12 maio 2011

"Pra ver meu time não precisa de motivo"

Todos os 5.000 e poucos palmeirenses que fomos ao Pacaembu na madrugada de quarta para quinta-feira devemos ter enfrentado durante a semana perguntas como "O que você vai fazer lá?", "Você acredita em milagres?" ou "Que motivação você tem para ir ao Pacaembu?".

Responderia a tudo isso dizendo que não acredito em milagres desse porte, mas que não preciso de motivos para ir ao estádio. Basta que a camisa verde vá a campo, e eu vou junto.

Conheço, pessoalmente ou de vista, a maior parte dos palestrinos que estivemos no estádio municipal. Algumas centenas de jogos depois, é quase impossível não reconhecer cada rosto familiar, de gente que vai atrás do Palmeiras pelo simples ato de ir atrás dele, como se fosse uma obrigação autoimposta.

Tivemos no Pacaembu um público seleto. Um público que vai a todos os jogos, que viaja pelo clube, que não mede esforços para empurrar o Palmeiras. Pessoas que, parafraseando um conhecido personagem histórico, não querem saber o que o Palmeiras faz por nós, mas o que nós fazemos pelo Palmeiras. Pessoas que não vivemos do clube, mas pelo clube.

A obrigação de ir a um jogo como este era maior até que a de ir a uma final ou a qualquer outro jogo. O Palmeiras precisava disso. Quando falo em Palmeiras, não me refiro a alguns vagabundos que estavam no campo, mas da entidade Palmeiras, sempre maior que tudo e que todos.

Fizemos a nossa parte.

Aí, senhores, digo que vai passar o tempo e logo estaremos em uma decisão de campeonato novamente. Vai ser bem aí que surgirão milhares de "torcedores" desesperados atrás de ingresso, querendo ir ao jogo a qualquer custo. E serão logo estes que virão dizer que não existem "mais" ou "menos" palmeirenses.

Escrevi há pouco um post intitulado "Ruptura". Ele se aplica bem ao momento. Torcedor é aquele que vai ao estádio. Torcedor é aquele que está ao lado do time quando ele mais precisa. Torcedor é aquele que não vai para ver o time vencer, mas para levá-lo à vitória. Torcedor é aquele que não precisa de motivos para ver o time jogar. Torcedor é aquele que vai a campo mesmo quando tudo parece jogar contra.

E sim, existem "mais" e "menos" torcedores!

Obrigado a todos os que dividiram comigo a arquibancada do Pacaembu. Tenho orgulho de todos vocês!

Quanto aos jogadores, não passam de vagabundos!

***

A música que aparece lá no título do post:

"Pra ver meu time não precisa de motivo
Quando ele joga sempre vou pra incentivar
Oh, meu Palmeiras, você pode contar comigo
A Mancha sempre está contigo
E nunca para de cantar
E dá-lhe Porco, e dá-lhe, dá-lhe Porco"

24 comentários:

José Antonio disse...

Foi uma honra dividir a bancada hoje com tantos palestrinos de alma.

Obrigado a todos.

FORZA PALESTRA !
Forza no modorrento campeonato de pontos corridos agora...

ORGULHO DE SER PALESTRINO.

Roberto Kamarad disse...

Sensacional! Um pouquinho de mim tava lá, tenha certeza! Abs, mano!

André Barganian disse...

Acabei de chegar de volta a Araraquara! Vai ser duro acordar amanha mas não tenho duvida que valeu a pena! Na rodovia ouvindo as radios ouvia muitos "comentaristas" dizendo que poderia ter mais torcedores do coxa do que nossos! Essa era a intenção da imprensa com essa historia de publico zero! A mancha caiu como um pato! EU queria saber que outra torcida de qualquer outro time colocaria hoje la mais de 5000 pessoas!!!

Nos estamos de parabens!!!

Anônimo disse...

Sem duvida nenhuma, estão todos de parabens...foi lindo, maravilhoso...

Alex Amaro

Anônimo disse...

Estive ontem no municipal, e por favor, não me venha falar em Mancha, principalmente depois da vergonhosa nota que eles soltaram em vosso site. E não me venha falar que ela foi escrita em primeira pessoa, e que aquilo não é a palavra oficial da torcida, é sim, e está lá bem claro para todo mundo ver.
Que eles sigam na campanha público zero,pois foi nítido que ontem eles não fizeram falta, pois os verdadeiros palestrinos representaram a altura.
Abraço
Kleber

Gabriel Sanabria disse...

Parabéns pelo texto!!! Me emocionei com ele, pois realmente foi uma honra ontem dividir a arquibancada com verdadeiros palestrinos neste momento que nosso Alvi-verde Imponente mais precisava. <<< #Ele Ganhando, ele perdendo, sou PALMEIRENSE de coração >>>

Anônimo disse...

Para aqueles que não sao mais nem menos palmeirenses, nas que sao SEMPRE Palmeiras:
"Serei Palmeirense, mesmo que a bola nao entre, mesmo que o palestra se cale, mesmo que o manto desbote, mesmo que a vitoria esteja longe ..."
Parabéns pelo texto e ótimo tb ter ido em mais um jogo c tantos palmeirenses de verdade!
Da-lhe Porco!

Gabriel Manetta Marquezin disse...

ontem foi sensacional, sem palavras, não tem como descrever o clima no Municipal ontem...o que tinha de se falar ja foi dito no post....

abs!!!

Luiz disse...

Mais um belo texto, nobre calhorda.

Grande música, mas, infelizmente, os tempos mudaram. Vou deixar uma questão no ar: "A Mancha sempre está contigo?"

Chavez disse...

Fera, eu pensei isso a semana inteira. "Será que nenhum blogueiro pensa como eu?". Valeu! Você expressou o que um torcedor de verdade pensa. Queria ter ido ao estádio, com certeza, mas não pude. Fico indignado com outros falando que "os jogadores nos decepcionaram tanto". Sério, até o jogo de ida, todo mundo batia no peito e falava: "Nós temos Kleber, temos Valdívia, temos Marcos Assunção, Cicinho..." O Luan sempre foi menos badalado, então tudo bem, mas agora todos são um lixo? Sério, continuam sendo o mesmo time, e o Valdívia, o Kléber, o Assunção estão se mostrando guerreiros também. Faltou vontade no jogo de ida, mas dpois de uma roubalhada tremenda na semi do paulistão, contra o maior rival, quem não desanima? Vamos incentivar o Palmeiras, vamos incentivar o elenco, e vamos incentivar a torcida, todos a serem UM. Todos a serem Palmeiras.

Anônimo disse...

Sai com a sensação de dever cumprido.

Fui pra ver/incentivar o Palmeiras e foi mto gratificante ter comparecido mais uma vez ontem.

Seria vergonhoso ver a torcidinha de time pequeno (e oportunista pq eles nunca veêm) ter mais publico que a gente. A galera que foi representou legal, os caras vieram animados, mais não tiveram chance. O incentivo foi intenso e o tempo todo..

Não tem oq falar..

Protesto de publico zero não existe, que arrebetem carros e batem na cara dos vagabundos..mas não me venha com desculpinha para nao ir no jogo.

siamopalestra disse...

É isso e só isso.

Quem esteve ontem no Pacaembu sabe de que valeu ter ido até lá às 22h de uma quarta-feira assistir um jogo que estava "perdido".

Cantamos juntos, apoiamos juntos, aplaudimos o PALMEIRAS juntos.

E ver a garotada comemorando nas arquibancadas mostra que esse tipo de jogo vale por dois.

Abrazzo,
ROJAS.

Anônimo disse...

Perfeito este post.

Não tem oq acrescentar ou ressalvar.

Simplesmente perfeito.

* Só um detalhe que não tem nada a ver com o post..os jogadores não poderiam ter deixado os caras fazerem o quinto e sexto gol..em hipotese alguma..se tivesse sido 4x0, estariamos classificados.

todos devem ser cobrados pelo vexame da semana passada*

Néspoli disse...

Foi como minha mina me disse: Juntos na Alegria e na Dor

Palmeiras sempre acima de tudo.

Jogadores passam, nós e o Palmeiras não...

até SJRP

Nicola disse...

Ah cara, esse time de vagabundos sem vergonha na cara não merecia que eu fizesse exatamente o mesmo que fiz na semi contra os gambás, por exemplo. Aproveitei esse jogo pra ir na numerada com meu pai, e xingar bastante os filhos da puta que infelizmente vestem a camisa do Palmeiras.

Exceto o Marcos, que diga-se de passagem NÃO merecia ter entrado como titular contra o Coritiba lá, nem aqui. E ainda tomou dois frangos no primeiro jogo... Me irritou bastante a impressão de "satisfeita" que a torcida passou nesse jogo, principalmente com os gritos de "PQP, é o melhor goleiro do Brasil". Esse jogo não era pra isso. Durante a partida beleza, que cantassem normalmente, mas antes e depois, esse time de merda tinha que escutar, e muito.

Parabéns a quem atirou a pedra no ônibus do time... Porra, 2x0, e daí? Tomou de 6 de um time que como você falou, não é merda nenhuma... Meter 6x0 aqui também não seria mais do que a obrigação, depois do absurdo que fizeram no Paraná...

"Aí, senhores, digo que vai passar o tempo e logo estaremos em uma decisão de campeonato novamente. Vai ser bem aí que surgirão milhares de "torcedores" desesperados atrás de ingresso, querendo ir ao jogo a qualquer custo. E serão logo estes que virão dizer que não existem "mais" ou "menos" palmeirenses." - Perfeito!

PS: De quem era aquela bandeira da Itália?

Anônimo disse...

Se os aplausos foram para os jogadores, tmb acho que foi desnecessário.

Não mereciam e o jeito que jogaram ontem era o minimo que eles tem que fazer em todos os jogos.

Fomos humilhados e eles merecem saber disso, não dá para aplaudir quem nos humilhou semana passada.

Eu tmb fui de cadeira, justamente pq não queria ficar pulando nesse jogo..cantei e apoiei (nao xinguei ninguem além do bandeira que estava perto do alambrado)..mas a empolgação de outros jogos e dos outros 5/6 mil que foram estava mto maior que o meu.

Mas fui, fiquei satisfeito de ter ido, não me arrependo nem um pouco, revi algumas pessoas que já acompanhei em outras batalhas.

E só espero que este jogadores respeitem a torcida que tem. Nós merecemos jogadores que no minimo nos honrem.

att
Bruno

Eduardo Frollini disse...

Eu to sempre no estádio acompanhando o Palmeiras, mas moro há 270 km de São Paulo e de dia de semana fica muito difícil sair as 18.30 do trampo e me dirigir pra sampa, além de que a grana gasta é muito maior de um morador de sampa.
Mas eu queria estar no estádio, não deu então estava na frente da TV, os 90 minutos, como sempre, pq pra mim é impossivel perder qualquer jogo do Palmeiras (seja no estádio ou na TV).
Ontem um amigo santista me ligou, e me chamou pra ver o jogo das sardinhas e beber uma cerveja com ele, aí eu falei "Não rola, hoje tem Palmeiras", ele tirou um sarro e queria saber pq ía ver o jogo do Palmeiras, tentei explicar pro sardinha, mas tem coisas que eles nunca irão entender.

João Medeiros disse...

Meu velho,

Emociona ler isso. Escutei, há tempos, um comentário de um vascaíno amigo de arquibancada, que me emocionou como o que você escreveu. Disse ele, depois de perguntado porque iria ao jogo: Cara, ainda que Deus aparecesse aqui agora e afirmasse que o VASCO ai perder de goleada, ainda assim eu iria ao jogo. Apertei a mão do amigo na hora e pedi mais uma cerveja para brindar a resposta.

Quanto ao VASCO ter sido o único grande a ficar, agradeço as palavras. Sei que teremos sua torcida e de muitos outros amigos palmeirenses. Tenho certeza, amigo, que em breve nos encontraremos de novo numa final, como deve ser. Abraços.

Forza Palestra disse...

Porra, a merda do Blogger conseguiu apagar todos os mais de 40 comentários deste post!
Filhos da puta!

Pedro Pellegrino disse...

Aplaudir é o caralho! Quem aplaudiu esses retardados pra mim é que nem aquele cara que foi chifrado pela namoradinha com seis caras diferentes, aí consegue transar com a mulher duas vezes seguidas e se acha o fodão, ah vão se fudê! Acorda Palmeiras!

Anônimo disse...

na boa, o comentário de geral foi do PALMEIRAS, um time de reça e tradição, que comete erros por ser administrada por humnas. . . mas da bicharada ngm fala nada? e pra esse serzinho que postou antes de mim, um grande VAI TOMAR NO CÚ! ciuda da sua vida e do teu time, que deve ter defeitos como qualquer um! se não tem o que falar, ou melhor, se o que vai falar não tem sentido muito menos conteúdo, faz assim, FICA QUIETO, que é beeem mais proveitoso! #otário!

Marianne Vegners disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marianne Vegners disse...

Sempre tem um retardado que acha que torcer pelo seu time é só quando ele ganha.
Quem torce verdadeiramente, está do lado ganhando ou perdendo. Com chuva ou com sol.
Quem torce verdadeiramente fica irritado quando os dirigentes fazem merda e preocupado quando o jogador se machuca.
Quem torce verdadeiramente vibra com cada passe, com cada jogada e aplaude seus jogadores.
Quem torce verdadeiramente não se esconde quando um torcedor de outro time começa a fazer piada sobre o seu e defende seu time.
Quem torce verdadeiramente merece a honra de ser torcedor.
E principalmente Palmeirense.

Abraços

Alexandre [SEP] disse...

"Quanto aos jogadores, não passam de vagabundos!"

Nisso estamos de acordo.