27 março 2012

A era da proibição

Agosto/2011, Presidente Prudente, horas antes de um Palmeiras x SCCP: os bravos, valorosos e destemidos homens do Batalhão de Choque da Polícia Militar disparam suas armas de fogo contra um aglomerado de torcedores do Palmeiras. Dois são baleados e vão para o hospital; um encontra-se lá até hoje, nove meses depois. Resultado: a Mancha Verde é afastada dos estádios, em uma proibição que se arrastou por mais de oito meses. Nenhum dos policiais que absurdamente disparou contra a multidão foi punido.

Março/2012, São Paulo, horas antes de um SCCP x Palmeiras: os bravos, valorosos e destemidos homens do 2º BP Choque ignoram o potencial de confronto entre as torcidas em uma avenida da zona norte. Os tiros agora partem de torcedores do SCCP. Se lá atrás tivemos dois torcedores atingidos, o caso agora é pior: já são dois mortos. Resultado: a Mancha é novamente afastada dos campos.

É a era da proibição. Para disfarçar a incompetência das autoridades, é mais fácil proibir. Sem distinção alguma, a não ser aquela que determina que, aconteça o que acontecer, a Mancha Verde será sempre afastada dos estádios.

###

_Lembro que a GdF fez o que fez no Carnaval/2012 e nada aconteceu. Lembro também que a GdF entrou em confronto com a Jovem do Santos nas imediações da Vila Belmiro e nada aconteceu. Lembro que pés-com-areia e bambis brigaram no lado externo do Jd. Leonor na semana anterior e nada aconteceu.

_Jornalista esportivo deveria ir ao estádio antes de escrever sobre assuntos que desconhece por completo. Nem vou aqui perder meu tempo falando sobre figuras abjetas e reacionárias como Flavio Prado, mas sim sobre o bando de maus profissionais que enche a boca para falar de brigas de torcida sem saber o que efetivamente acontece. Em uma palavra, senhores da imprensa esportiva: ARQUIBANCADA.

_Como esperado, aparecem promotores desocupados de todos os lado para proferir seus absurdos na hora da tragédia. Segue o jogo...

_E o Del Nero, hein? Ele segue se esforçando para ser o maior inimigo do torcedor de futebol neste país.

_Melhor que tudo isso que eu escrevi até agora é a análise feita pelo Mauro Cezar Pereira, da ESPN Brasil, em seu blog.

__Tendo em vista a reconhecida incompetência dos bravos, valorosos e destemidos homens do 2º BP Choque, que mal existe em cogitar a extinção dessa corporação?

16 comentários:

André / Americana disse...

PVC, Mauro Cezar e Lúcio de Castro fizeram uma análise muito mais decente, criteriosa e conhecedora dos fatos do que qualquer "autoridade responsável" jamais sonhou fazer.

Mas nós vivemos no país da conveniência, do interesse político acima de tudo. Jogaram pra galera, conquistam apoio da opinião pública - ignorante no assunto - e colhem os louros e os bônus políticos.

André / Americana disse...

E amanhã eu posso prever o clima de tensão e o "sangue nos olhos" de alguns coxinhas, nas imediações e dentro do estádio - pulgueiro - de Jundiaí.

Vai ser tenso! Mas estaremos lá!

Anônimo disse...

André e Barneschi,a Espn é o único canal que possui jornalistas que têm tem conhecimento sobre o assunto,ontem o Mauro,o Pvc e pasmem,até o Juquinha,deram uma aula sobre o assunto,ao contrário dos sites e jornais que jogam pra galera,poucos prestam no jornalismo brasileiro,dá pra contar nos dedos e infelizmente o povão não tem acesso a esse canal,a não ser de forma pirata,aí se informa em programas de baixíssimo nível como Jogo Aberto,Mesa Redonda e principalmente bobo esporte,onde as principais atrações são discussões vazias que não levam a nada,mas que dão audiência infelizmente

As to´s tem culpa no cartório sim,brigas tem que ser no braço,não com armas e paus,e quem quiser ir vai,não sou da Mancha e da TUP,mas conheci amigos e fui a festas na quadra,existem todos os tipos de gente lá dentro,e o primeiro que é punido,é o que vai ao estádio,pra apoiar o seu time,e provocar o rival so no gogó não na porrada.

Essas proibições são ridículas,vai fuder o torcedor como sempre!

Luiz Fernando

Nicola disse...

Eu lembro em 2007, que a MV em parte da temporada também estava "banida" dos estádios. Até o jogo contra o São Caetano neste ano, também... Resumindo, adianta fazer isso pra acabar com a violência? Simplesmente não deixar entrar com faixa, uniformes e bateria??

Americano fazer guerra a hora que bem entender e onde bem entender pode, e toda a impren$a acha normal, não questiona bosta nenhuma... Aí quando tem problema de baixo do próprio nariz, taxam todos de marginais e foda-se, ninguém quer entender o que de fato motiva e sempre motivou tanta gente a se matar desse jeito.

E quem se fode somos nós que torcemos de verdade... E ainda sou obrigado a ouvir um bando de ignorantes falando que a solução é "acabar com as organizadas". Como se as pessoas que estão lá pra brigar não fossem arranjar outros meios pra fazer isso.

Anônimo disse...

Prezado Barneschi,
Acho que de todas as análises apenas a do Mauro César merece todos os elogios, porque é não-preconceituosa, porque busca o aprofundamento de idéias, o viés psicnalítico e repudia "os mantras" que os ditos especialistas vivem repetindo a respeito da violência no futebol. Mauro realmente ama o futebol e a vida no estádio! É inteligente e original! De resto, o JK é um burocrata que gosta de se passar por bom moço, o "juizo" do mundo, o PVC a despeito de algumas qualidades é um vacilão, e o resto, bem o resto não dá nem pra mencionar...Forte abraço,

Barneschi disse...

Pois é, bastou ao Mauro Cezar querer entender o assunto, conversar com pessoas, investigar um pouco e tentar ouvir o outro lado para produzir uma análise que é a antítese perfeita para toda a série de absurdos vomitados pela imprensa.

Uma outra vantagem, aliás, é o fato de que ele frequenta estádios.

Os que não fazem isso escrevem besteira atrás de besteira. E a massa alienada propaga isso.

Barneschi disse...

E sim, André, o clima amanhã em Jundiaí será o pior possível. Até porque, como eu escrevi na semana passada, os PMs de lá estão entre os mais despreparados do país.
Abraços e até lá

Danilo Cruz Manga disse...

Porra faz 4 jogos q a MV voltou aos estádios e novamente vai pra berlinda. Já não é mais um caso da representação da MV agir dentro da lei/jurisprudência pra coibir essas traças e sim de uma intervenção da instituição Palmeiras agir nos bastidores afim de combater tanta asneira por parte da FPF. Até quando tais proibições/extinções?

Thiago disse...

Prezados,

Segue matéria publicada no Jornal Correio Popular de Campinas, um dia após o dérbi, que publiquei em meu facebook.

http://a7.sphotos.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-ash4/306092_121500824646642_100003601745868_102133_1337555608_n.jpg

Anônimo disse...

Até quando este blog vai tentar levantar a bandeira que a Mancha é vítima. Pare de tentdar esconder o sol com uma peneira. A matéria e as palavras da delegada são claras:

http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/03/27/policia-anuncia-seis-prisoes-apos-conflito-e-diz-que-mancha-nao-e-vitima.htm

Anônimo disse...

Mauro Cezar frequenta estádio????? to sabendo, profissionalmente não conta, falou?
Miguel

Barneschi disse...

Miguel
Ele trabalha provavelmente duas vezes por semana indo a estádios (aqui ou fora do país). É mais do que qualquer torcedor de futebol. Por que não valeria se o cara efetivamente gosta disso e se preocupa não apenas com o que se passa dentro de campo, mas com os fatores externos também?

O grande problema da imprensa esportiva atual é que boa parte dos jornalistas não vai mais a estádios. Viraram os comentaristas de estúdio - Flavio Prado é o grande exemplo.

Jorge disse...

Ninguém aqui sentiu vergonha da nota oficial divulgada pela Mancha??? Não digo nem pelo uso semi-analfabeto da gramática, mas pelo conteúdo mesmo. Nojento, Asqueroso, Infantil, Mentiroso e Manipulador... Querem se fazer de vítimas, de coitadinhos.. assumam o preju e o risco que vocês mesmos escolheram correr, sejam homens e tenham uma postura digna ao menos neste momento...

. disse...

Criticar as organizadas num momento como esse é fácil demais, difícil é esperar a justiça punir os culpados por essa série de mortes...

E outra, foi achado R$150mil na sede dos de preto, dinheiro que quem está no meio sabe da onde vem, de gente grande, mas muito grande, talvez explique alguma coisa...

Quem não gosta das organizadas, continue a torcer pelo Palmeiras, fique no sofá ou vá ao estádio, fique de boca calada e não ouse a ecoar os cânticos em momentos ruins, as organizadas precisam de gente pra empurrar o time principalmente nos momentos difíceis, na desgraça que se conhecem os verdadeiros...

Roger Adami disse...

O site da globo noticiando na pagina principal, que a gdf vai expulsar os envolvidos e que a tragédia teve origem na morte anterior ocorrida em 2011 é sinistro, uma vergonha.
A gambazada ta mandando mesmo, média com os caras até quando envolve morte. Assustador.

Anônimo disse...

Se liga só na HIPOCRISIA do discurso dos caras:

http://g1.globo.com/globo-news/entre-aspas/videos/

Destaque pro seguinte:

"O Problema é simples: são apenas 1.000 de cada lado que criam confusão, nós temos câmeras de segurança, acompanhamos as redes sociais...

Mas pq não sabiam da briga?

Ah! São muitos dados, é difícil...!?!?!?!?"

PREGUIÇA !!!! VAI TOMÁ NO CU... PELO MENOS ASSUMAM A INCOMPETÊNCIA... E não se escondam atrás de "soluções" simplificadas... bando de FDP !!!

Gabriel, verde até o osso