24 agosto 2011

Tirone-Frizzo, o legado

Legado da dupla Tirone-Frizzo em poucos meses de mandato:

_Jogos transferidos para o Canindé, sob o falso argumento de economia com o aluguel do estádio. Resultado: desconforto para o torcedor e milhares de pessoas para fora da cancha por falta de ingresso. Não houve sequer um pronunciamento sobre o assunto.

_Um come-e-dorme foi emprestado para o Avaí e, ainda que esteja defendendo outro clube, continua custando R$ 173 mil mensais aos cofres do clube.

_Declarações constrangedoras, contratações frustradas e exposição indevida de profissionais do clube, em especial de alguém como Luiz Felipe Scolari.

_Omissão no episódio da escalação do bandido do apito para o clássico entre Palmeiras e SCCP, pela semifinal do Paulistão. Deu no que deu...

_Quebra do acordo com os gambás na semifinal do Paulistão. Mais do que a canalhice, foi o episódio que marcou o fim definitivo dos clássicos paulistas. E vamos tomar o troco (com justiça) logo na última rodada do Brasileiro. Ou seja: eles fizeram a merda, e nós vamos pagar por isso.

_Como se não bastasse isso, o clássico seguinte, este do próximo domingo, foi marcado para Presidente Prudente, no Mato Grosso do Sul, por pura ganância. E aí, já sabendo de que teremos apenas 5% dos ingressos no returno, a dupla destinou 41% dos ingressos para o outro lado.

_Antes disso, no clássico contra o Santos, a dupla Tirone-Frizzo cedeu o tobogã para a torcida do Santos FC, em uma clara afronta contra os palmeirenses que tanto sofremos quando precisamos jogar no amontoado de laje da Baixada.

_Mais uma omissão: ficaram quietos os dois putos e aí o clássico seguinte ao roubo do Paulistão terá a arbitragem do irmão do filho da puta que nos roubou naquela ocasião e em tantas outras vezes.

Encerro com a frase do amigo Luiz Romani, depois do jogo da última quinta-feira: “O Palmeiras precisa de uma chacina”. É bem por aí.

###

Ouvi ontem a entrevista do senhor Roberto Frizzo para a Rádio Bandeirantes. O sujeito é um despreparado. Confrontado pelos jornalistas Leandro Quesada e Alexandre Praetzel sobre o o clássico no Mato Grosso do Sul, nosso dirigente não conseguiu expor sequer um argumento decente. Passou vergonha.

8 comentários:

FabioTremems disse...

Já faz tempo que a turma do Mustafá tenta acabar com o futebol no clube.

Anônimo disse...

You pretty much said what i could not effectively communicate. +1

My blog:
DSL Vergleich www.dslvergleichdsl.com

Marcel MV disse...

Barneschi, viu quem vai apitar o jogo domingo?

Só pode ser brincadeira né?

Marco Roncato disse...

Barneschi não sei se viu, mas parece que liberaram (finalmente!) a entrada de bandeiras no estado de SP!

http://globoesporte.globo.com/futebol/noticia/2011/08/aprovada-lei-que-libera-bandeira-com-mastro-em-estadios-de-sp.html

Gabriel Manetta Marquezin disse...

eu não sei como vai ser essa volta das bandeiras, ainda estou desconfiado...

bexigas não são proibidas, e ainda assim precisa da liberação da pm jogo a jogo...

a não ser que no tal termo assinado pelas torcidas, estava garantido esse direito...

Vinicius Paes disse...

Ta aí,

Esse fdp resolveu falar ao Perrone.
E ele pensa como um dirigente de time pequeno. Morra Frizzo!

Mesmo que a nossa torcida não comprasse todos ingressos (dificil acontecer), dar 18 mil pros gambás a troco de nada é de doer.
Por o Derby mais uma vez no Mato Grosso do Sul tb!
Morra Frizzo, Morra Tirone!
Vocês só pensam em dinheiro, enquando nós pensamos no Palmeiras!

http://blogdoperrone.blogosfera.uol.com.br/sem-categoria/por-dinheiro-palmeiras-aceita-rasteira-do-corinthians/

Saudações!
Vem gambá, é domingo!

Vinicius

Anônimo disse...

"Mesmo que a nossa torcida não comprasse todos ingressos (dificil acontecer), dar 18 mil pros gambás a troco de nada é de doer."

torcidinha que não enche nem canindé... que quebra acordo de cavalheiros... que leva o jogo pra pqp... quer falar merda ainda? A troco de nada o caralho.

Anderson

Gustavo Moraes disse...

Anonimo: Pega no meu espeto e diz Ai lóvi iu..