26 maio 2011

O Palestra nos cinemas

O Palestra vai ao cinema, e o lance aqui não tem a ver com ostentação de títulos ou com filmes que não passam de peças de propaganda criadas para vomitar uma pretensão sem propósito. Porque aqui é Palmeiras, e porque defendemos a nossa história contra gente que desconhece a própria história.



Belo cartaz este acima, não? Tanto quanto o título escolhido para o filme do cineasta palestrino Rogério Zagallo, uma produção da Oka Comunicações. Boa também é a sacada extraída do material de divulgação: ""Primeiro Tempo" é um documentário de 45 minutos mais 2 de acréscimo". Trata-se do primeiro filme oficial licenciado pelo Palmeiras; deve ser lançado nos cinemas, em DVD e também na TV. É uma despedida do inesquecível e saudoso estádio Palestra Italia: torcedores, jogadores, ex-atletas, funcionários e moradores da região, todos estão presentes na produção.

Para quem quiser conferir o quanto antes, fica a dica: "Primeiro Tempo" vai abrir a edição paulista do CINEFOOT, no dia 2 de junho, quinta-feira da próxima semana, a partir das 19h30, no Museu do Futebol (Pacaembu). A entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados meia hora antes na bilheteria do museu.

Mais informações no site Palestra Itália doc.

O trailer está aqui:




***

Um detalhe importante: Rogério Zagallo é também o diretor do documentário "Juventus - Rumo a Tóquio", uma obra que traz em seu cartaz a frase "Ódio eterno ao futebol moderno". Não preciso dizer mais nada...

12 comentários:

Paty disse...

Que lindo! Que saudades!!!!!

@danicelos disse...

Palmeiras sempre! saudade de qnd eu morava ai pertinho...

Danilo disse...

saudades do palestra!!!!

trailer e fotos ja mostram o que vai ser esse filme. parabens

Anônimo disse...

Meu caro Barneschi,
Arrepiante! Saudades boas da época em que, jovenzinha ainda, assistia inclusive a todos os amistosos do time mesmo enfrentando tempestades, e do cimento bruto das arquibancadas, ainda sem lugares marcados ou divisões de torcidas, vibrava com os gols de César, Leivinha e Nei! Grandes tempos! Cada emoção vivida com o amado Palmeiras, está eternamente gravada na minha alma. Paixão eterna pelo Palmeiras! Forte abraço!

Luan disse...

Estou muito ansioso para ver esse filme. O Palestra Itália é o templo máximo do futebol mundial! O Jardim Suspenso nunca deveria ser destruído, ver as imagens de tudo derrubado lá dói a alma palestrina.
PALESTRA ITÁLIA EU TE AMO E SEMPRE LEVAREI NA MEMÓRIA QUANDO PISEI EM SEU SOLO SAGRADO!

AVANTI PALESTRA

Ivan disse...

Caralho! Quando escuto a palavra futebol, a primeira coisa que vem na cabeça é a lembrança do primeiro jogo no Palestra. Não tem como descrever... Quando a ficha caiu, que tudo isso nunca mais iria existir; que perdemos para a modernidade e para os engravatados que nunca pisaram naquele cimento; que perdemos nosso corpo e que eu perderei em tempos, uma das melhores lembranças da vida, o coração apertou.

Podem dizer o que for, vir com o melhor argumento do mundo.. NÃO QUERO PORRA DE ARENA! Construimos esse estádio com suor e dignidade, alí tem história (mais que qualquer outro palco de teatro), alí tem a minha história, desde criança. Alí é Palmeiras!

Eterno Palestra Itália!

Saudações caipiras, Barneschi

Forza Verde disse...

Mauro César Pereira (ESPN) é uma rara excessão em meio a impren$inha podre e nefasta deste pais. Digo isso a algum tempo e a cada dia, a cada comentario dele tenho mais convicção disso.

Estes são alguns comentarios que ele acabou de postar no Twitter sobre o jogo Peñarol x Velez:

"Agora consegui chegar ao jogo da Libertadores também, Que espetáculo dos hinchas carboneros, Dá-lhe Peñarol. O futebol ainda pulsa"

"A festa da torcida impede a visão do campo. E dai? Em alguns minutos a fumaça desaparecerá e a bola rolará. Festa, futebol, amor pela camisa"

"Todo respeito ao povo carbonero e La Barra De La Amsterdam, La Hinchada del Glorioso Peñarol"

"ÓDIO, ETERNO, AO FUTEBOL MODERNO. DÁ-LHE PEÑAROL!!!!"

by Mauro César Pereira on Twitter

Precisa dizer mais alguma coisa? Creio que não né...

Anônimo disse...

Forza Verde pena que esse vagabundo de PC não reconhece os 8 títulos do Verdão.

Caselli o Carcamano

Gabriel Manetta Marquezin disse...

o Flavio Gomes também está difundindo bem a cultura contra o futebol moderno...apesar de ja ter admitido ao vivo que realmente tem uma birra com o Palmeiras, porque quando criança aguentava muita zoação dos seus irmão palmeirenses...

sobre o filme, eu já tive a oportunidade de ver...

o documentário é excelente...não é bambístico, não mostra gols, não mostra títulos, mostra que o Estádio Palestra Italia não depende disso para ser eterno...

eu desafio algum palmeirense assistir o filme e não chorar!

Forza Verde disse...

Casseli, essa sobre o Mauro César eu não sabia. Bom saber, valeu pela info. O referido caiu no meu conceito. Não reconhecer os títulos dos anos 50 e 60 como nacionais beira a loucura, pra não dizer canalhice. E como canalha é o que não falta no futebol e principalmente na impren$inha...

Gabriel, Flavio Gomes ao meu ver não merece atenção pq a insignificância deste imbecil já basta. O cara torce pra Portuguesa e quer fazer graça na TV. Seria apenas ridículo não fosse tbm patético.

Gabriel Manetta Marquezin disse...

pelo que eu sei o Mauro acha errado reconhecer os títulos como Campeonatos Brasileiros...mas reconhece como título nacional....sinceramente eu nunca fiz questão de que a CBF reconhecesse isso...o dia que eu precisar que alguma confederação reconheça um título para eu valoriza-lo, eu não serei torcedor, serei um bambi modinha....foda-se que a FIFA não reconhece a Copa Rio como mundial, o caneco está lá, todos sabem o quanto ele vale, todos sabem que ele vale MUITO mais que o caneco do SCCP de 2000, que tem o reconhecimento da FIFA......sem contar que a CBF só reconheceu nossos títulos por politicagem, para ter nosso apoio contra o C13 na questão das cotas de TV....

ainda sobre o Mauro, vale MUITO a pena ler este texto dele de quando fomos eliminados da Sudamericana10

http://espn.estadao.com.br/maurocezarpereira/post/161860_FUTEBOL+NOS+ENSINA+CEDO+EUFORIA+E+O+SOFRIMENTO+PROFUNDO+E+AULA+DE+VIDA

o Flavio eu gosto muito, ele também escreve muito contra essa merda do atual futebol, além de falar na lata o que pensa sobre outros jornalistas como os babacas do Sportv...

vale essa leitura do Flávio

http://colunistas.ig.com.br/flaviogomes/2011/04/18/vale-muito/

Anônimo disse...

O filme deve ser lindo e emocionante, porém, que todos saibam que um ídolo do passado que aparece no filme, o Sr Oberdan Catani, com inúmeros anos de serviços prestados à SEP com indiscutível amor ao clube e garra, tornou-se anos atrás conselheiro vitalício do clube em troca de lealdade e obediência eterna e ativa ao maior pilantra, sanguessuga, rufião e adversário da SEP : Musgambá Contursi.

Um exemplo de que ídolos do campo não devem jamais se meter na vida política do clube.