13 março 2008

As coisas como elas são

Marília, Ituano, Ponte Preta (e seus 108 anos sem título), Noroeste, Bragantino, Barueri. Essas trolhas todas tiveram, ao menos por uma rodada, a oportunidade de freqüentar o G4 do Paulistão-2008. Houve momentos até em que todas as quatro posições foram ocupadas por pequenos clubes do interior.

Eis que a 14ª jornada surgiu para colocar tudo em ordem, do jeito que as coisas são. Tendo o Guaratinguetá como intruso - e ele deve até se manter, a julgar pelo que já foi acumulado -, os três grandes, com vitórias na noite de quarta, chegaram ao lugar que lhes é de direito.

Do lado do Palmeiras, cabe destacar a noite inspirada de Wanderley Luxemburgo, que, ao ver malograr a sua opção inicial, soube mexer no time e modificar um jogo que poderia se complicar ainda mais.

Com dois belos gols da dupla de ataque, debaixo de chuva e com a força da torcida, veio mais uma vitória maiúscula, virada clássica, dessas que moldam um time campeão.

Ao time campineiro, cabe cumprir o destino reservado pela história: largar bem e terminar no limbo.


Com Valdívia e Diego Souza de volta, que venham os leonores!

Domingo é dia de guerra!

Rumo a Ribeirão!


***

Público de cinema
Os bambis iniciaram a noite de quarta-feira à frente do Palmeiras na classificação. E ainda estão. Jogaram no ruim horário das 19h30, mas escaparam de algo pior, o das 21h50, que ficou com o Verdão.


Os bambis têm o privilégio de pagar R$ 20 por uma arquibancada, enquanto a diretoria alviverde boicota a sua torcida com ingressos a abusivos R$ 30.

Isso posto, temos que:

5.906 bambis foram ao Jd. Leonor e proporcionaram a renda de R$ 97.005,00 (ticket médio de R$ 16,42).

13.396 palestrinos (com chuva) fomos ao Palestra Itália, gerando uma arrecadação de R$ 357.887,50 (ticket médio de R$ 26,71).

A massa alienada do Jd. Leonor comprova a sua vocação de público de cinema: se o filme é bom (ou se assim lhe parece), o sujeito vai. Se não é, ele simplesmente fica em casa.


O time é um produto e nada mais. Importa o resultado. Pensamento típico desta gentalha.

***

E a drenagem?

Eu não entendo nada de grama - tanto é que a minha está morrendo -, mas há quem entenda e seja bem pago para isso. É o caso da tal empresa que demorou quase três meses para entregar o novo gramado do Palestra Itália. Depois de tanto tempo, o mínimo que se pode esperar é que o sistema de drenagem funcione de maneira adequada diante de uma garoa que só foi virar chuva nos minutos seguintes ao jogo. Como todos vimos, não funcionou, e isso logo no primeiro tempo, sem que sequer estivéssemos encharcados na arquibancada.
Lamentável...

14 comentários:

Raphael Casson disse...

Nosso maior trunfo é o Luxa, sem dúvida! Sobre os bambis, você só choveu no molhado.

Craudio disse...

Alguns comentários:

1) alguém duvidava que Ponte, Noroeste e essas merdas todas não iriam sair do G4? Chupa, JK!

2) pára de usar ticket, cara. É feio. Use ingresso, entrada, canhoto, filipeta. Ticket não!

3) lembra o que eu falei sobre os sucessivos shows no chiquero? E ainda vem Ozzy e RATM. Me intrometo justamente para lhe dar argumentos sobre os jogos no interior do começo do ano. Que agora se mostraram desnecessários, assim como a reforma, uma vez que o gramado piorou.

Forza Palestra disse...

Acontece, japonês, que a expressão 'ticket médio' não tem uma tradução lógica para o Português. Ou tem?

E eu não gostaria, mas reforço agora toda a razão que eu tinha ao atacar a opção pelos jogos no interior. Foi um erro enorme.

Craudio disse...

"Preço médio". Ticket é foda!

Ticket é foda!

hahahahahhahahahahaha

Forza Palestra disse...

Você sabe que não é a mesma coisa...

Daniel disse...

chupa ponte!!!

Heinz-von Bhölz disse...

Gostei do adjetivo ''trolhas''

Heinz-von Bhölz disse...

Rodrigo Barneschi, não entendi o termo usado ''geração aborto''

Heinz-von Bhölz disse...

Rodrigo Barneschi, não entendi o termo usado ''geração aborto''

Luiz disse...

Rodrigo,

Olha o que nos espera: http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/Futebol/Campeonatos/0,,MUL349406-8068,00-CLASSICO+PAULISTA+CONFUSAO+POR+INGRESSOS.html

Ulisses disse...

Aeee!!

Seguinte: Contas para Ribeirão!!

Ida e Volta de carro:
R$ 63,60 - pedágio
1 tanque e 1/2 de alcool - R$ 80,00
Total = R$ 143,60
4 pessoas no carro - R$ 35,90
Se o carro for gasolina:
R$ 41,00

OBS: Carros com 4 pessoas!!

Ida e Volta de Van:

O Zoinho viu uma Van por R$ 700,00 para 15 pessoas;

Por pessoa: R$ 46,67

OBS: Van com 15 pessoas!!

Minha opinião:

Se conseguirmos 15 pessoas devemos ir de van, não cansamos e ainda tomamos todas!!

Caso contrário ir de carro!!

Pensem e vamos ver o que faremos!!

Abs!!

Forza Palestra disse...

Cara, depois tento explicar com mais calma o termo geração aborto, mas te adianto que ele se refere à toda aquela geração de alienados que mudou de time depois de 1992/93. Refiro-me àquele bando de lixos que passaram a torcer por um clube apenas porque ele foi vitorioso em determinado momento. Uma geração que abortou antes de ter nascido de verdade.

Irmãos gladiadores:
Ingresso será o maior problema. A diretoria está fazendo merda atrás de merda!

Teo disse...

Rapaziada,

vou lá pra RP...fui contra o Juventus,na raça, sozinho e vou de novo.

Quem quiser anote meu e-mail: mabressan@hotmail.com

O único porém: vou no sabadão.

Mas de repente, rola um esquenta, ou se alguém tiver precisando de carona na volta, estamos aí.

Abraços,
Teo

vitor disse...

essa diretoria tá de palhaçada.

VOLTA MUSTAFÁ!!!