10 novembro 2013

O que fazer com os pontos corridos?

Eu poderia aqui apresentar mais um tratado entre os tantos que já escrevi sobre esta pragaque atende pelo nome de "pontos corridos". Acontece que já não tenho mais paciência para tanto, e então vou apenas recomendar alguns posts: 12 e 3.

E eu bem poderia rebater Juca Kfouri, que produziu um texto infeliz esta semana para tentar novamente desfraldar a bandeira da "justiça dos pontos corridos". Não será preciso; deixo, pois, que a pobreza de seus argumentos resolva a parada sem a minha intervenção.

Mas não posso encerrar este sucinto e já pouco interessado post sem fazer a seguinte constatação: o Palmeiras pode assegurar o título da Série B na próxima terça-feira no vestiário, antes mesmo de ir a campo. Não que a conquista em si tenha alguma relevância, mas é forçoso observar que um título pode ser definido não com um gol salvador, com uma falha grotesca ou mesmo por força de uma retranca insuperável; o título pode ser obtido - e é bem provável que seja assim - com o time no vestiário, em pleno aquecimento para ir a campo em um jogo que já não terá qualquer validade.

Parabéns a todos os envolvidos.

###

Sobre o jogo de ontem à tarde no Pacaembu, não há muito o que dizer, mas eu me sinto meio no dever de fazer uma pergunta a uns e outros que estavam ali no setor verde e que resolveram que era o caso de xingar a principal torcida organizada do clube: o que há de errado no grito "Não é mole não, a Série B não é mais do que obrigação"? Por favor, aguardo uma resposta dos senhores.

22 comentários:

Anônimo disse...

A torcida do Palmeiras quer uma organizada que empurre o Palmeiras!! Já fui Manchista mas hoje a MV não levanta mais o Pacaembu... Não tem mais cantos novos... Não se renova. A torcida do Palmeiras cansou... Isso eh triste!

Rodrigo Amato disse...

Acho que o grito contra a MV não foi pelo canto ao final da partida, mas motivado por ele alguns começam a se levantar contra a falta de criatividade e inteligência de nossa principal organizada.

O canto em si é merecedor de apoio, mas o manequeismo que a própria MV está criando é que segue nos mantendo em desunião, tal como PN e CEO esperam que se siga até jan/15.

Lamentável a MV servir passivamente de massa de manobra. Falta uma liderança ali, claramente, para pensar em algo além do carnaval.

Felipe Teodoro da Silva disse...

Acho o grito desnecessário, mas quem são esses indigentes para ao menos levantar a voz para quem cantou, festejou e não parou um segundo dos mais 90 minutos em que o Palmeiras estava em campo?
O que acontece é que o Palmeirense de hoje da mais ouvidos a pessoas como Perrone e tantos outros. Esses que xingaram a MV não tiveram a coragem de ao menos cantar o nosso hino. Uma vergonha!!!

Pedro Galdino disse...

Bom dia,

Você que é da TO Mancha Alvi Verde que tanto pega no pé dos nossos melhores jogadores (Diego Souza, Love e agora Valdivia), que adora afastar bons jogadores do nosso time pela violência da torcida, pois se um jogados tem 2 propostas na mesa, certamente ele não virá pelo passado recente de nossa grandiosa organizada.

Está mais que na hora de impedir estes vagabundos de entrar no estádio, pelo menos sem a camisa dessa instituição de agride a imagem do palmeiras a cada dia.

Valdívia o nosso ultimo bom jogador, que fez gols decisivos na Copa do Brasil do ano Passado e a grande MV só lembra dos fatos negativos.

Fiquem então com Enílton, Felipe Menezes, Ivo e tantos outros.

Fico revoltado, o Palmeiras está devendo até pra Mãe e nego quer se livrar do nosso melhor jogador, ao qual, nós pagamos 30 Milhões de Reais, quando todo mundo apoiou o Beluzzo.

Sou Palmeiras e não sou TUP, MV, SAVOIA e outros, estava na arquibancada no sábado e em muitos jogos do palmeiras nesse ano e no ano passado, amo meu time, por isso tenho o direito de vaiar a gloriosa MV. Que liga mais para o carnaval do que para o futebol, gosta de jogador que dá dinheiro para o carnaval. BANDO DE VAGABUNDOS, você poderá excluir meu comentário, mas minha opinião está interposta. Abraço

Geraldo Batista disse...

Cara realmente a serie B não é mais do que obrigação, mas já tá chato já, todo jogo é a mesma merda, a MV ta mais q ultrapassada não canta nada de novo, sempre a mesma coisa, na moral mesmo ta faltando uma liderança diferente ali, porra vamo honrar a memoria do Cléo ai gente...Mania q tem de perseguir jogador não importa o q acontece, perseguia o Alex, perseguia o Love, perseguia o Diego Souza, perseguia o Armero e hj o cara ta voando no Nápoli e na seleção da colombia, a MV se esqueceu de fazer festa no estádio e spo ta se preucupando em se dar bem na pista

Raul Martins Dias disse...

Como eu disse antes. Para a Série A, pode-se até discutir entre pontos corridos e mata-mata, as vantagens e desvantagens de cada sistema, e tudo mais. Mas, na Série B, o que eu queria era sair logo desse inferno - e já saímos, resta esperar 2014 e a tabela da Série A. Agora, imagina se, depois dessas 38 rodadas, tivéssemos que enfrentar um mata-mata, digamos, com o Joinville (atual 8º colocado), e, por causa de dois jogos, sermos obrigados a passar mais um ano nesse inferno.

Quanto à disputa pelo título, o problema de ser campeão sem jogar poderia ser resolvido se o gênio que monta a tabela marcasse os jogos do Palmeiras e da Chapecoense para o mesmo horário. Mas, por mim, que peguem esse troféu e o levem na casa do Sr. Arnaldo Tirone, ou que o entreguem a ele em uma pomposa cerimônia na Arena Barueri, no Canindé ou no Prudentão, já que ele gosta tanto desses estádios. Título eu quero no Brasileiro do ano que vem.

Raul Martins Dias disse...

Em tempo: a Brisa/PR, que é um clube infinitamente menor que o Palmeiras, estava na Série B no ano passado - e só subiu, em 3º lugar, porque tinha uma vitória a mais que o São Caetano. Neste ano, é vice-líder do Brasileiro e está na final da Copa do Brasil.

Portanto, o primeiro que vier com conversa de que não podemos exigir título já em 2014, que estamos nos reestruturando, que demorará para que o Palmeiras volte a ser competitivo, eu mando tomar no cu.

Wilian disse...

Imagina o Palmeiras classificar em 1º com duzentos pontos a frente e ser desclassificado no mata-mata por causa de um jogo ruim e passar +1 ano da Série B, vc vai lembrar dos pontos corridos.

Sergio Mendonça disse...

O titulo da Série B é um OBRIGAÇÃO sim ao PALMEIRAS, afinal não se pode comparecer a estrutura que o clube dispõe com os demais concorrentes. Por sinal, deveria ser invicto sem nenhuma derrota para as "desgraças" de boa, icasa, abc, sport, etc.

Anônimo disse...

OK, ok, a série B é sim obrigação e até concordo com o Sérgio do post aí de cima: deveria ser com vitória em todos os jogos...Isso seria uma forma de amenizar um pouco os sofrimentos e humilhações dos últimos anos. Mas, infelizmente, o mundo está longe de nos possibilitar tudo aquilo que queremos e o futebol não foge à regra. O fato, é que vamos sem campeões novamente dessa malfadada série B, mas trata-se de um conquista limpa e honesta, contra tudo e contra todos, mais uma vez! Então, é melhor relaxar um pouco, agora que o pior já passou e viver alguma alegria por sairmos honradamente deste triste episódio! Vejam a torcida de Belém: está preparando uma grande festa para receber o Palmeiras, pois está com muitas saudades do time que não joga por lá desde 2010! Vamos criticá-los por isso? Acho que eles fazem muito bem, tem mesmo é que fazer muita festa, simplesmente por estarem juntos com o time do coração depois de tanto tempo! Parece batido, mas é aquele papo do amor incondicional...
Relativamente aos pontos corridos, malditos sejam para todo o sempre! Essa fórmula, tão defendida pelo politicamente correto JK, mata aquilo que o futebol tem de mais genuíno: a pura, a surpreendente, a desconcertada e incontida emoção! Saudações palestrinas!

César SEP disse...

Eu também estou ansioso para saber a reposta da pergunta que fecha o post Barneschi. Até agora não achei uma boa justificativa.
Fica o destaque para o show que a MV fez na arquibancada nos últimos 10 minutos de jogo, o estádio inteiro parou para assistir rsrs Só quem estava lá no meio sabe como foi; igual teve no jogo contra o ASA.
Quase teve uma briga lá no meio, um cara foi lá e deu um empurrão no Zeca, que revidou com um soco. Depois disso todo mundo estava esperando que o cara iria revidar, o que acabou não acontecendo.
Nos comentários acima o pessoal está reclamando que a MV não se renova, dizendo que falta liderança, mais festas etc. O problema é o final melancólico dessa Série B junto com a falta de perspectiva de um futuro melhor. Qualquer um fica sem empolgação, até o cara mais fanático.

César SEP disse...


Raul Martins Dias

Bem lembrado cara, a Brisa-PR é um exemplo a ser seguido, e só mostra como os nossos dirigentes são fracos, incompetentes e corruptos. A diretoria é incapaz de defender a dignidade, a honra e nome da Sociedade Esportiva Palmeiras fora de campo. Somos reféns dessa maldita arbitragem, dos promotores vagabundos, da Globo e da CBF há muito tempo.
Os caras não conseguem traçar uma meta, um planejamento, e quem acompanha o dia dia do Palmeiras, sabe que isso é verdade. Estamos à deriva. O Patético-PR foi um excelente exemplo: estavam na B ano passado e hoje estão na final da Copa do Brasil e são vice-líder do Brasileirão.
No último comentário eu disse que estamos sem perspectiva, e o próprio PN confirmou isso ao dizer que o clube não será refém do centenário, e não fará "loucuras". Ou seja, como diria Felipão, iremos ter que aturar os "Juquinhas" da vida ano que vem. O único jogador que eu tenho uma esperança que venha é o Alex.
O Kleina é fraco, e o time idem. Por mim, é melhor deixar o Kleina como treinador, se esse time se manter ano que vem. É menos pior pagar 200 mil pro Kleina do que 600 para outro técnico, porque com esse time, não iremos almejar nada.

Luiz Fernando Sanchez disse...

Pedro Galdino

Vc tem direito a ter sua opinião,mas seu comentário é cheio de clichês,"a MV afasta os jogadores","só estão preocupados com o carnaval", todos sabemos da intransigêcia da Mancha em muitos aspectos,mas precisamos parar de ser única torcida do mundo que ODEIA e xinga a prória organizada.

gilberto disse...

Na minha opinião o problema é que alguns que podem ir a todos os jogos, até nos jogos fora de casa, no meio de semana, e tem possibilidades e grana prá isso, se sentem mais palmeirense do que os outros, e conclui que tem mais direitos do que os demais, inclusive de provocar desunião entre os torcedores. Ou seja, parecem que são os donos da verdade. As cagadas que a mancha verde já fez e fudeu o Palmeiras você não está criticando, tais como as brigas que deram perda de mando de campo. Me desculpe, mas vejo que a torcida organizada, em função se suas "cabeças pensantes", desviou seu foco há muito tempo.

Raul Martins Dias disse...

É bem por aí, César. Se o Palmeiras tiver alguma aspiração em 2014, tem que entrar com a mentalidade justa. Pode até ser que o título brasileiro não venha, mas tem que, pelo menos, chegar até as últimas rodadas brigando pela taça. Se vierem com papinho de "se chegarmos entre os 10 primeiros será um grande resultado", é melhor irem embora do Palmeiras e darem o lugar a quem quer trabalhar, e tem ambição.

Raul Martins Dias disse...

Falando do Palmeiras x Joinville: voltei ao Pacaembu nesse jogo depois de quase quatro meses afastado. Nesse tempo, motivos diversos me impediram de fazer a "ponte aérea" Brasília-São Paulo para ver o Palmeiras in loco, e perdi até o jogo com o CAG, já que a diretoria cagueana mudou o jogo para Itumbiara.

O Palmeiras entrou em campo em ritmo de férias. Os primeiros 25 minutos da segunda etapa chegaram a ser constrangedores. Ainda assim, goleamos um time que também briga para subir. E vendo que um time horroroso como esse JEC está brigando pelo acesso, fica claro como o nível da Série B era baixo, e que subir era obrigação.

Felipe Teodoro da Silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Felipe Teodoro da Silva disse...

Luiz Fernando Sanchez, O Palmeirense comum se acostumo e tomo como verdade tudo o que a imprensa de gamba fala. Ve se eles falam mal da organizada de outros times como dizem da MV ou qualquer outro do PALMEIRAS? Isso não existe, mas o palmeirense acha que é melhor e mais facil tomar toda aquela mentira e calunia como verdade, mesmo sendo dita por apresentadores de programas sem formação para falar sobre futebol.

Raoni Machado disse...

Sobre o brisa-pr: alguem viu a entrevista dele na espn? O cara xinga e confronta quem quer que seja que se opor ao time dele. Precisamos de dirigentes assim! Outro exemplo é o do atletimo mineiro. Nossos dirigentes sempre foram riquinhoa almofadinhas sem malandragem nenhuma para administrar um time

Raoni Machado disse...

"dele" me referi ao presidente dos caras.

Anônimo disse...

Show da MV? ONDE? Vcs acham show o que essas torcidas organizadas fazem? Uns gritinhos ridiculos que mais exaltam a torcida do que o clube, uma batucada ridicula, musiquinhas de quadras de voley....Por favor, vao pra argentina aprender a cantar com as hinchadas, com seus bumbos e murgas...batuque é coisa de macumba, de africa...Ou entao deem um pulo ate o RS, em Porto Alegre tem 2 BARRAS. QUE ENSINAM VCS( GUARDA POPULAR COLORADA E GERAL DO GREMIO). talvez aprendam a torcer. Mancha Verde, Gavioes, Independente, T.Jovem, Tudo ultrapassadas, modorrentas, que nao levantam nem ginaziozinho do interior de tocantins.

Anônimo disse...

ola ;a gente aqui ta com outros formatos aqui ;mais ninguem se interessaem vê ;voce sabe pra onde a gente manda esses formatos ;algum site que se interesse matheuswalverde@hotmail.com