09 novembro 2010

A moral de cada um

Escrevi, já na semana passada, que o Palmeiras tem a obrigação moral de perder descaradamente para Fluminense e Cruzeiro nas rodadas 37 e 38. Acrescento agora, até com mais ênfase, que os leonores, que tanto colaboraram com a gambazada na última semana, estão também obrigados a isso na rodada 36, contra o Fluminense. Bambi é desprovido de noções de moral, eu bem sei, mas, em nome dos acontecimentos recentes, não custa fazer o comentário.

Já ouço vozes reacionárias da nossa brava e valorosa imprensa esportiva, e elas todas iniciam a patrulha sobre Palmeiras e SPFW, como se os dois clubes tivessem de fazer um esforço descomunal para facilitar o título do SCCP. Ora, ora, essas são as mesmas vozes decrépitas e decadentes de gente que comenta futebol do estúdio ou do sofá de casa, mas nunca do estádio. São também, vejam só, as vozes que tanto defendem o sistema de pontos corridos.

A esses crápulas devo dizer que Palmeiras e SPFW não têm nenhuma obrigação nesse sentido. Pelo contrário: há uma outra obrigação, de ordem moral, que impõe a necessidade de derrotas acachapantes, em nome não do discurso hipócrita dos juquinhas da vida, mas sim da rivalidade entre os grandes clubes desta capital.

Se fosse o SCCP na situação do Palmeiras, eu defenderia a mesma coisa para o outro lado. Em nome da rivalidade e da história que opõe os dois clubes. Porque é inimaginável que o alviverde tenha qualquer tipo de contribuição, por menor que seja, para uma conquista da gambazada. É aí que se fazem necessárias as derrotas nas rodadas 37 e 38. É por isso também que em momento algum eu condenei a suposta entregada dos gambás no ano passado; se eles fizeram isso mesmo, eu estou de acordo.

Dirão os puritanos que isso representa uma desmoralização do futebol brasileiro. Não! É a desmoralização dos pontos corridos. Enquanto persistir tal aberração, ficaremos sempre sujeitos a essa discussão cretina. E sempre virá algum imbecil da nossa imprensa esportiva exigir que o Palmeiras (ou quem quer que seja) faça um esforço para ajudar o rival. Eu prefiro que o meu time mantenha a sua própria moral e colabore para a derrocada do rival. Porque isso é futebol. E que os babacas enfiem no cu os pontos corridos.

Vocês não quiserem tanto essa merda no futebol brasileiro? Pois agora façam bom proveito e não encham o saco de quem não tem nada a ver com a putaria que vocês inventaram.

10 comentários:

Anônimo disse...

Não deixando de lembrar, que no ano passado nesse mesmo campeonato de pontos corridos, os gambás entregaram na mão grande o jogo para o flamengo, faltando 2 ou 3 rodadas para o fim do campeonato.
E agora que nós Palmeirenses queremos isso, chove de críticas... VAMOS ENTREGAR OS JOGOS SIM!!!

Nespoli disse...

Foi o que eu já comentei sobre os malditos pontos corridos.

3 roubos numa das 15 primeiras rodadas garantem 9 pontos que fazem diferença no final e ninguém mais se lembra.

Abs

valdemir disse...

Devido aos últimos acontecimentos sou obrigado a muda de opinião no post (Obrigação moral)eu disse que era contra entregar o jogo descaradamente e sim entrar com um time completo de reservas.Vendo alguns programas esportivos,lendo algumas máterias de nossa impressinha safada isso me fez mudar de opinião.
Uma dessas reportagem o safado do reporter disse que no ano passado a situação era outra que os Gambás não entregaram o jogo e sim fizem alguns teste com os reservas.Se o Palmeiras entregar o jogos somos safados,anti éticos,sujos e outras coisas mais agora eles entregam o jogo é apenas um teste.A vai tomar no cú imprensinha safada.
Temos que perder e bonito para os Pés de areia e para as Marias.



FORZA PALESTE!!

Corinthiano disse...

É inaceitável fugir da disputa, eu fiquei revoltado com o meu time no ano passado e se alguém entregou o jogo foi aquele goleiro nojento em um penalti que não existiu. Na época, o Corinthians não ganhava de ninguém, por tanto, não foi essa "entregada" como dizem.

Depois que inventaram aqui no BR os pontos corridos todo ano tem esse papinho de ajudar ou prejudicar o rival, enche o saco.

Agora num improvavél resultado negativo do florminense contra o Goiás acabaria com essa babaquice.

André Fix disse...

Não pode perder uma oportunidade dessas. Entrega sem remorso. Além dos irretocaveis argumentos apresentados pelo Forza, entre outros milhares que poderíamos citar, sugiro ainda realizar o sonho do Marcão, com ele de centroavante.

JoãoP disse...

Na boa? Discutir este assunto à exaustão é, de certa forma, coroar a mudança imbecil proposta por estes canalhas. Explico.

Bem ou mal, esta discussão funciona como grande publicidade para os próximos jogos. Trata-se de uma maneira de manter a atenção do torcedor ligada ao campeonato, mesmo que seu time já tenha sido eliminado. Logo, trata-se de uma forma de aumentar a audiência dos jogos em questão - meta máxima dos canalhas.

A meu ver, o ideal é jogar esta discussão para debaixo do tapete e focar nossas atenções na conquista da vaga na libertadores.

Abraço.

Nicola disse...

"em nome não do discurso hipócrita dos juquinhas da vida, mas sim da rivalidade entre os grandes clubes desta capital"

Exato, o campeonato por pontos corridos vai simplesmente contra a lógica das rivalidades, contra a "lógica" do futebol. Não daria pra criticar um time por "entregar" um jogo pra fuder com um rival.

Mas acredito que nem no Palmeiras nem no SPFW, os jogadores entrarão com esse pensamento de entregar o jogo, afinal eles nem torcedores são. As bichas vão tentar ganhar porque disputam a vaga pela Libertadores, e nós devemos priorizar a Sul-Americana, logo o Palmeiras tem que entrar com time reserva ou misto, não é questão de entregar porra nenhuma. Como bem disse o João, toda essa palhaçada que a impren$a vem fazendo ao comentar sobre esse assunto é justamente pra conseguir mais audiência nessa reta final do campeonato.

OCTOGONAL DE VOLTA JÁ!

Abraço

Alex disse...

Será que o seo Cruz já leu seu post? O dele a este respeito chama "Aqui ainda é Palestra?" Ficou bravo com a idéia da entregada.

Forza Palestra disse...

Clayton
A rivalidade entre Palmeiras e o seu time é maior que qualquer campeonato. É isso que eu defendo.

Alex
Ele deve ter lido já. Nós discordamos frontalmente neste caso, mas faz parte. Cada um tem sua opinião.

Abraços

Daniel disse...

vagabundos que defendem os pontos corridos tem + q ficar quirtos agora....