, apático e incapaz de levar perigo ao insignificante CAG, que ameaça despontar como outra dessas pequenas pragas que nos atormentam de tempos em tempos.

Não há muito mais o que falar do jogo. Por isso, e talvez como forma de anestesiar a dor por mais uma vexame em casa, prefiro abrir o post com um recado para os cretinos do Fair Play. É o que nos resta.

***

Mais uma pesquisa


Foto: Almeida Rocha/Folhapress

A cena acima, divulgada em diversos jornais e sites e repetida à exaustão por emissoras de TV, é constrangedora por natureza. Alguns portais fizeram até galeria de fotos, e eu recomendo que os senhores confiram estas duas: G1 e Folha (vejam a que papel ridículo se prestaram alguns homens que são pagos com o dinheiro dos nossos impostos). Na imprensa tradicional, a palhaçada toda recebeu o seguinte título: "Polícia Militar faz simulado de segurança no Pacaembu para a Copa de 2014".

Este blog, movido por outros princípios, sugere títulos mais adequados ao que aconteceu no Pacaembu e pede aos seus leitores que escolham o melhor:

( ) 1. Bravos, valorosos e destemidos homens* do 2º Batalhão de Choque da Polícia Militar tiram um dia de folga e decidem fazer rapel no Pacaembu.

( ) 2. Bravos, valorosos e destemidos homens* do 2º Batalhão de Choque da Polícia Militar desperdiçam o dinheiro do contribuinte fazendo acrobacias no estádio municipal.

( ) 3. Bravos, valorosos e destemidos homens* do 2º Batalhão de Choque da Polícia Militar deixam de combater o crime para fazer simulação que só interessa aos velhos carcomidos da FIFA.

( ) 4. Bravos, valorosos e destemidos homens* do 2° Batalhão de Choque da Polícia Militar resolvem mudar de profissão e ensaiam para a próxima temporada do Cirque du Soleil.

E aí, qual opção é mais apropriada? Podem votar nos comentários.

*Notem que uma única palavra poderia substituir tudo isso, mas não vou utilizá-la expressamente para não ferir os sentimentos dos bravos defensores da lei.

23 comentários:

Emerson Machado disse...

Opção 4, sem dúvida!!

Como o Palmeiras gosta de perder para esses times da zona de rebaixamento não?! Ano passado foi a mesma coisa (para não dizer m***a) e agora vai se repetir?
Cabe a máxima que o Palmeiras só consegue ser campeão com times fantásticos...

valdemir disse...

SOBRE O JOGO DE ONTEM NDA A DECLARTAR.

OPÇÃO 4

Anônimo disse...

VERGONHA!!! o Palmeiras vem se tornando rei dos vexames....pqp...nao vejo nenhum outro time capaz de envergonhar tanto sua torcida nos ultimos tempos...vsf......to ficando de saco cheio, viu...
porcocareca

Lu disse...

Estou em duvida entre opções 1 e 4!

Rafael disse...

As opções 1 e 4 são irônicas...mas a 3 é a mais preocupante

Agora estou me sentindo muito mais seguro nos estádios...Ufa!

Obrigado coxinhas!

Luiz disse...

Mandou bem velhote! hahahaha!

Abraço

Nikimba disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

uma correção: o nome do atletico goianiense é ACG e nao CAG

Forza Palestra disse...

Anônimo,

Vamos seguir o padrão já estabelecido:

Clube Atlético Mineiro (CAM), um grande clube

Clube Atlético Paranaense (CAP), um clube pequeno com aspirações de se tornar médio

Logo, um clube insignificante de Goiás que decide se chamar Atlético Goianiense deve obrigatoriamente seguir o exemplo dos dois outros. É CAG.

Forza Palestra disse...

E eu usaria ainda o exemplo do clube do meu bairro aqui em SP: CAY (Clube Atlético Ypiranga). Não é a porra do CAG que vai inventar algo diferente.

Anônimo disse...

A opção 1 é a melhor.

Fabiano 1914 - Jundiaí disse...

Fair play ou não foda-se.
O que mais doeu no jogo de ontem, não foi perder pra times de 5ª categoria que isso já estamos acostumados. Mas o pior foi ver nossos jogadores saindo rindo de campo, como se tivessem jogado uma partida de casados contra solteiros.
Pior ainda é ver São Marcos, trocar afagos e risadinhas com um adversário num fair play cor de rosa digno dos bambis que tanto criticamos. Abracinhos e risinhos é realmente uma imagem que estranha vindo de alguém que tanto nos honra com suas atitudes, mas talvez isso só venha mostrar que nosso palmeiras, o palmeiras que torcemos e amamos está dormindo... Este que vamos assistir e que vem atuando nos ultimos anos é uma relez sombra que não é digna de vestir nossa camisa, mudem mesmo as cores do uniforme, pois o verde e branco não pode ser sujado por essa corja que nos representa.E qto ao São marcos, até entendo que sua simpatia é realmaente impressionate e que talvez por isso tenha saido rindo de campo,mas confesso que chorei mais triste por ve-lo assim fazer. Cade o meu Palmeiras.

Elton disse...

Lamentável. A torcida compareceu e fez uma linda festa, mas o Palmeiras decidiu ficar em casa.

Claro que a gente jogou mal, mas uma coisa não sai da minha cabeça: como aquele juiz filho da puta fez o que fez dentro da nossa casa (e no nosso aniversário)? Enquanto um viado desses não apanhar da nossa torcida, nada vai mudar.

Nesse sentido, eu admiro os gaúchos. Quem gosta e entende de futebol sabe que lá o juíz não tem coragem de aparecer mais do que o jogo.

Repito: jogamos mal. Mas nada muda o fato de que o árbitro mal intencionado de ontem foi conivente com a covardia do adversário.

2 minutos de acréscimo no segundo tempo? Vai à merda.

Aqui é Palestra e nós somos guerreiros. Esse filho da puta não apita mais aqui.

Paty disse...

Estou até agora chocada!!! Não pude assistir, nem ouvir o jogo e quando soube do resultado fiquei abismada.Não consigo entender.
Meu voto é na opção 4.Que coisa ridícula.

Forza Palestra disse...

Reparem na expressão de um dos coxinhas enquanto sobe pela arquibancada com uma arma (que eu não sei dizer qual é) e amedronta um dos fotógrafos. A pergunta é: será que o sujeito subiria assim tão determinado e com cara de mau se estivesse indo no meio de um tiroteio para prender bandidos mesmo?

Reparem também nos equipamentos que um dos coxinhas levou para dentro do estádio. Porra, o cara tá numa expedição na Lua? Ou está lidando com substâncias radioativas? Que merda é essa?

Por fim, vejam a palhaçada dos coxinhas (em uniforme esportivo) que pretendem ser torcedores. Que constrangedor...

Nicola disse...

Hahaha, a 1 é muito boa...

Sobre o jogo, não tem explicação, vai tomar no cu!

Eduardo disse...

Opção 1...

Corinthiano disse...

(x) 3. Valorosos e destemidos homens* do 2º Batalhão de Choque da Polícia Militar deixam de combater o crime para fazer simulação que só interessa aos velhos carcomidos da FIFA.

Guto disse...

opcao 4

Vai Palmeiras

vitor disse...

a torcida cantando msm com os 0 x 3 foi legal.

me lembrou a metade roja de avellaneda.

Cesar disse...

O jogo de quinta (quinta-feira e quinta categoria), foi mais um daqueles episódios de coisas que só acontecem com o Palmeiras, é inacreditável....

Meu voto vai para:

(X) 4. Valorosos e destemidos homens* do 2° Batalhão de Choque da Polícia Militar resolvem mudar de profissão e ensaiam para a próxima temporada do Cirque du Soleil.

Renato disse...

Barneschi, fiquei chocado com a implosão da Fonte Nova...

Estava em uma acalorada discussão com um Maria de BH, em um almoço com minha namorada. Recordávamos do jogo 'pós-morte' do Cléo, e da volta da Máfia ao Pacaembu, perdendo faixa, apanhando da polícia e saindo mais cedo do estádio...

No momento em que vimos as imagens houve um respeitoso minuto de silêncio, depois proferi como discurso de pêsames: Bem vindos a Copa do Mundo, a hitória do futebol está sendo enterrada!

Podia rolar uma reportagem de pesar aqui no Forza não?

[]'s

Renato disse...

ops, "e da volta da Máfia ao Pacaembu"--- PALESTRA, caraio, to confundindo as bolas agora...