06 março 2012

"El día que los hinchas juegan"




Aqui no Brasil, dois grandes clubes venderam a alma para o Estado: ganharam estádios com dinheiro e terreno públicos, e um deles desvirtuou toda uma história previamente construída. Há outros casos, mas, para efeitos imediatos, importam estes dois. A eles é válido contrapor a mobilização em curso agora em Buenos Aires, mais precisamente no sul da Capital Federal, em Boedo, casa original do Club Atletico San Lorenzo de Almagro. É por causa do terreno onde ficava antes o Viejo Gasómetro, na avenida La Plata, que a torcida do San Lorenzo vai fazer neste próximo 8 de março, na Plaza de Mayo, uma grandiosa manifestação em nome de uma reparação histórica.

Antes de tudo, a convocação, um dos vídeos de futebol mais emotivos que eu já tive o prazer de ver:


O San Lorenzo, um dos cinco grandes, chegou a ter o maior estádio da Argentina até o final dos anos 1970. Era o Viejo Gasómetro, em Boedo, periferia da cidade. Eis então que a cancha foi "tomada" pelo poder público (viram só a diferença em relação ao Brasil?) durante a ditadura que assolou o país vizinho. A explicação:
"reordenación urbana". São muitas as versões da história (recomendo esta e esta, ambas do Impedimento, e mais uma do Futebol Portenho). Fato é que o clube perdeu sua cancha para o Estado, e, contrariando todas as leis, o terreno foi entregue anos depois à iniciativa privada. O estádio foi abaixo para a construção de um Carrefour.

Mais de 30 anos se passaram, e los cuervos, apesar de terem uma nova cancha, o Nuevo Gasómetro, não desistem de lutar pela "restitución histórica". Eles querem "volver a Boedo". Não só os que viveram aqueles anos, mas as gerações mais novas também.

“La fe mueve hipermercados”, dizem. 8 de março, meus amigos: um dia para estar em Buenos Aires.

Outro vídeo chamando o torcedor para a manifestação:


"Sabemos que vamos a volver a Boedo":


A manifestação anterior levou entre 20 mil e 40 mil à Legislatura, na Plaza de Mayo, onde vai acontecer esta de 8 de março.


Este aqui, um pouco mais longo, tem um relato passional (e, claro, parcial), além de boas imagens e fotos. É um bom compilado para entender o que se passa na alma de
los cuervos:


"Les robaron un estadio
Juraran no parar hasta recuperarlo
8M, el día que los hinchas juegan
No hay gripe...
... trabajo...
... o examen que pueda deternelos
La vuelta la banca la gente
Cría cuervos
e te coparán Plaza de Mayo
8M, el día que los hinchas juegan
VOLV8MOS
La fe mueve hipermercados"

JUEVES 8MARZO 2012 18HS
PLAZA DE MAYO, BUENOS AIRES, ARGENTINA

###

Obrigado ao Vitor Birer pela indicação do primeiro vídeo.

###

O Nuevo Gasómetro é um dos estádios mais bonitos da Argentina. Fica em uma região perigosa, entre duas favelas, mas é um palco grandioso. Quer conhecer? Veja abaixo, em partida disputada no último final de semana, contra o Boca:


E os caras estão abrindo mão disso em nome da história.

34 comentários:

José Guilherme Lima disse...

Meu, isso é emocionante!
Realmente, 8 de março é um dia para estar na Argentina!
Eu, que não simpatizava com nenhum clube argentino (talvez um pouco o River Plate), vou procurar saber mais sobre o San Lorenzo.

Belíssimo post, parabéns!

Rafael-DF disse...

"E os caras estão abrindo mão disso em nome da história."

Feliz aqueles que tem uma história pela qual lutar e se orgulhar, mas isto é pra poucos. Que o digam um clube da zona norte e outro da zona oeste de São Paulo.

Parabéns ao clube San Lorenzo pela torcida q tem.

nespoli disse...

Dia 7 de marco eh o DiaDelHichaDeRacing

Luiz Fabiano disse...

Quando estive em BsAs peguei um jogo do Huracán e, na saída, comprei um pôster deles com os personagens dos Simpsons: o Nelson, com camisa do Globo, ameaçando o Milhouse com camisa do SL e, embaixo, a frase: "De que barrio sos? - AMARGO". Demorei pra entender o que queria dizer aquilo e, agora que sei, achei estúpida a provocação do rival alvirrubro

Luiz disse...

Essa história é sensacional, impressionante! Faço questão de divulgar.

Poderia, inclusive, fazer parte da série "O país do futebol?".

Anônimo disse...

Um dos times que o blog alega que supostamente vendeu sua alma jogará na noite de hoje sua terceira partcipação seguida na Libertadores da América enquanto a SEP segue seu calvário de mais de 10 anos sem um título nacional sequer. O SCCP não vendeu sua alma, explorou sua marca e sua grandeza, isso é trabalho profissional e planejamento. Infelizmente não teremos tão cedo um clássico de SCCP x SEP dentro de uma libertadores. Antes de falar da casa dos outros arrume a sua. Libertamos nossa alma do Dualib com a força do povo, novos sócios e com torcedores dentro do conselho. Já vocês seguem refens de conselho desde a era Mustafá.
O que é melhor: o fiel torcedor ou o avanti? Apenas um exemplo profissional.
Abraço.
O Corinthiano, torcedor e do povo!

Anônimo disse...

Gambá a sua alma foi vendida ! Enquanto o SCCP está tirando o dinheiro do povo o Palmeiras levanta o estádio com o suor dos nossos ! Imagina se vocês se libertaram de Dualib que vendeu a alma para o kia joorabchian e ganharam o Andrés que vendeu a alma ao R.Teixeira e CIA... Profissionalismo não se faz com o dinheiro de quem precisa de saúde, segurança e educação.Aprenda!

Quanto a libertadores tem certeza que quer mesmo falar sobre isso ? Morre de Inveja ! Aqui é Palestra

Danillo Bovi

Luiz disse...

Interessante que até o discurso da gambazada está parecido com o dos bambis.

Forza Verde disse...

Impressionante como os gambás favelados são doentes mentais. Finalmente estão no mesmo patamar dos bambis alienados.

Anônimo disse...

Bom dia para todos que ajudaram na enorme audiência do jogo do SCCP ontem. O mais engraçado dos comentários é que ninguém respondeu qual o melhor programa de torcedor. Só como exemplo pago R$ 18,00 nos ingressos do paulista e R$ 30,00 nos ingressos da libertadores, todos ingressos de inteira (preços populares). Deixo outras perguntas: Qual o melhor depto de marketing SEP ou SCCP? Por que o suor de vocês não derruba a ditadura da SEP e recupera o clube que roubaram de vocês?
Quero um rival forte tb, com essa mentalidade morrerão como os torcedores da lusa sentados numa arquibancada de cimento e achando que a camisa vai ganhar o jogo sozinha. Tenho amigos palmeirenses que estão com uma enorme dificuldade de convencer os filhos a serem palmerenses.
Abraço
O Corinthiano, torcedor e do povo!

Barneschi disse...

Vejam, senhores, que o gambazinho sem nome manifesta em poucas linhas tudo aquilo que este blog vem dizendo: gambás são os novos bambis. É justo então que ele receba agora o devido contraponto a todo esse discurso que, vejam só, bate de frente com todo o discurso do sofrimento, da dor e do suor do, como é que eles dizem?, “povo”:

Note, caro gambá anônimo, que eu não citei o nome de qualquer clube no texto acima. Mas quem vende a alma deve mesmo ficar com um enorme peso na consciência. Faça bom proveito disso, portanto.

Curioso notar a sua argumentação inicial, falando sobre “terceira participação seguida na Libertadores”, “calvário sem títulos” etc. Afinal, quem é que vive falando que “vive do clube e não de títulos”? Enfim, mais uma falácia desmontada, como quase tudo que se pauta no populismo de fachada e na tentativa de evocar um sofrimento que não existe. Aí você descamba para uma argumentação por demais frágil e até perigosa, uma vez que parece lamentar o fato de não termos agora um Palmeiras x SCCP pela Libertadores. Você tem certeza que vai lamentar isso mesmo? Nem se preocupou em considerar a história antes de fazer isso? Pense bem.

De resto, tudo o que você coloca são questões relacionadas à direção do clube e não à torcida. Programa de sócio-torcedor, “exploração da marca” (poucos argumentos podem ser tão repugnantes; só faltou você usar a palavra “grife”), planejamento, profissional etc. Isso é tudo, menos o lado “torcedor”. É a antítese de tudo o que a gambazada adora apregoar como diferencial.

Das duas, uma: ou você não sabe o que está falando ou então faz questão de vir aqui para desmontar o tal populismo de fachada. Decida-se.

Aí você descamba para uma tentativa de comparar os programas de sócio-torcedor, os departamentos de marketing etc. Te respondo assim:

1. Não há sequer comparação possível entre os programas dos dois clubes. E o que isso mostra? Mostra que há gente incompetente dentro do Palmeiras, e é contra isso que a torcida vive lutando, por vezes até colocando dinheiro do próprio bolso. O fato de o SCCP ter um programa de sócio-torcedor decente não prova nada sobre a torcida. Torcida é tudo menos profissionalismo.

2. Os departamentos de marketing de um e de outro são condenáveis. Um é incompetente e inapto; o outro é incompetente e predatório. Aliás, por falar nisso: você já mandou sua colaboração para o concurso cultural da semana passada? Qual é a “gozação” escolhida?

Por fim, meu caro, te agradeço por corroborar o que eu vivo dizendo: vocês venderam a alma e são os novos bambis. No lugar de evocar a paixão da torcida, eis que surge um sujeito como você para falar em “profissionalismo”, “marketing”, “marca” etc. Boa. O caminho é este mesmo. Vocês terão também um estádio às custas do povo (sem aspas, ao contrário do que vocês tentam evocar sem sucesso); não custa nada fazer como os bichas e colocar no projeto buffet infantil, academia etc.

Anônimo disse...

Vamos falar mais de Corinthians!!
É isso aí!!!
VAI CORINTHIANS!!!!!!!!!
Porcada choronas!!!
Teoria da conspiração!?> kkkk

Barneschi disse...

Ah, o “povo sofrido” segue em sua síndrome doentia... o post aí fala de um único clube, o San Lorenzo, e o puto logo vê alguma referência a ele próprio.
Pra finalizar, seu merda: “Vai SCCP” é a frase típica de toda babaca que não vai a estádio e fica querendo pagar de torcedor. Observem: vocês vão ouvir “Vai SCCP” dos imbecis que sequer sabem o que é pisar no estádio. E aqui, seu lixo, a palavra de ordem é outra: “Vamos Palestra”. Porque nós estamos ao lado do clube em todos os momentos.
Vocês são lixo e aí eu piso na cabeça mesmo.

Anônimo disse...

Barneschi, concordo com sua visão sobre vários pontos e por isso acompanho sempre o blog (torcedor é aquele que gira a catraca, brasil não é o país do futebol, Prudente não, etc.).

1.Você nem precisava citar o nome dos clubes pois você sempre passou a mensagem em diversos posts anteriores que o SCCP vendeu a alma. Estou errado? O SCCP não é um dos dois clubes grandes que você citou nesse post?

2.Continuo lamentando o fato de não ter a oportunidade de enfrentar a SEP novamente na libertadores, infelizmente nosso rival está cada vez menor e tentando sobreviver com a história.

3. Continuo achando que torcida não pode viver de títulos, por isso o que eu exijo é a luta, a honra e a boa campanha, como caimos lutando diante do Flamengo na libertadores.

4. A minha preocupação e o alerta pra vocês é que o futebol está perdendo o respeito por vocês. Lembro que na década de 90 eu encarava o Santos da mesma forma que a Portuguesa, era um clube pequeno/médio porte. E hoje vou a cancha sem a certeza da vitória contra eles e um respeito a camisa adversária.

5. A única coisa que discordo e é onde vocês aprenderão no dia que mudarem internamente o clube, é que clube/diretoria e torcida deve ser uma coisa só. Todo clube deve ser do povo, para o povo e pelo povo. Hoje qualquer mero sócio pode chegar a presidência do clube. Já estamos dentro da maioria da conselho.

6. Citei a ausência de simples títulos nacionais (Copa-BR ou BR)por mais de uma década para ilustrar como vocês estão no caminho dos pequenos clubes, sem falar nos vexames históricos de eliminações dentro de casa para pequenos na COPA-BR. Nesse passo vocês serão um time que foi grande um dia, com uma torcida de velhos. Um exemplo de que vocês são poucos é a grande dificuldade que vocês estão tendo para derrubar a tirania do clube. Sei que a verdade dói pois vi isso de perto no ano de rebaixamento do SCCP.

Parabéns pelo blog
O Corinthiano, torcedor e do povo!

Anônimo disse...

Muita boa essa reportagem! Tem alguma noticia e materia boa do palmeiras?

abs

Anônimo disse...

ô gambá... seu time ficou até a década de 90 sem ganhar nenhum título de grande representatividade e vc vem me falar da falta de títulos expressivos do palmeiras em pouco mais de uma mísera década... hahahahahah piada d+
a única década q vcs tiveram mais sucesso foi a última e msm assim foi aquela manchada pelo campeonato mais sujo de todos os tempos. se o brasil fosse um país sério vcs deveriam ter amargado uma punição como a da juventus.
vc vai perder TODOS argumentos, pq aqui é PALMEIRAS !!! e contra nós vcs não tem a mínima chance. serão sempre menores. SEMPRE.

Anônimo disse...

A diferença é que os anos de fila do SCCP fez a torcida fiel crescer e com vocês está acontecendo exatamente o caminho inverso. Vocês precisam fezer algo e parar de achar que a camisa faz o gol sozinha.

Abraço
O Corinthiano, torcedor e do povo!

Rafael-DF disse...

"4. A minha preocupação e o alerta pra vocês é que o futebol está perdendo o respeito por vocês. Lembro que na década de 90 eu encarava o Santos da mesma forma que a Portuguesa, era um clube pequeno/médio porte. E hoje vou a cancha sem a certeza da vitória contra eles e um respeito a camisa adversária."

Gambá, vai me dizer q hj qdo vcs vão jogar contra a gente vc tem a ctz de q vão vencer? É isso msm? kkkkkkkkkk

Não vou entrar no mérito dos outros comentários pq:

1)Nossos problemas nós msm resolvemos sem ter q dar satisfação pra gambá ou quem quer q seja

2)Estamos msm numa draga danada, não ganhamos porra nenhuma nos últimos anos, demos vexame atrás de vexame e msm assim vamos reformar o NOSSO estádio SEM precisar de dinheiro público, fazemos manifestações grandiosas como a procissão de são Marcos sem ajuda de terceiros e qdo o time precisa fazemos do estádio um inferno, e se vc ja foi no estádio ver um Derby sabe q botamos sua torcida ridícula q não consegue nem subir um bandeirão direito no bolso.

Mas vou parar de perder meu tempo, dia 25 ta chegando e ações valem mais do q palavras.

Barneschi disse...

Funciona assim:

Se nego acaba de ganhar um estádio com dinheiro público e não se envergonha ao ver a postura da torcida do San Lorenzo em uma situação oposta, eu só posso presumir que ele aceitou de bom grado a venda da própria alma.

Se nego antes criticava os bambis por terem um estádio com dinheiro público e agora parte para a tentativa de justificar o crime contra o 'povo', eu concluo que o sujeito perdeu a vergonha na cara mesmo.

E títulos são irrelevantes para quem apoia o seu time sempre e de maneira incondicional. Irrelevantes.

A torcida do Palmeiras segue grande e com a mesma força de sempre. Especialmente porque ela não precisa de títulos para fazer a diferença pelo seu time. E isso não é populismo de fachada, não é discurso de marqueteiro. Isso é a realidade.

E saiba, caro gambá, que a participação da torcida do SCCP no episódio da eleição direta foi mínima. Mínima. Isso é algo que partiu de dentro do próprio clube. Do nosso lado, lutamos contra uma estrutura podre e viciada. Venceremos cedo ou tarde, mas será por nós e não pela ação de outras.

E, numa boa, soa patético um torcedor do SCCP querer falar em perda de respeito pelo Palmeiras. Porque não há nada, absolutamente nada, que os coloque em situação de vantagem em qualquer comparação com o Palmeiras. Não há confronto direto, não há títulos, não há história. Nada.

Os números, quaisquer que sejam, jogam a nosso favor. A história também. Na arquibancada (onde nossa torcida seguidamente supera a de vocês em festa e em vibração) e dentro de campo também.

Se não fosse isso, não teria sido o Palmeiras o único clube a não ser derrotado pelo SCCP campeão brasileiro de 2011. Perderam na ida e, mesmo com um homem a mais e supremacia na arquibancada, não conseguiram nos bater em campo na volta. Já fora assim no Paulistão: com um a menos, o Palmeiras foi mais time. Lutou e fez por merecer uma vitória que não veio. Mas não perdemos também.

Porque a camisa pesa. A história pesa. E aqui a gente não se apoia em discursos marqueteiros ou em um populismo de fachada. Aqui é Palmeiras!

Bruno Mazucatto disse...

Não há maior prova de respeito (ou de medo) do que aquela que presenciamos há pouco tempo, precisamente na semana que antecedeu ao último jogo do Camp. Brasileiro de 2011:

Uma CAGANEIRA generalizada de todas as espécies de gambás, alguns até com o discurso pronto em caso de insucesso (o que era muito provável não tivessem novamente o auxílio do vagabundo do apito).

Um cagaço constrangedor, indigno de um rival e concernente a um time recém desalmado, com uma torcida que tenta (e consegue) enganar a si própria.

Anônimo disse...

"A torcida do Palmeiras segue grande" "Isso é a realidade".

Não caro palmeirense, não é realidade. Isso é sonho, é utopia, é não querer ver a verdade, é querer morrer abraçado na história antiga.

O respeito de vocês segue em decadência, o Santos não tomou conhecimento de vocês em pleno Palestra no paulista de 2009 e caíram pra gente na batalha do paulista de 2011 com um Pacaembú todo a favor (esse jogo sim valia algo pra você que defende o mata-mata e eu estava lá). Isso pra ficar na história bem recente do paulista que é o grande objetivo recente do palmeiras.

A vitória de vocês no BR-11 é encarada com um tropeço para o décimo colocado como tivemos contra o Avaí.

Seu pensamento é típico do palmeirense que sobrevive hoje, acha que a camisa joga sozinha e faz gol, outros acham que Prudente dá sorte, etc.

Com relação a participação da eleição do SCCP, não fale de algo que não participou, a participação da torcida foi fundamental. Isso é um projeto antigo de cerca de 10 anos onde ficamos sócios e hoje estamos dentro do conselho decidindo o futuro e o crescimento do clube. A torcida tb perseguiu e derrubou o Dualib.

Pelo seu amor pela SEP, você não merece estar dentro do clube e sim a frente dele decidindo os rumos.

Abraço
O Corinthiano, torcedor e do povo!

Caio Veloso disse...

Porra, tá perdendo bastante tempo escrevendo em um blog do rival hein.

Eu não assisti nenhum jogo ontem, mas vc está dando uma puta "audiencia" para um blog do Palmeiras.

Está mal resolvido com o que? Está querendo provar o que?

Se quer comparar títulos recentes e departamentos de marketing, obviamente está fazendo isso no blog errado, no lugar errado.

A principal questão de "vender a alma" é referente àquele lixo que estão erguendo com dinheiro público em itaquera.

E sobre essa vergonha, em trocentos posts você nao falou nada.

Pode se orgulhar disso, se esbalde dessa vergonha.

Do nosso lado temos muitos motivos para nos orgulhar, e ainda muito pelo que lutar.

Mas nada disso é problema seu.

Rafael-DF disse...

"O respeito de vocês segue em decadência, o Santos não tomou conhecimento de vocês em pleno Palestra no paulista de 2009 e caíram pra gente na batalha do paulista de 2011 com um Pacaembú todo a favor (esse jogo sim valia algo pra você que defende o mata-mata e eu estava lá). Isso pra ficar na história bem recente do paulista que é o grande objetivo recente do palmeiras."

Citar os sardinhas pra tentar ilustrar uma decadência do Palmeiras é forçar a barra de um modo q chega a ser burrice. Um time q tem menos vitórias q o adversário fora e o pior, dentro de casa é pra ficar quietinho no seu canto. E falar sobre a semi-final do paulista 2011 é mal-caratismo e sem-vergonhice msm, um jogo onde massacramos vcs e fomos descaradamente roubados por akele safado escroto e fdp so PCO.

Ainda to esperando o resultado do "concurso cultural" de vcs.

Ivan disse...

Ele conseguiu o que queria. Poluiu o fórum com frases escrotas do tal populismo de fachada.

Dia 25 será só mais do mesmo.
Aqui é Palmeiras! Sempre será. Sempre!


Sobre o post:

Nunca fui muito fã do San Lorenzo e sempre achei a torcida bem forçada.
A causa é muito nobre - talvez a mais nobre dentre todas as causas torcedoras - porém, não terá resultado. A não ser a repercussão e o reforço da devoção da gente deles. No Brazil varonil isso é inimaginável. Os números são assustadores. 20 mil, 40 mil, 100 mil... isso é Buenos Aires.

Anônimo disse...

esse gambá deve ser funcionário da globo... merketeiro, tendencioso, e ridiculo... sccp tem mídia, tv, governo, politicos, bandidos do apito, policia e etc...do lado, Nós temos todos como inimigos... honra pra nós, vergonha pra vcs.
o pior cego é aquele que não sabe enxergar!

cesar disse...

O que eu acho mais engraçado nos gámbas e que para eles só o que é deles é realmente bom e tem valor!

A fila deles eles comemoram como título, e só a torcida deles que cresce na fila as outras somem! Eles esquecem que passa ano, entra ano, ainda somos as maiores bilheterias do Brasil e estamos entre os times que mais vende camisa (isso sem depto. de marketing hein!)...

Só os Campeonatos Paulistas que eles ganharam vale alguma coisa, o de 2008 do Palmeiras não valeu nada! Como alguém pode falar da falta de títulos nacionais de um rival sendo que o seu própio time só ganhou o seu PRIMEIRO nacional já com 80 anos?

Na mesma linha do pensamento da fila, vem a falácia do sofrimento! Como pode um time que não ganha nada NA BOLA a mais de 10 anos vir falar que é o mais sofredor de todos? Ninguém torce então, só os corinthianos?!

Antigamente eu enxergava os corinthianos como chatos mesmo, mas essa geração que começou a acompanhar futebol nos anos 2000 repete tanto as baboseiras que a imprensa vomita que eu já começo a achar que é problema de auto-afirmação msm! Eles tem que falar que são mais isso, que são mais aquilo, que fazem melhor do que os outros, repetem a exaustão, e só eles acreditam cegamente nisso!!

alexandre 1910 disse...

Fazia tempo que não vinha aqui, mas o discurso hipócrita de "vender a alma" continua o mesmo. Olha só, torcedor do clube empresa Palmeiras/Parmalat falando em vender a alma. Ja conseguiu argumentos suficientes para debater comigo?

ADRIANO GREMISTA disse...

Saudações !! Pena que esse gambá fedido veio aqui desvirtuar o belo tópico. Respeitosamente venho colocar minha opinião. Já havia achado fantástico um topico colocado neste blog quando um palmeirense relatou ter vindo a Porto Alegre no último Brasileiro para se despedir do Olímpico. Agora vejo essa mobilização da torcida do San Lorenzo. Infelizmente por aqui, a maioria da torcida do Grêmio, deslumbrada, bate palmas para a construção de um estádio, praticamente fora da cidade, no qual o time sequer poderá treinar e que só passará a ser do clube após longos 20 anos... E ninguém faz nada, todo mundo acha lindo, só falam no tal novo estádio e não se dão conta que a maior parte da história de glórias e da tradição do clube estão sendo jogadas no lixo !!! Admiro o Palmeiro por, pelo menos, ter respeitado a identificação do clube com seu bairro e reconstruir o estádio no mesmo lugar. Desculpem o desabafo, mas sei que vocês, assim como eu, veem o futebol como uma paixão e não como um negócio. É um ano muito difícil para mim, quando terei que me despedir da minha eterna casa (Olímpico). O que de certa forma me envergonha, é que esta decisão foi tomada por aqueles que comandam o clube, ao contrário desse caso do San Lorenzo, onde a casa deles foi tomada. Grande abraço e Saudações a todos os palmeirenses !!!

Barneschi disse...

Gambá
Percebe a síndrome de novo rico (típico de neobambis) no seu discurso? É um tal de ficar enaltecendo o marketing, a exploração da marca, os títulos... Menos, cara, menos. Fora que essa tentativa de colocar o Santos como referencial em relação ao Palmeiras foi bizarra. Veja o absurdo: você pegou um fato isolado (uma eliminação em semifinal de Paulista) e esqueceu que esse argumento seria facilmente desmontada com duas breves constatações: (1) o Palmeiras não apenas leva vantagem no confronto direto com o Santos FC, como tem vantagem se considerarmos somente os jogos disputados na Vila Belmiro; e (2) a nossa vantagem contra esse time do Neymar é avassaladora. Vencemos quase todos em casa e quatro dos cinco últimos como visitantes. Procure outro argumento melhor, portanto.
De resto, a torcida do Palmeiras bate a de vocês sob qualquer ponto de vista. Coloque as duas frente a frente e o resultado será sempre o mesmo.

Alexandre 1910
Vocês perderam a decência que tinham a partir do momento em que seguiram o exemplo dos bambis. O estádio com dinheiro público não sai de graça não: em troca, você deixa a sua alma. O pior é perceber a canalhice de gente que antes atacava os bambis e agora muda o discurso. Fica feio. Perderam a única coisa que tinham.
De resto, os argumentos estão todos aí. O monopólio do sofrimento, o populismo de fachada etc. e tal. Vocês são uma mentira.
Do nosso lado, lutamos com os nossos próprios recursos. Temos todos contra nós (considere que tudo é mais difícil quando você tem os juízes não como aliados, mas como inimigos) e ainda assim seguimos amis fortes.

Adriano gremista
Obrigado pelo excelente comentário. Concordo plenamente contigo.

Anônimo disse...

8 DE MARZO, DOCUMENTAL.

http://www.youtube.com/watch?v=f0KmJokzk6Y

Vamos a volver a Boedo!

Anônimo disse...

Aguante San Lorenzo !
http://www.youtube.com/watch?v=o9wrdXh3PEE&feature=results_main&playnext=1&list=PL67C3934FCDB46995

Anônimo disse...

vamos a volver a boedo! San lorenzo,Boedo Argentina . http://www.youtube.com/watch?v=yt9w50MGGNg&feature=related

Juan Cruz Maldonado disse...

Orgullo de ser hincha de este glorioso club! aguante boedo!!

Anônimo disse...

San Lorenzo la mejor torcida de Argentina! Quieren bajarnos y no saben como hacer porque San Lorenzo no va a correr!