04 novembro 2009

O exemplo que vem do rival

Torcedores do SCCP já podem adquirir desde agora, ainda em novembro, ingressos para os três jogos do clube na primeira fase da Libertadores/2010. A notícia está aqui.

Deixemos de lado o preço dos ingressos, que é bastante elevado, mas talvez necessário diante da procura. Interessa aqui o tratamento destinado ao torcedor. O que se discute não é tanto a antecipação, que jamais será vista no Palmeiras, este clube irreversivelmente incompetente para vender ingressos, mas sim a prioridade que é concedida ao torcedor mais fiel (desculpem, mas a palavra é necessária), aquele que está ao lado do time nas horas boas e ruins.

Vejam que foi estabelecida a preferência de compra aos torcedores que, cadastrados no programa de fidelidade do clube, foram a pelo menos 10 jogos nesta temporada. 10 jogos no ano: é uma nota de corte até modesta, mas já é uma nota de corte, e talvez seja o suficiente para afastar todo aquele contingente de oportunistas que só vão apoiar o time nas finais e nos jogos decisivos. Quem esteve ao lado do clube pode comprar ingressos antes dos demais, fazendo valer o seu direito adquirido.


Quem só vai de vez em quando ou quem aparece só nas horas boas, corre o risco de ficar de fora. Simples, justo e lucrativo para o clube.

Enquanto isso, os palmeirenses convivemos com mais um adiamento do programa de sócio-torcedor. E, ao que parece, ele vai chegar já longe do que seria ideal.


***

Aviso aos palestrinos que vamos ao Rio no domingo:

Os ingressos para o Maracanã estão à venda também aqui em SP, nos pontos de venda da Ingresso Fácil/BWA: Pacaembu, Canindé, Ibirapuera etc. Vamos ficar nas cadeiras azuis, a R$ 15 (não tem estudante aqui).

Para quem vai passar o fim de semana no Rio e quiser acompanhar o acesso do Vascão, dá para comprar também os ingressos para sábado: R$ 30 a arquibancada e R$ 15 a cadeira azul.

16 comentários:

Anderson L. Saponi disse...

E AI RODRIGO BLZ!!??

VIDA DE PALMEIRENSE NÃO É FACIL.

PARECE QUE É "NOIS CONTRA O MUNDO".

OS EDITORIAIS DO JORNALECOS DO INTEIROR SEGUEM A MESMA BATIDA DA CAPITAL.

E DÁ-LHE ALIENAÇÃO.

ABRAÇOS.

Blog do Meu Saco disse...

Ninguém, até agora, levantou a seguinte bola: a falta que gerou a expulsão de Dagoberto, ontem, foi idêntica àquela pela qual Vágner Love levou gancho de dois jogos. Como o SPFW leva mais dez dias para voltar a campo - e provavelmente roubar mais alguém - há tempo de sobra para que Dagoberto seja denunciado e desfalque o clube por mais um jogo. E, pelo que Borges fez, qual será o gancho? Pelo menos três partidas, certo? Né não? Hein?

Giovanna Concilio disse...

Te vejo em Ipanema sábado? Hahahaha
40 graus na sombra

Claudio Yida Jr disse...

Pior, mano, é que tem quem cornete essa "preferência" - na verdade, é só a justiça sendo aplicada - pelos torcedores que compraram 10 jogos. Eu acho que 10 jogos é pouco, aliás. E, sei lá, ir a Prudente/MS deveria valer um ingresso grátis.

Forza Palestra disse...

Concordo plenamente, japonês. 10 jogos ainda é uma nota de corte baixa. Mas já é um começo.

Quem critica isso é um filho da puta. Filho da puta!

E é bem por aí: todos os torcedores de Palmeiras e SCCP que foram até PRudente deveriam ser recompensados agora.

Forza Palestra disse...

Sim, Gi!

Ah, e o comentário do André é pertinente. Porque eu sou contra qualquer dessas punições, mas, já que vale pra gente, tem que valer pros outros também.

Rodrigo disse...

O torcedor que invadiu o gramado do Morumbi foi preso imediatamente. Por que punir o clube?
Em Goiás houve uma pancadaria generalizada entre cruzeirenses e goianos. Não percebe a diferença?

Gabriel Manetta disse...

e dái que o cara foi punido pelo clube???

eu vejo a punição ao estádio para mostrar que o estádio não tem a devida segurança.....

Gabriel Manetta disse...

sobre a venda dos ingressos da Libertadores do time da marginal sem numero...

o certo seria ter uma lista de preferencia, por exemplo, a venda seria durante 20 dias, nos 2 primeiros dias, só pode comprar quem foi em 40 jogos ao ano, no 3o e no 4o dia quem foi ao menos em 30 jogos, depois quem foi ao menos em 20....e por ai vai....

Gabriel Manetta disse...

retirado da comunidade do Palmeiras no Orku

"BORGES E DAGOBERTO - Indiciados
procurador do STJD.Ele confirmou que Borges será indiciado por agressão(120 a 540 dias)e DAGO(2 a 6 jogos).
.
via @AlexMuller93 "

Forza Palestra disse...

Rodrigo,

Você é que não percebe porra nenhuma. O Goiás foi punido no ano passado por uma briga que aconteceu na arquibancada e que sequer chegou ao campo de jogo. E envolveu uma torcida medíocre como a do Cruzeiro.

Já que é assim, por que o SPFW não foi punido em qualquer uma das brigas já ocorridas no Jd. Leonor?

Por que será que somente o Goiás foi punido no ano passado? Teria algo a ver com o adversário que teria de ir ao Serra Dourada um pouco depois?

Por fim, eu sou contra todas essas viadagens de tribunal e punições idiotas, mas, já que isso está acontecendo, é necessário então que as penas sejam aplicadas a todos os times.

Claudio Yida Jr disse...

Briga entre torcida do Cruzeiro e do Goiás, francamente...

JoãoP disse...

Cara, acho que o grande ponto nessa história de ingressos vai um pouco além.

No fim das contas, a diretoria dos caras tem essas sacadas porque lá a coisa é vista como "negócio", e aí os diretores se portam como executivos, que trabalham com metas, números e coisa e tal.

Tenho a impressão de que a nossa administração já é mais fundamentada na paixão, nos ideais. Não se lembra do que disse o Belluzzo quando houve a polêmica sobre a janela de transferências?

Por um lado, a administração tipo business é mais produtiva, é claro. Por outro, é alienada, desprovida de tradições e ideais - vejam o perfil dos caras.

Eu até queria uma gestão mais produtiva, mas também não quero o Palmeiras administrado por homens de negócios. Na boa: não sei se existe uma boa solução...

Abraço.

José Luiz disse...

JoãoP, tenho uma visão oposto à sua. Nunca tivemos um diretoria tão business como essa.

Isso explica clássicos em Prudente, Setor Visa, preços abusivos, etc...

E sobre a questão das brigas na arquibancada, por que ninguém comenta que as bixas covardes estão repetidamente jogando bombas em seus adversários.

Forza Palestra disse...

João,

Dá pra dizer muita coisa dos diretores do SCCP, menos que eles são profissionais. Muito pelo contrário. Não é por aí a questão, e isso prova que não é preciso sequer atingir um nível mínimo de profissionalismo para reconhecer e oferecer condições dignas ao seu torcedor.

Abraços

Gabriel Manetta disse...

eu também sou contra tirar jogo de um estádio por invasão ou briga na arquibancada, até porque aí vem o tempo de espera até o julgamento, e a suspensão ajuda um rival que nada tinah a ver com a confusão, como foi o caso do ano passado....

mas o clube deve sim ser punido se alguém invade o campo, se não também é facil né, algum diretor bota um cara na bancada pra entrar e agredir um jogador....mas a punição deve ser financeira, e deveria acabar com essa porra de tribunal, deveria ser tudo padronizado como é na Inglaterra...

falta violenta = cartão vermelho
agressão na jogada = cartão + 1 jogo
agressão fora da jogada = cartão + 2 jogos